quarta-feira, 26 de junho de 2013

Vendas no comércio de Ribeirão Preto apresentam primeira queda do ano

Setor de Tecidos/Enxoval puxou a fila dos resultados negativos. Destaque positivo foi para os segmentos de Presentes e de Eletrodomésticos

As vendas do comércio de Ribeirão Preto tiveram variação negativa de –0,48% em maio de 2013, na comparação com o mesmo período do ano passado. Foi o primeiro índice negativo do ano. A pesquisa Movimento do Comércio é realizada pelo Sincovarp (Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto).

Entre as empresas entrevistadas, 47,7% consideraram que as vendas em maio de 2013 foram melhores que as de maio de 2012, enquanto 45,5% consideraram o contrário e 6,8% declararam que as vendas nos dois períodos foram equivalentes.



Setorial

O pior resultado foi apresentado pelo setor de Tecidos/Enxoval (-5,50%), seguido por Móveis (-3,54%), Calçados (-2,50%), Vestuário (-2,43%) e Ótica (-0,82%). Os setores com variações positivas são os de Presentes (+4,56%), Eletrodomésticos (+4,25%), Livraria/Papelaria (+0,90%) e Cine/Foto (+0,73%).

Emprego

A pesquisa também apontou uma redução de –0,37% no número de postos de trabalho no comércio de Ribeirão Preto. Entre as empresas entrevistadas, 97,7% declararam que não alteraram o número de funcionários, enquanto 2,3% disseram ter demitido no mês de maio. Nenhuma das entrevistadas apresentou aumento no quadro de funcionários no período. O único segmento que apresentou variação dos quadros funcionais foi o de Vestuário (–2,94%).

“Embora a redução do volume de vendas no comércio de Ribeirão Preto não tenha sido de grande intensidade, esse resultado começa a preocupar os lojistas, pois aponta na direção de uma desaceleração do consumo”, analisa Marcelo Bosi Rodrigues, economista do Sincovarp e responsável pela pesquisa.

Ainda segundo o economista, a política econômica do governo federal não tem sido eficiente no sentido de manter a economia aquecida. “E também não tem conseguido conter a inflação, o que remete à um quadro econômico complicado e cheio de incertezas”, conclui.
Post Anterior
Próximo Post