sábado, 27 de julho de 2013

Expertise em moda é diferencial no varejo, afirmam especialistas em Maringá

Especialistas em moda deram palestra na última quarta-feira, dia 24, em Maringá, durante lançamento do Projeto Varejo TOP Loja – Confecção e Acessórios

O novo conceito de varejo voltado para moda é uma tendência mundial que já tem provocado mudanças no mercado brasileiro. A entrada de marcas consagradas no setor do varejo, muitas vindas de outros países, e a reestruturação de grandes redes varejistas nacionais são exemplos que sinalizam a construção desse novo cenário.

A avaliação foi feita pelas especialistas em moda, que atuam em São Paulo, Heloísa Omine e Valeska Nakad, durante o lançamento do Projeto Varejo TOP Loja - Confecção e Acessórios. O evento, que reuniu empresários do setor de varejo, aconteceu na noite da última quarta-feira, dia 24, em Maringá. A iniciativa é do Sebrae/PR e do Sistema Fecomércio Sesc Senac-PR.



Durante a palestra, Heloísa Omine, que também é professora de pós-graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (ESPM), afirmou que o varejo vivencia uma grande revolução. “Para conquistar diferencial, o empresário precisa associar conhecimentos de gestão empresarial com expertise em moda. Isto é, precisa pensar em inovação, mas de maneira estratégica e sustentável.”

Para isso, Heloísa Omine explicou que os empresários enfrentam desafios, como o de saber selecionar um mix de produtos com valor agregado em moda para compor a identidade de suas lojas e, assim, atender as necessidades do público-alvo. “É uma tarefa complexa que exige conhecimentos e, por isso, a importância de participarem do Projeto Varejo TOP Loja”, frisou.

Valeska Nakad, coordenadora do curso de Design de Moda do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, informou que a partir da repaginação em moda de redes de varejo e de indústrias de confecção, que expandem seus negócios com lojas no comércio, marcas de luxo também começaram a criar coleções mais acessíveis para ampliar o leque de consumidores atendidos.

“A Classe C está percebendo que pode consumir moda em vez de ‘roupas’ e isso faz muita diferença no mercado. Nessa ‘maré’ de mudanças, que inclui o comércio digital, vale lembrar que o consumidor latino-americano gosta de experiências táteis e de receber atendimento personalizado, que são as vendas em forma de consultoria de moda”, completou.

Para auxiliar micro e pequenas empresas a enfrentarem os desafios desse novo conceito de varejo de moda, o consultor do Sebrae/PR, Rafael Tortato, da Unidade de Desenvolvimento de Soluções, destacou que, por meio de muitas pesquisas, a entidade criou o Projeto Varejo TOP Loja para oferecer uma proposta inovadora, específica e inteligente de capacitação.

“Maringá é a primeira cidade que recebe a solução, no segmento de confecção e acessórios. Portanto, é uma oportunidade estratégica única e acessível que oportuniza aprender com especialistas experientes e renomados no segmento. Nossa expectativa, com esse novo perfil de solução segmentada, é de que as empresas participantes saiam à frente e se tornem referência no mercado”, assinalou Tortato.
Raquel Almeida Costa, presidente da Câmara da Mulher e representante, neste evento de lançamento, da Fecomércio Sesc Senac – PR, afirmou que a entidade não só aprova a iniciativa como também vai usar sua experiência para atuar nesse Projeto, que faz um ‘recorte’ mais especializado do segmento. “Não tenho dúvidas de que o sucesso está garantido”, completou.

Projeto

Após a palestra com as especialistas, o consultor do Sebrae/PR, Marcelo Wolff, fez uma apresentação detalhada sobre o Varejo TOP Loja. O Projeto, que terá duração de 18 meses, prevê a realização de treinamentos, consultorias especializadas, missões técnicas e análises para verificar a evolução do desempenho das empresas.

A programação também inclui consultorias de coaching, que orientarão e avaliarão a performance pessoal do empresário a fim de melhorar objetivos, comportamentos e atitudes de liderança. Entre as temáticas a serem abordadas, inclusas pesquisa de mercado, planejamento, finanças, liderança, retenção de talentos, marketing, e processos eficazes.

“Queremos tornar as lojas mais profissionalizadas, porque o perfil do consumidor mudou. Hoje, o cliente quer ter acesso à moda e receber atendimento com orientações sobre composição de look (traje completo), em vez de só informações sobre o produto. Essa realidade tem impulsionado grandes mudanças no varejo de confecção e acessórios”, reforçou Marcelo Wolff.

Cristina Panizzon, supervisora há 22 anos das lojas Bonny Concept, Zak e Arezzo, ficou encantada com a proposta e assegurou que o Projeto TOP Loja vai ao encontro das necessidades dos empresários. “A solução foi muito bem elaborada e está completa em relação aos conhecimentos que os varejistas precisam adquirir. Agora, basta o empresário ter a atitude de participar e de se empenhar para conquistar o diferencial. Eu vou participar”, garantiu.

Para participar

Mais informações e inscrições podem ser obtidas no Sebrae/PR em Maringá, que fica na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, nº 1.116, telefone (44) 3220-3474. Ao se cadastrar, o empresário passará, em data agendada, por um processo seletivo, por meio de entrevistas. O objetivo é identificar 30 empresas com perfil adequado para a solução.


Para participar do Projeto Varejo TOP Loja – Confecção e Acessórios, os empresários de micro e pequenas empresas do comércio varejista precisam ter experiência no mercado e atuar no segmento de confecção e acessórios, como roupas, calçados, bijuterias, cintos e bolsas.

Sobre o Sebrae/PR


O Sebrae/PR - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é uma instituição sem fins lucrativos criada nos anos 1970 para dar apoio aos empresários de micro e pequenas empresas e aos empreendedores interessados em abrir o próprio negócio. No Brasil, são 27 unidades e 800 postos de atendimentos espalhados de norte a sul. No Paraná, seis regionais e 11 escritórios. A entidade chega aos 399 municípios do Estado por meio de atendimento itinerante, pontos de atendimento e de parceiros como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos, programas e soluções empresariais, com foco em desenvolvimento de empreendedores; impulso a empresas avançadas; competitividade setorial; promoção de ambiente favorável para os negócios; tecnologia e inovação; acesso ao crédito; acesso ao mercado; parcerias internacionais; redes de cooperação; e formação de líderes.
Post Anterior
Próximo Post