terça-feira, 19 de novembro de 2013

Grupo Hermes entra com pedido de recuperação judicial

A consultoria Alvarez & Marsal será responsável pela operação

O Grupo Hermes, por meio de suas empresas Hermes. S.A. e Merkur Ltda. anunciaram ontem, 18 de novembro, o ingresso na Justiça do Rio de Janeiro com Pedido de Recuperação Judicial, com fundamento na Lei nº 11.101/05.

Com mais de 70 anos de atividade no mercado de varejo à distância e 10 anos no mercado de vendas online, a Hermes - terceira maior em vendas por catálogos, atrás apenas de Natura e Avon - possui faturamento anual superior a R$ 2 bilhões, conta com aproximadamente 1.800 funcionários diretos e mais de 500 mil revendedores. Contudo, diante da conjuntura macroeconômica e do aumento da competitividade no setor de varejo nacional, a situação financeira das companhias se deteriorou, restando como alternativa a proteção oferecida pela lei.



Tal medida foi adotada pela Administração para viabilizar a reestruturação e a continuidade das empresas, dentro de um novo plano de negócios. A Recuperação Judicial permite que as empresas contem com um período de 180 dias sem que os credores executem suas dívidas, que chegam quase a R$ 600 milhões. Durante esse período, as empresas elaborarão e apresentarão em juízo o seu plano de recuperação e liquidação de obrigações, visando sempre a continuidade das empresas.

Para liderar o processo de Recuperação Judicial, foi contratada a consultoria internacional Alvarez & Marsal. Com mais de 30 anos de atuação no mercado de gestão e reestruturação, a A&M foi responsável pela recuperação de empresas como a Varig e Casa & Vídeo (RJ) e, no cenário internacional, o banco Lehman Brothers, entre outros.

A operação será comandada por Marcelo Gomes diretor-geral da A&M, ao lado de Arthur Negri, como novo presidente da empresa, José Luiz Volpini, diretor de operações e André Bucione, diretor financeiro.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?