segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Comércio eletrônico fatura R$ 2,92 bilhões na Black Friday, aponta ABComm

De acordo com Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, faturamento da data deste ano foi 18% maior do que o observado no mesmo evento de 2017

A Black Friday deste ano apresentou faturamento de R$ 2,92 milhões, 18% acima do registrado no mesmo evento de 2017. Os dados são da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Esse resultado foi dois pontos porcentuais acima do estimado pela própria entidade antes da realização do evento, que previa um crescimento de 16% ante o ano anterior.



No total, as lojas virtuais brasileiras receberam mais de 8,9 milhões de pedidos, registrando tíquete médio de R$ 326. As categorias mais buscadas pelos consumidores foram os itens de “Informática”, “Celulares”, “Eletrônicos”, “Moda e Acessórios” e “Casa e Decoração”. Esses dados levam em consideração as compras realizadas entre os dias 22 e 23 de novembro.

De acordo com Mauricio Salvador, presidente da ABComm, a edição deste ano da Black Friday mostrou um nível de maturidade inédito por parte dos lojistas, que significou também uma maior adesão dos consumidores. “Sendo hoje a segunda maior data do varejo, muitas pessoas se prepararam para aproveitar as promoções já na véspera do evento”, afirma.

Os dados da ABComm mostraram que cerca de 30% das vendas na Black Friday foram de pessoas antecipando as compras de presentes de Natal. Hoje, a data é tida como a segunda mais importante no calendário do varejo, atrás apenas do próprio Natal. “Em razão disso, muitas lojas virtuais preparam suas estruturas, tanto de logística, de estoque e de tecnologia, para suportar o alto tráfego dos consumidores”, diz Salvador.

Sobre a ABComm:

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) surgiu para fomentar o setor de e-commerce com informações relevantes, além de contribuir com seu crescimento no país. A Associação reúne representantes de lojas virtuais e prestadores de serviços nas áreas de tecnologia da informação, mídia e meios de pagamento, atuando frente às instituições governamentais, em prol da evolução do setor. A entidade sem fins lucrativos é presidida por Mauricio Salvador e conta com diretorias específicas criadas para fomentar todo o setor, entre elas: Novos Negócios; Relações Governamentais; Mídias Digitais; Relações Internacionais; Meios de Pagamento; Capacitação; Desenvolvimento Tecnológico; Empreendedorismo e Startups; Jurídica; Métricas e Inteligência de Mercado; Crimes Eletrônicos; e Marketing. Para mais informações, acesse: www.abcomm.org
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?