segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

E-commerce: Vendas devem ter alta de 42% neste Natal

Ticket médio também cresce, ficando em torno de 280 reais


O Natal já não é a data mais lucrativa do e-commerce, tendo perdido a posição para a queridinha dos consumidores e lojistas: a Black Friday, segundo a Tray, unidade de e-commerce da Locaweb. Ainda assim, a época do Bom Velhinho deve continuar a render bons lucros para o comércio virtual. De acordo com levantamento da unidade, calcula-se um aumento de 42% no faturamento deste Natal.

Assim como na Black Friday, que teve alta de 11% no ticket médio, o Natal seguirá a mesma linha, com R$ 280, um aumento de 6,5% em relação ao ano passado. Para Thiago Mazeto, head de experiência do cliente na Tray, a constância desse valor se deve a maneira como os lojistas têm praticado o preço dos produtos.

“Durante a Black Friday, notamos que os lojistas evitaram queimar sua margem de lucro, trabalhando os valores no limite do ganho. A tendência é que essa estratégia se mantenha, com aumento apenas em produtos específicos”, aponta.

Com a Black Friday ganhando cada vez mais notoriedade na agenda dos brasileiros, muitos aproveitam a data para antecipar a compra dos presentes de Natal, garantindo a entrega antes do dia 25. “Desde 2016 percebemos que o Natal deixou de ser a data mais lucrativa para o e-commerce. Com uma ação do tamanho da Black Friday tão próxima, a queda nos pedidos no mês de dezembro é um revés esperado”, finaliza Mazeto.

Sobre a Tray

Fundada há 15 anos, a Tray é a unidade de e-commerce da Locaweb. Hoje, possui 10 mil lojistas em sua carteira de clientes e um time com 240 funcionários. Em 2016, comprou a FBITS, desenvolvedora de plataformas e ferramentas de e-commerce para o mercado corporativo. Com isso, passou a oferecer um portfólio de serviços voltados para o comércio eletrônico, que auxilia desde o grande varejista ao novo empreendedor. Para mais informações, acesse: www.tray.com.br.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:

Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?