quinta-feira, 14 de março de 2019

Jin Jin inaugura loja no Shopping Amazonas

A rede pretende crescer 10% em todo País em 2019


Como estratégia de expansão da marca, a Jin Jin, tradicional rede de culinária asiática do Grupo Halipar, inaugura loja no Shopping Amazonas, na zona centro sul de Manaus.

A Região Norte abriga os dois maiores estados em território do Brasil, Amazonas e Pará. Esta nova unidade faz parte do plano de expansão da Jin Jin, que espera um crescimento de 10% em todo País até o fim de 2019.

De acordo com Christiano Evers, diretor de Comunicação e Marketing do Grupo Halipar, a escolha de Manaus é estratégica e proporciona aos moradores do Norte uma oportunidade maior de experimentar de fato a culinária asiática de qualidade. Além das mais conhecidas cozinhas japonesa e chinesa, estão no cardápio da Jin Jin pratos tailandeses e coreanos.

“Crescer para a Região Norte está nos nossos planos de expansão, bem como em outras cidades-chave”, afirmou o executivo.

Há 25 anos no mercado, a Jin Jin é considerada uma das melhores franquias do País. Há mais de 15 anos consecutivos recebe o Selo de Excelência em Franchising da ABF e vem experimentando nos últimos anos um ritmo crescente de expansão. A marca conta com 76 lojas em 11 estados e busca novas áreas de crescimento como parte de sua estratégia de expansão e novos negócios.

Sobre a Jin Jin

A Jin Jin é a maior rede de culinária asiática em shoppings do Brasil e pertence à Holding Halipar, terceiro maior grupo do mercado nacional de franchising no ramo de alimentação em número de unidades. Com 76 unidades distribuídas em 11 estados brasileiros, mais o Distrito Federal, a Jin Jin conquistou o faturamento de R$ 150 milhões em 2018. A Jin Jin está em franca expansão. A franqueadora visa os mercados de todo País meio de seus dois modelos de negócio: a Jin Jin formato Praça de Alimentação e o quiosque Jin Jin Sushi. Com isso, a rede espera um aumento de 10% no faturamento até o final de 2019.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?