Buscar

6 dicas para ajudar na escolha da solução ideal para a indústria

Optar por contratar um SaaS para uma indústria de bens de consumo é uma decisão que deve ser tomada com base em diferentes indicadores. Primeiro, é preciso entender exatamente qual dor a solução resolverá. Assim, o contratante terá certeza de que está comprando algo que vai resolver o seu problema e que vai possibilitar que ele não precise contratar diferentes serviços de uma única vez.

Tendo isso em vista, é importante, também, ter em mente que a empresa fornecedora do serviço precisa entender muito bem do processo que está se comprometendo em facilitar, independente se este é interno à produção industrial ou ligado à comercialização. Dessa forma, muitas vezes, o fornecedor antecipa soluções para problemas que a empresa viria a enfrentar.

Mesmo usando estes dois filtros, ainda sobram muitas opções de fornecedores. Para tomar a melhor decisão, as empresas precisam estar atentas a estas seis características:

1- Cases e Indicações: O software que está buscando possui cases relevantes com clientes? Tentar pesquisar melhor para descobrir como outras empresas estão usando a solução na prática e entrar em contato com outros profissionais da área que já utilizaram a ferramenta para obter um feedback são atitudes que ajudam a dar credibilidade para a solução e segurança para o contratante.

2- Segurança da informação: As questões técnicas relacionadas à segurança e privacidade dos dados não podem deixar de ser analisadas. Contar com profissionais da área da TI no time, que possam analisar este aspecto, é essencial para garantir que o software tenha o compromisso de assegurar os dados presentes nele.

3- Alinhamento com a proposta de valor da solução: Procurar preferencialmente soluções que tenham sido desenvolvidas para o seu ramo de atuação e mercado é essencial para a contratação de um software. É muito comum empresas contratarem um software para resolver um problema diferente da sua proposta de valor, ou buscar uma ferramenta que está sendo utilizada em outro setor, mas que não foi feita exatamente para a sua necessidade. No final das contas, isso significa que, em algum momento, não fará sentido para o fornecedor contratado, pois o foco dele é outro, e a empresa sofrerá para se adaptar ao uso do software.

4- Conhecimento de mercado e consultoria: É preciso prestar atenção se está contratando um fornecedor que vai entregar somente um software ou vai oferecer uma solução para os problemas da empresa. O software por si só não resolve nenhum problema se não for aplicado da maneira correta. Por exemplo, nós aqui na Involves possuímos uma metodologia onde ajudamos o cliente a atingir um nível maior de maturidade em Trade Marketing e Retail Execution. Esta metodologia se reflete dentro do nosso software e através do atendimento do nosso time de Customer Success, com isso os resultados que geramos vão muito além da tecnologia.

5- Suporte a integrações: Estamos caminhando para um cenário no qual as empresas terão diversos fornecedores de soluções especializados em verticais diferentes do negócio. Porém, as soluções provavelmente precisarão se integrar de alguma forma, em algum momento. Por isso, é importante prestar atenção se os softwares possuem recursos para integração. As APIs, inclusive, são pontos importantes que permitem customizar o software para alguma necessidade específica da empresa. Por exemplo: um relatório, integrando dados para gerar análises de forma automatizada em um BI.

6 -"Compre o que tem no caminhão”: Ter certeza de estar tomando a decisão de compra do software baseada no que ele entrega hoje é essencial para não fazer uma escolha equivocada. Por mais que o vendedor e o fornecedor sejam confiáveis e digam que no futuro o software terá determinada funcionalidade que a empresa precisa, mesmo que esta entrega esteja prevista em contrato, a verdade é que está apostando em algo incerto. Pode até ser que a entrega seja realizada, mas a organização estará se submetendo a um risco muitas vezes desnecessário.

O grande segredo, no fim, é encontrar uma solução que se encaixe com a necessidade da empresa, que esteja disponível para o momento que o time está e que caiba no orçamento de forma sustentável. Com cada vez mais tendências tecnológicas surgindo para as indústrias de bens de consumo, é importante, mais do que nunca, estar atento nestas características para não adquirir uma promessa e receber uma solução que, efetivamente, não contribui para o desenvolvimento do negócio.

Postar um comentário

0 Comentários