Buscar

Associação Brasileira de Automação é o hub de dados para o varejo e o universo dos negócios

Durante a conferência Brasil em Código, promovida na semana passada em São Paulo pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, a importância das parcerias perfeitas e da qualidade de dados para a cadeia de abastecimento ficou evidente. O tema foi “It’s a Match” – uma combinação perfeita – com foco na sinergia entre empresas e a tecnologia como fator fundamental para inovação e desenvolvimento econômico-social. Aproximadamente 500 executivos, dirigentes e gestores das maiores empresas do país acompanharam palestras e apresentação de casos de sucesso no Brasil e no exterior.


O evento chegou à nona edição neste ano apresentando tendências na era digital, neurociência aplicada à decisão de compra, indústria 4.0 e o avanço das startups. “Com um clima organizacional que une inovação e pessoas, fica mais fácil entender os clientes e desenvolver os produtos e serviços para conquistá-los”, destaca João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

A palestra de Nathalie Brähler, diretora da Creative Business University, na Holanda, foi um dos pontos altos da conferência. Nathalie é especialista em conectar o “futuro próximo” ao “aqui e agora”, além de explorar novos ecossistemas de transformação no mundo dos negócios. Também participou a vice-presidente de Global Public Policy da GS1, Elizabeth Board.

Elizabeth apresentou o projeto global Verified by GS1, a ser implantado pela entidade nos países em que atua e que prevê avanços e novas compatibilizações na identificação de produtos. O Brasil e a Índia serão os primeiros países do mundo a oferecerem esse serviço de dados oferecido pela GS1. Hoje, os dados são ativos estratégicos das empresas. Por isso, é importante ter um cadastro qualificado de produtos, que garanta agilidade, segurança e eficácia para toda a cadeia produtiva, conectando indústria, atacado, varejo e consumidor. Os desafios de unificar os processos físicos e digitais exigem cada vez mais padronização e controle.

Participou da abertura do Brasil em Código o secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC, Paulo César Rezende de Carvalho Alvim. Para ele, “a prática de induzir processos de inovação representa um processo da construção”. Seria essa a grande diferença de inovar, lembrando a presença de startups na conferência.

As apresentações de casos de sucesso ficaram sob responsabilidade de:


  • João Paulo Pacífico, fundador do Grupo Gaia – “Match entre pessoas na Era Digital”;
  • O vice-presidente de vendas da P&G, André Felicissimo, e o head de Marketing do Supermercado Pague Menos, Diego Cicconato, dividem o palco para apresentar o case “Neurociência aplicada com consumidor nas gôndolas do varejo”;
  • “Indústria 4.0 e Interação homem-máquina” é o case que será apresentado por Daniel Diniz, head de Marketing da ABB, em parceria com Giovanni Cairo, gerente de Engenharia de Manufatura da Electrolux;
  • Elisa Carlos Pereira, gerente de inovação da ABDI, e Carlos Camargo, gerente de Novos Negócios da 3M, apresentam o case “Match indústrias e start-ups para gerar inovação”;
  • Monique Cantu, líder de pesquisa e desenvolvimento de perfumes de O Boticário, e Isaac Sinclair, perfumista na Symrise, mostram a “Produção de perfumes com Inteligência Artificial”;
  • Nathalie Brahler, professora e head of creative business development, na Creative Business University Utrecht - Holanda, coach de criatividade;
  • Tim Lucas, líder de Negócio da Hyper Island e PhD em Antropologia.

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados. Mais informações em www.gs1br.org.

Postar um comentário

0 Comentários