Buscar

Wayzinha chega ao mercado nacional

Grande novidade da cervejaria paranaense Way Beer nos últimos anos, a Revolution Lager na lata traz uma receita cheia de personalidade e preço especial

Com quase 10 anos de história, a cervejaria paranaense Way Beer, uma das principais referências do mercado nacional de cervejas artesanais, sempre se posicionou como uma das melhores e mais inovadoras empresas do segmento. Prezando sempre pela excelência de seus rótulos, a Way lançou estilos e tendências no país, se posicionando como revolucionária em um mercado em franca expansão. Só em 2018, a cervejaria produziu 54 rótulos diferentes.


Agora, visando a expansão do mercado artesanal, a empresa paranaense acaba de lançar uma das maiores novidades de sua história: a Wayzinha. A cerveja, uma Revolution Lager, chegou ao mercado nacional em latas de 310ml, comercializadas pelo preço sugerido de R$ 4,99 nos canais de autosserviço. “Nossa ideia é oferecer uma lager com muita personalidade, com a cara da Way Beer, e que tenha um preço acessível, abrindo o mercado das cervejas artesanais para um número cada vez maior de pessoas”, comenta Alessandro Oliveira, sócio proprietário e cervejeiro da Way Beer.

A Wayzinha, uma cerveja artesanal de altíssima qualidade, puro malte, apresenta 4,2% de teor alcoólico e 20 de IBU (unidade de amargor). A bebida passou por um Late Hopping com lúpulos Saaz e Saphir, garantindo sabores e características únicas. “A Wayzinha passou por um longo período de testes, tudo para que chegássemos ao mercado com uma cerveja que tivesse a cara e, principalmente, toda excelência da Way Beer. Dificilmente o público vai encontrar no Brasil uma cerveja com características, qualidade e valor tão interessantes. Ela chega para ser a melhor opção do segmento”, completa Alessandro Oliveira.

A Wayzinha está disponível em bares, mercados e casas de cervejas artesanais de todo Brasil. Para mais informações sobre a linha completa da Way Beer, ligue para (41) 3653-8853 ou acesse o site www.waybeer.com.br.

Postar um comentário

0 Comentários