A crise do coronavírus atingiu em cheio os comerciantes, principalmente as PMEs. Com movimento reduzido de consumidores e a realidade das medidas de fechamento de lojas e shoppings, as empresas já sentiram os impactos.



Nessa fase, contar com uma estrutura e um comitê de crise pode ser fundamental para a saúde dos negócios. Nesse cenário proprietários de franquias saem na frente ao contar com a estrutura das franqueadoras.

Esse é o caso da Splash Bebidas Urbanas, a rede de franquias de alimentos e bebidas portáteis no modelo take away, que levantou um plano de crise em apenas algumas horas para auxiliar seus franqueados em suas lojas de shopping e rua, presentes em São Paulo, Santo André, Atibaia, Mauá, Rio de Janeiro e Vitória.

Entre as iniciativas para dar fôlego aos franqueados, primeiramente a grande preocupação com a saúde dos colaboradores e clientes. Com isso, a franqueadora elaborou uma série de orientações que visam os cuidados e higienização. Além disso, a negociação com os principais fornecedores para alcançar um prazo maior para pagamento de notas ficais e giro de estoque das lojas de shopping para as lojas de rua.

“É fundamental nesse momento de crise estarmos ainda mais próximos de nossos franqueados, promovendo mudanças rápidas para diminuir o impacto negativo. Atuamos no segmento de alimentação, o que é uma vantagem, pois mesmo com as dificuldades desta grande crise, encontramos formas de continuarmos atuando, como por exemplo os aplicativos de entrega”, relata Lucas Moreira – sócio/fundador da marca.

Em situação mais delicada, as lojas de shopping passam a ter uma orientação especial da franqueadora, com medidas que diminuem o impacto do momento.

A franqueadora passa a isentar 3 meses de royalties e direcionou o investimento de marketing deste período para fomentar anúncios da atuação no delivery, nos principais apps, como: iFood, Rappi e Uber Eats, para as unidades que atuarão neste formato.

“Nosso papel é ajudar o franqueado a entender essa nova realidade. Percebemos que o Coronavírus já mudou a rotina dos consumidores. Conhecer muito bem o nosso negócio nos faz entender a vulnerabilidade deste momento e assim conseguimos sugerir ações de impacto imediato” , afirma Brunna Farizel – sócia / fundadora.

A marca também promoveu ampliação do cardápio delivery para que os consumidores encontrem ainda mais opções nesse momento. Uma das linhas lançadas nesse canal de entrega é a vegana, com opções de bebidas à base de leite de arroz e purê de morango ou mirtilo, além da coxinha vegana de batata doce, brócolis e tofu.