COVID-19: Home Office se torna o modelo de trabalho mais utilizado. Como conciliar com a vida familiar?

COVID-19: Home Office se torna o modelo de trabalho mais utilizado. Como conciliar com a vida familiar?

Em estado de quarentena, o trabalho passa a ser Home Office, deixando assim pais e filhos mais próximos, mas como conciliar com a vida familiar?


Após a Organização Mundial de Saúde decretar pandemia devido ao novo coronavírus (COVID-19), a orientação que foi divulgada é de que a população evite sair de casa e encarar aglomerações. Em diversos estados do país, governadores decretaram quarentena por duas semanas para evitar a proliferação dos vírus.

Devido aos decretos realizados, muitas empresas, comércios e até instituições educacionais tiveram que suspender suas atividades presenciais. Para não ficarem no prejuízo, empresários optaram pelo adiantamento das férias coletivas de seus funcionários e outras pelo modelo de Home Office, no qual o empregado realiza a sua carga horária normalmente, só que em sua casa.

Muitas escolas tiveram que fechar suas portas por tempo indeterminado, fazendo assim, com que pais e filhos fiquem em isolamento social. Agora muitos trabalhadores possuem o desafio de conciliar o trabalho com os cuidados com a família.

Para Flávio Thenorio, Presidente da Arena Baby – rede de franquia de brechó infantil, para ter uma rotina de trabalho organizada em casa é importante elaborar uma programação para começar as atividades, para que assim, consiga realizar todas as pendências e não ficar sobrecarregado. “Tomo um belo café da manhã para iniciar as atividades, depois procuro elencar quais são as prioridades e fazer uma agenda para ter maior eficiência. Os principais desafios com o Home Office no período de quarentena é o fato de estarem todos em casa, pois é inevitável a interação com todos”, comenta.

Já para Marco Giroto, Fundador da SuperGeeks, primeira e maior escola de Programação e Robótica (Ciência da Computação) para crianças e adolescentes do Brasil, para o trabalho nessa modalidade ser bem executado, ele necessita que a pessoa tenha muita disciplina e acesso a um ambiente calmo, que comporte o modelo de trabalho. “O ideal é ter um lugar exclusivo para o Home Office, de preferência um escritório dentro de casa, se isso não for possível, criar um espaço compartilhado, mas que não seja perto de lugares com muita passagem de pessoas ou perto de distrações”, comenta Marco.

A Analista de Marketing da Seguralta, rede de corretora de seguros, Daniele Carareto, conta que o seu ambiente para o Home Office está sendo bem setorizado e organizado. “Anoto tudo que preciso fazer, faço listas e divido as minhas tarefas em categorias. Só inicio uma nova tarefa quando termino de fazer a anterior, já que executar mais de uma tarefa ao mesmo tempo, dá a sensação de que nada será finalizado”, comenta sobre como realiza a sua organização para o trabalho.

Para a empresária Julie Ane Guimarães Ferreira, Diretora de Novos Negócios da Neo Delivery, franquia de aplicativo de entrega via moto frete, o Home Office se tornou um desafio, já que possui uma criança pequena em casa. Ela fala sobre como a rotina da família mudou drasticamente com os decretos de quarentena. “Enquanto realizamos reuniões (videoconferências), tocamos e-mails, alternamos com brincadeiras, troca de fraldas e fazemos a sua alimentação, tudo isso, sem perder o foco do trabalho e o crescimento da nossa filha”, afirma Julie Ane.

O empreendedor Mario Gasperini, CEO da Primicia, empresa de varejo no setor de artigos de turismo, que tem duas crianças pequenas em casa, fala sobre como é a conciliação do Home Office com a educação das crianças nesse período de quarentena. “Dividimos as tarefas domésticas, inclusive atribuindo a elas tarefas mais fáceis de serem realizadas. Reservamos um horário fixo destinado para os estudos e para as participações das vídeo aulas do colégio. Desse modo, elas compreendem que enquanto trabalhamos, elas têm o momento delas, respeitando o nosso trabalho”, comenta Mario.

Para Eder Oliveira, Diretor de Expansão da MTCred, rede de serviços de crédito, o Home Office em tempos de quarentena é um grande desafio para todos aqueles que possuem filhos pequenos em casa e temos que fazê-los compreender que neste momento os pais estão ocupados trabalhando, mesmo estando em casa. “Para os pais que possuem filhos com idade de entendimento, esse momento sem dúvida é uma grande oportunidade de demonstrar o valor do trabalho, da disciplina e da dedicação e principalmente ter amor pelo que faz”.

Rafael Matos, Sócio Fundador do N1 Chicken, rede de franquia de delivery de frango frito, informou que liberou todos os colaboradores de sua franqueadora para trabalhem em Home Office, mas antes forneceu um treinamento para que todos estivessem aptos a essa modalidade de trabalho. “O conceito de Home Office ainda é muito novo para nós brasileiros, mesmo sendo praticado por muitas empresas. Existe ainda questões a serem exploradas para manter e aumentar a produtividade da modalidade, como com certas ferramentas de comunicação, controle e execução de tarefas”, comenta Rafael.
Anterior
Próximo

post written by:

0 Comentários: