[ListLayout]
×

Livreiros lançam campanha nacional pela valorização das livrarias físicas

#tudocomeçanalivraria segue movimento mundial iniciado nos últimos meses




Os livreiros brasileiros se reúnem para fazer história: inspirados em um movimento internacional para atrair visitantes às livrarias e espaços culturais, após quatro meses de estabelecimentos fechados por causa da pandemia de Covid-19, um grupo de representantes de mais de 120 pontos de venda do país lança nesta quinta-feira (12) a campanha #tudocomeçanalivraria. Com apoio da Câmara Brasileira do Livro (CBL), da Associação Nacional de Livrarias (ANL) e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), a campanha tem como objetivo reforçar o protagonismo das livrarias como ponto de conexão entre livreiros, autores, editores, distribuidores e leitores.

O grupo de livreiros foi formado no início da pandemia, quando as livrarias foram fechadas, para que todos pudessem pensar juntos em como enfrentar os novos desafios. De lá para cá, eles viram nascer pelo mundo campanhas de incentivo ao livro e às livrarias. Espanha, Portugal, Argentina, Chile, México, Inglaterra... Faltava o Brasil. Foi quando decidiram escrever este capítulo.

"A livraria é o lugar de encontro entre o leitor e o livro, onde se fortalece essa conexão. Também é o espaço de prazer e de conhecimento, de troca de experiências, de lazer. É onde se vivem sonhos. A livraria física é fundamental na formação dos leitores e onde surgem muitas histórias de livros e livreiros", resume o presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), Vitor Tavares.

Não por acaso, as livrarias respondem por quase metade das vendas de livros, segundo a pesquisa "Produção e vendas do setor editorial brasileiro", de 2019. Mas o país, como todo o mundo, sofreu os impactos da pandemia, que provocou queda média de 40% nas vendas desses estabelecimentos, em relação ao ano passado.

"Mesmo compensando vendas pela internet, as editoras sentiram o baque principalmente nos resultados dos lançamentos de 2020, bem abaixo do esperado. Sem as livrarias, não houve a arte do encontro com os novos livros", ressalta o diretor executivo da Editora WMF Martins Fontes, Alexandre Martins Fontes.

#tudocomeçanalivraria é uma porta aberta a esse reencontro. Ao longo da campanha, que começa com um convite para que as pessoas postem suas experiências nas livrarias com essa hashtag em suas redes sociais, serão divulgadas iniciativas para fomentar hábitos como visitar livrarias e presentear com livros.

Comentários