[ListLayout]
×

Varejo óptico brasileiro se reinventa durante a pandemia de Coronavírus


O consultor e mentor de óticas brasileiras, Thiago Salvador, dá dicas para o setor manter as vendas e continuar em expansão em tempos de Covid-19.

A pandemia do coronavírus provocou mudanças em todos os segmentos da economia mundial. E isso também afetou o varejo óptico, que com mais de 86 redes em todo o território brasileiro, segundo a Associação Brasileira da Indústria Óptica (Abióptica), precisou se reinventar e encontrar novos nichos para superar a crise e voltar a crescer no mercado.

É o que afirma Thiago Salvador, consultor, palestrante e mentor de óticas brasileiras. Ele aponta que, os gestores e empresários do varejo óptico precisam apostar em inovação para chamar a atenção do consumidor. “Assim, consequentemente, a ótica vai manter as vendas em tempos de Covid-19, prospectando e mantendo os clientes. Uma dica é encontrar novos canais de venda, como atendimento online. Na minha opinião, o varejo é um mercado que continua em expansão no Brasil, e mesmo na pandemia, continua crescendo. Já que as pessoas estão cuidando mais da saúde visual, por conta desses novos hábitos adquiridos no isolamento social, entre eles, a leitura”, diz. 

Segundo Salvador, para os estabelecimentos se destacarem no varejo óptico, é necessário fazer a venda do valor agregado, ou seja, mais do que vender um óculos e uma lente para o consumidor, é vender o benefício de comprar esses produtos e ainda oferecer algum outro tipo de produto que vai ajudar a melhorar performance dos itens, entregando uma boa experiência para o consumidor. “Outro diferencial é o treinamento de equipe. Eles precisam entender que todo fechamento é uma nova venda. Além disso, a ótica precisa estar à frente das concorrentes, trazendo novas soluções inovadoras para os seus consumidores, seja como brinde no final de uma compra ou como venda”, indica.

Para o consultor, um exemplo disso, é de um produto desenvolvido em meio à pandemia que está sedo muito importante para o mercado óptico para trazer o consumidor de volta para as lojas, além de um grande alavancador de vendas em todo o país. Trata-se de uma flanela com tecnologia antiembaçante da marca Outfog, empresa que oferece soluções inovadoras para o dia a dia das pessoas em tempos de Coronavírus. “O uso de máscara é um importante aliado desse período, entretanto, para quem usa óculos, é um pouco desconfortável, já que as lentes embaçam. Então, poder contar com uma solução que veio para ajudar tanto o consumidor, como os empresários donos de ótica, para aumentar o faturamento”, comenta Salvador.

Hoje, a flanela já movimentou cerca de R$ 14 milhões de reais em óticas. Para o consumidor, o item trouxe uma solução imediata, podendo encontrar o produto em qualquer lugar do Brasil. “A distribuição para o mercado nacional foi muito rápida e isso deu mais segurança para os empresários, que para continuar crescendo, precisam continuar acreditando nessas empresas inovadoras, como é o caso da Outfog”, afirma Salvador.

Inovação no mercado óptico 

Uma ótica que está apostando na venda de soluções inovadoras para seus clientes, é a Ótica Foco, de Curitiba, no Paraná. Ademir Bento Junior, gestor da ótica paranaense, conta que a flanela, por exemplo, foi uma oportunidade para sair do convencional, de somente vender a armação e a lente para seus clientes. “A gente percebia que quando o cliente estava provando as armações, o óculos embaçava e a pessoa ficava desconfortável, então, a flanela foi uma maneira de ajudar o nosso consumidor usar a máscara com ainda mais conforto, tanto dentro da loja, como no seu dia a dia”, revela Junior.

Junior explica que a ótica atua alguns anos com delivery, e no período de pandemia esse canal cresceu e a flanela impulsionou esse serviço durante o isolamento social. “Nós percebemos que as pessoas se interessavam pela flanela e armações, mas, tinham o receio de sair de casa, por medo de se infectar. Então, com a comercialização desse produto, ela ajudou no crescimento desse canal de venda e no volume de vendas e faturamento da ótica Foco”, comenta.

Por fim, o gestor da ótica avalia que a flanela chegou para solucionar um problema que surgiu com a pandemia, que foi o embaçamento das lentes. “E hoje, praticamente todo usuário de óculos que vai colocar a máscara para sair de casa, sofre com as lentes embaçadas. Então, a flanela é extremamente importante para o período atual e no pós Covid-19”, conclui Ademir.

Sobre a flanela Outfog

A flanela Outfog possui compostos orgânicos que favorecem a formação de um filme sobre a lente que altera a tensão superficial da água, quebrando assim as microgotículas que causam o embaçamento. Recomendada para óculos de grau, óculos de sol, óculos de natação, visor de capacete, vidro de carro e óculos de snowboard, a flanela antiembaçante possui boa aderência na lente por até 36 horas, e pode ser utilizada por até 500 vezes. Saiba mais em https://www.outfog.com.br/

Comentários