[ListLayout]
×

Wickbold anuncia apoio ao Chef Aprendiz

Projeto social de desenvolvimento humano capacita jovens de 17 a 24 anos, em situação de vulnerabilidade social, para atuação no mercado de gastronomia



Pegue uma pitada de inclusão social e adicione diversos temperos, como autoconhecimento, conhecimento técnico, afeto, tempo e oportunidade, que fazem a diferença em qualquer preparo. Essa é a mistura de ingredientes que forma o Chef Aprendiz, projeto que acaba de ganhar o patrocínio, via lei de incentivo Proac ICMS, da Wickbold, líder brasileira no segmento de pães especiais e saudáveis.

A iniciativa tem como objetivo promover o desenvolvimento humano e a inserção social usando a gastronomia como ferramenta. Para isso, o projeto capacita gratuitamente jovens, de 17 a 24 anos, em situação de vulnerabilidade social para trabalhar em cozinhas profissionais. Durante cinco meses, os participantes recebem ensino prático e teórico, que vão desde etapas simples, como a maneira correta de lavar um prato, até a apresentação do preparo final, passando por educação financeira, currículo e autoconhecimento.

Durante esse processo, os jovens participam de oficinas com parceiros do Chef Aprendiz. Uma delas contou com os produtos da Wickbold para os preparos. Na ocasião, os alunos aprenderam diversas receitas salgadas e doces, como croque monsier, torrada inglesa, bolo prestígio, e até mesmo uma rabanada feita com os pães de Fermentação Natural da marca.

"Nós temos a preocupação constante sobre o legado que queremos deixar para a sociedade. Acreditamos que a gente é o que a gente nutre e que é nosso papel, como empresa de alimentos, participar de iniciativas como essa, que são coerentes e colaboram para melhorar a vida de dezenas de jovens e, consequentemente, o futuro", explica Pedro Wickbold, diretor geral da companhia.

Depois de passarem pelo período de oficinas, os alunos terminam com uma competição ao estilo MasterChef, na qual apresentam um menu completo para um júri de chefs e donos de restaurantes que tem a intenção de contratá-los. Além do desenvolvimento do prato, os participantes são avaliados por todo o desempenho durante a edição.

"Em um mundo em que as pessoas buscam relações e serviços mais transparentes, acreditamos que ninguém se faz sozinho. São as relações, a escuta verdadeira e vínculo genuíno entre parceiros e pessoas que resultam nas melhores e mais diversas receitas para a transformação real que buscamos", analisa Beatriz Mansberger, fundadora do projeto.

Sobre a Wickbold

Líder no segmento de pães especiais e saudáveis, a Wickbold celebrou em 2018 seus 80 anos de atuação no mercado brasileiro de alimentação. Fundada em 1938 por Henrique Wickbold, imigrante de origem alemã, começou a atuar como uma pequena padaria localizada no Brooklin em São Paulo, a qual passou a administrar com o nome de Padaria Wickbold. Atualmente, a companhia conta com três fábricas no Brasil - Diadema, onde funciona também a matriz administrativa; Hortolândia, que tem uma das maiores capacidades produtivas do Brasil; além da unidade no Rio de Janeiro. Em constante expansão, a empresa adquiriu a marca Seven Boys em 2015, que tem as famosas bisnaguinhas como carro-chefe. Além de atender de forma pioneira no país às demandas do consumidor por saudabilidade, os produtos da marca também são reconhecidos pelo sabor e alta qualidade. O portfólio atual conta com cerca de 40 itens, divididos nas categorias pães de forma, pães de lanche, linha especial (integral e com grãos), linha light, linha sem glúten, bisnagas e torradas. Sempre atenta ao consumidor, a Wickbold ficou entre os 10 primeiros colocados da categoria Alimentos-Mercearia, do Prêmio Época ReclameAqui 2017.

Comentários