A Coop – Cooperativa de Consumo chega aos 60 anos com muita vitalidade e disposição para se manter saudável entre os maiores supermercados do Brasil, e a maior cooperativa de consumo da América Latina.

Márcio Francisco Blanco do Valle
De acordo com o diretor-presidente Márcio Francisco Blanco do Valle, para alcançar resultados satisfatórios, apesar da redução observada no fornecimento previsto para 2014, algumas ações, como revisão de receitas e despesas, foram necessárias para se adequar ao nível de competitividade do mercado.

“Para não termos resultados negativos neste ano, a Coop reduziu 10% de suas despesas operacionais e 5% do efetivo. Foram reduções drásticas, mas necessárias para preservar a saúde da cooperativa e a empregabilidade dos 5.800 colaboradores”, explica Valle.

Essas mudanças estratégicas também já preparam a Coop para 2015 que deverá ser um ano de ajustes para a economia. “Estamos observando uma queda no fornecimento em 2014, que deverá continuar no próximo ano, devido à perda do poder aquisitivo, principalmente com as demissões no ABC, alto endividamento e corrosão do poder de compra devido à inflação. Além disso, a expectativa de aumento de preços represados, como nos transportes, energia elétrica e combustíveis, contribui para reduzir o nível de confiança da população, retraindo ainda mais a disposição para o consumo”, acrescenta o diretor-presidente da Coop.

Atualmente a Coop possui 28 unidades de distribuição, sendo 21 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e uma em Tatuí, além de três postos de combustíveis e quatro drogarias externas. Em 2013 a Cooperativa fechou o exercício com fornecimento bruto de R$ 1,967 bilhão.

Investimentos

Neste ano, a Coop anunciou investimentos da ordem de R$ 123,5 milhões a serem aplicados na aquisição de um terreno para construção de um novo CD – Centro de Distribuição, novas unidades, reforma de lojas e compra de equipamentos.

O investimento também contempla a implantação de cinco drogarias externas, sendo que duas já foram inauguradas – uma em maio, totalizando três unidades em São Bernardo do Campo, e outra no mês de agosto na cidade de Santo André.

Com essas inaugurações, a Coop passa a contar com 32 drogarias (28 delas anexas às unidades), sendo que 29 já operam com o Programa Farmácia Popular do Ministério da Saúde. A Cooperativa oferece o Convênio Drogaria, hoje com 100 empresas conveniadas na região do ABC e interior de São Paulo que beneficiam mais de 35 mil funcionários, que contam com até 40 dias para pagar as aquisições de medicamentos. São empresas de pequeno e médio porte que aprovam um limite mensal para que o colaborador tenha acesso aos medicamentos disponíveis nas drogarias.

Quanto à Central de Distribuição, Márcio Francisco Blanco do Valle explica que o atual espaço já não atende às necessidades da rede. “É preciso triplicar a atual área de estocagem, por isso a busca para encontrar espaço adequado para a construção do novo CD”.

Educação corporativa

Desde o ano passado, a Coop está desenvolvendo um forte trabalho voltado para a educação corporativa, que premia as competências e empenho de seus colaboradores, reforçando a meritocracia. “Somente assim é possível promover um ambiente de trabalho justo e transparente aos nossos colaboradores”, acrescenta o diretor-presidente.

Esse programa, com previsão de implantação completa em 2015, está sendo desenvolvido em parceria com a USCS – Universidade de São Caetano do Sul e contempla, inicialmente, as competências que envolvem liderança, atendimento e informática.

Para a Coop, os três eixos do crescimento da Cooperativa são rentabilidade, atenção com o cooperado e com o seu colaborador.

Responsabilidade Social

Cumprindo seu papel social, a Coop possui uma série de ações voltadas para a comunidade e uma delas refere-se à destinação de R$ 300 mil, que neste foi revertida a 15 instituições beneficentes, localizadas nas cidades onde possui unidades de distribuição. Esse valor foi aprovado pelos cooperados durante a Assembleia Geral Ordinária, realizada no final do mês de março, e desde sua implantação, há 13 anos, a ação já beneficiou 186 instituições com recursos da ordem de aproximadamente R$ 3,9 milhões.

Outra ação de destaque é o Programa A Escola vai à Coop, desenvolvido em 2002. O programa visa multiplicar o conceito da doutrina cooperativista - baseada na cooperação -, focando ainda assuntos como a preservação do meio ambiente, consumo consciente e alimentação saudável. Só no ano passado foram realizadas 649 visitas que somaram 22.715 alunos de escolas públicas e particulares localizadas nas cidades onde a Coop está instalada – ABC, Sorocaba, São José dos Campos, Piracicaba e Tatuí.

A Coop também reverte trimestralmente para a Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo, parte da verba arrecadada com o Programa Troco do Bem e da venda da Revista Coop. Desde 2010, os programas já renderam mais de R$ 300 mil em doações para a Federação das APAE’s, que repassa esses recursos às suas instituições localizadas nas cidades onde a cooperativa atua. Na área social, constam ainda ciclo de palestras, cursos gratuitos e ações de qualidade de vida e bem-estar voltados aos cooperados.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: