• Últimas postagens

    Consumidor de Belo Horizonte bate recorde no número de dívidas em atraso

    Com orçamento apertado em função do aumento no custo de vida, os consumidores da capital mineira estão acumulando dívidas. De acordo com pesquisa de inadimplência da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) houve aumento de 2,28% no número de dívidas em atraso junto ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da entidade quando comparado maio com o mês anterior. Esse é o maior aumento para o mês de maio desde o início da série histórica em 2011. “Com a perda na renda em função da inflação, os consumidores estão com maior dificuldade de pagar suas contas”, explicou a economista da CDL/BH, Ana Paula Bastos.