Primeira operação dessa natureza foi realizada por meio da Zattini, loja online de moda do Grupo, lançada no fim de 2014 e que já fatura mais de 100 milhões de reais

O Grupo Netshoes anuncia a aquisição da Shoestock, uma das mais importantes marcas de calçados originárias de São Paulo. A primeira aquisição na história da empresa ocorre por meio do e-commerce de moda Zattini, lançado em dezembro de 2014, que retomará a produção e comercialização dos célebres calçados e acessórios da marca.

O Grupo Netshoes passa a ser a única detentora da Shoestock. "Desde 2014, estruturamos nosso capital para oportunidades de investimentos como esta", revela Marcio Kumruian, fundador e CEO do Grupo Netshoes. Criada em 1986, a marca encerrou suas atividades no último trimestre de 2015. "A marca já tem um relacionamento estreito com seu público e o papel do Grupo Netshoes, via Zattini, é renovar a Shoestock, com a excelência do ambiente online, qualidade de atendimento e produtos a preços competitivos", completa o executivo.

Os consumidores da Shoestock serão beneficiados com a expertise e capilaridade de 16 anos de e-commerce do Grupo Netshoes. "Nosso principal desafio é digitalizar e relançar a marca para o segundo semestre e, em breve, também teremos novidades sobre como respeitaremos a tradicional experiência física da Shoestock", explica Kumruian. Todas as experiências de compra online propostas para a "nova" Shoestock serão norteadas pelas já reconhecidas melhores práticas do Grupo Netshoes, cuja missão é entregar a melhor experiência de compra ao cliente e facilitar seu dia a dia, de forma democrática e acessível.
O movimento de aquisição da Shoestock integra parte do plano de negócios do Grupo Netshoes, assim como a iniciativa do marketplace - lançada em janeiro deste ano para seus dois e-commerces (Netshoes e Zattini) - e outras.

Primeiro ano de operações da Zattini
A Zattini saltou de 12 mil produtos distribuídos entre 70 marcas para 40 mil artigos de 300 marcas em apenas um ano. Nesse período, o e-commerce de moda superou as expectativas do Grupo Netshoes ao faturar mais de R$ 100 milhões apenas em 2015.

O início das operações da Zattini ocorreu em dezembro de 2014 e utiliza de uma estrutura otimizada com o e-commerce Netshoes - como Central de Relacionamento e Centros Logísticos. Atualmente, são mais de 40 colaboradores diretamente ligados à loja virtual de moda, além de mais 100 colaboradores indiretos e todo o backoffice do Grupo Netshoes.

Segundo Kumruian, a Zattini trouxe um novo público consumidor para o Grupo Netshoes. "Em nosso e-commerce de moda, 65% dos clientes são mulheres. Esse número é inversamente proporcional ao gênero dos clientes da Netshoes que em sua maioria são homens. Em 2016, iremos aumentar ainda mais nossas ações para a Zattini e seu público", conclui Kumruian.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: