De olho no crescimento do setor, empresas buscam novas tendências e apresentam produção nacional

A indústria de games brasileira continua em expansão. De acordo com a pesquisa da consultoria PwC, o país apresentará, até 2018, um crescimento médio de 13,5% ao ano, desenvolvimento muito acima das perspectivas mundiais que preveem crescimento de 6,3% ao ano no mesmo período.

Em números, segundo a pesquisa, o faturamento duplicará, ultrapassando a marca de US$ 844 milhões, movimentando a economia nacional e despertando o interesse financeiro de diversos órgãos, entre eles, o BNDES, que tem monitorado o desenvolvimento e trabalha junto ao governo na criação de políticas públicas focadas em estimular a produção no mercado de economia criativa.

Ponto de convergência entre as indústrias criativa e da tecnologia, os games evoluem constantemente e no próximo mês de março, 3 eventos internacionais prometem agitar o cenário do setor apresentando novas tendências, técnicas e tecnologias.

Focadas no desenvolvimento e produção de games a Game Developers Conference (GDC) e a Game Connection, que acontecerão em março, anunciam aos desenvolvedores e publishers todas as novidades tecnológicas e conceituais da área de games e são o espaço perfeito para busca de novos contatos e experiências.

No mesmo mês, um dos mais importantes festivais de economia criativa do mundo, o South by Southwest (SXSW) agitará a cidade de Austin, nos Estados Unidos, e levará até o público, além de diversas apresentações culturais, as mais recentes tendências da economia criativa, considerada o futuro do desenvolvimento social e econômico do mundo.

Presente nos três eventos Mario Lapin, CEO da Virgo Game Studios - empresa especializada em games para aprendizagem e impacto social - destaca a importância da participação brasileira como um dos propulsores para o desenvolvimento: "Participar de eventos internacionais permite a indústria de games nacional familiarizar-se com novas tendências, firmar parcerias e trocar experiências sobre as produções locais. Afinal o Brasil é um dos grandes produtores e consumidores de economia criativa".

Para participação na GDC, Game Connection e SXSW, as empresas brasileiras contam com o apoio da APEX-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) que busca estimular a produção nacional, fortalecendo o mercado interno e as exportações do setor.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: