Confira a lista!

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Há muito exagero no "DISRUPTIVO"

Se tem um termo que abomino completamente é o termo "DISRUPTIVO". Chego a ter vontade de sair de uma reunião quando o escuto.

Sério, tem gente que abusa e acredita que hoje tudo para ter sucesso precisa ser disruptivo, e confunde tanto o que de fato é isso, que inventa uma tampinha de garrafa que abre para o outro lado e já sai falando que é disruptivo...rs.

A disrupção é algo que pode ser interessante e bem vindo, mas ainda precisamos fazer muito da lição de casa para não perdermos a mão com nossos clientes. Os "sem alguma coisa", como um intermediário ou ainda algum outro processo que a maioria dos projetos e soluções dito disruptivas trazem carregam uma anarquia preocupante, que carrega uma avalanche de expectativas, mas que torna por frustar muita gente, de investidores à consumidores. Consumidores se frustaram muitas vezes por na hora de algum problema, não haviam canais para reclamações ou reivindicarem seus direitos. O que é disruptivo, também deve ser disruptivo na hora do que o consumidor acha direito?

Arroz com feijão bem feito e degrau por degrau tem sido o melhor e mais sustentável caminho para a inovação. Nem 8, nem 80, que tal 44 antes?

Não se isola não amigo! rs
Abraços e boas vendas,

Caio Camargo
Editor | falandodevarejo.com
Linkedin | Instagram | YouTube

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search