[ListLayout]
×

E-commerce: dicas para datas sazonais

Quando inicia o ano, muitos e-commerces começam a pesquisar as datas sazonais para o seu negócio. Por um lado, existem as chamadas “datas de varejo”, que são comuns a todas as marcas, por exemplo, Dia das Mães, Pais, Namorados, Natal. Porém, há outras que fazem mais sentido para um segmento do que para outro, por exemplo, o Dia do Geek, que faz todo o sentido para livrarias e cinema, mas pouco para um supermercado.



A dica principal não poderia ser outra que não esta: tenha muito cuidado com o que a sua marca vai comemorar. Tenha aderência ao segmento, ao seu consumidor e principalmente ao que a empresa oferece para o mercado. Datas sazonais existem aos montes; se olhar os calendários mais detalhados, verá que alguns dias têm três ou quatro comemorações simultâneas, como 21 de abril, feriado de Tiradentes, mas também é o Dia do Metalúrgico, Latinidade, Polícia Civil, Têxtil, aniversário de Brasília, Dia Mundial da Criatividade e Inovação e do funcionário da Polícia Civil.

Seguindo a primeira dica, você deve olhar e pensar qual deles é mais importante para a sua empresa e focar nesse, assim como, se identificar que nenhuma dessas datas tem aderência ao seu negócio, simplesmente não faça. As redes sociais, principal canal usado para campanhas sazonais, são para fortalecimento de marca, relacionamento e vendas. Se a data a ser comemorada não trouxer nenhum dos pontos acima, o conselho é não fazer nada, mas, se trouxer os três, é preciso mais do que um simples post, o que vem para a segunda dica.

Se a data for importante para o seu segmento, faça algo que enalteça primeiro as pessoas, depois a marca e por fim faça uma venda. Criar uma promoção de 10% no Dia das Mães, que é uma data tradicional de vendas, por exemplo, é válido. Em comemorações menores como o 13 de maio, Dia do Chefe de Cozinha, se você tem um restaurante funciona, mas siga o passo acima: enalteça a pessoa, ou as pessoas, depois a sua marca e por fim algo que seja estímulo de venda, este com o menor dos pesos.

A terceira dica se baseia em preparo. As grandes datas sazonais têm meses de preparação. Para o Dia dos Namorados, por exemplo, tem empresa que se prepara em abril. Pode parecer muito tempo, mas às vezes não é suficiente. Essas grandes datas foram criadas para ampliar as vendas, e as pessoas sabem tanto disso que as esperam para comprar algo que precisam. Comprar eletrodoméstico no Dia das Mães se tornou tradição tão forte que as pessoas esperam a data para comprar produtos para as suas casas mais do que para as mães. Há produtos que têm venda maior em datas sazonais, como flores no Dia dos Namorados.

A preparação passa pelo conceito de campanha, setup nas ferramentas, criação, textos para assessoria de imprensa, um estoque maior de produtos e logística que precisa ser reforçada. Se o produto é perecível, o planejamento precisa ser ainda mais detalhado, ou se a empresa promete entrega rápida, a logística precisa de algo a mais do que reforço: precisa de um planejamento de rotas mais efetivo, e nesse ponto de entrega vem a quarta dica.

Existem produtos não perecíveis, como geladeiras, que, se não forem vendidas em maio, não chega a ser um problema. Porém, há produtos, como flores e comida, que se não forem vendidos no dia seguinte podem ser jogados no lixo, o que é literalmente jogar dinheiro fora e deperdiçar o tempo que se ficou planejando tudo aquilo que na execução não deu o resultado esperado.

Última dica: não use a data sazonal para se promover, ou fazer apenas porque o mercado está fazendo. Não. Nenhuma empresa se destaca no mercado copiando o que os outros fazem. Faça porque é verdadeiro, genuíno e está dentro do propósito da marca, se possível, traga as pessoas da empresa para as campanhas. Isso agrega uma boa reputação de marca, pois mostra a empresa dando importância aos colaboradores.

Artigo escrito por Clóvis Souza, CEO da Giuliana Flores.

Comentários