Levantamento mensal e inédito mostra desempenho de cada setor e compara varejo no interior, capital e Estado com base em dados do ICMS enviados pela SEFAZ-SP; em maio, vendas no setor de eletrodomésticos e eletroeletrônicos cresceram 18,8% ante abril, 36% no acumulado do ano e 53,8% no acumulado de 12 meses

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) divulga a partir desta quarta-feira (23/7) o ACVarejo, levantamento mensal e inédito que revela o desempenho de cada setor do varejo paulista. O ACVarejo também compara o volume de vendas e os faturamentos (receita nominal) do varejo como um todo no interior, capital e Estado.

O ACVarejo é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da ACSP com base em informações enviadas pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Trata-se de dados de faturamento do varejo, coletados a partir das informações do ICMS, tanto do Estado de São Paulo como da capital e das demais regiões. Os indicadores terão uma defasagem de dois meses, de acordo com o cronograma de divulgação dos dados da SEFAZ-SP.

Eletrodomésticos e eletroeletrônicos: melhor desempenho em maio

Segundo o Boletim ACVarejo n.1, o setor de eletrodomésticos e eletroeletrônicos foi o que apresentou o melhor desempenho no varejo em maio no Estado de São Paulo. As vendas físicas avançaram 18,8% ante abril, 36% no acumulado do ano e 53,8% no acumulado de 12 meses. Já o faturamento do setor apresentou crescimentos de 19,3%, 44% e 62,7% nessas mesmas comparações.
Já em relação a maio de 2013, o maior destaque foi para as lojas de departamento, com incrementos de receita nominal e de volume de vendas de 24% e 16,5%, respectivamente.

"Os resultados provavelmente refletem os efeitos da Copa do Mundo, do Dia das Mães e das novidades eletrônicas, principalmente celulares e tablets", afirma Rogério Amato, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de SP) e presidente-interino da CACB (Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil).

Piores resultados

Na contramão, o pior desempenho em maio ante abril foi do setor de supermercados, com quedas de 2,3% nas vendas físicas e de 1,9% no faturamento, respectivamente - provavelmente devido à celebração da Páscoa em abril.

Em relação a maio de 2013, o pior resultado foi do setor de lojas de móveis e decoração, com reduções da receita nominal e do volume de vendas de 12,3% e 17,5%, respectivamente. No acumulado do ano e dos últimos 12 meses, o pior resultado foi das lojas de departamento, que mostraram quedas no faturamento e das vendas físicas de 20,3%, 25,0% e 22,2% e 26,7%, respectivamente.

"Esses resultados se devem, provavelmente, aos efeitos negativos do menor crescimento da renda, da menor geração de empregos, da desaceleração do crescimento do crédito destinado ao consumo e da queda na confiança do consumidor do Estado de São Paulo", explica Rogério Amato.

O ACVarejo

O ACVarejo é o novo indicador elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da ACSP a partir de um convênio entre a Associação e SEFAZ-SP. O Instituto já elabora o tradicional Balanço de Vendas, que mostra o desempenho do varejo paulistano, e o Índice Nacional de Confiança (INC), que sinaliza como está a confiança do consumidor brasileiro - inclusive por regiões.

O IEGV passou a receber mensalmente os dados de faturamento do varejo, coletados a partir das informações do ICMS, tanto do Estado de São Paulo como da capital e das demais regiões, agrupadas de acordo com a localização de cada Delegacia Regional Tributária (DRT).

Os dados incluem os seguintes segmentos do comércio: autopeças e acessórios; concessionárias de veículos; farmácias e perfumarias; lojas de departamento; lojas de eletrodomésticos e eletroeletrônicos; lojas de material de construção; lojas de móveis e decorações; lojas de vestuários, tecidos e calçados; outros tipos de comércio varejista; e supermercados.
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: