Começou hoje (25) e termina dia 28 de abril, no Anhembi, na zona norte de São Paulo, a FEBRATÊXTIL – Moda & Negócios, no horário das 14 às 21 horas. No mesmo local, estarão reunidos expositores de todos os segmentos da cadeia têxtil e de confecção. É organizada pelo Comitê MjC/ Textilia e Fcem/ Febratex Group. A feira acontece num momento onde a produção industrial têxtil começa a se recuperar, como bem demonstram os resultados registrados nos dois primeiros meses deste ano, frente ao mesmo período do anterior, em cada elo da Cadeia Produtiva Têxtil e Confecção. A análise do setor foi feita pelo IEMI-Inteligência de Mercado.

• A produção de manufaturas têxteis em volumes foi de 140 mil toneladas no mês de fevereiro, com alta de 8,7% em relação ao mês anterior. No ano, entre janeiro e fevereiro, houve uma alta de 5,7% sobre o mesmo período de 2016.

• Em valores, a receita da indústria têxtil alcançou um valor estimado de R$ 2,6 bilhões em fevereiro, com alta de 9,9% frente ao mês anterior. No ano registrou uma alta de 9,3%.

• O consumo interno (aparente) de fios, linhas, tecidos e malhas foi de 169 mil toneladas no mês de fevereiro, com alta de 7,2% sobre o mês anterior. No ano, houve um aumento de 9,0%.

• A produção de vestuário em volumes totalizou 406 milhões de peças produzidas no mês de fevereiro, uma alta de 16,4% em relação ao mês anterior. No ano, houve alta de 8,4% frente a 2016.

• Em valores, a receita da indústria de vestuário alcançou o valor estimado de R$ 7,4 bilhões, uma alta de 17,5% no faturamento mensal do mês de fevereiro frente ao mês anterior. No ano, houve uma alta de 5,6%, em comparação ao mesmo período do anterior.

• O consumo interno (aparente) de vestuário foi de 469 milhões de peças no mês de janeiro, registrando uma alta de 13,9% sobre o mês anterior. No acumulado do ano, até fevereiro, houve alta de 11,3% em relação ao mesmo período de 2015.

Sobre o IEMI

O IEMI – Inteligência de Mercado foi criado em 1985 para atender a crescente demanda por dados numéricos e comportamentais relativos aos mercados das empresas e entidades de todos os tamanhos, bem como para ajudar a sustentar o planejamento de suas ações. O IEMI tornou-se a principal fonte de informações para importantes setores da economia brasileira, como o de móveis e colchões; calçados; têxteis; vestuário; e cama,mesa e banho, contribuindo para seu melhor desenvolvimento.

Site: www.iemi.com.br
Share To:
Magpress

Falando de Varejo

O Falando de Varejo é o maior blog sobre o varejo brasileiro, no ar desde julho de 2008. Navegue por nosso site e conheça nossas dicas e artigos especiais. Quase 6 milhões de pessoas já passaram por aqui. Clique nos links abaixo para nos seguir também nas principais redes sociais.

Post A Comment: