segunda-feira, 21 de julho de 2008

Dicas práticas de merchandising















Ola a todos.

O que é necessário para uma loja organizada e preparada para atender bem, sem investir muito?
Para um bom merchandising, deve-se seguir algumas regras básicas:

1.) Manter gôndolas e produtos limpos e organizados

Loja suja ou mal organizada passa uma péssima impressão ao consumidor. Quero ter orgulho de poder comprar em uma loja que seja tal qual o sonho que projeto para minha casa.

2.) Identificar e precificar todos os produtos corretamente

Produto sem preço não vende. Além de ser obrigatório por lei a precificação de todos os itens de sua loja, não há maneira de um consumidor levar um produto se não consegue observar qual o preço do mesmo. A grande maioria dos clientes não pergunta.

3.) Respeitar o agrupamento de produtos por família (setorização)
Se trata basicamente de “interligar” produtos relacionados na loja, assim sendo, louças sempre próximos de azulejos, metais sempre próximo de produtos para hidráulica, etc.

4.) Expor produtos de forma vendedora e explicativa

Da mesma maneira que falamos sobre precificação todos os produtos devem “se vender” ao consumidor, através de boa exposição.

5.) Valorizar produtos em promoção utilizando elementos promocionais (faixas, cartazes, banners, ilhas, pontas de gôndolas, etc).

Estes elementos valorizam significativamente a promoção. Devemos utilizar todo o “arsenal bélico de merchandising” para criarmos promoções atrativas.

6.) Manter em ordem a comunicação visual da loja e JAMAIS colar etiquetas, faixas ou cartazes, diretamente nos produtos ou em paredes pintadas.

Quer sua loja forte? Mesmo que estivermos falando de uma pequena loja de materiais para construção, desde o inicio deve-se trabalhar de forma forte a identidade da empresa. Hoje o acesso à informação e à programas de desenho e criação está bastante facilitado. Busque padronizar sua precificação. Nunca à faça de qualquer maneira. Mesmo em lojas e redes grandes, encontramos completo descaso no que se refere à padronização de precificação e promoções.

7.) Manter a GÔNDOLA SEMPRE ABASTECIDA
Imagine uma loja com poucos produtos em uma gôndola. Qual a impressão que ela lhe passa? Não importa qual for SUA resposta, a impressão é sempre a mesma: uma loja à beira do fechamento, ou falência. Volume é importante, principalmente se tratamos de consumidores de perfil popular.

8.) DAR ATENDIMENTO EXCELENTE.

E veja que falamos de atendimento, mesmo atendimento não sendo uma responsabilidade relacionada às ações de merchandising. Mas de nada adianta o lojista ter uma loja arrumada, se o atendimento da mesma não possuir o mínimo de simpatia e atenção aos clientes. Atendimento de qualidade é premissa básica para todo varejo de sucesso, e para a longevidade e manutenção deste.

Boas vendas!

Caio Camargo
FALANDO DE VAREJO
@falandodevarejo
Post Anterior
Próximo Post

Um comentário:

  1. Olá!Grande Caio,
    Sou Carlos Pérez (Blog do Carlos Pérez. Obrigado pelos cometários sobre o Blog. Vamos manter contato e trocas muitas informações sobre Varejo. Já coloquei o link do seu Blog como dica de sites interessantes. Parabéns pelas matérias.
    Um forte abraço e sucesso.
    Boas vendas.
    Carlos Pérez
    ZiGUE Consultoria e Treinamento Empresarial.

    ResponderExcluir


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?