quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Férias e liquidações agitam shoppings de todo o Brasil neste início de 2011

Alshop espera aumento no fluxo de pessoas nos empreendimentos, todos em busca de diversão e das promoções pós-Natal
Os meses de janeiro e fevereiro tendem a ser bastante movimentados para a indústria de shoppings, pois estes costumam preparar inúmeras atrações para manter seus consumidores cada vez mais dentro de seus interiores, seja promovendo as esperadas liquidações comuns à época, contribuindo assim para a eliminação das mercadorias que sobraram nas lojas após as vendas de Natal; ou também com a criação de espaços de lazer voltados à toda a família, especialmente às crianças.

Em decorrência destas ações comuns ao período, a Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping) espera para os shoppings localizados nos GRANDES CENTROS nacionais (capitais e cidades de grande potencial econômico) um aumento de público de 12%, em comparação à média de frequência mensal, isto é, aqueles meses em que tende a não haver nenhuma grande data e ação significativa ao varejo, como Dia das Mães, Crianças, Natal, entre outras.

Já para as CIDADES LITORÂNEAS E ESTAÇÕES DE VERANEIO, que habitualmente já recebem mais pessoas nesta época, devido às praias e outras atrações regionais, a Alshop prevê um incremento de 35% no público dos shoppings.

Estas expectativas são sequências do otimismo e confiança na economia demonstrada pelos clientes de shoppings durante o Natal, que lotaram os malls de todo o Brasil, resultando em um incremento de 13% nas vendas do setor durante o período, o que fez deste Natal o melhor dos últimos dez anos, também segundo pesquisa realizada pela Associação. Na carona desta data, alguns varejistas aproveitam também este período para realizarem suas promoções, oferecendo produtos com até 70% de desconto.

Espaços de cinemas 6D; oficinas de desenho e pintura; teatro infantil; patinação no gelo; piscina; entre outras atrações já fazem a alegria de adultos e crianças, tornando os centros de compras locais perfeitos para a integração da família neste início de ano. E a variedade de opções de lazer é considerada por 5% das pessoas o principal motivo de se visitar um shopping, segundo dado divulgado durante coletiva de imprensa promovida pela Alshop no último dia 24 de dezembro.

“Além do consumo, fundamental à sobrevivência dos shoppings e seus lojistas, a indústria de centros de compras também têm como dever a integração entre a família, com pais, avós, filhos e netos tendo a oportunidade de se divertirem com segurança e aproveitando da melhor forma possível seus períodos de descanso. E para isso, os empreendimentos preparam-se com antecedência para que sejam oferecidas estruturas e programações de lazer impecáveis, a fim de receber o público de todo o Brasil”, comenta o presidente da Alshop, Nabil Sahyoun.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?