Buscar

Mesmo com crise, brasileiro gasta cerca de 25% de sua renda em alimentação fora do lar

Investimento no setor, pode ser negócio certeiro para quem busca um negócio para investir e começar a lucrar ainda em 2018

Mesmo com o país em crise, comer fora de casa ou pedir delivery está ficando cada vez mais frequente na vida do brasileiro. A diversidade de refeições como fast foods, porções e lanches agradam todos os tipos de clientes. Segundo a última pesquisa do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – o brasileiro gasta cerca de 25% de sua renda com alimentação fora do lar e/ou delivery.


O setor de alimentação possui um grande potencial de mercado em todo mundo, como comprova o estudo da Associação de Bares e Restaurantes – Abrasel – que mostra um crescimento acima de 10% no mercado de gastronomia nos últimos anos. Consequência da mudança comportamento dos consumidores brasileiro, utilizando melhor seu tempo livre para diversão e lazer.

As refeições prontas estão sempre em alta entre os adeptos da alimentação fora do lar e sabendo que o setor alimentício só tende a crescer, muitas pessoas passaram a investir nele, como no caso de Elidio Biazini, que aos 35 anos resolveu investir em seu próprio negócio.

No mercado desde 1993, a Dídio Pizza nasceu da percepção de Biazini que viu que poderia criar um negócio que oferecesse mais dentro do nicho de pizzarias. “O delivery de pizzas da época era amador e considerado um modelo de negócio informal, não transmitia segurança ao consumidor e era, muitas vezes, a última opção para uma refeição” comenta Biazini.

Atualmente a rede atingiu a marca de 420 mil pizzas vendidas ao ano no estado de São Paulo. “Nosso maior diferencial, além dos sabores inusitados, nascemos artesanalmente deliciosos, porém aplicando muita tecnologia nos processos. Além disso, contamos com um serviço de entrega eficiente que fideliza o cliente”, finaliza.

Postar um comentário

0 Comentários