sábado, 16 de fevereiro de 2019

Calçados Bibi implanta conceito de prateleira infinita nas 110 lojas da marca

Novidade permite ampliar o estoque das unidades e não perder vendas por falta de produtos

Com o sucesso da operação do e-commerce, a Calçados Bibi inova mais uma vez e implanta o conceito de “prateleira infinita” nas 110 unidades da rede. Trata-se de uma integração das lojas da marca com o canal de e-commerce, facilitando as vendas por ampliar o estoque e a gama de produtos disponíveis em cores e numerações variadas. Nos primeiros meses da fase de testes, a iniciativa conseguiu vender mais de 500 pares. Por meio dessa e de outras inovações, a Bibi planeja fechar 2019 com um crescimento de 20% no faturamento da rede de franquias.


Quem já não passou pela situação de chegar a uma loja de calçados, mas não encontrar o produto na numeração ou na cor desejada? Para que isso não aconteça mais, a Calçados Bibi implantou o conceito de “prateleira infinita” que promete fidelizar e proporcionar uma experiência de consumo diferenciada aos papais e mamães que buscam calçados para crianças de 0 a 9 anos. Com essa novidade, os pontos de operação da marca passam a ter acesso ao estoque da loja virtual, que conta com mais de 8 mil pares de calçados infantis.

“Integramos o estoque da loja com os itens disponíveis em nosso e-commerce. Dessa forma, se o consumidor estiver em uma das lojas, deseja um determinado produto que não tem a cor ou numeração em questão, a consultora de vendas pode efetuar a compra pelo e-commerce e dar como escolha a retirada na própria unidade, sem custo adicional, ou a entrega na casa do consumidor, acrescida do valor do frete. A mesma coisa acontece no e-commerce, já que o cliente pode comprar online e retirar em uma unidade da Bibi mais próxima”, revela a diretora de Varejo, Andrea Kohlrausch.

O resultado principal da “prateleira infinita” é fazer com que as vendas não sejam perdidas por falta de produtos no estoque físico, principalmente daqueles que têm mais giro e saída. Isso gera uma redução expressiva no atrito com o consumidor, além de promover mais facilidade no processo da venda. Outra novidade que está em fase de testes são os “caixas móveis”, visando proporcionar mais conforto e praticidade aos consumidores. No ano passado, a Calçados Bibi iniciou um projeto piloto em algumas unidades do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Para evitar filas e fazer com que o cliente se desloque até outro ponto da loja, como o caixa, as consultoras contam com uma máquina móvel pronta para registrar a compra e efetuar o pagamento. Em pouco mais de seis meses de testes foram geradas mais de 5 mil notas nas 27 lojas que trabalham com a novidade. Em breve, a inovação estará em funcionamento nos 110 pontos de operação da Bibi.

Sobre a Calçados Bibi

Fundada em 1949, a Calçados Bibi é referência no mercado de calçados infantis. Com fábricas em Parobé (RS) e em Cruz das Almas (BA), produz mais de 2 milhões de pares ao ano. Presente em mais de 70 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 3.500 mil pontos de venda multimarcas, além do e-commerce e de uma rede de franquias com mais de 100 lojas. A marca de calçados infantis é pioneira e líder em desenvolver produtos a partir de pesquisas e estudos científicos. Conquistou reconhecimento do setor a partir do trabalho que desenvolve com os calçados fisiológicos e no emprego de tecnologia da palmilha Fisioflex Bibi – que proporciona a sensação de andar descalço no seu público-alvo: as crianças. A empresa é ainda a única calçadista certificada pelo Selo Diamante de Sustentabilidade, que atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa de Origem Sustentável: Ambiental, Econômico e Social.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?