sexta-feira, 28 de maio de 2010

Spoleto lança modelo de negócio sustentável

Maior rede de culinária italiana do país, o Spoleto inova mais uma vez e lança na ABF Franchising Expo 2010 um modelo de negócio sustentável. O Spoleto 21 é um projeto desenvolvido para se adaptar e atender às questões econômicas, sociais e ecológicas exigidas para o novo século. O principal objetivo é reduzir custos e otimizar os processos (tornando-os mais eficientes), diminuir o investimento e aumentar a rentabilidade dos franqueados.

Na prática, o novo modelo sustentável contempla:

• redução de 30 a 40% de água com novo sistema de lavagem dos utensílios;
• exclusão do consumo de gás, com implantação de fogão elétrico;
• diminuição do quadro de funcionários por loja e maior remuneração salarial da equipe;
• lojas a partir de 25m2, com 20% de redução nos custos da obra.

"O Spoleto 21 é totalmente focado na sustentabilidade e reúne os três pilares: social, econômico e ecológico. Consideramos um projeto revolucionário com o qual vamos ganhar eficiência, aumentar resultados e diminuir custos. Também valorizaremos ainda mais nossos funcionários. Até 2013 queremos estar entre as 50 melhores empresas do país para trabalhar e continuar crescendo dois dígitos por ano" – declara Renata Rouchou, diretora de expansão do sistema Umbria, detentor das marcas Spoleto, Domino’s Pizza e Koni Store.

O primeiro modelo sustentável será inaugurado neste mês em Joinville, Santa Catarina. Ainda em 2010 a rede estima implantar 15 novos projetos em todo o país. Os próximos serão no Rio de Janeiro (o restaurante do Shopping Via Parque será a primeira unidade já existente a ser remodelada para abrigar o projeto), Campina Grande (Paraíba), Palmas (Tocantins), Anápolis (GO), Gama e Valparaiso (DF) e Mauá (SP). O investimento mínimo no Spoleto 21 é R$ 290 mil.

Diversificar

Uma das estratégias para expansão é diversificar as áreas de atuação. Mais do que lançar o conceito sustentável de negócio, o Spoleto pretende expandir para diferentes segmentos. Hoje também está presente em supermercados, faculdades, rodoviárias e aeroportos.

Há ainda um modelo exclusivo voltado para postos de gasolina e lojas de conveniência. Chamado de compacto e lançado em 2008, ele segue os mesmos padrões do restaurante tradicional, mas é formado somente por forno e pista fria de ingredientes. (vide raio X abaixo de todos os modelos de negócios Spoleto).

Crescimento América Latina

Presente no México desde 2005, o Spoleto já conta com 23 lojas no país. A previsão para este ano é chegar a 40 unidades e alcançar novos mercados na América Latina como Argentina, Chile, Peru, Costa Rica e Equador. As negociações com alguns desses países já andam bastante avançadas com grupos locais interessados na Máster Franquia.

Investimento em nova fábrica

Outra grande novidade do Spoleto para 2010 é o investimento de R$ 10 milhões na nova fábrica da rede em Volta Redonda, cidade escolhida estrategicamente por ficar entre o Rio de Janeiro e São Paulo, estados que concentram o maior número de restaurantes da rede (135). A unidade fabril, com 25 mil m2, será inaugurada no segundo semestre e vai abastecer todas as lojas da rede espalhadas em 23 estados e no Distrito Federal.

Selo ABF / Prêmios Alshop e AMF

Pelo nono ano consecutivo, o Spoleto ganhou o Selo de Excelência em Franchising 2010, concedido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Também constam no currículo três prêmios consecutivos Alshop Lojista, para o qual a rede concorre neste ano à premiação hour concours como melhor franquia na categoria culinária rápida, e o da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers) como melhor lojista de culinária rápida nos shoppings do país. Em 2008, a empresa conquistou a premiação concedida pela Associação Mexicana de Franchising (AMF) de Melhor Franquia de Alimentos e Bebidas do México, país pelo qual começou sua expansão internacional em 2005.

Para a diretora de franquias do Spoleto, Tânia Nahuys, a conquista dos prêmios é o reconhecimento de um bom relacionamento com os franqueados e da admiração dos consumidores. "A cada ano aumenta o nosso gosto de vitória, pois os prêmios são a prova da satisfação e do bom relacionamento que temos com os franqueados e os clientes. É o reconhecimento do investimento que fazemos na franquia e mais um motivo para refletirmos em que aspectos podemos melhorar”, afirma.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?