Buscar

Mudanças nas regras começarão a valer a partir de 1º de julho, e tendem a reduzir custos dos lojistas

Alshop acredita em maior competitividade no varejo com fim da exclusividade dos cartões
A partir de 1º de julho, o uso de cartões de crédito e débito passará por uma mudança significativa, o que refletirá consideravelmente no varejo de shoppings. A exclusividade que empresas, como Cielo e Visa, possuíam junto à determinadas bandeiras, dará lugar a um cenário mais democrático, podendo as mesmas máquinas usadas pelos estabelecimentos comerciais operarem com um número maior de bandeiras.

A mudança para o varejo tende a acontecer sem grandes conflitos, pois como a adaptação das máquinas será feita à distância, sem a necessidade da troca de equipamentos, bastará que o lojista entre em contato com as empresas credenciadoras das bandeiras de cartões, e relatar que deseja recebê-las em suas máquinas. Já algumas redes de grande porte optam por ter seus próprios equipamentos, mas caberá a estas arcar com as despesas de atualizações em software, manutenção, entre outras medidas.

Outro ponto importante refere-se a um possível aumento na velocidade do atendimento aos clientes, pois todos os cartões poderão ser recebidos em uma única máquina. Sendo assim, o uso de um ou mais equipamentos ficará a critério do varejista, já que alguns poderão achar melhor utilizarem-se de duas credenciadoras, evitando assim qualquer tipo de mudança em sua rotina.

“Este novo momento vivido pela indústria de cartões de crédito e débito será a porta de entrada para diversos benefícios na relação consumidor-lojista, pois estimulará o aumento da concorrência entre as principais empresas do setor; tende a diminuir as tarifas cobradas habitualmente; facilitará o repasse de menores preços no varejo; além de oferecer mais segurança no uso dos plásticos pelos clientes, eliminando os índices de queixas com cartões, eventualmente registrados nos órgãos reguladores”, destaca o presidente da Alshop, Nabil Sahyoun.

Postar um comentário

0 Comentários