Buscar

ABF Franchising Expo 2012 é exemplo de sustentabilidade

AFRAS realizou diversas ações para incentivar as práticas responsáveis entre os novos empreendedores do franchising

Impulsionar a expansão do sistema de franquias no País não foi a única preocupação da ABF Franchising Expo 2012. Há cinco anos, a feira também se dedica à missão de se tornar um evento sustentável e incentivar práticas responsáveis entre os novos empreendedores do franchising. Mais uma vez, a Associação Franquia Sustentável (AFRAS) ajudou a transformar a maior feira de franquias do mundo em um grande exemplo.


Foram diversas ações orquestradas pelo braço de responsabilidade social da ABF na feira. Entre elas, as palestras ministradas pelo presidente da AFRAS, Claudio Tieghi, durante os cursos rápidos oferecidos aos visitantes e futuros investidores do setor. Ele explicou a importância do fator da sustentabilidade dentro da gestão de uma franquia, além de destacar as vantagens de aliar lucratividade com responsabilidade social e ressaltou também a importância do franqueado considerar essa questão na hora de avaliar a franquia na qual irá investir.

Outra iniciativa foi a coleta seletiva de resíduos, realizada durante os quatro dias de feira e também na montagem e desmontagem do evento. Foram arrecadadas 13.390 toneladas de materiais recicláveis, que serão doados à Coopercaps (Central de Triagem da Capela do Socorro). “É, sem dúvida, um volume muito grande. Nós estamos trabalhando em duas frentes. Orientar o expositor a diminuir a produção de lixo, ainda que seja reciclável, e recolher esse material de forma correta”, ressalta Tieghi.

II Prêmio Estande Sustentável

A AFRAS realizou também a segunda edição do Prêmio Estande Sustentável, cujo objetivo é estimular a montagem adequada do estande, obedecendo aos princípios da sustentabilidade. “Essa premiação dá a oportunidade aos expositores de mostrarem um posicionamento diferenciado e, com isso, chamar a atenção dos candidatos a franqueados”, diz Claudio Tieghi, presidente da AFRAS.

O Prêmio Estande Sustentável premiou empresas em cinco categorias, de acordo com o tamanho do estande. “A entrega deste prêmio fez com que as empresas repensassem os processos e demandas de sustentabilidade. Com essa iniciativa, é possível apresentar aos consumidores a marca de forma positiva”, finaliza Tieghi. Os vencedores foram: Grupo Multi (Mega), Mundo Verde (Médio), Trópico, Água Doce (Pequeno) e Ecojardim (Básico). Como não houve vencedor na categoria Grande Estande, a Trópico foi premiada com “Destaque Atitude”.

Compensação dos Créditos de Carbono

A emissão de gases de efeito estufa foi inventariada durante o evento e a AFRAS irá compensar com o plantio de árvores na região do Xingu. Ao todo, foram 492 toneladas de CO2. O cálculo levou em consideração fatores como o consumo de energia elétrica, o consumo de água, a geração de resíduos sólidos e inclusive o transporte do público visitante, oriundo do Estado de São Paulo.

Para compensar esse volume, em parceria com o Instituto Socioambiental (ISA) serão plantadas 5600 árvores no município de Canarana – MT, na região das cabeceiras do Xingu, em propriedades privadas de produtores parceiros da Campanha Y Ikatu Xingu. “A quantia de árvores plantadas equivale a 3 hectares de mata nativa para compensar a emissão do carbono emitido pela atividade na feira”, disse Rodrigo Gravina Prates Junqueira, coordenador adjunto do Programa Xingu do Instituto Socioambiental (ISA).

Parceira da Campanha Y Ikatu Xingu, a AFRAS incentiva os produtores restaurarem suas áreas degradadas através do plantio de arvores. “Esse projeto é um exemplo para outras empresas que querem ou desenvolvem ações de responsabilidade socioambiental de verdade”, finaliza Rodrigo.
Sobre a AFRAS

A Associação Franquia Sustentável foi criada há sete anos dentro da ABF com o objetivo de promover a cultura da gestão socialmente responsável nas empresas associadas. Entre outros projetos, a AFRAS elaborou, em parceria com o Instituto Ethos, os indicadores de responsabilidade social do setor de franquias e, com a Fábrica Éthica Brasil e o Instituto Socioambiental, é responsável pelo Programa Franchising de Baixo Carbono, iniciativa inédita que visa reduzir e compensar os gases causadores de efeito estufa (GEE) provenientes do consumo de energia, gás, combustíveis e descarte dos resíduos sólidos e orgânicos das redes de franquia.

Postar um comentário

0 Comentários