segunda-feira, 8 de julho de 2013

Semana de Negócios Brasil promove exportações na Região Nordeste

Evento organizado pela Apex-Brasil e federações de indústrias terá rodadas de negócios em Fortaleza, Recife e João Pessoa entre os dias 8 e 12 de julho

Entre os dias 8 e 12 de julho, cerca de 50 empresas dos estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco participarão de rodadas de negócios com compradores estrangeiros dos setores de alimentos & bebidas e moda. A ação, denominada "Semana de Negócios Brasil", está sendo organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) em parceria com as Federações das Indústrias dos estados do Ceará (FIEC), da Paraíba (FIEP) e de Pernambuco (FIEPE). Na programação também estão previstas visitas técnicas a empresas em Recife e Fortaleza.



Os empresários estrangeiros vêm do Chile, Peru, Guatemala, Panamá, Costa Rica e Uruguai, e foram selecionados pelos Centros Internacionais de Negócios (CINs) da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A escolha dos participantes brasileiros que têm negócios na Região Nordeste também teve apoio do Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX) nos estados do Ceará, Pernambuco e Bahia, que contribuíram para a arregimentação de empresas da Região Nordeste.

A programação da "Semana de Negócios Brasil" começa no próximo dia 8, com os encontros de negócios em Fortaleza. No dia seguinte, serão feitas visitas técnicas a empresas locais, antes do deslocamento para Recife. Nos dias 10 e 11, as rodadas de negócios serão realizadas na capital pernambucana e em João Pessoa, respectivamente. No dia 12, antes de retornarem aos seus países, os empresários estrangeiros ainda cumprem agenda de visita a empresas de Pernambuco.

Esta é a terceira edição da Semana de Negócios Brasil. A primeira edição foi realizada em Goiânia (GO) e Manaus (AM), e a segunda, em Vitória (ES) e Belém (PA). "A Apex-Brasil realizará a Semana de Negócios Brasil com o objetivo de promover o acesso dos empresários da Região Nordeste a novas oportunidades de negócios e, também, estreitar o relacionamento entre as empresas locais e as unidades e os postos de promoção comercial da Apex-Brasil nos estados", diz o presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges.

Post Anterior
Próximo Post