Buscar

Magazine Luiza tem lucro líquido de R$ 25,4 bilhões no 3o trimestre de 2013, equivalente a oito vezes ao do mesmo período do ano passado

Receita bruta cresceu 18,9% e chegou a R$ 2,4 bilhões

O Magazine Luiza registrou o seu melhor resultado trimestral recorrente dos últimos anos, com um lucro líquido de R$ 25,4 milhões no 3T13, e acumula um resultado líquido de R$ 80,8 milhões nos primeiros nove meses de 2013. Esta evolução no trimestre é significativa e equivale a oito vezes o lucro líquido ajustado obtido no mesmo período do ano anterior.



O 3T13 também foi marcado pelo expressivo crescimento de vendas no conceito mesmas lojas, de 17%, evolução da margem bruta nas lojas do Nordeste, diluição de despesas operacionais e por mais um sólido resultado na Luizacred. A fase de maturação das lojas Maia e do Baú, os projetos e esforços para racionalização de despesas e o aumento de produtividade e rentabilidade contribuíram para o resultado melhor.

As vendas no conceito mesmas lojas, que aumentaram 17%, foram impulsionadas pelo crescimento de 14% para as mesmas lojas físicas e pelo crescimento de 36,4% do e-commerce. Já a margem bruta manteve-se estável em relação ao mesmo período do ano passado, representando 29,1% da receita líquida no 3T13. Esse resultado é reflexo da melhoria da margem nas lojas do Nordeste, bem como da preservação da margem bruta nas demais regiões.

A Companhia reduziu significativamente as despesas com vendas e administrativas, que passaram de 25,5% no 3T12 para 24% no 3T13, representando uma queda de 1,5 ponto percentual. Houve ainda um significativo aumento da rentabilidade na Luizacred, com elevação da margem EBITDA para 9,6% no 3T13 (4,2% no 3T12) e da margem líquida para 5,1% no 3T13 (2,0% no 3T12), resultados do melhor equilíbrio entre o CDC e o Cartão Luiza, do aumento da eficiência operacional e da diluição de provisões para devedores duvidosos (PDD), compensando o aumento do custo de funding devido ao CDI médio maior no período. No 3T13, o lucro líquido da Luizacred foi de R$19,4 milhões, atingindo rentabilidade de 19,0% sobre o Patrimônio Líquido Médio (ROE).

No 3T13, o EBITDA consolidado recorrente foi de R$ 122,3 milhões, com margem de 6,1%, um crescimento de 64,9%, o que representa um aumento de 1,7 ponto percentual em relação ao 3T12, influenciado positivamente pelo crescimento de vendas, diluição de despesas operacionais e equivalência patrimonial da Luizacred. O resultado operacional reforça o compromisso da empresa em entregar resultados gradativamente melhores ao longo de 2013, após a integração das redes.

No último trimestre ainda foram inauguradas oito lojas, totalizando 13 novas unidades nos nove primeiros meses de 2013. Também já foram iniciados investimentos em mais quatro lojas que serão abertas no 4T13. Em setembro de 2013 foi realizada a virada da marca Lojas Maia para Magazine Luiza em 21 lojas do Estado da Paraíba.

“As vendas no conceito mesmas lojas expandiram acima do esperado e se beneficiaram de uma série de fatores-chave, incluindo a demanda reprimida em junho, o que acarretou em vendas melhores em julho, um Dia dos Pais forte em agosto, Dia do Cliente Ouro bem-sucedido em setembro, o bom desempenho de smartphones e o lançamento do Programa Minha Casa Melhor. O e-commerce também cresceu acima das expectativas, com a receita saltando 36,4%, contribuindo para o sólido desempenho trimestral do grupo", disse o CEO da rede, Marcelo Silva. "Graças à nossa abordagem multicanal composta por cinco plataformas diferentes, somos capazes de levar eficiência para toda a operação, especialmente agora que seis dos oito centros de distribuição da Companhia estão integrados em nossa divisão de e-commerce, o que reduz custos, impulsiona a confiabilidade e acelera o prazo de entrega para os nossos clientes", acrescentou o COO da rede, Frederico Trajano.

Para a presidente da Companhia, Luiza Helena Trajano, o foco no cliente sempre foi o principal investimento. “Este compromisso está em nosso DNA, assim como a entrega de resultados operacionais positivos e consistentes”.

Perspectivas

O Magazine Luiza espera bater as suas metas de crescimento e de manutenção de margem em 2013. A gestão continua focada em melhorar a produtividade e a rentabilidade, e existem oportunidades para as vendas continuarem crescendo de forma consistente nos próximos trimestres.

O Programa Minha Casa Melhor está em sua fase inicial e vem crescendo de forma expressiva, representando uma ótima oportunidade para o Magazine Luiza alavancar suas vendas. A partir de outubro, o Programa passou a contar com a entrada de novas linhas nas cestas de produtos, como tablets, micro-ondas, móveis para cozinha, rack e estante, além da alteração dos limites de valor de produtos que já estavam na lista anterior (guarda-roupa, máquina de lavar, estofado, conjunto de mesa e cama).

O Magazine Luiza é o único varejista brasileiro a patrocinar a Copa do Mundo no Brasil em 2014, por meio da Rede Globo, que terá direitos exclusivos de transmissão do evento. O investimento proporcionará a maior visibilidade da história da Companhia em rede nacional, com oito meses de exposição na mídia, na maior emissora do país, durante o maior evento esportivo do mundo.

Magazine Luiza

O Magazine Luiza, fundado em 1957, é uma das maiores redes varejistas do país. Até 30 de setembro de 2013 possuía 740 lojas e oito centros de distribuição, estrategicamente localizados em 16 Estados (São Paulo – sede –, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão), cujas economias correspondem a 75% do PIB nacional.

Em maio de 2011, a rede passou a ser listada na Bolsa de Valores e, mais uma vez, inovou, destinando grande parte de suas ações a pequenos investidores. Em agosto de 2011 realizou a 13ª aquisição de sua história ao comprar as 121 lojas do Baú, que pertenciam ao Grupo Silvio Santos.

A empresa investe constantemente em programas e ações em benefício de seus mais de 23 mil colaboradores. A política de gestão de pessoas adotada já rendeu diversos prêmios à rede, que, há 16 anos, figura entre as melhores empresas para se trabalhar nos rankings da revista Exame e do Instituto Great Place to Work. O e-commerce do Magazine Luiza já ganhou dez vezes o troféu Diamante no Prêmio Excelência em Qualidade Comércio Eletrônico – B2C e, em 2013, a rede foi eleita “Destaque em Inovação” do e-commerce brasileiro pelo e-bit.