quinta-feira, 30 de junho de 2016

Números de maio no comércio apontam redução do pessimismo

Índice positivo de 9,96% em relação ao mês anterior aponta para o início de uma recuperação a longo prazo, segundo CDL de Caxias do Sul (RS)


O comércio de Caxias do Sul apresentou uma leve recuperação no mês de maio, modificando o quadro extremamente negativo que vinha se apresentando desde janeiro. Em relação ao mês de abril, o comércio conseguiu obter crescimento de 9,96%. Já em relação ao mesmo período do ano passado o número permanece negativo em 5,55%. A redução desse índice negativo em comparação com os demais meses em que as quedas eram constantes é o que aponta, para os especialistas, a possibilidade de um início de recuperação.

Os números foram apresentados pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Caxias do Sul (CDL) durante coletiva à imprensa nesta quinta-feira (30/06).

Quando analisado por setores, no ramo duro, o mês de abril apresentou crescimento em quase todos os setores, com exceção de informática e telefonia que teve queda de 10,60%.

As maiores altas foram registradas nos seguimentos de Materiais de Construção (42,10%) e implementos agrícolas (38,76%). Mas é importante salientar que o setor de Materiais de Construção acumula crescimento real positivo de apenas 0,33% ao longo dos últimos doze meses. E esse segmento vem se reduzindo ao longo dos últimos meses;

No ramo mole, os seguimentos que apresentaram variação positiva entre abril e maio foram os de Vestuário e Calçados (16,43%) e Farmácias (12,45%). O seguimento de Produtos Químicos apresentou a maior queda sub-setorial, com 66,52% negativo.

Em termos reais, descontada a inflação a queda nas vendas chega a 19,80% e no acumulado de doze meses e temos um crescimento negativo de 34,21%. Embora bastante negativo, o número é menor que o do mês anterior (36,21%).

Para o Assessor de Economia e Estatística da CDL Mosár Leandro Ness os números apontam especialmente uma recuperação do sentimento de confiança na economia.

"Embora ainda que tímida não se pode negar que o estado de expectativas vem se alterando para melhor, fato que pode ensejar uma retomada da tendência de crescimento da economia. A recessão que assola a economia brasileira ainda marca o comportamento da economia local, todavia, mesmo essa parece dar sinais de que está chegando ao fim.", afirma Ness.

Empregabilidade

A evolução do emprego em Caxias, em maio de 2016, revelou um saldo negativo de contratações de 779 vagas, representando uma queda de -0,5%. Em doze meses o saldo negativo acumulado é de 15.042 vagas. A taxa de desemprego também vem aumentado. Em maio foi de 8,83% em abril de 8,68%, em março 8,46%.

O comércio em maio apresentou um saldo positivo de contratações de 57 vagas, uma variação positiva de 0,21%. Se contarmos apenas os primeiros meses deste ano, o saldo de contratações no comércio é positivo em 39 vagas. Já no acumulado dos últimos 12 meses, o comércio apresenta uma redução de 1.233 vagas o que corresponde a uma variação negativa de 4,40%. O setor mais penalizado continua sendo a indústria de transformação que acumula um saldo negativo de 11.230 vagas.

A inadimplência

A inadimplência apresentou um comportamento diverso, a consulta Balcão do SPC realizada por consumidores sobre o próprio nome ou CPF, teve redução em relação ao mesmo período de 2015 (- 1,54%). Todavia, em relação a março 2016 esse resultado registrou um aumento de 3,45%. Em relação à inclusão de débitos no sistema SPC teve redução em comparação a maio do ano passado 45,77%. Em relação ao mês de abril/16 houve um aumento de 11,04%. Já as exclusões de débitos se reduziram quando comparadas ao ano anterior em 19,86%, por outro lado, esse resultado aumentou em relação ao mês anterior em 8,53%. As inclusões de cheques diminuíram 41,59% em relação ao mesmo período do ano passado e aumentaram em comparação ao mês anterior em 7,67%. As exclusões de cheques diminuíram em comparação ao mesmo período do ano anterior em 64,09% e 11,03% em relação ao mês anterior. Já as inclusões de CPFs aumentaram em 4,68% em relação ao mesmo período do ano passado e diminuíram em comparação ao mês anterior em 3,50%.

Ou seja, as pessoas estão procurando não fazer novas dívidas, mas ainda não estão conseguindo pagar as dívidas já adquiridas.

Os números positivos nas vendas de maio referem-se a um momento pontual, considerada a segunda melhor data para o comércio: O Dia das Mães.

"O comércio caxiense encontrou no mês de maio uma trégua para um longo caminho de quedas em seus indicadores. O efeito “Dias das Mães” contribuiu de sobremaneira para que o resultado geral fosse positivo, o primeiro no ano. Como foi previsto as vendas foram maiores, no entanto, ocorreram em um nível inferior ao do ano passado. Para o mês de junho com a troca de estação e a data do “Dia dos Namorados” espera-se que as vendas se mantenham aquecidas, dentro de um cenário ainda recessivo”, comenta o Assessor de Economia e Estatística da CDL.

Arena Minecraft Brasil no Shopping Tucuruvi

Esta é a primeira vez que São Paulo recebe um evento relacionado ao jogo mais amado por crianças e adolescentes de todo o mundo

Entre os dias 10 e 28 de julho, a Praça de Eventos do Shopping Tucuruvi se transformará em um ambiente totalmente interativo, onde a garotada poderá se divertir com as sessões de games, blocos de montar e ambientes similares ao servidor da minecraft.com.br. A abertura do evento contará com as presenças de dois dos principais jogadores brasileiros de Minecraft no Youtube, Bibi e PokerBR. A atração é gratuita.

O Minecraft permite que sejam criadas paisagens e personagens por meio de blocos que podem ser movidos de acordo com a criatividade do jogador. Além da mecânica de mineração e coleta de recursos para construção, há no jogo uma mescla de sobrevivência e exploração. Daí o nome Minecraft (mine = mina, craft = habilidade).

Com sessões de jogos em terminais de Xbox e computadores, a Arena Minecraft Brasil do Shopping Tucuruvi oferecerá também aos participantes a oportunidade única de viver a experiência de estar dentro jogo. Isso será possível por meio de atividades lúdicas e reais, como a montagem de personagens com blocos coloridos iguais aos eletrônicos e a viagem pelo túnel de mineração, um dos pontos altos do game.

As sessões, com capacidade para 15 participantes por vez, terão 25 minutos de duração, com intervalos de 5 minutos. As atividades são destinadas a crianças e jovens entre 4 e 16 anos, acompanhados dos pais ou responsáveis. Para participar, é necessário retirar uma senha na entrada do evento.

Todos os domingos, a exemplo da abertura, o Shopping Tucuruvi trará os principais nomes brasileiros de tutoriais Minecraft no Youtube para uma tarde de bate-papo e fotos com o público. No dia 10, é a vez de Bibi e PokerBR, que contabilizam mais de dois milhões de seguidores em seus canais e dão dicas sobre o jogo. Para participar da sessão de bate-papo e fotos é preciso retirar senha (limitadas a três por pessoa) no dia de cada apresentação no balcão da Arena, a partir das 12h.

Todas as atividades desenvolvidas na Arena Minecraft Brasil do Shopping Tucuruvi são gratuitas. Os dias e horários dos youtubers estão detalhados na programação abaixo:

10/07 – 12h às 16h – Bibi e PokeyBR
17/07 – 12h às 16h – FeBatista e CraftStudios
24/07 – 12h às 16h – JVNQ

Serviço:
Arena Minecraft Brasil no Shopping Tucuruvi
Onde: Praça de Eventos – Piso Plataforma
Período: de 10 a 28 de julho
Horário: segunda a domingo: das 12h às 20h.
Faixa etária: de 4 a 16 anos
Inscrições: Balcão de Inscrição da Arena Minecraft Brasil.
Entrada gratuita

Carrefour realiza ação "Liquida Geral" em todo o Brasil

Campanha reunirá ofertas de até 70% de desconto


Começa amanhã, 1º de julho, o “Liquida Geral” Carrefour, que terá ofertas de até 70% de desconto em produtos dos setores de Bazar, Eletro e Têxtil. A ação acontecerá em todos os hipermercados da rede no país até segunda-feira (04). Os clientes do Cartão Carrefour terão opções especiais de parcelamento.

Sobre o grupo Carrefour

Há 40 anos no Brasil, o grupo Carrefour é reconhecido como empresa pioneira no mercado varejista. A rede está presente em todas as regiões do país, com os formatos Carrefour Hiper, Carrefour Bairro, Carrefour Express, Atacadão e Supeco, além de oferecer serviços diversos para a conveniência dos consumidores, como postos de combustíveis, drogarias e serviços financeiros. No mundo, o grupo Carrefour está presente em mais de 30 países e com uma equipe de cerca de 360 mil colaboradores. Por mais de 50 anos, a empresa tem estado presente na vida de mais de 100 milhões de consumidores da Europa, Ásia e América Latina.

Decathlon inova na crise para crescer

Para o CIO Giovanni Montoneri cenário no Brasil impulsiona inovação de produtos, melhor interação com o cliente e entrega de valor para o negócio. O executivo será painelista da 5ª edição do Congresso TI & Varejo que acontece dia 18 de agosto no WTC, em São Paulo

O cenário desafiador que o ano de 2016 está impondo aos varejistas brasileiros pode gerar incertezas – mas também cria oportunidades ímpares de inovação. Nunca a tríade tecnologia, processos e pessoas fez tanto sentido para esse setor.

Montoneri, da Decathlon
E sai na frente quem busca evoluir, entregando ainda mais valor para o negócio. A Decathlon é uma das empresas que enxerga na crise uma forma de crescer, principalmente inovando de dentro para fora. “Hoje, otimizamos processos existentes, melhoramos a qualidade dos nossos produtos e temos mais eficácia na entrega de valor para o negócio”, explica Giovanni Montoneri, CIO da Decathlon.

O executivo participará como painelista da 5ª edição do Congresso TI & Varejo, que será realizado no dia 18 de agosto no WTC, em São Paulo. Junto de importantes nomes do setor como Joaquim Garcia, CIO Global da IMC; Paulo Farroco, CIO da Riachuelo e Ricardo Pastore, professor e coordenador do Núcleo de Varejo da ESPM, falará sobre crise e disrupção no setor varejista e como a TI tem sido estratégica nos processos de inovação, eficiência, produtividade e engajamento com o cliente.

Desde 2014, Montoneri vem aprimorando o parque tecnológico da Decathlon no Brasil com a implementação do SAP HANA, tecnologia de RFID no estoque que é integrado para ambiente físico e online. Isso gera mais agilidade ao atendimento, garantindo sempre disponibilidade do produto e facilita a produção de inventários nas lojas físicas. Além disso, na área de mobilidade, a varejista disponibiliza smartphones para os vendedores nas lojas físicas com objetivo de melhorar o atendimento ao cliente. “Com exceção do SAP HANA, as outras tecnologias foram desenvolvidas internamente, uma vez que já temos um time especializado nas nossas demandas. Além disso, o Brasil tem muitas particularidades fiscais e contábeis”, explica o CIO.

O evento também contará com a presença de Graciela Tanaka, COO da Netshoes; Jesus Garcia, CIO da Livraria Cultura; João Pedro Serra, country manager do Groupon; Nicolas Simone, CIO do Boticário; Ney Santos, CIO Global da BRF; Paulo Farroco, CIO da Riachuelo e Mendel Szlejh, CIO de grandes redes varejistas, além de outros grandes líderes.

Mais sobre a 5ª. edição do TI & Varejo

O Congresso também terá uma agenda paralela chamada Jornada Digital. Nessa programação, serão apresentadas palestras de 30 minutos com cases de sucesso, workshops, soluções tecnológicas e etc.

O evento contará ainda com a Feira Tecnológica com estandes de exposição dos principais players de TI e o Consumer Experience, espaço de demonstração de soluções que fomentam o engajamento do consumidor. Nesse ambiente, serão apresentadas várias tecnologias que já são aplicáveis no varejo brasileiro, tais como self checkout e outras soluções para integração da loja física com digital.

Outra novidade deste ano é o Prêmio Líderes TI & Varejo, que já está com as inscrições abertas. Em parceria com a IDC, a premiação reconhecerá o trabalho dos líderes de TI e e-commerce das redes varejistas. Para se inscrever, os líderes poderão entrar no site do evento: www.congressotievarejo.com.br

Serviço:
5ª edição do Congresso TI & Varejo
Quando: 18/08
Horário: 8h às 18h
Onde: WTC
Endereço: Avenida das Nações Unidas, 12551, Brooklin Novo, São Paulo - SP

Os 8 varejistas que fazem a melhor comunicação de marketing do mundo!

por Luiz Alberto Marinho*

Hoje eu não vou escrever sobre shopping centers. O assunto será comunicação e varejo. O motivo? É que terminou no sábado passado, na Riviera Francesa, o tradicional Festival Internacional da Criatividade, popularmente conhecido como o Festival de Cannes, ou Cannes Lions Festival. Eu, como faço todos os anos, desde 2005, estive lá para acompanhar este que é o maior evento do mundo sobre comunicação de marketing.

Durante sete dias, passaram pelos palcos do Palácio dos Festivais desde atores, como Gwineth Paltrow e Will Smith, até músicos, como Iggy Pop e Usher, passando por diretores de cinema, como Oliver Stone e Alejandro Iñarritu. Até o ilusionista David Copperfield esteve lá. Mas as melhores discussões, sobre marcas, consumidores, inovação, tecnologia, entretenimento e propósito, foram mesmo protagonizadas por anunciantes, publicitários, empresas de mídia e especialistas do setor.

Luiz Alberto Marinho, da GS&BW
No entanto, é inegável que o maior charme do festival, está na disputa pelos cobiçados leões de ouro, prata e bronze. Eu explico: como o primeiro festival aconteceu em 1954 em Veneza, o troféu oferecido aos melhores trabalhos de cada categoria tomou a forma do leão que embeleza a Praça de São Marcos. Cada uma das 26 categorias, além dos prêmios de ouro, prata e bronze, indica ainda um case para receber o Grand Prix, ou seja, o melhor trabalho entre todos.

Pois bem, dos 27 Grand Prix deste ano, nada menos do que 10 foram arrebatados por marcas varejistas. Não é impressionante? Vou agora descrever e comentar rapidamente cada um desses cases.

1) Harvey Nichols/Shoplifters (Ladrões de loja) - Filme
Essa loja de departamentos inglesa, para lançar seu programa de recompensas via aplicativo, utilizou cenas gravadas pelas câmeras de segurança de suas lojas, mostrando vários roubos – e a posterior captura dos ladrões. No final, aparece um letreiro sobre fundo preto avisando: gosta de brindes? Então conquiste-os legalmente, com o app do programa de recompensas da Harvey Nichols. O detalhe engraçado é que para esconder os rostos dos delinquentes, a agência desenhou neles a cabeça de personagem de cartuns. Veja o vídeo: https://youtu.be/IbrTOpwTois

2) Under Armour/Phelps - Produção de Filme
Ok, eu sei que Under Armour não é uma marca de varejo. Mas como eles agora operam lojas – e farão isso com maior frequência, seguindo os rastros de empresas como Apple e Nike, não considero um pecado tão grande assim incluí-los nessa lista. O prêmio de Film Craft reconhece a qualidade da produção. Esse comercial, que mostra a preparação do nadador Michael Phelps para manter-se no topo, tem uma iluminação espetacular e um imenso cuidado na produção para justificar a assinatura: ‘é o que você faz nas sombras que te leva para a luz’. Assista: https://youtu.be/GSD7ZtQR6pc

3) REI/#OptOutside (Opte pelo lado de fora) – Titanium e Promo
A REI é conhecida como uma loja de produtos para serem usados ao ar livre. Coerentemente com seu posicionamento e de maneira corajosa, a REI decidiu não apenas manter suas lojas fechadas no Black Friday, como anunciar isso amplamente, convidando clientes e funcionários a aproveitar a data ‘do lado de fora’. A campanha ganhou uma repercussão enorme na imprensa e elevou ainda mais a reputação da marca. Além de conquistar o Grand Prix de Promoção, o caso levou ainda, pela inovação, o Titanium, um dos mais importantes prêmios do festival. Veja: https://youtu.be/JJHlQUEp7p0

4) Edeka/Home for Christmas (Em casa para o Natal) – Música
A emocionante história do velhinho que recebe, às vésperas do Natal, a notícia de que seus filhos não poderão passar a noite do dia 24 com ele e resolve dar um jeito criativo na situação, recebeu o prêmio de melhor música para publicidade. O supermercado alemão Edeka e sua agência encomendaram à cantora Neele Ternes uma canção original, que chama-se, claro, ‘Dad’. O filme viralizou e fez muita gente repensar suas prioridades na vida. Veja (com um lencinho de papel do lado, para o caso de uma lágrima furtiva resolver escapar): https://youtu.be/V6-0kYhqoRo

5) Burger King / McWhopper - Mídia e Impresso
A ideia do BK de convidar o McDonald’s para desenvolver em conjunto um novo sanduíche, que seria chamado de McWhopper, destinando a receita deste produto para uma organização sem fins lucrativos, chamada ‘Peace One Day’ (Paz um dia), ganhou ainda mais repercussão pela negativa do McDonald’s de fazer parte do projeto. Outras quatro redes de fast food, inclusive a brasileira Giraffa’s, toparam e ajudaram a arrecadar fundos e divulgar a luta pela paz mundial da Peace One Day. Os Grand Prix conquistados pelo Burger King foram os de Mídia e Anúncio Impresso. Veja o case: https://youtu.be/kgvV_JDy7W4

6) John Lewis/Monty’s Christmas (O Natal de Monty) – Eficácia Criativa
Todos os anos, não apenas os consumidores britânicos, como os de todo o mundo, acostumaram-se a aguardar ansiosos pela campanha de Natal da loja de departamentos inglesa John Lewis. Dificilmente são desapontados. No Natal de 2015, o filme de Natal contou a história de Monty, um pinguim de estimação de um menino. A história é linda e a produção espetacular. O desfecho do filme é totalmente inesperado e emociona de verdade. Melhor que tudo – a campanha trouxe resultados excelentes, o que a levou à conquista deste importante prêmio de eficácia criativa. Veja: https://youtu.be/ppog7c1F-Sk

7) Coop/The organic effect (O efeito dos orgânicos) – Relações Públicas
Para demonstrar a importância de consumir produtos orgânicos, a rede de supermercados dinamarquesa Coop promoveu um experimento. Selecionou uma família que não comia alimentos orgânicos e mediu a quantidade de bactérias e pesticidas presentes no organismo de cada membro da família. Depois, abasteceu a casa com produtos orgânicos, que foram consumidos por todos durante uma semana. Ao final, nova medição mostrou que as bactérias e pesticidas haviam praticamente desaparecido. Claro que isso foi amplamente divulgado e reverteu em mudança de comportamento de muitos consumidores. Veja o case: https://youtu.be/yHppIbsz4Fc

8) KFC/The Everyman Meal (A comida de cada homem) – Rádio
A KFC da África do Sul ganhou o prêmio com uma série de spots divertidos que brincam com o conceito moderno de masculinidade. A campanha reafirma que homens continuam sendo homens mesmo que façam de vez em quando coisas não muito masculinas. E todo tipo de homem pode aproveitar a promoção do KFC: o ‘Man Meal’. Ouça aqui: https://youtu.be/zDqA3ePsrow

Como Burger King e REI ganharam dois prêmios cada um, os 10 Grand Prix acabaram ficando nas mãos de 8 marcas.

A análise desses casos mostra como as fronteiras entre canais e disciplinas estão se dissolvendo também na comunicação de marketing. O que conta são boas histórias, novas abordagens e uso integrado de meios. E um bocado de coragem, é claro.

Luiz Alberto Marinho é sócio-diretor da GS&BW

Assaí chega à região Norte e inaugura loja em Manaus

Com um investimento de R$ 45 milhões, o Assaí Atacadista chega à única região brasileira onde ainda não estava presente e inaugura sua primeira loja no Norte do Brasil, em Manaus, capital do Estado do Amazonas e principal centro econômico e financeiro da região. A inauguração será no dia 30 de junho. A loja ficará na Avenida Autaz Mirim, 8755, na Grande Circular (próximo à Bola do Produtor) e funcionará de segunda a sexta-feira, das 7 às 22h; e aos domingos e feriados, das 7 às 18h.



O Assaí é um atacado de autosserviço e atende desde pequenos e médios comerciantes, transformadores (donos de lanchonetes, restaurantes, pizzarias e quiosques) e utilizadores (igrejas, escolas, quarteis) em razão de comercializar produtos em grandes volumes, permitindo a cada empreendedor fazer sua reposição diária, sem precisar comprar para longos períodos e grandes estoques. O formato tem chamado a atenção também do consumidor final, que descobriu nesse modelo uma forma de economizar, atraído pela política de dois preços da rede - dependendo de uma quantidade mínima de determinado produto, o cliente paga o preço de atacado, que está indicado na etiqueta com a sinalização ‘a partir de. A nova loja conta com aproximadamente 7 mil itens entre mercearia, alimentos, perecíveis, embalagens, bazar, higiene, bebidas, limpeza e hortifruti, de grandes marcas nacionais, regionais e importadas.

Com a chegada a Manaus, o Assaí reafirma a sua posição de investir e estar presente nos grandes centros brasileiros, fomentando a economia local por meio da geração de empregos – foram mais de 600 vagas diretas e indiretas – e oferecendo mais uma alternativa econômica para os clientes realizarem suas compras. "O Assaí sempre busca aumentar a sua presença em cidades e Estados nos quais há uma crescente demanda de consumidores e comerciantes. A escolha de Manaus se dá pela sua importância, já que é o principal polo econômico da região Norte do Brasil”, explica Belmiro Gomes, Presidente do Assaí Atacadista. “A abertura de lojas é o principal pilar que sustenta o crescimento do Assaí, por isso, a inauguração da unidade em Manaus é muito importante para que a rede continue a sua expansão orgânica e esteja, finalmente, presente em todas as regiões do Brasil. Além disso, a localização da loja atenderá a demanda dos pequenos e médios comerciantes e empreendedores locais, bem como dos consumidores finais que buscam a economia do formato de atacado”, complementa.

A loja de Manaus tem aproximadamente 15,5 mil m² de área construída, sendo cerca de 5,7 mil m² de área de vendas, 412 vagas de estacionamento e 30 check-outs. Seu modelo segue o conceito mais moderno de loja do Assaí, com aumento da área de estocagem na loja, com a elevação do pé direito e metragem das unidades, fazendo com que os produtos possam ser armazenados no ponto de venda, ao mesmo tempo em que facilita a operação de reposição e giro dos estoques.

O Assaí está em plena expansão e registrou, no primeiro trimestre de 2016, um avanço de 36,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. A rede fechou 2015 com crescimento de 25,5% em relação ao que foi registrado no ano anterior. “O Assaí vem apresentando crescimento constante de dois dígitos nos últimos trimestres e acumula, nos últimos quatro anos, aumento de 200% em vendas brutas. Esse avanço, motivado pela maior preocupação dos consumidores com relação aos preços, também se reforça no plano de aberturas e modernização das lojas, que foi intensificado nos últimos dois anos”, finaliza Gomes.

Sustentabilidade

Uma das propostas do Assaí Atacadista é ser um agente transformador da cadeia de valor de pequenos e médios comerciantes, através da conscientização e contribuição nas práticas sustentáveis. Por isso, a loja conta com tecnologias e padrão de construção que busca a melhor utilização dos recursos naturais, com redução do consumo de energia elétrica e melhor aproveitamento da água.

As ilhas refrigeradas, por exemplo, possuem fechamento e evaporação da água residual da condensação, eliminando a necessidade de drenos e promovendo um maior aproveitamento do equipamento, o que reduz o consumo de energia. A iluminação tem cobertura com zenitais e a fachada é de vidro, para proporcionar maior iluminação natural durante o dia, diminuindo a utilização das lâmpadas. Além disso, a nova unidade possui um programa de coleta de pilhas e baterias. Neste projeto, as unidades coletam e dão a correta destinação para esse tipo de resíduo. Todas as lojas possuem coletores específicos, onde os clientes podem fazer o descarte dos materiais.

Em sua política de uso racional das sacolas plásticas, o Assaí oferece três maneiras para o transporte de mercadorias: sacolas retornáveis (ecobags), caixas de papelão, distribuídas gratuitamente, e sacolas plásticas comercializadas a R$ 0,20. Toda a receita líquida obtida com a comercialização de sacolas plásticas será revertida para a APAE Manaus.

Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista possui 97 unidades em 14 estados (AL, AM, BA, CE, DF, GO, MS, MT, PB, PE, PR, RJ, RN, SP). Negócio de atacado do GPA, a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2015, a rede inaugurou 11 novas unidades no Brasil e fechou o ano com crescimento de 25,5% nas vendas brutas.

Inadimplência bate recorde na capital

Número de registros no SPC da CDL/BH apresentou em maio a maior alta dos últimos quatro anos (4,26%)

Com a diminuição da renda devido ao aumento do desemprego e à pressão inflacionária, boa parte dos consumidores da capital está com dificuldade em manter as contas em dia. Isto é que mostram os dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) que registraram alta de 4,26% na inadimplência do mês de maio, na comparação com o
mesmo período do ano anterior. Esse crescimento é o maior dos últimos quatro anos, nessa mesma base de comparação. Em 2015, a alta no número de pessoas inadimplentes foi de 2,97%, enquanto nos anos de 2014 e 2013 esses índices foram de 3,99% e 3,16%, respectivamente.



A economista da CDL/BH, Ana Paula Bastos, explica que o aumento da inadimplência é reflexo da atual conjuntura econômica. “A renda das famílias está cada vez menor e a prioridade acaba sendo o pagamento das despesas essenciais da casa como alimentação, energia elétrica e água”, afirma. “Assim o consumidor entra numa situação onde seu orçamento não consegue suprir todas as demandas”, completa.

Perfil – Em maio, as mulheres foram responsáveis pelo maior crescimento da inadimplência na capital (4,45%), na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Entre os homens essa alta foi de 3,38%. Segundo a economista da CDL/BH, as mulheres acabam ficando mais inadimplentes, pois muitas consumidoras têm o hábito de realizar compras parceladas sem planejamento financeiro. “Além disso, o desemprego entre as mulheres está maior do que entre os homens, fator que afeta diretamente na renda e na capacidade de pagamento das contas”, explica.


Por faixa etária, o maior número de inadimplentes registrou-se entre os consumidores acima dos 65 anos (20,56%). Segundo Ana Paula, a inadimplência desses consumidores deve-se ao fato de boa parte deles ainda ser responsável financeiramente por suas famílias. “Com o aumento do custo de vida essas pessoas estão com mais dificuldades em equilibrar o orçamento”, disse.

Dívidas em atraso – Já o número de dívidas em atraso na capital registrou crescimento de 4,08% em maio na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Para a economista da CDL/BH, esse aumento demostra, sobretudo, a dificuldade dos consumidores em realizar um planejamento financeiro em longo prazo. “Com a inflação em alta, planejar as finanças fica ainda mais difícil. Com o encarecimento no custo de vida a perda na renda é constante”, afirma.

Quando comparado com o mês imediatamente anterior, o índice de dívidas em atraso
apesentou queda de 0,42%. “Essa retração é reflexo do término do pagamento das
despesas de início de ano como o IPTU, IPVA e matrículas escolares”, explica Ana Paula.

Recuperação do crédito – Em maio de 2016, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve queda de 2,73% no número de consumidores da capital mineira recuperando o crédito. A economista da CDL/BH atribui a queda aos altos níveis da inflação, taxa de juros em patamares elevados e aumento do desemprego. “A população está sentindo os efeitos negativos dessa conjunção de fatores no custo de vida”, disse Ana Paula. “Com menor capacidade de pagamento, muitas pessoas têm focado seus recursos para a subsistência da família, deixando de quitar seus débitos antigos. Dessa forma, o pagamento das contas ficou comprometido, assim como a recuperação das pendências em atraso”, acrescenta. Na comparação com o mês de abril, o índice de recuperação de crédito cresceu 0,86%.

Metodologia – Os indicadores de inadimplência apresentados nesse material contêm todas as informações disponíveis nas bases de dados a que o SPC Brasil e CDL/BH têm acesso. O indicador de pessoas físicas inadimplentes mostra a variação mês a mês no número de pessoas registradas na base do SPC Brasil. Cada pessoa física inadimplente é contada apenas uma vez, independente do número de dívidas que tenha em atraso. Já o número de dívidas em atraso mostra a quantidade média de dívidas em atraso de cada pessoa física.

SGPAR inaugura terceira expansão do North Shopping Barretos

Investimento de R$ 20 milhões acrescenta 25% de ABL ao empreendimento e gera mais de 300 empregos diretos

Com sucesso de público, a empreendedora SG Participações iniciou as operações de mais uma expansão do North Shopping Barretos nesta terça-feira (28/jun). A abertura da primeira fase contou com a inauguração do Savegnago, uma das mais importantes redes de supermercados do interior. Inaugurado em 2010, esta é a terceira expansão do shopping e contempla investimento total de R$ 20 milhões.

Com a expansão finalizada – prevista para o segundo semestre deste ano – o North Shopping Barretos aumentará 25% sua área bruta locável (ABL). Outras operações já estão confirmadas, como a academia Smart Fit, novos quiosques, restaurante gourmet e mudança no acesso ao cinema. Além de criar novas opções de cultura, lazer, gastronomia, serviços e compras aos visitantes, a expansão do empreendimento tem gerado 500 empregos diretos durante sua construção, 220 novos postos do Savegnago e mais de 100 empregos das lojas que serão abertas nas próximas fases.

“Agradecemos a cidade de Barretos que nos abraçou e cada dia mais tem orgulho de ter o North Shopping como seu shopping. São muitos os projetos futuros que deixará o shopping barretense ainda mais pujante e forte no cenário local e regional”, destacou Sérgio Gomes, presidente do Grupo SGPar durante a inauguração. Com mais de 25 anos de experiência no segmento de shopping Center, a empreendedora SGPar conta sete shoppings em seu portifólio e está presente em quatro estados brasileiros: Ceará, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e São Paulo.

O diretor Sebastião Edson Savegnago, o Chalim, ressaltou o local estratégico da nova unidade e alguns de seus diferenciais, como a nova tecnologia de self checkout, em que o próprio cliente registra suas compras e paga com cartão. A unidade do North Shopping está distribuída em mais de 4 mil metros quadrados de loja e sua inauguração marca o início das comemorações dos 40 anos da rede.

O evento também contou com a presença de autoridades regionais, tais como o prefeito de Barretos, Guilherme Ávila; o secretário executivo da Associação Comercial e Industrial de Barretos (ACIB), José Carlos Firmino; o presidente da Câmara de Vereadores, André Luis Rezeck; e o empreendedor Fauzi Hamuche.

Expansões anteriores - A primeira expansão North Shopping Barretos foi finalizada em junho de 2014 e teve como novidade os postos do Poupatempo e do DETRAN. No mesmo ano a Riachuelo inaugurou como âncora, junto com uma praça de eventos e conjunto de lojas. Nesta terceira expansão, apenas no dia da abertura desta primeira fase do empreendimento, o shopping registrou aumento de 40% no fluxo.

Antes de reclamar da crise, organize-se!

A temida crise financeira vem assustando todos empreendedores, além disso, com o desemprego, a inflação em alta e a restrição de crédito o momento não é favorável para os varejistas. Segundo dados do IBGE, houve uma queda de 4,3% nas vendas e quase 100 mil lojas fecharam as portas só em 2015.

Isso significa que dentre um período de 11 anos, esse resultado é o pior para o setor. Só que antes de reclamar da crise, precisamos nos certificar de que estamos organizando e gerenciando de forma correta o nosso negócio. Não só ter controle de gastos e lucros, mas manter o essencial, seus clientes.

No mundo dos prestadores de serviço, o que mais presenciamos são os profissionais que pensam apenas em um melhoramento profissional, como: cursos profissionalizantes, feiras especializadas, entre outras coisas, e esquecem que além disso, são empresários que precisam manter e melhorar o gerenciamento de seus negócios. Não que seja errado buscar ser sempre o melhor, mas ser dono de algo é muita mais do que isso. O dono de um empreendimento tem que fazer com que o mesmo, também seja o melhor. Para isso, entender, focar e dedicar-se mais tempo à ele, é torná-lo um negócio de sucesso.

Se parece mais difícil do que imagina, você pode ficar tranquilo! O SuperAgendador.com é uma ferramenta super simples, que foi criado com a intenção de te ajudar na gestão do seu negócio. Com ela, você controla seus gastos e lucros, seus funcionários, sua agenda e principalmente seus clientes.

Tela do SuperAgendador.com 
A ferramenta te disponibiliza uma agenda online, para um maior controle dos seus horários, ainda mostra todas as suas movimentações financeiras, possibilita o cadastro de seus funcionários e o mais importante: ele te disponibiliza o acesso total ao perfil dos seus clientes, como por exemplo, o que ele fez, quando ele esteve com você e quando ele provavelmente deverá retornar para um novo serviço.

Pensando nisso, o sistema que se baseia no cadastro do tempo médio de retorno para cada serviço/cliente que você prestou e toda segunda-feira o sistema irá te enviar um e-mail com todos os clientes que deveriam retornar naquela semana e você entra em contato com eles, além de disponibilizar o envio de SMS's confirmando o horário agendado e se ele poderá comparecer naquele horário ou não, podendo transferir aquele horário para outro cliente e garantir o serviço.

Em uma pesquisa realizada internamente, revelou-se que mais de 50% dos clientes que retornam ao estabelecimento, são graças a um contato direto com o mesmo.

Profissionalizar é tornar mais eficiente suas tarefas!


Ford atinge venda de 1 milhão de picapes F-150 com tecnologia avançada

A Ford anunciou o marco de 1 milhão de unidades vendidas da F-150 EcoBoost nos Estados Unidos. A picape é a única do segmento a oferecer essa avançada tecnologia de turbo com injeção direta, a mesma utilizada em vários modelos da marca, como o New Fiesta EcoBoost que está sendo lançado no Brasil.

Líder mundial em picapes, a Ford tem hoje mais de 60% das vendas da F-150 representadas pelas versões 2.7 e 3.5 EcoBoost. Com essa frota, a picape vai gerar para os seus proprietários uma economia estimada de mais de 416 milhões de litros de gasolina por ano, com capacidade de carga e reboque superior à dos competidores.

O avançado EcoBoost 2.7, com sistema “Auto Start-Stop” de série, tem um consumo estimado 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. Já o poderoso EcoBoost 3.5, com potência equivalente a um motor V8, tem a maior capacidade de reboque da categoria.

No final do ano, a F-150 vai oferecer um novo motor EcoBoost 3.5 de segunda geração, com “Auto Start-Stop” de série e nova transmissão automática de 10 velocidades, que eleva o torque máximo a mais de 62 kgfm, superior aos atuais V6 no mercado.

A F-150 introduziu os motores EcoBoost nos Estados Unidos em 2011 e o seu ritmo de vendas vem crescendo rapidamente. Foram necessários 1.000 dias para vender as primeiras 400.000 unidades e apenas 2.000 dias para atingir 1 milhão. Este ano, ela já soma mais de 300.000 unidades e a expectativa é chegar a 2 milhões em pouco tempo.

"Estamos provando que com tecnologias avançadas como o EcoBoost e carroceria em liga de alumínio de alta resistência, a Ford continua a superar a concorrência em praticamente todos os parâmetros no segmento de picapes", diz Doug Scott, gerente de marketing de Picapes da Ford. "O EcoBoost entrega valor, alta capacidade e desempenho aos clientes, ao mesmo tempo em que atende a sua principal exigência hoje, que é a economia de combustível."

Lepri inicia venda de porcelanato em suas lojas em São Paulo


Pioneira na produção de pisos e revestimentos cerâmicos sustentáveis, a Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas amplia sua gama de produtos ao iniciar a comercialização de porcelanatos. Além dos tradicionais revestimentos para pisos e paredes feitos com o material, a empresa oferecerá peças especiais, como nichos, rodapés, pias e bancadas, tanto para projetos residenciais como corporativos.

A utilização de porcelanatos para bancadas e nichos vem ganhando cada vez mais o gosto dos brasileiros. É possível compor os ambientes com a mesma cor do material utilizado nos pisos ou nas paredes, e ainda valorizar a decoração de banheiros, cozinhas e lavabos. Também destacam-se por ser uma opção mais econômica quando comparados aos mármores e granitos.

Ideal para valorizar áreas externas, os porcelanatos atendem aos mais variados padrões estéticos e estão disponíveis em uma ampla gama de cores, cortes e acabamentos como natural, polido, fosco e até mesmo com uma textura abrasiva. São resistentes ao calor e práticos na hora da limpeza.

Os novos produtos e serviços podem ser encomendados nas lojas da empresa em São Paulo: alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1.064, Jardim América; e av. das Nações Unidas, 12.555, Loja 207/Piso Térreo, no Brooklin Novo.

Sobre a Lepri - Finas Cerâmicas Rústicas:

Fundada em 1971 por José Lepri, a Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas produz pisos e revestimentos cerâmicos sustentáveis. Pioneira na reutilização de vidros de lâmpadas fluorescentes reciclados na fabricação de seus produtos, a empresa, em prol do meio ambiente, viu a necessidade de se fazer o descarte correto deste material para evitar que seus componentes tóxicos contaminassem o solo e os seres vivos. Com essa inovação, a marca ainda conseguiu reduzir a temperatura de queima dos produtos, resultando na redução de emissão de poluentes e na economia de gás natural. Em 2006, a Lepri venceu o Prêmio Planeta Casa, da Revista Claudia – Editora Abrile, em 2010, tornou-se membro do Green Building Council, ONG que busca promover a indústria de construção sustentável no Brasil.


No ano seguinte, venceu novamente o Prêmio Planeta Casa, da Revista Claudia – Editora Abril. Em 2014, desenvolveu o uso de resíduos da produção de Louças Deca, como sobras de argila, que também foram incluídos na fabricação de seus produtos. No ano seguinte, o revestimento Brick Mattone Brunello conquistou o prêmio Best in Show na categoria Sustentável, durante a 13ª edição da Expo Revestir, a mais importante feira de arquitetura e construção da América Latina e foi exposto na Università Degli Studi di Milano, na Itália, como parte da mostra BRAZIL S/A durante a Feira de Milão, no “Fuorisalone”.

Em 2016, na contínua busca por produtos ecologicamente sustentáveis, a Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas desenvolveu uma técnica para reaproveitar rejeitos da mineração na produção de uma nova linha de revestimentos Brick. Essa linha está sendo fabricada a partir da lama da barragem de Fundão, da cidade de Mariana, Minas Gerais. Inicialmente, o processo foi desenvolvido para uma linha específica de produtos Lepri, mas a tendência é estender para outras. Os produtos levam os nomes de Mariana, Ouro Preto, Ouro Branco e Cappuccino.

Atualmente, a Lepri tem 99% de suas linhas fabricadas com materiais descartados, como vidros de telas de TVs e monitores de computadores, que passaram a ser utilizados na produção de pisos e revestimentos.

Lojas:

Showroom Gabriel
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1.064 – Jardim América – São Paulo – SP
Tel.: (11) 3789-5050
Manobrista no local

Showroom D&D Shopping
Avenida das Nações Unidas, 12.555 – Loja 207 – Piso Térreo – Brooklin Novo - São Paulo – SP
Tel.: (11) 5506-1390
Site: www.lepri.com.br

Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas em Miami
Endereço: 201, South Biscayne Blvd
Suite 1200
Miami, FL 33131
Tel.: 1-855-592-3847

Artigo: Entenda como vender mais na crise

por Diego Carmona*

São milhares os empreendimentos que vêm sofrendo com as adversidades geradas pela crise financeira que há tempos assola o âmbito nacional. E não há setor que não tenha sido balançado com as retrações, restrições de investimento e baixa nas vendas. Frente ao difícil cenário, muitos gestores vêm enfrentando dificuldades para vender mais na crise.

Embora seja uma tarefa complicada, atingir tal mérito é perfeitamente possível com uma gestão organizada e com a tomada de uma série de medidas que podem ser muito eficazes para vencer a retração e aumentar as conversões.

Confira neste artigo 8 dicas sobre como alavancar as vendas em tempos de crise financeira.

1. Invista no marketing direcionado

Não é incomum nos depararmos com PMEs insatisfeitas com os retornos sobre seus investimentos em publicidade. Embora o poder de compra dos consumidores esteja baixo, as necessidades básicas e desejos persistem, mas a cautela em atingir o alvo correto deve ser maior ainda nesta época de incertezas. Afinal, o marketing indireto costuma ter baixa taxa de prospects em tempos comuns. Na crise, o ROI é ainda menor.

Frente a concorrência — que aumenta consideravelmente neste caso —, o papel do marketing direcionado torna-se ainda mais essencial. Os clientes estarão mais retraídos, desta forma, é preciso minerar o público de forma inteligente para vender seu peixe primeiro.

2. Use um CRM efetivo

A experiência de compra vai muito além de pagar barato e muitos clientes elevam este fator acima de qualquer outro, inclusive preço. Assistir bem o cliente requer um excelente trabalho tanto na fase pré, quanto na pós-compra, e um plano de CRM (gestão de relacionamento com o cliente) é uma das melhores formas de conseguir isso.

Enviar um newsletter com produtos de interesse, lembrar sobre um carrinho abandonado, procurar entender as dificuldades dele com o uso de algum produto, coletar sugestão de otimizações de uma determinada solução e solicitar uma avaliação do nível do seu atendimento e entrega do produto são algumas práticas que compõem um bom plano CRM.

3. Inove constantemente

Ok, inovar é um importante passo em qualquer momento, porém, ele se torna ainda mais indispensável na crise. Oferecer sempre “mais do mesmo” não resolverá a situação em tempos de poder de compra limitado.

É essencial analisar o cliente e entender suas dificuldades. Sejam estas com o seu produto ou o seu concorrente, bem como suas necessidades. Tendo estas duas informações, desenvolver uma solução personalizada e diferenciada torna-se um processo mais fácil e rápido.

4. Analise as informações do negócio

Será que a sua estratégia comercial está adequada e gerando clientes a partir dos leads? E o ROI (Retorno sobre Investimento) do seu marketing? Seu público-alvo está sendo atingido? Se os resultados forem positivos, excelente, caso contrário, será necessário mudar de estratégia. No entanto, para tomar a direção certa, é preciso analisar as informações.

Marketing, financeiro, comercial, efetividade do suporte, rapidez na entrega e muitos outros fatores devem ter seus resultados analisados frequentemente para mensurar o retorno de seus investimentos. Adote KPIs (indicadores) precisos para cada setor, de forma a analisá-los e saber quando e se é a hora de alterar suas estratégias de negócio.

5. Corte os custos

Muitas PMEs acabam não notando que, em determinados momentos, estão rodeadas de processos desnecessários ou que poderiam ser automatizados, ou ferramentas demasiadas que poderiam ser integradas em uma solução mais econômica e efetiva.

Neste ponto, o auxílio do setor de TI pode ser muito bem-vindo. Por exemplo, caso cada um dos seus setores utilize um software de gestão específico, analise a possibilidade de descartá-los e utilizar uma solução integrada, como um ERP (Planejamento de recurso corporativo).

Além de reduzir gastos com licença, manutenção e atualização de software, o uso do tempo é otimizado e os processos administrativos tornam-se mais ágeis.

6. Qualifique a sua equipe

A visão de negócio é essencial para obter do seu empreendimento o resultado que você almeja, mas comumente, as equipes de trabalho acabam não tendo esta mesma visão ou preparo em virtude da falta de treinamento e definição de métricas claras e precisas.

Integre a comunicação com a sua equipe. Defina objetivos, métodos de conduta e políticas precisas, de forma que todos saibam o que estão buscando e como devem fazer isso. Desta forma, os processos ganham força e a possibilidade de conquista de uma meta torna-se maior.

7. Acompanhe as tendências do mercado

Moda, necessidades, preferências, gostos e desejos. Tudo muda. As preferências dos clientes costumam ser voláteis, ou seja, relativas e influenciáveis por diversos fatores. Para maximizar as vendas através do desenvolvimento de soluções diferenciadas, você deve estar atento a este tipo de mudança.

O que em um determinado período é sensação, em outro já pode ser obsoleto, e se você não estiver atento a isso, pode deixar de efetuar muitas vendas por estar desatualizado em relação ao mercado. Acompanhar tendências é uma prática muito importante para manter e maximizar a cartela de clientes, além de ser uma das vertentes para a inovação.

8. Dê atenção às novas tecnologias

Seja qual for o seu segmento, é necessário aceitar que quanto mais tecnologias estiverem empregadas nos processos do seu empreendimento, mais ágeis e precisos eles serão. Ferramentas, sistemas e outras tecnologias surgem com grande frequência no mercado, e é preciso estar atento a isso para otimizar o seu negócio sempre que possível.

Seja uma nova solução em software mais barata e mais eficaz, um novo equipamento mais potente para a sua rede de internet ou qualquer outra novidade do gênero. Independentemente da sua área de atuação, é essencial estar atento aos upgrades.

Bônus – Saiba que vender mais na crise pode ser mais prático do que se imagina

Embora coloque medo quando a questão em pauta é investir e inovar, é preciso ter em mente que a palavra da vez, embora pareça clichê, é justamente essa: inovação. Se estagnar em tempos amenos já é uma atitude que pode ser bastante prejudicial para o seu sucesso, imagine em meio a uma forte crise financeira.

Vender mais na crise pode ser um processo bem mais simples do que se imagina, basta que o empreendimento seja gerido de forma organizada e que o planejamento esteja sempre em pauta.

Diego Carmona é especialista em Marketing Digital


Moda plus size é oportunidade para pequenas empresas

Segmento está aquecido, tem alta demanda e pouca oferta. Pesquisa do Sebrae aponta hábitos de consumo e principais dificuldades do público que veste manequins grandes


Mais da metade da população brasileira está acima do peso e, dessas pessoas, 17,9% são obesas. Elas demandam por roupas de tamanhos grandes e aquecem um nicho de mercado em expansão: o de moda Plus Size. A procura por roupas do tipo é grande e existem poucas empresas atuando, o que é uma oportunidade de negócio especialmente para micro e pequenas empresas.

Para acompanhar mais de perto as tendências e inovações no segmento, o Sebrae vai realizar este ano o Fórum Sebrae Discute Plus Size. O primeiro encontro acontecerá nesta sexta-feira (1º), na sede do Sebrae em São Paulo. Outras duas edições serão realizadas em Fortaleza (CE) e Campo Grande (MS), no segundo semestre. O evento tem o objetivo de reunir empresários e especialistas para debater sobre novos modelos de negócios, comportamento do consumidor e os desafios do comércio desse tipo de roupa para subsidiar as ações do Sebrae a fim de apoiar o desenvolvimento e fortalecimento dos pequenos negócios desse nicho.

Moda Plus Size é aquela direcionada para pessoas, especialmente mulheres, que usam roupas acima do padrão convencional vendido nas lojas, isto é, muito altas, com coxas grossas, bustos maiores, pés grandes e que usam roupas de tamanho acima do 44 e calçados acima do 39. A quantidade de potenciais clientes das roupas GG é, ao mesmo tempo, oportunidade e desafio, já que atuar nesse nicho exige uma compreensão sobre o público, suas necessidades, anseios, percepções e comportamentos. São pessoas que não querem apenas vestir uma roupa que atenda ao seu manequim, mas, sobretudo, ressaltar seu estilo e beleza por meio do uso de roupas e acessórios da moda.

DICAS DO SEBRAE:


  • Para entender quem são seus clientes, concorrentes, fornecedores e quais as chances de sucesso do empreendimento, elabore um plano de negócio. Pesquise também a demanda em sua região.
  • Para alcançar seu público-alvo, busque diferenciais e tenha em mente que a moda plus size não deve ter o objetivo de disfarçar o excesso de peso, mas valorizar partes do corpo e devem estar alinhadas com tendências do mercado.
  • Ofereça produtos que possuam um bom caimento, proporcionem conforto e que estejam dentro das tendências da moda. Corte e caimento devem valorizar curvas e esconder imperfeições.
  • Aposte em peças com rendas, brilhos, cores e modelos que estão na moda. Cada vez mais bem resolvidas, mulheres desse nicho querem peças com mais charme.
  • Ofereça serviços de moda e estilo para os clientes, como ter à disposição um personal stylist.
  • Esteja atualizado quanto às tendências de moda: assine revistas especializadas, acesse blogs e sites de referência e siga, nas suas redes sociais, pessoas, empresas e instituições que tragam essas informações.
  • Participe de feiras do segmento como o Fashion Weekend Plus Size, evento que reúne grandes marcas especializadas duas vezes ao ano, em São Paulo.
  • Segmente seu público e monte um mix de produtos direcionados. Como exemplo: jovem, feminino, masculino, infantil, casual, festa, fitness, etc.
  • Treine bem os vendedores para atenderem de forma diferenciada esse público que exige atenção especial.



Serviço:
Sebrae Discute Moda Plus Size
1º de julho, das 8h às 12h30
Local: Auditório do Sebrae SP
Rua Vergueiro, 1117
6º andar, Paraíso
Inscrições: https://www.facebook.com/sebraediscutemodaplussize

ABF inicia Programa de Capacitação em Franchising dia 04/07 em Minas Gerais

Composto por 10 módulos, curso abrange desde a análise de franqueabilidade do negócio à manutenção de um bom relacionamento com a rede


A ABF – Associação Brasileira de Franchising, por meio da Regional Minas Gerais, tem atuado fortemente na capacitação de profissionais, franqueados e franqueadores para o desenvolvimento sustentável do franchising no Estado.

O Programa de Capacitação em Franchising (PCF) é um exemplo dessas ações. Oferecido pela entidade por meio da ABF Educação, o curso terá seu primeiro módulo em Belo Horizonte no próximo dia 04 de Julho e vai até o dia 14 do mesmo mês. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas.

Composto por 10 módulos com duração de 9 horas/dia, o curso apresenta como franquear uma marca, abordando desde a análise de franqueabilidade do negócio até as estratégias para manutenção do bom relacionamento com a rede. Durante a atividade, marcas associadas apresentam seus casos práticos sobre os temas tratados e no último módulo, os participantes realizam uma visita técnica a uma franqueadora.

Para mais informações e inscrições acesse: https://abfeducacao.portaldofranchising.com.br/pcf-bh-modulo-1 ou entre em contato no e-mail cursos@abf.com.br ou pelo telefone (11) 3020-8801.

Serviço:
Programa de Capacitação em Franchising – ABF Regional MG
Período: De 04 a 14 de julho de 2016
Horário: 09h00 às 18h00
Local: Av. Barbacena, 288 Sede do SEBRAE - Barro Preto, Belo Horizonte

Muffato inaugura hipermercado no Londrina Norte Shopping

Nova loja do grupo paranaense em Londrina gera 300 empregos e ocupa área de 6,5 mil m2


Com um grande público presente, o Londrina Norte Shopping recebeu nesta terça-feira (28), o hipermercado Muffato. O investimento do grupo paranaense, que inaugurou mais uma unidade em Londrina, é de R$ 5 milhões. O hipermercado ocupa área de 6,5 mil m2 de área total e 4 mil m2 de área de vendas, conta com 30 mil itens à disposição dos clientes e emprega diretamente 230 pessoas, além de gerar mais 70 empregos indiretos.

O prefeito Alexandre Kireeff destacou a “ousadia e coragem” dos empreendedores. “Em um momento em que os investimentos em todo o País estão retraídos, o Grupo Muffato aposta novamente em Londrina, gerando negócios e empregos. Só podemos agradecer”, declarou, acrescentando que a empresa – líder do setor no Paraná e 6ª no ranking nacional – é hoje a maior empregadora privada de Londrina.

O diretor da empresa, Everton Muffato, disse que o Grupo é “resiliente” e busca sempre estar próximo do consumidor. “Estamos indo na contramão do mercado, investindo e contratando. Acreditamos em Londrina, onde estamos há 21 anos”, afirmou. “Vamos aproveitar a sinergia com o Shopping para consolidar nossa presença nesta região da cidade”, completou.

A superintendente do Londrina Norte, Fernanda Pires, destacou o poder de atração do hipermercado, “administrado por um dos maiores grupos brasileiros do varejo de alimentos”. O Muffato do Londrina Norte Shopping é completo, com açougue, padaria, confeitaria, adega, ilha de congelados, setor de hortifrutis, frios e laticínios, bebidas, bazar e eletroeletrônicos. “O que há de melhor no setor está aqui”, afirmou Everton Muffato.

Muitas ofertas marcaram a inauguração do novo hipermercado na manhã desta terça, atraindo um grande número de moradores da zona norte de Londrina que aproveitaram os preços atrativos em diversos departamentos.

Com essa nova loja, o Grupo Muffato se consolida como o maior investidor e empregador privado de Londrina e região com 4,5 mil empregos, entre diretos e indiretos. Ao todo, a rede tem 11 mil colaboradores, além de indiretamente empregar mais de quatro mil pessoas nas 46 lojas que possui em 17 cidades do Paraná e de São Paulo.

O horário de atendimento do Super Muffato do Londrina Norte Shopping será das 9h às 22h, de segunda a sábado, e das 9h às 20h, aos domingos e feriados. O estacionamento do Londrina Norte Shopping é gratuito todos os dias.

Tietê Plaza Shopping traz Rafael Cortez em show de abertura gratuito do RISADARIA 2016


Pelo segundo ano consecutivo, o Tietê Plaza Shopping será palco do RISADARIA, maior festival de humor do mundo. O primeiro show deste grande evento está marcado para a próxima sexta-feira (1). O público poderá conferir às 19 horas, o espetáculo de abertura com o humorista Rafael Cortez. O evento no Tietê Plaza Shopping será realizado até o dia 31 de julho e terá 70 apresentações, incluindo programação especial para a criançada e a exposição “Humor é coisa séria“.

Além do humorista, os visitantes poderão conferir durante o fim de semana apresentações de artistas como Diogo Portugal, Diego Baro, MC Maloka e Paulo Vieira.

O mês de julho é também sinônimo de férias escolares. Por isso, as crianças vão contar com uma programação especial no RISADARIA Kids. Yakko Sideratos, Palhaço Tchutchuco e Gira Circo são opções para a criançada se divertir.

As atrações, que têm entrada gratuita, acontecerão no Palco Aberto montado no Piso Térreo.

1 de julho – Sexta-feira
16h – Yakkos Sideratos – RISADARIA Kids
19h – Show de Abertura com Rafael Cortez

2 de julho – Sábado
14h30 – Oficina com Palhaço Tchutchuco – RISADARIA Kids
16h – Palhaço Tchutchuco - RISADARIA Kids
18h – Diogo Portugal
19h – Diego Baro

3 de julho – Domingo
16h – Gira Circo – RISADARIA Kids
18h – MC Maloka
19h – Gabriel Louchard

Serviço
Risadaria 2016 – Tietê Plaza Shopping
Data: 01 a 31 de julho
Local:
Palco “Comédia para todos”: Atrium – Piso Térreo
Exposição “Humor é coisa séria”: Praça de Eventos – Piso Térreo
Gratuito
Endereço: Marginal Tietê, entre as pontes Piqueri e Anhanguera

terça-feira, 28 de junho de 2016

Ouseuse inaugura loja exclusiva em Varginha

Na próxima sexta-feira (1º/07), a Ouseuse vai inaugurar sua sétima loja exclusiva, localizada em Varginha, sul de Minas Gerais. O espaço, no centro comercial da cidade, já está pronto para receber os consumidores com as novidades lingerie, moda praia, fitness, assim como peças infantis e masculinas. “Sempre teremos novidades, pois a Ouseuse é uma marca que possui variedade de modelos, cores e estampas”, explica Elisete Cristina de Carvalho Ribeiro, parceira da Ouseuse em Varginha.

A diretora da marca, Rosana Marques, vai estar presente no evento, com desfile e coquetel para amigos e clientes da Ouseuse em Varginha. “Estou muito feliz com a inauguração de mais uma loja Ouseuse, ainda mais em uma das cidades mais importantes do sul de Minas. Varginha pedia uma loja exclusiva da Ouseuse, pois a cidade é uma grande consumidora da marca. A expansão da marca está de vento em popa e só tenho a comemorar”, comenta Marques.

A empresária Elisete Ribeiro conta que, desde que surgiu a vontade de abrir uma loja exclusiva Ouseuse, contou com o apoio de Rosana Marques. “Fiquei muito satisfeita com o carinho e apoio fornecidos pela equipe Ouseuse. Com certeza, esses fatores foram fundamentais para que eu me sentisse segura a seguir adiante com o negócio”, diz Ribeiro. E, além dos produtos Ouseuse, a empresária também irá comercializar a marca Oficina do Pijama, também de propriedade de Rosana Marques. “São pijamas para toda a família”.

A inauguração oficial da Ouseuse Varginha será dia 1º de julho, às 18h, na Rua Presidente Antônio Carlos, 378, Centro. Informações podem ser obtidas pelo telefone (35) 3214-7372.

Desconfiança, insegurança e desejo de ver o produto antes de comprá-lo são barreiras ao e-commerce na América Latina

Canal é mais desenvolvido na Europa e na Ásia

A Kantar Worldpanel acaba de concluir um estudo que ouviu a opinião de mais de 10.000 consumidores nas dez principais cidades da América Latina sobre o canal de venda que mais cresce no mundo: o e-commerce. Para o setor de consumo, cujo desenvolvimento é maior na Europa e na Ásia, o canal é apenas emergente na América Latina, com 0,2%, portanto com muita oportunidade de crescimento.


As barreiras que o canal enfrenta na região têm relação com os costumes dos compradores latinos: 73% dos que não adquirem produtos pela internet afirmaram preferir ver o produto antes de levá-lo para casa, além disso, o desconhecimento gera desconfiança, pois a segunda razão para não comprarem algum item ou serviço na rede é porque temem fornecer informações pessoais e financeiras (39%).

Entre as pessoas mais ativas online ainda são encontradas certas barreiras para a compra, pois há um grupo que usa a internet para encontrar informações, comparar sites, preços e ver comentários, mas que não se anima a consumir nada por meio da plataforma, estes são chamados de “curiosos” e totalizam cerca de 16% dos entrevistados. Este grupo, no qual se destacam os mexicanos, prefere ir à loja para ver e levar o produto no momento da compra.

No entanto, há uma parcela de latino-americanos que adquirem algum produto ou serviço na internet. Os “compradores online” (15%), argentinos, brasileiros e chilenos, principalmente, aproveitam os benefícios do canal e sabem que quando compram podem ter acesso a toda descrição dos itens, têm a possibilidade de comparar preços em diferentes lugares e ainda obter preços melhores do que os das lojas físicas.



Eletrônicos (48%), vestuário e calçado (38%) e eletrodomésticos (31%) são os itens mais comprados online na região. México e Brasil se destacam na aquisição de eletrônicos, Peru e Colômbia preferem moda, enquanto que Argentina e Brasil apreciam os eletrodomésticos.

Dentro dos 15% dos compradores online, 14% correspondem a compras relacionadas com entretenimento e estilo de vida (eletrônicos, eletrodomésticos, roupas, calçados, férias, entretenimento, móveis e brinquedos) e apenas 1% representa compras de categorias de bens de consumo. Entre elas se destaca a de cuidados pessoais. “Esses compradores são jovens, de até 35 anos, que usam seus smartphones para fazer compras e preferem as noites para encher seus carrinhos de compras virtuais”, afirma Flavia Amado, Diretora de Shopper & Retail na América Latina.

O e-commerce tem um grande potencial de crescimento na região, o uso do canal para os itens relacionados ao entretenimento e estilo de vida é um avanço para que se desenvolvam também as compras de categorias de bens de consumo. Na verdade, seis em cada dez lares latino-americanos que já tentaram as compras na rede pensam em aumentar ou manter suas aquisições online. “Alguns aceleradores que aumentariam a compra de categorias de consumo online são: promoções exclusivas, alternativa para pagar com cartão de crédito, assessoria sobre a compra virtual, velocidade e menores custos com a entrega”, pontua Virginia Garavaglia, Diretora de Marketing para a América Latina da Kantar Worldpanel.

Sobre a Kantar Worldpanel

A Kantar Worldpanel é especialista global em comportamento de consumo. Através de um monitoramento contínuo, análises avançadas e soluções customizadas, a Kantar Worldpanel inspira decisões de sucesso de grandes marcas, varejistas, analistas de mercado e organizações governamentais.

Com mais de 60 anos de experiência, um time de 3.500 funcionários e serviços que cobrem 60 países diretamente ou através de parceiros, a Kantar Worldpanel transforma comportamento de compra em vantagem competitiva em mercados diversos como FMCG, compras por impulso, fashion, baby, telecomunicações e entretenimento, entre vários outros.

Para mais informações, por favor, entre em nossa página: www.kantarworldpanel.com/br. Linkedin e Facebook

Sobre a Kantar

A Kantar é uma divisão da WPP especializada na gestão de investimento em informação e uma das maiores empresas do mundo de informação e consultoria. Através da combinação do talento das suas 12 empresas especializadas, o grupo pretende se tornar o fornecedor preeminente de insights precisos para a comunidade empresarial mundial. Seus 30.000 colaboradores trabalham em 100 países e em todo o espectro de disciplinas de pesquisa e consultoria, permitindo ao grupo oferecer aos clientes ideias de negócios a qualquer ponto do ciclo de consumo. Os serviços do grupo são utilizados por mais da metade das empresas Fortune Top 500. Para mais informações, acesse www.kantar.com

Marabraz inaugura em Pirituba, na capital paulista.

Amplo, o novo ponto de venda oferecerá completo mix de móveis

O bairro de Pirituba, na região noroeste da capital paulista vai receber uma unidade da Marabraz dia 01 de julho. O novo ponto de venda abre as portas para oferecer aos consumidores móveis para a casa toda a preço de custo (Av. Benedito de Andrade, 278).

Instalada em um moderno edifício com três pavimentos, a nova loja apresenta o conceito clean adotado em toda a rede, com ambientes modernos e sofisticados segmentados por categoria para facilitar a localização e a escolha dos produtos.

Nasser Fares, diretor da varejista, explica: “Separamos os itens por categoria e cuidados de todos os detalhes na exposição dos produtos para que o consumidor tenha uma experiência diferenciada de compra que permite interagir, conhecer e esclarecer dúvidas antes da tomada de decisão”, diz.

“Como a compra de um móvel é um processo que exige a análise dos produtos, a interação do cliente e até mesmo a opinião de familiares é essencial proporcionar um ponto de venda pensado em todos os detalhes para que o consumidor tenha mais opções para fazer suas escolhas”, enfatiza.

Estímulos visuais como comunicação de ponto de venda e sugestão de decoração são essenciais para ajudar o cliente durante este processo. No mix da nova unidade estão itens para quarto, sala, cozinha, infanto-juvenil e home office.

Festa de inauguração

Para comemorar a inauguração a Marabraz oferecerá uma grande festa - já tradicional nas inaugurações da rede. A comemoração contará com distribuição de brindes e guloseimas. Além disso, serão oferecidos descontos especiais para os clientes. O evento terá início a partir das 12 horas.

Mais informações em: www.marabraz.com.br

Parada Truck traz mais de 30 atrações gastronômicas e culturais a Maringá

Festival gastronômico, que já é tradição em Curitiba, acontece pela primeira vez na cidade, no Catuaí Shopping Maringá, nos dias 8 a 10 de julho

Entre os dias 8, 9 e 10 de julho o Parada Truck desembarca no estacionamento do Catuaí Shopping Maringá com mais de 30 atrações gastronômicas. Trata-se da primeira edição maringaense do festival de food trucks que já é tradição em Curitiba. O evento traz opções gastronômicas, cervejas artesanais, grupos musicais e lazer ao ar livre para toda a família.

A estrutura do Parada Truck promete trazer para a cidade um festival singular. Os expositores gastronômicos de Maringá, Curitiba e Santa Catarina foram selecionados por meio de uma curadoria de cardápio que atenderá aos mais diversos paladares. Hambúrgueres, massas, tacos, crepes, doces franceses e americanos são alguns dos destaques. Já conhecidos da Praça de Alimentação do Catuaí, estarão presentes do festival o restaurante Madero, Escarola, Sorvetes Icenow, Bendito Churros Gourmet e Açaí Beat.

As opções de cervejas artesanais também prometem agradar ao público. São 24 rótulos de cervejas fabricadas em Curitiba e em Maringá, selecionadas para harmonizar com as diferentes opções do cardápio gourmet. De Curitiba, os destaques são a Morada Cia Etiliza, Dum, Tormenta, F#%*ing Beer, Pagan e Gauden, todas estas são integrantes da Liga das Cervejas Extraordinárias; de Maringá, a Araucária e a Cathedral.

No local, haverá espaço para estacionamento de motos e bicicletas, além de espaço kids. As formas de pagamento serão dinheiro, cartão de crédito e débito.

Serviço
Parada Truck
Local: Catuaí Shopping Maringá
Sexta-feira, dia 8, das 11h às 22h
Sábado, dia 9, das 11h às 22h
Domingo, dia 10, das 11h às 20h
Entrada: gratuita
Mais informações estão disponíveis no endereço: www.facebook.com/paradatruck .

Operações gastronômicas já confirmadas de Maringá:

Madero

Escarola

Crock Chicken

Açai Beat – Acaí combinado com frutas e doces

Bendito Churros – Churros Gourmet

Boi da Cara Preta - Hamburguer

Boteco do Neco – Bolinhos fritos

Crepe'n Roll - Crepes

Gastronomia Avenida - Lanches

Giovana Tintori – Doces refinados

Habanero – Hambúrguer e comida mexicana

Icenow Sorvetes – Sorvetes feitos na hora

Porkiamos – Especialidades com carnes suínas

Tchekebab – Kebab

Expositores de Curitiba:

4 Canti

Altman - Hambúrguer

Big Bear – Hambúrguer

Brownie Burger - Doces

Chef Espetos - Espetinhos

Dagniaux – Doces franceses

Nebraska – Hamburguer

Pantucci – Cigarretes recheados

Pig Truck – Especialidades com carnes suínas

Rango Food truck - Massas

Stoked – Sanduíches Gourmets

Serviço:

As lojas do Catuaí Shopping Maringá estão abertas de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h. Praça de alimentação com Wi-Fi e lazer funcionam de segunda a domingo, a partir das 11h. Estacionamento do shopping: R$ 8 a diária. De segunda a sexta-feira, no horário do almoço (12h às 14h), isenção da taxa de estacionamento para todos os clientes.

Catuaí Shopping Maringá
Av. Colombo, 9161.
Tel. (44) 3123-5000
www.catuaimaringa.com.br
www.facebook.com/catuaimaringa

Mundo Verde reforça parceria com influenciadores digitais

Personalidades da TV e da internet indicam os produtos de marca própria ‘Mundo Verde Seleção’

O Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais, orgânicos e para o bem-estar da América Latina, está reforçando sua parceria com cinco personalidades que são influenciadores digitais nas redes sociais, como o capitão da seleção brasileira de vôlei Bruno Rezende, o nutricionista Daniel Candy, o ator e apresentador Felipe Titto, a atriz Fernanda Souza e a chef de cozinha fit Mila Cozzi.

“Todos são clientes da rede e incentivadores da alimentação saudável”, afirma Alexandra Jakob Santos, diretora de Marketing do Mundo Verde, destacando que essa é uma importante aposta da empresa para divulgar a marca. “Identificamos uma grande oportunidade de comunicação dos nossos conteúdos em parceria com profissionais renomados no mercado e igualmente relevantes no meio digital. Com essa parceria, a marca Mundo Verde Seleção terá uma linguagem mais próxima do púbico”, diz.

Bruno Rezende, um dos parceiros na campanha
Ela explica que a escolha do perfil dos influenciadores envolveu critérios importantes e essenciais, como identidade com os princípios do Mundo Verde como saúde, bem-estar, atividade física e qualidade de vida, “Levamos em consideração o perfil, estilo de vida de cada um e a proximidade com o consumidor, para que o nosso conteúdo fosse transmitido corretamente e sem ruídos”.

Os influenciadores serão responsáveis pela divulgação da marca própria Mundo Verde Seleção, destacando os benefícios e propriedades de cada produto. A linha Mundo Verde Seleção conta com mais de 110 itens, entre os quais Massa pronta para Tapioca, Barra Nuts, Pure Whey Protein, Slim Shake Protein e Cookies Integrais.

Partage Shopping São Gonçalo apresenta a peça Toy Story

Domingo é dia de teatrinho no Partage Shopping São Gonçalo. A peça a ser apresentada no Espacinho, dia 03/07, é “Toy Story”, a partir das 17 horas, no 2º piso.


O espetáculo traz para o palco a história de sucesso das telonas, com as confusões dos brinquedos e as altas aventuras que eles tem com seu dono, Andy.

Além disso, a partir das 14 horas, haverá gincanas e oficinas com animadores.

Serviço
Oficinas e animação
Data: 03 de julho
Local: 2º piso do Partage Shopping São Gonçalo
Horário: 14 horas

Peça “Toy Story”
Data: 03 de julho
Local: 2º piso do Partage Shopping São Gonçalo
Horário: 17 horas

Estratégia de distribuição no varejo garante sucesso de marca de maquiagem em meio à crise

Aumento de pontos de venda físicos e das vendas em e-commerces garantiu índices positivos para theBalm no Brasil


Um planejamento estratégico consistente fez com que a importadora paranaense Tradeline Imports conquistasse a exclusividade na representação da marca californiana de maquiagem theBalm para o Brasil há três anos. Uma vitória para uma empresa que buscava uma marca internacional de peso para fazer parte do seu portfólio. Mas o desafio de pulverizar a distribuição dos produtos em um país com dimensões continentais passava longe de ser uma tarefa fácil. Em contraponto, ter mercados inexplorados se apresentou como uma grande vantagem para crescer em um cenário econômico desfavorável. “Apenas no último ano nosso faturamento cresceu 54% e chegamos a mais de 20 novos pontos de vendas”, comemora um dos sócios da Tradeline, Ricardo Prado Filho.

Dentro da estratégia de crescimento um dos pontos acertados que contribuiu para que a marca garantisse números positivos foi ter parcerias com grandes redes varejistas de cosméticos. A primeira de âmbito nacional que chegou foi a The Beauty Box, já na entrada da theBalm no Brasil. Agora, o foco está nas redes regionais que fortalecem a entrada em outros estados. A expectativa é que seus produtos cheguem a lojas físicas em 13 dos 26 estados brasileiros ainda este ano.

Outro fator que contribuiu para impulsionar os bons índices foi o aumento de 124% das vendas online nos dois últimos semestres. Para o responsável pelo marketing da theBalm no Brasil, Francisco Gil, o perfil das consumidoras da marca, a qualidade das maquiagens e seu conceito descolado - com embalagens vintage e pegada fun, reforçando empoderamento das mulheres - apontavam para esta adesão. Aqui os principais parceiros da theBalm são a Beleza na Web e Época Cosméticos.

Para os sócios da importadora, o período de três anos foi fundamental para que a marca amadurecesse e conquistasse confiança por sua qualidade no mercado brasileiro. Neste contexto, ter os produtos em lojas físicas desde o começo foi uma questão estratégica para fazer crescer os números de vendas online. Isso porque a experimentação é fundamental quando se trata do universo da maquiagem. Este período de maturação também contribuiu para que formadores de opinião – blogueiras, maquiadores e digital influencers - tivessem acesso aos produtos, os validassem e os indicassem. “O dinamismo das redes sociais e os reviews de blogueiras fizeram com que rapidamente fossem eleitos nossos best-sellers aqui no Brasil: o bronzer Bahama Mama, o iluminador Mary-Lou Manizer e a paleta de sombras Nude Tude. Isso, sem dúvida, é um demonstrativo da consolidação da marca no Brasil”, afirma Francisco.

Apesar da Crise:

O contexto econômico é muito desfavorável, concordam os executivos da Tradeline. Ainda mais para o mercado de importação. Dólar em alta, aumento de impostos, taxa de consumo em baixa e retração do mercado da beleza seriam fatores suficientes para fazer qualquer empresário questionar a continuidade no setor. Apesar disso, a theBalm está apostando na recuperação da economia nos próximos anos. Segundo eles, manter a empresa com uma boa saúde financeira neste período é mais importante que garantir índices elevados. “Continuamos crescendo de forma consistente. Projetamos um aumento de 42% nas vendas para o quarto ano da marca no Brasil apostando em nossa estratégia de mercado”, afirma Ricardo.

Intenção de financiamento das famílias tem alta de 12% em junho

Entretanto, intenção permanece abaixo da média histórica com 16,1 pontos

Segundo a FecomercioSP, apenas 7,8% dos consumidores paulistanos afirmaram ter intenção de contrair financiamento em junho, contra 6,9% em maio e 10% no mesmo mês de 2015
São Paulo, 27 de junho de 2016 - O Índice de Intenção de Financiamento atingiu 16,1 pontos em junho, alta de 12% na comparação com o mês anterior. Apesar da elevação do índice, apenas 7,8% dos entrevistados afirmaram ter intenção de contrair empréstimos nos próximos três meses. Na comparação com junho de 2015, quando o indicador registrou 21,1 pontos, o recuo foi de 23,6%, sinalizando que, apesar da melhora na intenção, o comportamento dos consumidores ainda se mostra conservador para a tomada de empréstimos neste momento de crise.


Os dados são da Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento (PRIE), elaborada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O Índice de Segurança de Crédito, que mede a capacidade do consumidor de pagar dívidas, apresentou alta de 6,2% em junho na comparação com maio e atingiu 85,1 pontos. Já no comparativo anual mostrou leve elevação de 0,9%. Entre os endividados, o índice teve alta mensal de 8,3%, enquanto, entre os não endividados, registrou crescimento de 2,6%.

De acordo com a FecomercioSP, os sinais de retomada da intenção de financiamento são consequências da melhoria da percepção da economia por parte dos consumidores, captada pelo Índice de Confiança do Consumidor - também publicado pela Federação. Ainda que a crise não tenha passado, ao menos a mudança de diretrizes da política econômica tem gerado efeitos positivos nas expectativas de empresários e consumidores. Essas mudanças positivas, segundo a Entidade, quanto mais consistentes, trarão efeitos reais no comportamento dos agentes, que voltarão a consumir, buscar crediários e investir, viabilizando assim a retomada gradual da atividade econômica.

Aplicações

A poupança continua a ser a aplicação preferida dos brasileiros, mas tem perdido espaço para a renda fixa, por conta da inflação e da Selic elevadas. Em junho, 69,5% dos aplicadores tinham na poupança o principal destino dos seus recursos. No mesmo mês de 2015, a proporção era de 72,4%. Segundo a Entidade, a poupança segue gradativamente perdendo espaço tanto para a renda fixa quanto para previdência privada, como era de se esperar diante de juros nominais de 14,25% e do envelhecimento da população.

A proporção de investidores cuja principal aplicação é a renda fixa atingiu 18% em junho, ante 15,4% no mesmo mês de 2015. No caso da previdência privada, a parcela passou de 5,6% para 8,3% no mesmo período. Já nas aplicações em ações, a proporção chegou a 1,9% ante os 2,2% registrados em junho de 2015.

A tendência de juros se reverteu nas últimas semanas, e agora a hipótese de que o Banco Central comece a reduzir a Selic ainda neste ano se tornou plausível. Essa mudança não era esperada no primeiro trimestre e ganhou força, principalmente, com a mudança de rumos da política econômica. Com isso, segundo a FecomercioSP, a poupança continuará tendo a preferência da maioria dos poupadores. Os juros altos dos últimos meses, contudo, fizeram com que uma parte dos que poupam optasse por aplicações mais rentáveis e tão seguras quanto à poupança - renda fixa, principalmente.

No futuro próximo, a tendência é de que os juros básicos sejam reduzidos e é possível que os poupadores voltem a apostar na segurança da caderneta. Por outro lado, de acordo com a Entidade, muitos aplicadores tendem a ser resistentes a mudar de aplicação no curto prazo, o que deve manter o atual quadro nos próximos meses.

Sobre a PRIE

A Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento (PRIE) - apurada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) - tem o objetivo de acompanhar o interesse dos paulistanos em contrair crédito e a evolução da proporção de famílias endividadas na capital paulista que possuam aplicações financeiras, o que gera um índice de risco inerente a essas operações. Os dados que compõem a PRIE são coletados em 2,2 mil entrevistas mensais realizadas na cidade de São Paulo.

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 157 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista - aproximadamente 4% do PIB brasileiro - e gera 5 milhões de empregos.

Quatro em cada dez consumidores possuem cartão de loja, mostra SPC Brasil

Principal motivação para quem adquiriu esse tipo de crédito é poder fazer mais compras. Três em cada dez usuários não analisaram as tarifas e juros cobrados

Uma alternativa ao cartão de crédito e outras modalidades financeiras disponíveis para os brasileiros é o conhecido cartão de loja. Um levantamento realizado em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 44,5% dos consumidores possuem cartões de loja e a principal motivação para 38,1% destes é poder fazer mais compras. Segundo a pesquisa, 46,9% dos entrevistados que têm cartão adquiriram essa modalidade de pagamento após receberem uma oferta do varejista e 38,8% fizeram a solicitação nas lojas.

Para os especialistas do SPC Brasil e CNDL, a facilidade de conseguir crédito no cartão de loja deve ser encarada com receio pelo consumidor. “Caso a pessoa tenha feito uma boa análise sobre a pertinência de mais uma modalidade de crédito no orçamento pessoal, o novo cartão pode até ajudar na compra de novos produtos, mas caso o histórico seja de descontrole nos gastos, talvez seja melhor não utilizá-lo”, explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. A pesquisa mostra que, no momento que adquiriu o cartão, três em cada dez (29,9%) usuários não analisaram as tarifas ou juros cobrados e 40,0% não sabem dizer o número de parcelas ainda não pagas de compras realizadas com o cartão de loja – entre os que sabem, a média é de três parcelas.

O descontrole financeiro de alguns brasileiros com o uso do cartão de loja é confirmado quando se observa que 25,7% dos que o utilizaram já ficaram com o nome sujo em algum momento pelo não pagamento das faturas, sendo que 6,4% ainda estão negativados.

30% ainda utilizam crediário ou carnê

Outras modalidades analisadas pela pesquisa do SPC Brasil e da CNDL são o crediário e o carnê. Cerca de 29,9% ainda utilizam essas formas de pagamento, sendo que 48% possui em média 1,7 carnês ou crediário atualmente e a contratação do serviço foi feita principalmente por meio da solicitação à loja (58,5%) e as principais motivações para ter esse tipo de serviço é poder comprar mais (42,3%) e realizar um sonho de consumo (20,2%).

Assim como com o cartão de loja, parte significante dos entrevistados (20,8%) não analisou as tarifas e/ou juros cobrados, principalmente por causa de falta de interesse. Quase quatro em cada dez consumidores que têm crediário ou carnê (35,6%) não souberam responder quantas parcelas de compras realizadas no crediário ou carnê possuem – entre os que sabem, a média de quatro parcelas.

Em relação à inadimplência no uso do crediário ou carnê, 32,7% dos entrevistados que possuem essas modalidades já ficaram com o nome sujo pelo não pagamento e 5,9% ainda estão negativados.

Produtos mais comprados: roupas, calçados e eletrodomésticos

O levantamento mostrou que o cartão de loja, o crediário e o carnê são utilizados, principalmente, para compras de roupas (75,0%), calçados (64,0%) e eletrodomésticos (34,3%), sendo que 17,6% fazem compras parceladas através destes meios ao menos uma vez por mês. Questionados sobre as principais vantagens das três modalidades, a maior parte dos consumidores cita a possibilidade de parcelar suas compras (28,5%) e a segurança de não precisar andar com dinheiro ou cheque (15,3%).

Para o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, parcelar as compras é um benefício para o consumidor, mas deve ser utilizado com cautela. “Deve-se evitar fazer muitas prestações simultâneas para não perder o controle do seu orçamento”, explica.

“Caso seja o parcelamento seja necessário, é importante fazer um rígido controle do número de parcelas para evitar ficar com o nome sujo”, alerta Vignoli. Entre os entrevistados que não possuem cartão de loja, crediário ou carnê, a principal justificativa é a preferência pelo pagamento das compras à vista (19,7%).

A pesquisa revelou que, para 66,8% dos entrevistados, essas modalidades de crédito são instrumentos positivos, principalmente por possibilitar a aquisição de produtos de uma forma mais fácil (31,0%).

Metodologia

A pesquisa entrevistou 674 consumidores de todas as regiões brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos e pertencentes às todas as classes sociais. A margem de erro é de 3,8 pontos percentuais e a margem de confiança, de 95%.