sexta-feira, 29 de junho de 2018

Spoleto cresce no país com o conceito minha cozinha italiana

Rede adotou uma pegada mais contemporânea a fim de promover a democratização da boa culinária e entrar com força no segmento fast casual

Há um ano, o Spoleto largou mais uma vez na frente da concorrência apresentando seu novo conceito, intitulado Minha Cozinha Italiana (MCI). O projeto, que vai de vento em popa, consiste principalmente na apresentação de uma culinária ainda mais italiana, com produtos frescos e de maior qualidade e na mudança da identidade visual dos restaurantes.



Hoje são 65 MCIs em operação em 14 estados, o equivalente a 18,4% da rede, sendo 37 convertidos (que migraram do modelo antigo para o novo) e 28 novos (que estrearam na franquia ao longo deste ano). A marca estima crescer anualmente em torno de 7,7% com o novo modelo e aumentar em 6,7% o fluxo dos clientes. Para 2018, a projeção é abrir 18 novos restaurantes e converter 85. Por se tratar de um processo de transformação, o Spoleto estima a conclusão nos próximos três anos - prazo para as 357 unidades serem totalmente repaginadas.

O investimento é a partir de R$ 495 mil para novas unidades e cerca de R$ 150 mil para a conversão das já existentes. Para facilitar na reforma dos restaurantes, a rede oferece condições especiais de financiamento* através de parcerias com alguns bancos para ajudar o franqueado na conversão das unidades.

Otimista, a diretora geral do Spoleto Viviane Barros ressalta que as novas unidades, quando comparadas com o resultado geral da rede, surpreendem as expectativas.

- Ao analisarmos os resultados reais, o novo modelo está apresentando 11% de crescimento de faturamento e 9,3% de aumento no número de clientes atendidos. Com o MCI, resgatamos acima de tudo os valores de uma gastronomia bem feita e elaborada, que explora com maestria tanto os ingredientes típicos e simples do dia a dia, como os mais sofisticados. Podemos afirmar que iniciamos uma nova era na história do Spoleto – dispara a executiva.

Pegada gastronômica

Na pista fria entram ingredientes típicos da Itália, preparados diariamente nos próprios restaurantes da casa, diminuindo consideravelmente as opções industrializadas. Os pratos passam a ser finalizados com itens adicionais gratuitos, tais como queijo parmesão ralado na hora, azeite de trufas e crema di balsâmico. E, entre os adicionais pagos, aparecem presunto de Parma, mussarela de búfala, camarões especiais, tiras de frango marinadas e polpetone.

Recentemente, foi inaugurada a Universidade de Culinária Spoleto, onde a cada quatro meses os gerentes-chef de cada restaurante no modelo MCI passam por dois dias de capacitação em culinária e gestão de pessoas. Além disso, os gerentes de todos os restaurantes da rede estão sendo capacitados em prol da gastronomia por meio do projeto MASSIMA*, aumentando a sinergia com os chefs e oferecendo um melhor atendimento ao cliente.

*PROJETO MASSIMA:

O MASSIMA oferece aos funcionários da rede a oportunidade de conhecer todas as etapas do dia a dia do restaurante. É inspirado no projeto “Cinco mil corações felizes”, que motiva e estimula os gerentes dos restaurantes para o desenvolvimento e desafios diários como liderança, marketing e finanças, além de capacitá-los a se tornarem chefs de gastronomia.

Os chefs executivos Gianni Carboni e Andrea de Sá Conceição cuidam de perto do projeto e se dedicam durante um dia inteiro com foco na culinária. Além de todo esse embasamento, o gerente que mais se destaca ganha uma viagem à Itália para se inspirar diretamente na fonte onde nasceu o Spoleto.

*FINANCIAMENTO:

Os bancos disponibilizam linhas especiais de crédito para as redes de franquias. Os prazos podem ser superiores a 48 meses e taxas que variam de TJLP+4,5% a.a a TJLP+6,8%, ou de 1% a 1,2% ao mês nas condições atuais de mercado. Como o Spoleto é parceiro de várias instituições financeiras, a avaliação do crédito de cada franqueado é feita por uma equipe diferenciada, que busca uma agilidade maior no processo.

O investimento em uma franquia é o que tem a menor taxa de mortalidade entre as empresas nesse cenário de instabilidade econômica. Para o interessado em se tornar franqueado da marca, o investimento inicial é a partir de R$ 495.000, não sendo permitido Financiamento para a primeira loja.

Spoleto & Trigo

Em 2017, o Spoleto obteve faturamento de R$ 443,2 milhões. Manteve-se como uma rede firme e consolidada no instável cenário econômico pelo qual o país passa. Encerrou o ano com 353 restaurantes espalhados por todo o Brasil (só não está presente no Tocantins, Mato Grosso e Sergipe), sendo 51 no novo modelo Minha Cozinha Italiana (MCI).

Para 2018, a projeção é alcançar 4,8% de crescimento em relação a 2017, 3,6% de aumento do número de clientes e 14% de lucratividade. E encerrar o ano com 357 unidades, sendo 110 no modelo MCI -31% da rede. Até 2020, estima chegar a 400 unidades no Brasil.

O Spoleto é a maior rede de alimentação do sistema TRIGO, que engloba o grupo Trigo Franquias - especializado em gestão de food service formado ainda pelas redes alimentícias Domino’s Pizza, Koni e Gokoni (culinária japonesa) -; o restaurante japonês Gurumê, distribuidora e fábrica próprias. Atualmente são 665 restaurantes (17 próprios e o restante franquias) espalhados por todo o país.

Há dois anos o sistema Trigo ultrapassou a marca de R$ 1 bilhão de faturamento. Para 2018, a projeção é crescer 14% de faturamento. A estimativa é inaugurar mais 73 restaurantes (18 da marca Spoleto; 49 da Domino’s; 4 do Koni, e 2 do Gurumê).

RAIO X DA FRANQUIA SPOLETO

Investimento médio em loja de shopping (40m²) = A partir de R$ 495 mil (sem taxa)

Investimento médio em loja de rua (150m²) = A partir de R$ 740 mil (sem taxa)

Faturamento médio mensal = R$ 107 mil

Taxa de franquia = R$ 60 mil

Taxa de publicidade = 2% do faturamento bruto pra fundo nacional

Taxa de royalties = 6% do faturamento bruto mensal

Margem de lucro médio = 10% a 15%

Prazo médio de retorno do investimento = De 36 meses a 40 meses

Número mínimo de funcionários por loja = 8 funcionários

Capital de Giro = R$ 20 mil

Prazo do Contrato = 5 anos

Telefones: (21) 3956.8600 / (21) 3956.8624

Novas marcas aderem à causa da ABVTEX

A ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), que representa as principais redes de varejo de moda do País, acaba de ganhar o engajamento de novas varejistas que se envolvem com o movimento da responsabilidade social.


O Grupo SOMA (presente em todo Brasil através de suas marcas em lojas próprias, multimarcas e e-commerce) e suas grifes A.BRAND, Animale e FARM; o Dafiti Group (maior grupo de e-commerce de moda e lifestyle da América Latina) composto por Dafiti, Kanui e Tricae; e a Loungerie (marca presente no mercado de moda íntima com um novo conceito de lingerie) são as novas varejistas associadas à ABVTEX e signatárias do Programa ABVTEX, considerado o maior esforço setorial da moda no Brasil em prol da responsabilidade social, do compliance e na promoção do trabalho digno.

O Programa vem desde 2010 combatendo o uso de trabalho análogo ao escravo, infantil e estrangeiro irregular ao longo de toda cadeia produtiva, em que já realizou mais de 28 mil auditorias em confecções e seus subcontratados para verificação das boas práticas na confecção de artigos de vestuário e calçados. As cerca de 4 mil empresas aprovadas no Programa ABVTEX são originárias de 643 municípios, em 18 Estados, e representam mais de 333 mil trabalhadores diretos na produção.

“Acreditamos que as marcas estão se envolvendo com a causa e aderindo ao movimento de responsabilidade social no setor. As 70 marcas que representamos estão alinhadas ao propósito da ABVTEX de promover a moda sustentável, tornando-a mais acessível a partir do desenvolvimento de uma cadeia produtiva, justa, responsével, inovadora, competitiva e transparente", afirma Edmundo Lima, diretor executivo da entidade.

Casas Bahia premia clientes com vouchers de R$ 100,00 em compras

A Casas Bahia premiará com um voucher de R$ 100,00 os clientes que comprarem em qualquer loja ou site da marca, até o dia 28 deste mês. A promoção faz parte da ação “Bolão Milionário”, que a rede está promovendo e que termina nesta quinta-feira. Mais de 11 mil pessoas já deram seus palpites e estão concorrendo a um premio de R$ 2 milhões.


Nas compras acima de R$ 500,00, os clientes ganharão automaticamente um voucher de R$ 100 para ser utilizado na próxima compra, nas mais de 750 lojas ou site da Casas Bahia, além poderem cadastrar seu palpite no “Bolão Milionário”, que premiará com até R$ 2 milhões o cliente que acertar o primeiro, segundo e terceiro lugar do campeonato de futebol que está acontecendo na Russia. Os palpites podem ser cadastrados no hotsite da campanha, até o dia 28 de junho.

A Casas Bahia conta ainda com o reforço da promoção “TV por R$ 1,00”, que nas compras de TVs acima de 60”, o cliente leva outro aparelho de 32”, por R$ 1,00. A promoção acontece até o final do campeonato de futebol da Rússia.

A marca também está promovendo um concurso cultural em suas redes, que premiará com TVs de 55” as melhores postagens sobre os temas do concurso: “#1 Fantasia”, “#2 Comemoração”, “#3 Decoração” e “#4 Chef Torcedor”. Para participar, os seguidores da marca devem colocar em suas postagens a hashtag #TorcidaCasasBahia e marcar a rede.

Marfrig inaugura a Casa Montana

Loja conceito em Itupeva (SP) será ponto de encontro para os apaixonados por carnes que estão em busca de informação, qualidade e cortes nobres de marcas como Montana Premium Beef e Dia a Dia, Bassi e Steakhouse, além de diversos produtos distribuídos pela companhia

 A Marfrig Global Foods, a segunda maior companhia global de proteína bovina do mundo, por meio de sua operação no Brasil, vai inaugurar no próximo dia 1 de julho a Casa Montana.

Instalada próxima a unidade da companhia em Itupeva, no interior de São Paulo, a loja ocupa um espaço de 200m² na Rua Juliana de Oliveira Norges, n° 27, no Parque das Vinhas. A Casa Montana oferece aos consumidores produtos da Marfrig, carnes bovinas e ovinas importadas, bem como itens relacionados, como temperos e carvão. O local terá ainda uma área gourmet para receber convidados, com espaço para aulas, reuniões, confrarias, apresentações, confraternizações e degustações.
"A Casa Montana traz comodidade aos consumidores que buscam em um só lugar o que for preciso para o preparo de um bom churrasco e cortes para as refeições do cotidiano. É principalmente, o local para reunir nossos clientes apresentar novidades, aproximar ainda mais a Marfrig dos nossos parceiros, colaboradores e comunidade, oferecendo informação e produtos de qualidade para os apreciadores de carnes", diz Luis Firmino, COO da Marfrig Beef no Brasil.

A loja oferece um portfólio completo com os cortes das marcas Montana Premium Beef e Dia a Dia e Bassi, Steakhouse. Além disso, teremos produtos prontos para o consumo garantindo praticidade ao dia a dia, como arroz carreteiro e com vegetais, feijoada, molhos prontos para carnes, entre outros produzidos na unidade de processados da Marfrig no Rio Grande do Sul e diversos alimentos como vegetais congelados, peixes, pão de queijo, entre outros distribuídos pela companhia.


A Casa Montana estará repleta dos cortes de carne bovina mais procurados pelos consumidores, com opções para o dia a dia e para o churrasco, cortes nobres e de alta qualidade, como bife ancho, bife de chorizo, picanha, maminha, fraldinha, prime rib, filé mignon, t-bone, entre outros. A loja será abastecida por produtos produzidos nas próprias unidades da empresa, inclusive pela unidade que fica na cidade de Itupeva. O consumidor também terá a opção de escolher pelas carnes importadas, como a linha Angus Beef Tacuarembó, produzida na unidade da Marfrig no Uruguai, e a linha Bassi Cordeiros, produzida na unidade da Marfrig no Chile, com cortes como paleta, pernil, carré e picanha para os consumidores que desejam novas experiências de sabor. Além disso, estará disponível na loja os lançamentos das linhas da Marfrig de espetinhos e também de carnes temperadas.

Sobre a Marfrig no Brasil

A operação da Marfrig Global Foods no Brasil é composta por 21 unidades com ampla expertise no segmento de food service e é pioneira na produção e comercialização de carne bovina. A operação brasileira se destaca pelo volume e qualidade premium dos produtos de alto valor agregado. O resultado é um portfólio complementar e altamente competitivo.

terça-feira, 26 de junho de 2018

Deloitte abre inscrições para empresas participarem da pesquisa "As PMEs que Mais Crescem no Brasil"

Empresas que faturaram até R$ 500 milhões em 2017 podem participar da 13ª edição do principal levantamento do País sobre pequenas e médias empresas, realizado em parceria de divulgação com a revista EXAME

Estão abertas as inscrições para a 13ª edição do levantamento "As PMEs que Mais Crescem no Brasil", realizada pela consultoria Deloitte para divulgação na revista Exame. A pesquisa deste ano apontará as organizações que mais expandiram seus negócios ao longo dos últimos três anos completos (2015, 2016 e 2017).


Para participar, as empresas que faturaram entre R$ 5 milhões e R$ 500 milhões em 2017 podem acessar o questionário pela página oficial (onde consta o regulamento do estudo), cadastrar seus dados e responder às perguntas até 6 de julho de 2018.

As empresas com taxas mais elevadas de crescimento no período avaliado se classificam para um ranking a ser divulgado no dia 30 de agosto, em evento realizado em São Paulo, no qual serão homenageadas. A relação será também publicada pela revista Exame.

Para os participantes, independentemente da entrada e posição da empresa no ranking, a organização enviará um relatório completo com os resultados.

Serviço

13ª edição da pesquisa "As PMEs que Mais Crescem no Brasil" – triênio 2015/ 2016/ 2017
Inscrições: até o dia 6 de julho
Onde realizar a inscrição: www.deloitte.com/PMEs
Dúvidas: pequenasemedias@deloitte.com.

Fundador da maior aceleradora de startups da América Latina apresenta curso exclusivo para alunos do meuSucesso.com

Pedro Waengertner, CEO da ACE, e seu time de especialistas trazem conteúdos práticos sobre as técnicas de crescimento dos negócios mais inovadores do mundo e que podem ser aplicadas em empresas de qualquer setor e porte.


Na imagem, da esquerda para direita: Luis Gustavo Lima, Victor Navarrete, Pedro Waengertner (fundador da ACE), Gabriel Ferreira e Felipe Collins.

A escola digital de empreendedorismo e negócios meuSucesso.com lança, neste mês, o curso Steps, com curadoria do especialista em startups e fundador da ACE (maior aceleradora de startups da América Latina), Pedro Waengertner. Dividido em quatro aulas, o novo conteúdo tem o objetivo de apresentar um passo a passo das técnicas de crescimento dos negócios mais inovadores do mundo.

Waengertner conta que o Steps foi inspirado na série documental Go'N'Grow, do meuSucesso.com, gravada no Vale do Silício, que deixa claro que várias técnicas utilizadas pelas startups poderiam ser aplicadas em empresas de qualquer setor e porte. "Decidimos então criar um curso para os alunos do meuSucesso.com pensando em compartilhar essas técnicas", conta.

O curso é voltado tanto para quem está iniciando um negócio como para o empreendedor que já tem uma empresa e precisa entender qual é o melhor momento para realizar mudanças necessárias para continuar crescendo. As aulas abordarão quatro importantes temas e serão ministradas por especialistas da ACE:

- Aula 01: Diagnóstico (em que o empreendedor irá entender onde estão os gaps do seu negócio), com Luis Gustavo Lima, head de acelaração e especialista em marketing, inovação e empreendedorismo;

- Aula 02: Produto (análise e identificação de melhorias), com Victor Navarrete, head de inovação e especialista em gestão empresarial;

- Aula 03: Distribuição (percepção sobre como realizar a venda e fazer marketing como as startups), com Gabriel Ferreira, head de comunicação e especialista em criação de conteúdo e relações públicas;

- Aula 04: Gestão (formar para gerir o negócio de um jeito mais ágil), com Felipe Collins, head de marketing, professor e palestrante.

"Iremos falar sobre um conjunto de ferramentas e técnicas com o objetivo de que todos os alunos possam assistir ao conteúdo e usar no dia seguinte. Nossa ideia é que tudo seja muito prático", explica Waengertner, que, ao final do curso, no Ask, fará um bate-papo com os alunos para esclarecer dúvidas em tempo real sobre os pontos abordados.

O curso Steps estreou no meuSucesso.com nesta segunda-feira, 18. As aulas vão ao ar sempre às segundas-feiras, às 20h, acompanhadas de materiais de apoio, e são exclusivas para assinantes da plataforma.

Sobre o meuSucesso.com

Fundado por Flávio Augusto da Silva, o meuSucesso.com é uma plataforma digital que desenvolve conteúdos próprios a partir da máxima de que o sucesso é uma ciência que pode ser aprendida e absorvida de forma leve, com linguagem acessível, e a partir do compartilhamento da prática e da história de vida de empreendedores que já trilharam caminhos bem-sucedidos.

Com mais de 200 horas de conteúdo didático produzido e a partir de entrevistas e aulas densas, empresários, estudiosos e especialistas se tornam fonte de inspiração e de conhecimento para quem está dando seus primeiros passos no empreendedorismo. O meuSucesso.com já dissecou os cases de Carlos Martins (Wizard), Facundo Guerra (Grupo Vegas), Ozires Silva (Embraer), Thái Nghiã (Goóc), Gustavo Caetano (Sambatech) e Alair Martins (Grupo Martins). Operando via assinatura, cada estudante passa a ter acesso também a cursos práticos de inúmeras disciplinas, fóruns e encontros presenciais, formando uma rede de relacionamento exclusiva.

Involves tem novo CEO e investe em internacionalização de solução de trade marketing

Sócio-fundador André Krummenauer assume o comando da empresa, que se renova para o aniversário de uma década.

Prestes a completar 10 anos de atuação, a Involves, desenvolvedora do software para gestão de trade marketing Agile Promoter, renova sua gestão. O sócio-fundador André Krummenauer, que liderava finanças, cultura e gestão de pessoas desde a criação da empresa, e atuava interinamente como CEO desde meados de 2017, assume agora oficialmente a direção da companhia.

Formado em Administração de Empresas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e com especialização em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral, Krummenauer chega ao cargo em um momento ímpar da empresa. A Involves cresceu 60% em 2017, com um faturamento de R$ 18 milhões, e ampliou a carteira de clientes com nomes como Vinícula Salton, 3 Corações, Danone e Castrol. Também foi destaque em gestão de pessoas, conquistando no Great Place to Work (GPTW) pelo segundo ano consecutivo o primeiro lugar entre as pequenas como a melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina e a terceira posição no ranking nacional de tecnologia.

O administrador, que também é conselheiro da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e embaixador do programa de startups da entidade, assume a posição de CEO no lugar de Rodrigo Lamin, também fundador, que deixou a empresa para novos projetos profissionais. “A Involves, com a essência de startup, sempre teve sua estratégia conduzida de forma colaborativa pelas mãos dos seis fundadores. O papel de CEO em uma cultura colaborativa é principalmente de potencializar a sinergia do time e colocar o cliente no centro para gerar resultados transformadores no mercado”, acrescenta Krummenauer.

Entre os planos para o futuro está o crescimento de 60% das receitas e um avanço no processo de internacionalização — presente em 17 países, o Agile Promoter já é utilizado por quase 40 mil pessoas em campo. No ano passado, 10% da receita recorrente foi oriunda de exportações. “Revisamos e reforçamos o nosso propósito de levar nossa tecnologia aos pontos de venda dos quatro cantos do planeta”, reforça o novo CEO.

Preparações para os 10 anos

A Involves foi criada em 2009, quando os seis sócios-fundadores ainda estavam na faculdade. Eles eram integrantes de duas bandas universitárias e se conheceram em shows. Até hoje a música é ponto em comum com grande influência na cultura organizacional, que atualmente abrange os 150 colaboradores — “involvidos”, como se chamam internamente.

Apesar de a comemoração oficial ser em 2019, as preparações para os 10 anos de empresa já começaram. Algumas novidades devem ser anunciadas no Agile Experience (AEx), evento da Involves que ocorre no mês de setembro em Florianópolis (SC) e é considerado a maior experiência em trade marketing da América Latina.

Com essa renovação, o Agile Promoter, principal produto da empresa, também deverá atingir novos patamares. Recentemente foi lançada uma nova funcionalidade para mensurar o desempenho dos pontos de venda e outras aplicações serão desenvolvidas para levar ainda mais valor aos clientes.

Sobre a Involves

Fundada em 2009 em Florianópolis (SC), a Involves é responsável pelo desenvolvimento do Agile Promoter, plataforma de gestão de trade marketing e monitoramento de equipes de campo em tempo real. A solução, utilizada em mais de 17 países além do Brasil, oferece controle e análise do ponto de venda a indústrias, distribuidores do varejo e agências, mantendo na carteira de clientes grandes nomes como L’Oréal, Motorola, Nestlé, 3 Corações, Danone e Samsung. Com sede na capital catarinense e filial em São Paulo (SP), a empresa conta com mais de 150 colaboradores e aplica políticas inovadoras em gestão de pessoas, ocupando lugares de destaque no ranking GPTW de 2016 e 2017. Referência em trade marketing no Brasil, a Involves promove iniciativas constantes para ampliar o conhecimento sobre o setor, como o portal de conteúdo Clube do Trade e o evento anual Agile Experience (AEx).

Koni se reposiciona em todo Brasil com novo modelo de negócio

Maior rede de culinária japa do Brasil - há quase doze anos no mercado e mais de 100 restaurantes abertos em sete estados brasileiros -, o KONI participa pela 9ª vez da ABF Franchising Expo. Com mais de 3,5 milhões de clientes por ano e faturamento médio mensal de R$ 110 mil, apresenta um novo modelo de negócio a fim de se reposicionar no mercado, entrando e expandindo no segmento fast casual.


O atual padrão Koni - imediatamente perceptível no visual das novas unidades com um ambiente mais moderno e clean – já está implantado com sucesso em 25 restaurantes. A rede coleciona 7 selos de Excelência em Franchising e tem seu novo modelo reconhecido e premiado pela ABF na categoria projeto arquitetônico (2017).

O aporte mínimo para a abertura de uma franquia é de R$ 430 mil com retorno de investimento estimado para 36 meses.

Para reforma de uma loja existente é de R$ 65 mil (valor referente ao modelo box adotado em shopping center),

As regiões Sudeste, Nordeste e Brasília são mercados de grande interesse da rede. Atualmente, um dos grandes impulsionadores de vendas é o sistema de delivery, responsável por 14,5% do faturamento da rede, com 51 lojas cadastradas e previsão de mais 15 restaurantes para entrarem no projeto.

Mais sobre o Koni: com o propósito de democratizar a boa culinária japonesa, o Koni proporciona qualidade, sabor e preço justo com produtos frescos e criações exclusivas da marca, como o Poke Fresh Croc, Koni Krips, Roll Tartar Spicy, entre outros.

Um dos maiores pilares do Koni é a preocupação em desenvolver e investir em seus profissionais, dessa maneira foi criado um programa chamado Escola de Culinária, no qual os operadores de loja são transformados em verdadeiros chefes de cozinha através de aulas sobre produtos, serviço e imagem.

Fundado no Rio de Janeiro, sua essência carioca aliada a alta qualidade fez com que o Koni aterrissasse em novas terras, como o estado de Brasília, que hoje é uma das maiores praças da marca, estando atrás apenas do Rio de Janeiro. A rede, que desde 2006 é a preferida dos viciados em japa, faz parte do Grupo Trigo, detentor também das redes de alimentação Spoleto e Domino's Pizza.

RAIO X DA FRANQUIA:

• Investimento médio em loja de shopping (30m) = a partir de R$ 430 mil (sem taxa)

• Investimento médio em loja de rua (150m²) = a partir de R$ 675 mil (sem taxa)

• Faturamento médio mensal = R$ 110 mil

• Taxa de franquia = a partir de R$ 60 mil

• Taxa de publicidade = 2% do faturamento bruto

• Taxa de royalties = 6% do faturamento bruto mensal

• Margem de lucro médio = 10% a 15%

• Prazo médio de retorno do investimento = de 36 meses a 40 meses

• Número mínimo de funcionários por loja = 9 funcionários

• Capital de Giro = R$ 20 mil

• Prazo do Contrato = 5 anos

domingo, 24 de junho de 2018

Linx adquire Digital Commerce Group e reforça estratégia de e-commerce e omnichannel

Proprietária das plataformas EZ Commerce, Core e Octopus, o DCG é um dos líderes no mercado de e-commerce com mais de 600 clientes

A Linx, líder em software de gestão para o varejo, anuncia a aquisição do grupo Digital Commerce Group. A empresa tem como foco o desenvolvimento de tecnologias para a venda digital e movimenta por ano mais de R$ 1,5 bilhão através de seus produtos, sendo um dos maiores fornecedores de soluções para e-commerce do Brasil com destaque para a sua plataforma de integração com market places, o Octopus.

O DCG tem 10 anos de experiência no mercado e conta com equipes técnica e de negócios especializadas em fornecer aos clientes total suporte em todas as etapas da concretização das suas operações de e-commerce.

Pela aquisição, a Linx pagará o total de R$49 milhões à vista e, adicionalmente, sujeito ao atingimento de metas financeiras e operacionais para os anos de 2018 a 2020, poderá pagar o valor de até R$18 milhões. O faturamento bruto do grupo, estimado para 2018, é de R$18 milhões.

“A aquisição está alinhada com os objetivos estratégicos da Linx e consiste em um passo importante para o reforço das ofertas de e-commerce e omnichannel. Em conjunto aos produtos de OMS, personalização, reengajamento e publicidade já ofertados ao mercado, a Linx segue aumentando seu portfólio de soluções online e contribuindo para a transformação digital dos varejistas brasileiros”, ressalta Alberto Menache, diretor-presidente da Linx.

O Digital Commerce Group (DCG) é um dos maiores grupos de soluções digitais do País e, hoje, conta com 120 funcionários distribuídos em três escritórios: Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina e, atualmente, possui mais de 600 clientes. Fundado em 2006 como EZ Commerce, recebeu o nome DCG em 2015.

Histórico das Aquisições Linx

O crescimento sustentável é objetivo da Linx. A estratégia de crescimento por aquisições da empresa teve início em 2008 e até hoje foram 28 processos nacionais e um processo internacional (Synthesis, em julho de 2017).

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Maxi Shopping Jundiaí entregou 100 cobertores ao Fundo Social

O Maxi Shopping Jundiaí doou ontem (21/6), 100 cobertores ao Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí (Funss). A entrega foi feita pelo diretor do empreendimento, André Latorre Noronha, e pela gerente de marketing, Silvia Helena Orenga Sandoval, à presidente do Fundo, Vanessa Machado.

“Além dessa doação tão importante para a nossa cidade, o Maxi Shopping recolhe mensalmente, durante todo o ano, alimentos não perecíveis dos clientes que participam das aulas de sua Central de Cursos, que são destinados ao Fundo Social”, ressalta o diretor.


Em 2017 foram arrecadadas no Fundo Social 88.200 peças. Após a triagem foram doados 70.560 itens, entre roupas, calçados e cobertores a mais de 130 entidades que assistem crianças, jovens, adultos e idosos em vulnerabilidade social e pessoas em situação de rua.

O Maxi Shopping Jundiaí é um dos mais de 130 pontos de arrecadação da Campanha de Inverno distribuídos no município. As doações podem ser feitas nas caixas localizadas em frente à Central de Atendimento (Piso G3 Leste), na Central de Cursos (Garagem G2 Leste); e próximo ao Balcão do Programa de Fidelidade (Piso G1 Oeste).

Stalker monta loja na ABF Expo Franchising para atrair investidores



O estande de 50 metros quadrados ganha o formato das lojas STALKER, mostrando a coleção Outono/Inverno 2018, fotografada em Nova York. A ideia é encantar interessados em ingressar no mundo das franquias do segmento Moda/Confecção que visitarem a ABF Expo Franchising, de 27 a 30 de junho, na Expo Center Norte, em São Paulo (SP). A marca de moda masculina tem se destacado pelo empenho em garantir o desenvolvimento de seus franqueados no mercado.

Com uma trajetória de 20 anos, a marca foi adquirida em 2017 pelo Grupo Sand Beach, inaugurando um novo ciclo de crescimento. A organização, com sede em Fotaleza (CE), está empenhada em aumentar a presença da STALKER no mercado. A ideia é ampliar o número de lojas franqueadas em 45% até o final do ano – hoje, a marca possui 31 operações (25 franquias e seis lojas próprias). A ideia é um crescimento em espiral, partindo da matriz para os demais Estados das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste. O planejamento está diretamente ligado ao mix de mercadoria adequado aos climas quentes.

De acordo com a Gerente de Franchising da STALKER, Ana Machado, para cumprir a meta, a marca aposta na alta qualidade de suas peças. O Grupo Sand Beach, dono da Maresia e Black Box, repassa aos produtos seu know-how na produção têxtil. Atualmente 90% das peças são confeccionadas no parque fabril próprio, permitindo constante avaliação dos processos e pontualidade na entrega dos pedidos.

Para acompanhar as tendências do mercado, o layout das lojas foi renovado, deixando os espaços mais cleans e modernos. A decoração com móveis brancos confere leveza ao ambiente e remete os fãs da STALKER aos três pilares da marca: conforto, qualidade e estilo. O franqueado ainda conta com dois showrooms presenciais por ano, com desfile de toda a coleção, assessoria de imprensa nacional e fornecimento concentrado de produtos.

RECONHECIMENTO

O empenho da direção da STALKER para desenvolver o franqueado é um dos diferenciais da marca reconhecido pelo mercado. Neste ano, a STALKER conquistou o Selo Excelência em Franchising, na categoria Pleno, pela quarta vez (2014, 2015, 2017 e agora em 2018), um reflexo do trabalho constante da organização para o crescimento da rede.

Para tornar-se um franqueado da STALKER, o investimento médio em uma loja de 50 metros quadrados é de R$ 445 mil, com payback de 36 meses. O novo parceiro contará com todo o aporte necessário para crescer. Para perceber as demandas, identificar necessidades e contribuir com novas ideias para o negócio, a marca tem como premissa relacionamento próximo ao franqueado. O pacote inclui viagem para acompanhamento das vendas, treinamento de equipe e apoio promocional das lojas, logística, controle de qualidade, apoio à gestão empresarial e assessoria na compra de mercadorias.

MAIS SOBRE A STALKER

A STALKER nasceu em 1998 com o desejo de oferecer ao mercado um conceito de moda masculina ousada, casual, atual e confortável e em 2000 aderiu ao modelo franchising. No ano passado, foi adquirida pelo Grupo Sand Beach, dirigida pelos sócios Adriano Costa Lima, diretor-presidente da organização, e Luis Henrique Feijó, o Maninho, que atua como diretor Industrial. Atualmente, a marca conta com 31 operações, entre lojas próprias e franquias, consagrando a STALKER como uma marca cheia de personalidade com o objetivo de transmitir alegria, bem viver e, acima de tudo, posicionar-se como um conceito de roupa masculina e infantojuvenil com identidade própria a um preço justo para a satisfação do cliente.

FICHA TÉCNICA

Nome da franquia: STALKER
Ramo de atividade: Moda/Confecção
Ano de fundação da empresa: 1998
Ano de início da franquia: 2000
Número de unidades: 31 (25 franquias e seis lojas próprias)
Investimento inicial: R$ 445.000,00
Taxa de franquia: R$ 49.000,00
Capital de giro: R$ 47.000,00
Royalties: 20% em cima da compra
Taxa de publicidade: não é cobrada
Área mínima: 50 m² (formato padrão)
Número de funcionários: 4 a 6 funcionários por loja
Faturamento médio mensal: R$ 85.000,00
Lucro líquido (percentual loja padrão): 13% no primeiro ano
ROI: 36 meses
Prazo de contrato: 5 anos
Telefone: (85) 4012-6080
E-mail: stalker@suafranquia.com
Site: www.stalker.com.br/

VISITE O ESTANDE DA STALKER
27ª ABF Franchising Expo;
Local: Expo Center Norte – Pavilhões Branco e Azul
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo – SP
Número do estande: 189 (entre as Ruas H e I)
Quando: de 27 a 30 de junho de 2018
Horário de Funcionamento:
Quarta-feira 27/06 – das 9h às 19h (horário especial Jogo do Brasil)
Quinta e Sexta 28 e 29/06 – das 13h às 21h
Sábado 30/06 – das 11h30 às 18h30
Informações ao público: (11) 3017-6800
Website: www.abfexpo.com.br

Ri Happy inaugura mais uma loja no conceito One Stop Shop em São Paulo

Nova loja Mundo Ri Happy abre as portas no shopping Metrô Itaquera, zona leste de São Paulo, nesse sábado (23/06)

A rede Ri Happy segue sua expansão de lojas no modelo one stop shop. Após inaugurar mês passado uma unidade Mundo Ri Happy na Av. Otto Baumgart, na zona norte de São Paulo, agora é a vez do shopping Metrô Itaquera receber esse tipo de loja que representa “o universo para crianças e bebês”.

Com aproximadamente 850 m², a loja oferece todos os produtos que uma família com pequenos precisa. São mais de 10 mil itens, entre eles brinquedos, artigos esportivos, vestuário, fraldas, calçados, carrinhos, berços, cadeirinhas para auto e linha geek.



“Esse novo projeto da Mundo Ri Happy representa mais uma iniciativa do grupo para oferecer a melhor experiência de compra. As novas unidades inauguradas, como as lojas conceito e one stop shop, atreladas ao crescimento contínuo do e-commerce, representam parte da evolução da marca Ri Happy”, afirma a diretora de marketing da Ri Happy, Flávia Drummond.

A festa de inauguração está marcada para o dia 23/06 (sábado) a partir do meio-dia. O evento conta com recreação, visita de personagens, pipoca e muita brincadeira para encantar crianças e adultos.

Serviço:

Inauguração Mundo Ri Happy
Data: 23/06/2018 (sábado)
Horário: a partir do meio-dia
Endereço: Shopping Metrô Itaquera (Piso Campanela) - Av. José Pinheiro Borges / Itaquera, SP

Sobre o Grupo Ri Happy

O grupo Ri Happy, líder no mercado de brinquedos, atualmente conta com mais de 250 unidades espalhadas pelo Brasil e tem como missão estimular o desenvolvimento infantil por meio do brincar. A expansão do grupo continua por todo país com novas unidades das marcas Ri Happy, PBKIDS e Ri Happy Baby. Em 2012, The Carlyle Group, gestor global de investimentos alternativos, adquiriu a Ri Happy Brinquedos e a PBKIDS. Em 2013, o grupo iniciou as atividades da marca Ri Happy Baby, unidade da rede Ri Happy especializada em produtos voltados para o público entre zero a três anos de idade. A marca Ri Happy completou 30 anos de atividades em 2018 e busca oferecer um atendimento cada vez mais diferenciado e experiência de compra inesquecível para todos os clientes. Os sites da empresa são: www.rihappy.com.br , www.pbkids.com.br e www.rihappybaby.com.br

Carrefour Express inaugura loja no Guarujá

Formato de conveniência expande sua operação com abertura da primeira unidade da rede na Baixada Santista

O Grupo Carrefour Brasil inaugurou na semana passada a primeira unidade do seu formato de conveniência na Baixada Santista (SP). A nova loja do Carrefour Express está localizada no Guarujá, no Shopping Center La Plage, próximo à praia de Pitangueiras. Com esta inauguração, a rede atinge a marca de 120 lojas do Carrefour Express no Estado de São Paulo, levando aos clientes do litoral Sul mais agilidade e comodidade no momento das compras, principalmente de itens voltados à reposição diária e prontos para consumo.


O formato de conveniência do Carrefour atende à crescente demanda dos consumidores brasileiros, sobretudo dos grandes centros urbanos, por compras rápidas no trajeto de casa ou do trabalho. Para garantir a agilidade de compra, o layout das lojas do Carrefour Express é especialmente desenvolvido a partir do hábito de compra dos consumidores, com produtos organizados de forma a facilitar sua localização, levando em consideração as características e demandas da região ou local onde está inserido.

A nova loja conta com cerca de 150 m2 e por volta de 3 mil produtos, sortimento que inclui principalmente itens voltados à reposição diária e prontos para consumo, além de ampla oferta de bebidas geladas. A unidade oferece ainda autosserviço para bebidas frias e quentes e aquecimento para finalização de alimentos consumidos no local.

“Oferecemos uma solução conveniente e agradável para os moradores e visitantes do Guarujá, sempre a um preço competitivo para o segmento”, ressalta Douglas Pina, diretor do Carrefour Express no Brasil. “Cada vez mais nos consolidamos como uma das maiores redes de conveniência do país em número de lojas, nos expandindo de forma contínua e consistente em São Paulo e agora na Baixada Santista.”

O varejo de conveniência é um importante vetor de expansão do Grupo Carrefour Brasil. A primeira loja do Carrefour Express foi inaugurada em 2014 e, atualmente, além dos diversos bairros de São Paulo, o Carrefour Express está presente nas cidades paulistas de Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano, Osasco, Barueri, Guarulhos e, agora, no Guarujá, litoral Sul de São Paulo.

Serviço

Carrefour Express Guarujá
Endereço: Av. Marechal Deodoro Fonseca, 885 - Pitangueiras – Guarujá (SP)
Horário de funcionamento: segunda-feira a domingo, das 10h às 22h

Sobre o Grupo Carrefour Brasil

Há mais de 40 anos no país, o Grupo Carrefour Brasil é líder de mercado de distribuição de alimentos. A partir de uma plataforma omnicanal e multiformato, reúne operações de varejo e cash&carry, além do Banco Carrefour e sua divisão imobiliária, o Carrefour Property. Atualmente, conta com os formatos Carrefour (hipermercado), Carrefour Bairro e Carrefour Market (supermercado), Carrefour Express (varejo de proximidade), Carrefour.com (e-commerce), Atacadão (atacado e atacado de autosserviço) e Supeco (atacado de autosserviço de proximidade), além de postos de combustíveis e drogarias. Presente em todos os Estados e Distrito Federal, sua operação já abrange 638 pontos de vendas. Com faturamento de R$ 49,6 bilhões em 2017 e mais de 82 mil colaboradores no Brasil, a empresa é a segunda maior operação dentre os países nos quais o Grupo Carrefour opera. A companhia se destaca ainda por ser um dos maiores empregadores privados do país, a maior distribuidora de alimentos, o maior varejista de capital aberto e umas das 20 maiores empresas listadas na bolsa brasileira (B3). No mundo, o Grupo Carrefour atua em mais de 30 países e, nos próximos cinco anos, implementa estratégia prevista no plano Carrefour 2022, por meio da qual lidera intenso movimento de omnicanalidade, transformação digital e transição alimentar para que seus clientes consumam ainda melhor em qualquer lugar. Com mais de 374 mil colaboradores e 12 mil lojas espalhadas pela Europa, Ásia e América Latina, está presente na vida de mais de 100 milhões de clientes. Em 2017, as vendas globais da companhia totalizaram € 88,2 bilhões. www.grupocarrefourbrasil.com.br

A importância da alta disponibilidade no pagamento

Todas as grandes redes de varejo buscam quebrar seus recordes de vendas em datas como o dia das mães, dia dos pais, Black Friday e Natal. Mas o crescente volume de transações que fazem brilhar os olhos de acionistas deixam os nervos da área de TI à flor da pele, porque põem à prova a estabilidade e disponibilidade de seus sistemas. Qualquer falha pode fazer a diferença entre a festa e o desastre.
Podemos falar com propriedade, pois temos sido constantemente demandados por algumas das maiores redes varejistas do País a apoiá-los nestes momentos estratégicos. Isso torna fundamental compartilhar com o mercado o que aprendemos sobre a tênue fronteira entre a TI e a experiência do cliente. Comecemos pelo que se quer evitar a todo custo: perdas de vendas e insatisfação do cliente por indisponibilidade do sistema de pagamentos no estabelecimento. É o pior cenário: desistência da compra, insatisfação com as marcas, reclamações em filas que são reverberadas por outros clientes à espera de sua vez.



Para assegurar as vendas – e evitar que o consumidor caia nos braços da concorrência – é vital garantir um bom fluxo das operações de cartões de crédito e débito, as que mais cresceram nos últimos dez anos no varejo brasileiro. Segundo dados da ABECS – Associação Brasileira de Empresas de Cartões e Serviços, em 2017 95% dos consumidores brasileiros utilizaram esses meios de pagamento todo mês, sendo que 53% deles utilizaram cartões em compras pelo menos uma vez por semana.

É isso que coloca a alta disponibilidade da solução de pagamentos no centro do jogo. Mas o que é essa alta disponibilidade? Conceituar pode parecer fácil: é um software ou sistema que nunca para de operar, 24 horas por dia, 7 dias por semana e que sempre está aliado a uma boa infraestrutura. Na prática é muito mais do que isso: quando falamos em pagamento eletrônico no varejo, estamos nos referindo a ambientes complexos e sofisticados, envolvendo recursos de telecom como links de comunicação de alta velocidade, equipamentos de rede como roteadores e switches, servidores de alta performance, bancos de dados e softwares concentradores de transações eletrônicas, denominados TEF(sigla para Transferência Eletrônica de Fundos).

Independentemente da confiabilidade e sofisticação destes componentes, o risco de uma falha individual em qualquer um deles sempre existirá. E qual o caminho para mitigar riscos e assegurar uma performance elevada do sistema de pagamentos, mesmo em momentos de pico de demanda? É necessário implementar um modelo de operação non-stop, que implica em combinar alta qualidade dos equipamentos e softwares a uma série de recursos de tecnologia e técnicas relacionadas a arquitetura de sistemas, de forma a diminuir o impacto de possíveis falhas dos elementos envolvidos.
Entre os mais importantes, podemos destacar a redundância, onde um elemento do sistema sempre tem outro elemento de igual capacidade para ser acionado em caso de falha. Esse conceito pode ser aplicado, por exemplo, aos links de comunicação, servidores, equipamentos de rede e gerenciadores de banco de dados.

Entretanto, o modelo tradicional de implementação de redundância, denominado “ativo-passivo” por si só carrega o chamado “downtime”, que é o período de indisponibilidade entre a falha e o acionamento dos elementos redundantes. Uma evolução deste modelo é o chamado “ativo-ativo”, que requer um nível de sofisticação que somente o software pode implementar. Por isso, no caso da solução de pagamento eletrônico, o software de TEF é um ponto central na estratégia non-stop. Ele deve ser capaz de monitorar e chavear entre diversos elementos cruciais, como links de comunicação, conectividade com as autorizadoras de cartões, servidores e sistemas de gerenciamento de banco de dados.

Exemplos de ações que exclusivamente o software de TEF é capaz de executar, pois depende de condições somente detectadas por ele, incluem o monitoramento de atividade dos links de comunicação com as redes autorizadoras de cartões, a aplicação de algoritmos de balanceamento de carga, que distribuem o volume de transações de pagamento entre os diversos canais disponíveis, e o chaveamento do fluxo de transações para outra autorizadora adquirente alternativa, configurada pelo próprio estabelecimento comercial em caso de indisponibilidade da principal.

Através do software de TEF também podemos aplicar o conceito de clusterização nos servidores que processam as transações de pagamento eletrônico. Neste conceito, dois ou mais servidores estarão ativos e interconectados logicamente com a finalidade de operar de maneira sincronizada como se fossem um único sistema. Cada servidor é considerado um nó do sistema, capaz de realizar qualquer tarefa necessária e atender qualquer terminal do estabelecimento. Dessa forma, também é possível realizar o balanceamento da carga de processamento e, em caso de falha de um nó, um dos outros, que já está em pleno funcionamento, assume as funções do nó que falhou de forma a impedir a interrupção nas operações, independente do que tenha causado a falha.

Podemos estender estes conceitos aos principais sistemas gerenciadores de banco de dados do mercado, quando utilizados, pois estes são elementos que também implementam conceitos de redundância e clusterização. Na redundância teremos duas instâncias de banco de dados independentes e espelhadas disponíveis para o software concentrador TEF utilizar. Caberá ao software monitorar a atividade das duas instâncias, definir a principal para utilização e realizar o chaveamento em tempo real para a secundária em caso de falha da instância principal.

No caso da clusterização, teremos vários nós gerenciadores de banco de dados trabalhando em conjunto como uma única instância. Do ponto de vista da aplicação que processa as transações, existe um único ponto de armazenamento dos dados. Isso permite que o software concentrador TEF abstraia a complexidade de monitorar mais de uma instância, simplificando a operação. No caso dos gerenciadores de banco de dados este tipo de configuração normalmente tem um custo mais alto e também é mais complexo de se administrar.

Tão importantes quanto estes mecanismos ativos de balaceamento e contingenciamento são os recursos de monitoramento do sistema. Existem no mercado softwares especializados em monitoramento que podem ser integrados aos recursos físicos citados aqui e ao próprio software concentrador TEF, permitindo um monitoramento minucioso de cada parte do sistema. A partir disso, é possível emitir alertas em caso de falha de algum componente e gerar dados estatísticos sobre a operação para produzir os ajustes necessários. Aprender com situações passadas é a melhor estratégia para ter um melhor desempenho no futuro.

Existem outros recursos, conceitos e técnicas que podem ser aplicados para dar ainda mais robustez, capacidade e disponibilidade ao sistema, mas qualquer estratégia non-stop tem como núcleo os recursos que descrevemos e, no caso de pagamentos eletrônicos, não escapa de contar com um software de TEF totalmente preparado para a implementação da alta disponibilidade.

É preciso focar no essencial: investir de maneira adequada para estruturar seus sistemas a fim de dar conta de elevados volumes de operação sem risco de paradas imprevistas. Isso não é “supérfluo”, mas fundamental à operação. Em um mercado competitivo e altamente exigente como o varejo, as perdas de vendas no caso de uma única paralisação podem representar prejuízos até maiores que o custo da estrutura non-stop.

Desta forma se assegura o retorno desejado em vendas – e na reputação das marcas – no dia das mães, no dia dos pais, na Black Friday, no Natal e em qualquer dia do ano. E ainda se economiza nos calmantes para as áreas de TI das redes varejistas. Na festa de comemoração tem champanhe para todos que se prepararam bem.

Artigo por Ricardo Weremcruk é Coordenador de Desenvolvimento de Software da OKI Brasil

Dia dos Namorados: Fluxo de visitantes a shopping centers cresce 4,21% aponta estudo

Os shopping centers de todo o Brasil registraram um aumento de fluxo de visitantes na semana que antecede o Dia dos Namorados. O crescimento foi de 4,21% se comparado com o mesmo período no ano anterior. "Com a força da data no varejo, os empreendimentos investem em campanhas e promoções que beneficiam o cliente e atraem novos visitantes, no período", afirma o presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Glauco Humai.


Os dados são do índice de visitantes em Shopping Centers – IVSC, realizado pela ABRASCE (Associação Brasileira de Shopping Centers) em parceria com a FX Retail Analytics, empresa especializada no monitoramento de fluxo de visitantes para o varejo.

A região sudeste teve uma alta de 5,58%, seguido pelo Nordeste com 4% e a região Sul com 3,35%. "O Dia dos Namorados é uma das datas que mais movimentam o varejo em geral. Mesmo em ano de revitalização econômica e com uma dificuldade de logística recente devido à greve, o grande número de ofertas e melhores condições de compra oferecidas pelos varejistas proporcionam esse aumento", afirma Walter Sabini Junior, sócio fundador da FX Retail Analytics.

Sobre Abrasce

Fundada em 1976, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) tem como objetivo atuar para o desenvolvimento e fortalecimento do setor de shoppings no país. O know-how superior a quarenta anos de atuação credencia a Abrasce como referência no setor varejista brasileiro. Os seus mais de quatrocentos associados contam com um amplo portfólio de benefícios oferecidos pela entidade que incluem: assessoria jurídica, eventos, seminários, congressos, cursos de capacitação e pesquisas.

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) está sediada na cidade de São Paulo, sendo presidida pelo gestor empresarial Glauco Humai e conta com o suporte de um conceituado e experiente Conselho Diretor formado pelos principais empresários do setor. Mais informações estão disponíveis em http://www.abrasce.com.br.

Sobre a FX Retail Analytics:

A FX Retail Analytics oferece uma solução inovadora para ajudar o Varejo (Lojas, Shopping Centers, Quiosques, entre outros) a monitorar o fluxo de pessoas que transitam dentro e fora dos estabelecimentos. Por meio de tecnologia proprietária (Peek Computer e Peek Box) instalada sem cabos ou servidores locais, é capaz de monitorar e informar a quantidade de visitantes, funcionários, conversão, horas quentes, atratividade de vitrine, entre outros indicadores, permitindo que decisões estratégicas sejam tomadas com mais precisão. Para mais informações, acesse: www.fxdata.com.br

terça-feira, 19 de junho de 2018

Com proposta diferenciada, COPA Network inaugura coworking em São Paulo e Brasília

Mais que um local para chegar e trabalhar, a rede de coworking é uma oportunidade dos clientes terem contato com outras empresas e profissionais

Em novembro de 2017, Alexandre Guerra, conselheiro e ex-CEO da rede de fast food Giraffas e vice-presidente da ABF (Associação Brasileira de Franchising) se uniu à Sendy Cristani, executiva de marketing com mais de 10 anos de experiência nos mercados nacional e internacional, e fundou o COPA Network, rede brasileira de coworking.


O COPA traz uma proposta inovadora para o mercado brasileiro: oferecer muito mais do que instalações e infraestrutura de alto padrão equiparado às maiores redes internacionais de coworking. Um dos diferenciais da empresa é cuidar da inteligência dos negócios de seus clientes. Assim, o empreendimento é mais que um centro de compartilhamento e troca de conhecimento para estimular a cultura da inovação dentro das médias e grandes empresas.

Grandes companhias podem fazer parte do COPA Network, seja patrocinando, capacitando, fazendo eventos ou trazendo a operação. “Assim como já está acontecendo em mercados mais desenvolvidos, como no Vale do Silício, na Europa e na Ásia, seguimos a tendência de receber desde profissionais freelancers e startups até grandes equipes de empresas exponenciais que buscam se integrar a comunidade de interesses específicos”, declara Sendy.

Planos de expansão e novos negócios

Com aporte inicial realizado pela A5 Capital Partners, empresa que gere fundos de investimentos focados em tecnologia e apoia empreendedores revolucionários, o COPA Network possui duas unidades - uma em São Paulo, na Avenida Faria Lima, e outra em Brasília, na Asa Norte - com previsão de expansão ainda em 2018. Focado em empreendimentos de 1000 a 3500 metros quadrados, com prédios classe B, toda infraestrutura é pensada para assegurar excelente qualidade e localização. A sócia e diretora de operações revela que “a meta é ser, dentro de cinco anos, uma comunidade com mais de 30mil pessoas, ocupando 100 mil metros quadrados no total de suas unidades”.

O COPA conta com dois modelos de expansão: via investimento próprio e associação com empresas que desejam ter seu próprio coworking e criar uma rede de negócios dentro de seu segmento de atuação. Além de São Paulo e Brasília, há planos para outros estados, como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina.

As unidades do COPA Network

Unidade de São Paulo

Localizada na Avenida Faria Lima, esta unidade tem o nome de COPA by VTEX. Nascido da união do COPA Network com a VTEX, empresa especializada em cloud commerce com presença em mais de 25 países, este é o primeiro coworking do Brasil direcionado ao segmento de e-commerce. O diferencial desta unidade é promover a aceleração de negócios e ampliação da rede de networking do ecossistema de e-commerce. Em um ambiente digital e conectado, os membros encontram o espaço ideal para trabalhar e trocar experiências. A unidade paulistana oferece uma experiência exclusiva aos seus integrantes, conectando toda a cadeia de e-commerce aos players do mercado, afim de fomentar a geração de negócios. Entre os clientes, está o Mercado.

Unidade de Brasília

No COPA Network de Brasília, startups, freelancers e empresários e empresas de portes pequenos e médios atuantes nos mais diversos segmentos, buscam network como ferramenta de trabalho.

Estrutura que favorece o network e a criatividade

O COPA possui projetos inovadores de arquitetura, com espaços mais aconchegantes e abertos, oferecendo toda a estrutura para os clientes. Mais que um local para chegar e trabalhar, a rede de coworking é uma oportunidade dos clientes terem contato com outras empresas e profissionais. O que pode trazer não só troca de experiências, mas geração de negócios.

A rede também desenvolve uma programação completa para os membros, que contempla programas de mentoria, eventos, workshops, fóruns, debates e rodada de negócios. Além disso, disponibiliza uma equipe de anfitriões bilíngues, capacitada para integrar e promover o networking entre os integrantes. Em datas sazonais, são realizadas ações de marketing específicas que envolvem todos que estão no coworking para agregar ainda mais valor à experiência dos membros. Todas as ações têm como objetivo fazer com que os membros tenham mais oportunidade de ampliar sua rede de contatos e negócios.

Empresas que não são clientes também podem realizar eventos no COPA. O Boticário, Raízen, Pag Seguro e Banco BNP Paribas, Lide, C&A e MOIP são algumas que já realizaram evento ou algum tipo de experiência no empreendimento.

Experiência exclusiva e tecnológica

A rede oferece uma experiência exclusiva aos seus clientes, onde tem apoio de tecnologia para colocar a comunidade em contato entre si - em visão de cliente, em visão de investidor ou franqueado -, além de facilitar o dia a dia deles em seus espaços: o aplicativo COPA Network. Com ele, conseguem reservar sala de reunião, colocar no social o perfil de funcionário que precisa para a empresa e tem acesso a tudo que acontece diariamente no espaço. Cada cliente recebe uma autorização no aplicativo, que dá acesso às unidades 24 horas por dia, sete dias por semana.

Planos e serviços

O COPA oferece diversos planos a fim de atender as demandas que cada cliente precisa. Tem também estrutura para eventos, reuniões, palestras e similares. Mesmo quem não é cliente fixo pode contar com tais serviços avulsos.

https://www.copa.work/

Divino Fogão marca presença na 27ª ABF Franchising Expo, em SP

Estande contará com carro UTV patrocinado pela marca e utilizado em corridas do Rally dos Sertões e Rally Dakar

Acompanhando os bons resultados do setor de alimentação no mercado de Franchising, que faturou R$ 38,762 bilhões no primeiro trimestre de 2018, representando uma alta de 5,1% no período, o Divino Fogão fechou o ano de 2017 com um aumento de 15% no faturamento da rede. A marca, reconhecida pela comida da fazenda, é uma das 400 marcas que irão participar da maior feira de franquias da América Latina, a 27ª edição da ABF Franchising Expo. O evento será realizado de 27 a 30 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo.


A rede trará para a feira de franquias o plano de expansão, que visa implantar 10 novas unidades, chegando a 193 lojas, sendo sua grande maioria nos estados da região Sudeste. “No último ano, tivemos a oportunidade de inaugurar lojas em espaços maiores, graças a negociações mais flexíveis com os shopping centers no que diz respeito ao valor do aluguel, metragem e as luvas. Estes fatores contribuem para o plano de expansão da marca. Nosso objetivo é fechar o ano com crescimento de pelo menos 10% no faturamento e 5,4% no número de lojas”, revela o fundador e presidente, Reinaldo Varela.

Outra questão bastante explorada pela rede de comida da fazenda são os franqueados multiunidades. A marca conta com franqueados que têm mais de uma unidade em diferentes partes do Brasil. Este é o caso de Eduardo Caires, que entrou na rede em 2002. Hoje, além de contar com duas unidades em São Paulo, que administra em parceria com a esposa, a experiência tão positiva influenciou sobrinhos que também ingressaram na rede e hoje contam com mais de um ponto de operação. Para Caires, o fato de atuar com familiares é um ponto positivo, pois conhece bem a maneira de agir de cada um deles, a responsabilidade para assumir os desafios de ser dono do próprio negócio. “Como todo casamento, já discordamos de alguns pontos, mas sempre há o bom senso para optar pelo melhor caminho. Posso garantir que nunca houve uma briga”, destaca o fra nqueado do Divino Fogão.

Já Rafael Barbugiani abriu a primeira unidade do Divino Fogão em 2008, aos 26 anos, em Brasília (DF). Hoje, conta com quatro unidades da rede em operação e revela que aprendeu bastante com a experiência. “O importante é saber montar uma boa equipe, fazer a gestão de pessoas e saber delegar funções para que o negócio funcione perfeitamente. Além disso, fica mais fácil negociar preços com fornecedores, promover ações de marketing e participar de reuniões com a franqueadora, pois estamos atuando com várias lojas de uma mesma marca”, ressalta.

Quem visitar o estande do Divino Fogão terá a oportunidade de ver o carro UTV com patrocínio da marca, também utilizado pelo fundador da rede, Reinaldo Varela, em campeonatos como Rally dos Sertões e Rally Dakar.

O Divino Fogão conta com um buffet diversificado, que reúne pratos tradicionais da fazenda e um cardápio equilibrado com mais de 17 opções de saladas por dia, grelhados de carne magra, frango e peixe, além das sobremesas.

Ficha técnica Divino Fogão:
Ano de fundação da empresa: 1984
Ano de início no sistema de franquias: 1994
Número de unidades em funcionamento no Brasil: 183
Investimento inicial: R$ 700 mil
Taxa de franquia: R$ 80 mil
Capital de giro: R$ 30 mil
Royalties: 4% sobre o faturamento mensal
Taxa de publicidade: 1%
Área mínima: 52 m²
Nº de funcionários: 18 funcionários por unidade, em média
Faturamento bruto: R$ 190 mil
Lucro líquido: em torno de 15% a 18%
Prazo de retorno: 36 meses
Prazo de contrato: (5 anos)
Projetos de expansão: todo o território nacional
Telefone: (11) 3811-1560
Site: www.divinofogao.com.br

Divino Fogão: Desde 1984, o Divino Fogão lançou-se no mercado com uma estratégia inovadora, servindo o que há de mais saboroso e variado da comida típica da fazenda. Hoje, o Divino Fogão é nacionalmente reconhecido por seus produtos de excelente qualidade e com sabor genuinamente brasileiro. Receitas próprias e exclusivas foram desenvolvidas ao longo dos anos, procurando atender o gosto e o paladar brasileiro. A rede conta hoje com 183 restaurantes presentes em todas as regiões do País.

Promoção “Certificou, Acelerou”, da Serasa, vai até setembro

Campanha vai dar um Mustang GT e 16 prêmios semanais de 2,5 mil reais a contadores e clientes que comprem ou renovem o certificado digital Serasa Experian

A campanha promocional da Serasa Experian, “Certificou, Acelerou”, lançada no início de junho, seguirá até o final de setembro. Focada nos contadores e clientes que irão comprar ou renovar o produto Certificado Digital nos próximos meses, a ação prevê sorteio de um Ford Mustang GT zero quilômetro, além de 16 sorteios semanais no valor de R$ 2,5 mil.



“Vamos acelerar o mercado de certificação digital, por esse motivo escolhemos como prêmio o Ford Mustang GT, uma lenda das pistas que chegou ao Brasil recentemente. É um carro que, assim como a Serasa Experian, possui uma longa história de credibilidade, evolução tecnológica e constante modernização”, explica Fabiano Leite, gerente de marketing de identidade digital da Serasa Experian.

Participam todos os que comprarem ou renovarem o certificado digital Serasa Experian (tipo e-CPF, e-CNPJ, NF-e, e-Simples, e-Juridico e e-Saude, com validades de 12, 24 e 36 meses). Ao finalizar a compra, os contadores e clientes recebem um número de protocolo para cadastro no site da promoção e passam a concorrer aos prêmios. A promoção também beneficia a indicação de amigos de clientes.

Criada pela Full Jazz, a campanha fica no ar até o fim de setembro e prevê outras ações off-line.

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio.

Constantemente orientada para soluções inovadoras, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

Para mais informações, visite www.serasaexperian.com.br

A Serasa Experian promove a certificação digital como tecnologia efetiva para desmaterializar processos e eliminar uso de papel, com atributos de validade jurídica, agilidade e praticidade, a serviço da sustentabilidade dos negócios e processos. Para mais informações, acesse: www.certificadodigital.com.br .

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Grupo Zema completa 95 anos e apresenta a sua nova identidade visual

Companhia, que atua em diversos setores, se renova e unifica a marca com o intuito de enfrentar os desafios do mercado atual

O Grupo Zema, companhia que atua nos setores de petróleo, varejo eletroeletrônico, concessionárias, auto peças, consórcio e serviços financeiros, acaba de anunciar a mudança e unificação da sua marca, que completa 95 anos em maio de 2018. A renovação, da quase centenária identidade visual, foi idealizada pela agência SIC, de Uberlândia, Minas Gerais.


A mudança ocorrerá gradativamente nas fachadas e layouts de todos os pontos de vendas (postos de gasolina, lojas eletro etc.), assim como figurará em todos sites das empresas pertencentes ao Grupo, que já estão passando por uma completa reformulação, inclusive no que tange a disponibilização de novas tecnologias.

A atualização da marca vem em um momento bastante promissor da companhia, que passa por um período de evolução e de grande expansão. Segundo Wagner Bueno, diretor de Marketing e E-commerce do Grupo Zema, junto com o trabalho de renovação da marca, foram realizadas pesquisas para entender a essência e o propósito das empresas que compõem o conglomerado, bem como as suas perspectivas para o futuro e o que a nova marca deve representar para o público alvo de cada uma delas. “A ideia é unificar todos os negócios Zema sob o guarda-chuva de uma única identidade visual, de forma a evidenciar a sinergia mantida entre eles”, explica Bueno.

O novo logotipo foi criado com base em dois símbolos que já fazem parte do DNA do Grupo: a letra Z e a estrela. No novo conceito, a estrela tem um design originado da letra Z e passa a ter seu destaque por seu significado de emissora de luz, simbolizando renascimento, proteção, esperança e equilíbrio.

Segundo o CEO do Grupo, Cezar Donizete Chaves, o novo design reflete a trajetória de sucesso e realizações da companhia e o que se espera para os próximos anos. “Entendemos que uma marca moderna e única para os diferentes segmentos poderia atrair ainda mais consumidores, além de manter o orgulho e reforçar o sentimento de pertencimento dos nossos colaboradores”, afirma Chaves.

“O Grupo Zema, em quase 100 anos de existência, já passou por diferentes momentos no mercado brasileiro, vivenciando diversos planos econômicos, troca de moedas, inflação e mudanças no perfil do consumidor. Acreditamos que, independentemente do segmento de atuação, o grande diferencial para enfrentar os desafios futuros é avaliar os processos e oportunidades continuamente. Como resultado, sempre há um aumento de eficiência e produtividade. As revisões de processos são fundamentais para atendermos as expectativas de nossos clientes e nos mantermos competitivos no mercado”, diz o CEO do Grupo.

Sobre o Grupo Zema

Fundado em 1923, em Araxá, no interior de Minas Gerais, o Grupo Zema é um dos maiores conglomerados empresariais do País. Com faturamento de R$ 4,4 bilhões, está entre as grandes empresas mineiras e, há mais de 15 anos, faz parte dos rankings nacionais e regionais das melhores empresas para se trabalhar. Presente em 10 estados brasileiros e com cerca de 5.300 colaboradores, mantém atuação em diferentes frentes, com destaque para a revenda e distribuição de combustíveis, lojas de varejo, com móveis, eletrodomésticos e vestuários, concessionárias de veículos e serviços financeiros. Ao todo, são mais de 800 pontos de vendas.

Cinco inovações para o varejo modernizar lojas e aprimorar experiência dos clientes

Inovações incluem suporte para instalar câmeras no rack de iluminação e uma parceria com provedores de músicas para aprimorar a experiência do cliente.



Cinco tecnologias voltadas para o varejo acabam de ser lançadas pela fabricante sueca Axis Communications. Os lançamentos favorecem uma disposição mais elegante das câmeras de segurança no interior das lojas, facilitam a exibição ao vivo de câmeras em monitores no espaço de vendas, e permitem transmitir músicas em playlists customizáveis respeitando direitos autorais. Os lançamentos, já disponíveis no Brasil, complementam o portfólio de câmeras, controle de acesso e áudio inteligente para o varejo. São eles:

APP para exibir câmeras em TVs
Para inibir furtos, algumas lojas optam por instalar monitores exibindo vídeos ao vivo do sistema de videovigilância. Outras lojas preferem deixar esses monitores à vista dos operadores de caixa. Algumas lojas de eletrônicos chegam a exibir as imagens das câmeras em TVs à venda como forma de atrair consumidores. Pensando nessa necessidade, a Axis lançou um aplicativo gratuito que facilita a visualização de imagens ao vivo em qualquer monitor. É possível exibir uma só câmera ou até 16 câmeras. Basta fazer o download do app (disponível para Apple TV e Android TV). O sistema, pensado para lojas com até 16 câmeras Axis, funciona com o software de gestão de imagens AXIS Camera Companion, também gratuito e disponível em www.axis.com/en-hk/support/downloads .

Câmeras em trilho de iluminação
O trilho de iluminação das lojas já pode ser usado para acomodar câmeras de segurança. Além de reduzir custos de instalação, a opção deixa o layout da loja mais elegante e com sistema de videomonitoramento ainda mais discreto. O acessório AXIS T91A33, disponível das cores branco e preto, foi criado para a montagem de uma ampla gama de câmeras Axis em trilhos de iluminação. Ele dispensa o uso de furadeira ou qualquer alteração no trilho, e torna desnecessário a passagem de qualquer cabo pelas paredes ou teto. Além disso, ao adotar esse modelo de instalação, o lojista consegue reposicionar as câmeras facilmente caso o layout da loja mude. O produto é compatível com trilhos universais de 3 circuitos e trilhos lineares.

Tranquilidade no escuro
As câmeras modulares são uma das principais inovações em videomonitoramento dos últimos anos. As lentes ficam numa ponta, conectadas via cabo Ethernet a uma única unidade principal, onde ocorre o processamento das imagens. Essa unidade principal pode ficar a 15 metros de distância da lente. O resultado são câmeras-miniatura de design extremamente discreto e instalação flexível. A novidade é que essas câmeras agora vêm com infravermelho embutido para visualização de imagens Full HD à noite ou em áreas da loja com pouca luz. Para lidar com o contraste de iluminação quando o escuro for invadido por uma fonte de luz abrupta, a câmera AXIS FA3105-L (que tem apenas 5,7 centímetros de largura) também possui a tecnologia WDR Forense.

Música para aumentar vendas
Já é consolidado no varejo o uso da música para aprimorar a experiência do cliente, aumentar a taxa de conversão e o ticket médio. Os alto-falantes IP da Axis, tanto de embutir quanto de instalação aparente, agora podem executar playlists dos provedores de conteúdo Soundtrack Your Brand, Royal Streaming, MUSIC2BIZ e Pinesker Media Company, todos aptos para uso profissional e em conformidade com direitos autorais.O conteúdo também pode ser usado com sistemas de áudio de outras marcas utilizando o conversor de áudio AXIS C8033, que transforma áudio analógico em IP. Para uma instalação 100% Axis, a solução tudo-em-um AXIS C2005, de embutir, que inclui amplificador, processador de sinal, funcionalidade de streaming, microfone e fonte de energia, tudo pré-configurado para uso imediato. Inclui suporte a SIP, permite regular o volume de cada unidade separadamente, e, sem precisar recorrer a um gerenciador de áudio, a solução permite sincronizar até 50 alto-falantes com a mesma playlist só com as funcionalidades que já vêm no produto.

Detecção de áudio para capacitação da equipe
A Axis também lançou uma tecnologia que permite ao gerente de uma loja acompanhar ao vivo o atendimento de seus funcionários. O módulo AXIS T61 agrega áudio a câmeras de segurança desprovidas dessa funcionalidade. Assim, os gerentes podem acompanhar à distância o atendimento de seus funcionários e ajustar o discurso de vendas. Com o lançamento, torna-se desnecessário adquirir câmeras novas apenas pela necessidade de agregar áudio ou conectividade I/O, o que preserva o investimento realizado em câmeras desprovidas dessas funcionalidades.

Coop coleta Nota Fiscal Paulista sem indicação de CPF para entidades beneficentes

Com a nova determinação do Governo do Estado, a qual restabelece a possibilidade dos consumidores realizarem a doação dos cupons fiscais em papel, sem a indicação de CPF, para as entidades filantrópicas, a Coop - Cooperativa de Consumo voltou a disponibilizar urnas de arrecadação em suas lojas.



De acordo com Luciana Benteo, analista de responsabilidade social da Coop, os consumidores que desejam fazer a sua doação já podem depositar as notas fiscais nos locais indicados para que os créditos proporcionais à compra realizada sejam revertidos à entidade sugerida pela loja. “Cada unidade da rede beneficia uma instituição”, explica.

Além dessa ação, a Cooperativa também destina à Federação das APAEs do Estado de São Paulo, com a colaboração dos seus cooperados, metade do valor de venda de cada exemplar da Revista Coop (descontados os impostos) e as moedas doadas por meio do programa social Troco do Bem. Outra ação é a doação de até R$ 350 mil por ano para instituições beneficentes nas regiões onde a Coop mantém unidade de distribuição.

Sobre a Coop: Atualmente, a Coop é considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina, possui 800 mil cooperados ativos, cerca de 6,5 mil colaboradores diretos, 31 unidades de distribuição - sendo 23 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí –, além de três postos de combustíveis e 16 drogarias de rua. Encerrou 2017 com faturamento total de R$ 2,2 bilhões.

Por ser uma cooperativa, seu principal escopo é oferecer os melhores serviços com preços justos, além de reverter benefícios para seus cooperados e comunidade, como ciclo de palestras gratuitas; programa de saúde e qualidade de vida; programas educacionais voltados aos estudantes da rede pública e particular e doações para entidades beneficentes onde a Cooperativa possui unidades de distribuição.

Por que o hard discount avança tão rápido no varejo do mundo?

Na Europa, nos Estados Unidos e agora também na América Latina, o crescimento dos formatos de lojas hard discount tem mostrado impressionante crescimento, sacudindo o setor de supermercados e conveniência.

Originariamente uma concepção alemã, o hard discount é uma operação focada em oferecer os mais baixos preços para produtos alimentares pela combinação de lojas simples, espartanas, com sortimento limitado, praticamente nenhum serviço, limitados meios de pagamentos, predominância de marcas próprias, boa localização e comunicação somente através de volantes e material de ponto de venda.

Marcos Gouvêa de Souza, do Grupo GS& Gouvêa de Souza
O modelo permite variantes, por exemplo, nos meios de pagamentos com aceitação de alguns cartões de crédito, inclusão de marcas nacionais, melhoria na apresentação da loja, comunicação na TV ou rádio e outros elementos mais.

Uma das variantes mais relevantes é a operação do In/Out, conceito pelo qual, semanal ou quinzenalmente, um grupo de produtos, fora do sortimento habitual da loja, é oferecido, com estoque limitado e a preços extremamente competitivos e que geram compra por impulso. Nessa estratégia podem ser oferecidos computadores, roupas, ferramentas, artigos para o lar ou outros itens em condições excepcionais que justificam a compra não planejada.

As principais empresas desse conceito no mundo são as alemãs Aldi e Lidl. E os números impressionam.

Aldi é de 1913 e hoje opera mais de 10.400 lojas em 20 países. Entrou nos Estados Unidos em 1976 e já tem mais de 1.800 lojas por lá, desafiando a meca do varejo com seu formato austero, ainda que tenha promovido uma série de adaptações para atender demandas específicas do consumidor norte-americano em produtos, marcas, serviços, meios de pagamentos e aspectos físicos das lojas.

Nos Estados Unidos, a Aldi lançou uma variante em formato, a Trader Joe’s, hoje com mais de 500 lojas, muito mais palatável ao gosto local, mas sem perder a essência de seu modelo totalmente focado em valor.

Seu mais direto concorrente global é a Lidl, de 1973, também com mais de 10 mil lojas em 30 países, que só entrou nos Estados Unidos em 2017 e tem feito diversas adaptações para atender características específicas daquele mercado.

Outros operadores e mercados

Muitas outras organizações, estimuladas pelas líderes Aldi e Lidl, desenvolveram modelos similares para atender consumidores focados só em preço baixo em outros mercados.

Na América Latina, a Colômbia tem sido um mercado em profunda transformação pelo impacto do hard discount que já soma perto de 1.600 lojas em apenas poucos anos.

Entre os onze maiores varejistas do país, pelos dados da Fenalco, os operadores de hard discount, em apenas seis anos, já conquistaram 6,5% de participação.

O conceito precursor foi a D1, lançada por um grupo local e hoje operado pela Koba, associação entre empresas colombianas e que atua em mais de 560 lojas. É a rede mais próxima do conceito puro de hard discount, inclusive só vendendo com pagamento em dinheiro. Seu faturamento no ano passado teve crescimento de 45,5% sobre o ano anterior.

Outra marca no segmento é a Ara, do grupo português Jeronimo Martins, que o desenvolveu na Armênia e implantou na Colômbia há apenas seis anos e já abriu mais de 150 lojas nesse curto período. Em 2017, teve crescimento de 73,4%.

Os antigos controladores do D1, Grupo Mercaderias, lançaram recentemente outro formato nesse mesmo conceito, a Justo y Bueno, com algumas mudanças na apresentação da loja e com expansão via franquia, mas com a mesma proposta estratégica.

Numa variante do conceito, os controladores da Justo y Bueno, adaptaram a proposta do hard discount puro de alimentos para lançar uma rede de food service, incluindo cafeteria e padaria, a Tostao Pan y Café, que em três anos abriu 285 unidades e deverá chegar ao final de 2018 com 400 unidades.

O que justifica o sucesso do hard discount?

De forma simplista, o fenômeno do crescimento do hard discount em alimentos está na exacerbação do comportamento pragmático e racional de parcela crescente dos consumidores do mundo.

Nos países mais maduros, a maior racionalidade acompanha o envelhecimento da população. Nos países emergentes é a possibilidade de acesso a produtos a preços mais baixos, especialmente em situações de maior volatilidade econômica.

Na lógica da Multipolarização, o vetor valor é aquele que mais tende a crescer dentre os formatos de varejo físico, especialmente para as compras de alimentos, bebidas, produtos de limpeza e higiene pessoal.

Sua confirmação no Brasil está na expansão e desempenho do atacarejo, de marcas como Atacadão, Assaí, Roldão, Maxxi e outros, sendo o formato que mais cresceu nos últimos anos, antes, durante e, com certeza, na pós-recessão pela qual passamos.

Na mesma linha, o Dia, spin off do Carrefour a partir da Espanha, com sua proposta “Soft Discount”, tem obtido forte crescimento, com lojas corporativas e franquias, apoiadas na alta participação das marcas próprias e já opera perto de 1.000 lojas no país.

Mas essa combinação de lojas menores, mais próximas, despojadas, focadas em preço baixo, elevada participação de marcas próprias, características do modelo hard discount, sendo adaptado à nossa realidade operacional, logística e tributária, poderá ser a próxima onda no mercado brasileiro de varejo de lojas físicas.

Vale a pena considerar.

Marcos Gouvêa de Souza, fundador e diretor-geral do Grupo GS& Gouvêa de Souza

Abiesv promove evento sobre Inteligência Artificial

Resultados da aplicação da IA no dia a dia serão abordados em palestras e debates nesta 26ª edição do Backstage do Varejo, evento trimestral

Com a presença de experts das áreas do varejo e de tecnologia, acontece amanhã, terça-feira (19.06) a 26ª edição do Backstage do Varejo, uma manhã intensa de palestras e mesas-redondas para discutir o tema “Inteligência Artificial — Cases e Startups”. Idealizado e executado pela Abiesv - Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo, o evento será na Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP (rua Alagoas, 903 – portaria G1), das 8h00 às 13h00. Inscrições gratuitas pelos e-mails: secretaria@abiesv.org.br ou comercial@abiesv.org.br.

“Nosso evento discute temas da atualidade, reunindo especialistas, em uma manhã bem dinâmica. A ideia dos Backstage do Varejo é fazer com que haja uma intensa troca de experiências. E escolhemos para este próximo encontro o tema Inteligência Artificial por ser da ordem do dia e ainda suscitar muitas dúvidas -- com novidades constantes, aplicações variadas e resultados cada vez mais aparentes”, afirma Akira Nagata, presidente da Abiesv. “Nesta área tecnológica, o varejo tem sido impulsionado, em grande parte, pelas startups, que tranformam o acesso às aplicações com uso de IA mais acessível e simples. Por isso, o evento foi formatado também com espaço para que essas startups contem suas histórias. É importante que todos tragam suas dúvidas”.

Janaina Camargo, da Ouvi, é uma das participantes.

O encontro começa com a palestra “Mind Set Empreendedor”, de Alessandra Andrade, coordenadora do Centro de Empreendedorismo da FAAP, vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo – ACSP (biênio 2017-2019) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo – Facesp.

Em seguida, acontece um debate com a mediação de Hélio Biagi, sócio-diretor da BTR Educação e Consultoria, e presidente do conselho da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo – SBVC. Como debatedores na mesa estarão Milena Carrera, responsável pela criação e coordenadora do CRM da Arezzo&Co (arezzoco.com.br); e Charles Schweitzer, gerente de inovação da Leroy Merlin Brasil (www.lerpoymerlin.com.br).

A programação do Backstage do Varejo inclui, ainda, o Pitch, mesa-redonda com representantes de três startups promissoras: Manuel Guimarães, fundador da Propz Mídia (www.propz.com.br); Guilherme Masseroni, fundador da James Tip (www.jamestip.com), e Janaina Camargo, cofundadora e COO da Ouvi (www.ouvi.com.br). Para finalizar o evento, Charles Schweitzer (que participou do primeiro debate), falará sobre ‘O que é inovação e como fazer para implantar a cultura da inovação nas empresas”.

Serviço:
26º Backstage do Varejo – tema central: Inteligência Artificial – Cases e Startups.
Data: 19 de junho, das 8h00 às 13h00
Local: Auditório FAAPP – rua Alagoas, 903 – portaria G1 (SP/SP)
Inscrições gratuitas -- com Janaina Botelho pelo 5548-7124 ou pelo e-mail: secretaria@abiesv.org.br ou com Lourival Santos 99353-8828 comercial@abiesv.org.br

Taco Bell promove ação inédita com o Cheesy Beef Burrito pela metade do preço

Nesta segunda-feira (18), Taco Bell realizará Cheesy Beef Burrito Day em todas as 21 unidades da rede


Após o sucesso do Taco Day, o Taco Bell – maior rede de fast-food inspirada na culinária mexicana – vai promover a ação promocional “Cheesy Beef Burrito Day” para os Taco Lovers brasileiros nas 21 unidades da rede. Nesta segunda-feira (18), o saboroso Cheesy Beef Burrito será vendido com 50% de desconto, de R$ 8,90 por apenas R$ 4,45.

O burrito conta com deliciosos ingredientes, incluindo arroz mexicano, nacho cheese e carne moída. Para quem não come carne, o cardápio do Taco Bell é personalizável, sendo possível trocar por feijão e também escolher sem pimenta ou com pimenta leve, moderada ou forte.

A promoção é válida apenas no dia 18 de junho enquanto durarem os estoques.

O Taco Bell conta com 21 unidades no Brasil que estão instaladas em São Paulo – 15 na capital, além de Barueri, Guarulhos, Santo André, Campinas e Praia Grande. Nesta semana, a rede inaugurou sua primeira unidade no Shopping Eldorado.

Para localizar a unidade Taco Bell mais próxima, acesse http://tacobellbrasil.com.br/#enderecos.

Sobre o Taco Bell

Taco Bell é a maior rede californiana de restaurantes inspirada em comida mexicana do mundo, com aproximadamente 7 mil lojas em todo o planeta, sendo 6,5 mil nos EUA. Fundada por Glen Bell em 1962, o Taco Bell está no mercado há 56 anos. Seus principais produtos são tacos, burritos, nachos, quesadillas e uma série de outros produtos únicos que se diferenciam da concorrência. A rede serve mais de 40 milhões de clientes semanalmente.