Entidade combateu fakenews que circulavam no segmento, orientou os lojistas e agora anuncia oficialmente essa conquista

A prefeitura do município de São Paulo atendeu ao pedido do Sindilojas-SP, para que as empresas do segmento de perfumaria (comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene) possam abrir seus estabelecimentos imediatamente. A entidade representa 7 mil estabelecimento do setor na Capital.


Após várias solicitações e reuniões realizadas com o Secretário Municipal das Subprefeituras e com o Prefeito e o Governador do Estado, as autoridades entenderam que esse segmento do varejo, que também comercializa produtos como máscaras, luvas, álcool em gel, nebulizador, inalador, xampu, sabonetes, gaze, algodão, fraldas geriátricas, entre outros, são considerados essenciais para o combate ao Covid-19 e por esse motivo a atividade se encaixa no item 21 do Anexo Único do Decreto Municipal nº 59.312/2020.