[ListLayout]
×

Brandili Têxtil se reinventa na pandemia

A Brandili Têxtil, empresa com foco na produção de moda infantil e mais de 55 anos de mercado, teve parte de seus negócios acometidos em meio à pandemia do novo coronavírus. Mas, porque não analisar os pontos e se reinventar? Através de estratégias e ações inovadoras, a indústria, que atualmente tem cinco marcas, mais de 10 mil pontos de venda no Brasil, cerca de 20 países de exportação e um e-commerce próprio, abriu novos mercados para atender a demanda dos lojistas e também do público final. “Estudamos o novo comportamento do mercado em meio à pandemia e buscamos novas alternativas. Através de um trabalho adjacente de diversas áreas, conseguimos um resultado arrojado e inovador, com um conjunto de benefícios a serem ofertados”, comenta Jacques Douglas Filippi, diretor geral da Brandili.  

Novos negócios no mercado B2B: Com o aumento de consumidores digitais e a importância do distanciamento social durante a pandemia, para os lojistas a Brandili reforçou estratégias de venda através da plataforma on-line da empresa. O atendimento está disponível 24 horas por dia, durante toda a semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados. O cliente ainda contará com o suporte interno dos representantes, oferecendo ainda mais facilidade e comodidade. Para novos clientes é necessário fazer o cadastro e passar pelos trâmites internos antes de ser liberado o acesso, e para os que já possuíam cadastro, basta escolher os produtos em estoque e finalizar a compra com o benefício do frete grátis. “Nesse momento de isolamento, esse foi o formato que começamos a trabalhar fortemente. Além de garantir a segurança de todos, tanto dos clientes quanto dos representantes, não deixamos de atender os pedidos. No último quadrimestre, houve um crescimento de 140% nos atendimentos e vendas através da plataforma. Com essa estratégia totalmente on-line, ainda teremos uma redução de 10% na produção de catálogos, o que também reflete nas nossas ações de cuidado com o meio ambiente, afinal, vamos diminuir consideravelmente o uso de papel”, destaca. 

Estratégias e ações para e-commerce: Com pouco mais de um ano, a plataforma de vendas para o consumidor final brandili.com.br surgiu com intuito de abrir espaço para a competitividade de mercado em relação aos concorrentes e para posicionamento de marca. São mais de 5,5 mil acessos mensais. O e-commerce, que já foi desenvolvido com a diretriz de “pense primeiro em mobile”, agora ganha um novo formato com táticas e ações para atender mais públicos. Além da Brandili e da Mundi, o site passa a oferecer o portfólio das marcas Young Class e Extreme, ambas voltadas para o público tween. Outra estratégia foi em parceria com influenciadores, que ofereceram cupons de desconto para seus seguidores utilizarem no e-commerce e nas lojas físicas da empresa. A ação também contemplou os colaboradores. “Além de um importante canal de vendas, o e-commerce com certeza é um grande gerador de dados de comportamento do consumidor final, informações importantíssimas e relevantes para decisões estratégicas assertivas que também podem ajudar nossos lojistas. Ter nossa própria loja virtual também nos abriu a possibilidade de estarmos presentes em grandes marketplaces nacionais, onde ganhamos visibilidade considerando o fluxo de usuários nessas plataformas”, ressalta. 

Novos negócios e parcerias: Nos últimos anos, a Brandili vem se abrindo para novos segmentos de mercado, ampliando a capilaridade, o que permite que a marca chegue a um número maior de clientes. Com o início da pandemia, a ideia de uma parceria com a Rede Top Supermercados, também localizada no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, foi colocada em prática. Quatro mercados da rede receberam um espaço piloto customizado dentro das lojas com um mix de produtos selecionados das marcas Brandili e Licenciados, para atender uma boa demanda de clientes. A ideia é oferecer opções de peças para as crianças ficarem em casa. O pagamento pode ser efetuado junto com o restante das compras feitas no supermercado. “Com um investimento relativamente baixo, alcançamos o cliente que não possui o hábito regular de ir à lojas de roupas infantis, mas que por ocasião, aproveita a ida ao supermercado para comprar um ou mais produtos, seja por necessidade ou para presente. Ainda é um modelo de experimentação, mas já temos possíveis evoluções no curto prazo. Tendo em vista os feedbacks e o potencial que este novo canal tem, a expectativa é de 29 lojas atendidas até o final de 2021”, explana o diretor.

Lançamento Digital Alto Verão 2020/21: A necessidade do distanciamento físico possibilitou inovar também no lançamento da nova coleção das marcas Brandili. De forma digital, o Alto Verão 2020/21 será apresentado virtualmente, totalmente integrado com o mercado e sem perder a essência. Em um evento de três dias, os gestores e líderes da Brandili irão apresentar em primeira mão as novidades da coleção aos lojistas e representantes comerciais. O showroom digital terá conteúdos exclusivos e palestras com especialistas em cada área. A programação completa está disponível em no site da Brandili.

Inovação e credibilidade: Em janeiro de 2020, a Brandili Têxtil passou a fazer parte do time Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) e entrou no movimento #EuVistoBrasil. A campanha traz uma mensagem referente à superação do país em meio à pandemia do novo coronavírus e destaca a importância do setor no país, que emprega direta e indiretamente mais de 10 milhões de pessoas. Nesse formato, as coleções Primavera 2020 e Alto Verão 2020 não terão produtos importados, valorizando quem é daqui. “Nos últimos dois anos já vínhamos nessa linha de maior internalização e desenvolvendo a cadeia local para confeccionar e ser competitiva em produtos antes importados. Nós priorizamos a produção nacional e a importação sempre foi de produtos com matérias-primas que são difíceis de encontrar no Brasil, como casaco de microfibra, tactel, artigos de tecido plano, entre outros. A importação de produtos acabados nunca passou de 10% do nosso volume total. Entramos no #EuVistoBrasil para ir além e reforçar a nossa participação na produção nacional. Entre os benefícios, temos o de estimular empregos no Brasil, a produção nacional, lead time menor, possibilidade de correção de produtos de acordo com a venda, além da melhor atratividade de preços em alguns Estados que não possuem tributação”, afirma.   

Ações on-line com produção de conteúdo: Além de diversas lives com conteúdos direcionados para representantes e lojistas, a Brandili também lançou o “Superkids e Diário de Quarentena”, uma ação voltada ao público infantil e suas famílias, para que eles possam passar o tempo de forma divertida em casa. Mais de 2 milhões de pessoas foram alcançadas de forma orgânica. O conteúdo também foi traduzido para espanhol. Ao todo, foram disponibilizados mais de 20 jogos de colorir criados pela marca com base nas estampas das coleções, além de quebra-cabeça e jogo de memória, que contabilizaram cerca de mil cliques orgânicos. “Entre as estratégias de divulgação on-line do projeto, tivemos e-mail marketing, stories, uma live de contação de história e 17 influenciadores que conversam com o nosso público e que, juntos, possuem mais de 2 milhões de seguidores” finaliza.  

Comentários