quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Resultados do IBGE ampliam o otimismo para o final do ano, afirma Fecomercio

Os dados relativos ao desempenho do varejo em outubro, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), confirmam as apostas da Fecomercio em um Natal bastante positivo. “Nossas projeções são de crescimento de 10% a 12% no faturamento do varejo em dezembro deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado, e levam em conta uma aceleração dos resultados nos últimos meses, o mesmo fenômeno que vem sendo observado na Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE”, afirma Abram Szajman, presidente da Fecomercio.

Segundo a pesquisa do IBGE, em outubro, o Varejo Ampliado cresceu mais de 11% em relação ao ano passado, sendo que as taxas de crescimento anteriores foram mais modestas. Essa perspectiva de aceleração é compartilhada pela Fecomercio que, não somente já captou isso nos seus dados até outubro como projeta essa tendência para os dois últimos meses de 2009 e mesmo para 2010.

Os destaques de desempenho neste final de ano, tanto para a Fecomercio quanto para o IBGE, devem ser os Supermercados, Farmácias e Eletroeletrônicos. Sendo que este último segmento está se recuperando após um ano bastante fraco.

Para a Fecomercio, o resultado do Natal é um bom indicador de como as vendas deverão ser no ano que vem. Se em 2008 o Natal mais fraco antecipou um início de ano complicado para o consumo, em 2010 o início será muito bom, na esteira de uma ampliação significativa do consumo das famílias neste final de ano. Segundo análise do IBGE as expectativas são as mesmas: o final de ano aquecido incida uma boa performance para o varejo em 2010.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?