segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Alshop analisa o novo governo e sua importância para o varejo nacional

Dilma Rousseff, foi eleita a 40ª presidente do Brasil, sendo a primeira mulher escolhida para governar o País, contando com a aceitação de mais de 50% dos eleitores, e derrotando o candidato do PSDB, José Serra. Com a mudança de comando, o Brasil espera por uma administração voltada às causas sociais, e com vistas à continuidade do crescimento econômico apresentado nos últimos anos pela gestão anterior.
Para o varejo, um dos grandes responsáveis pela alavancagem da economia nacional, espera-se da nova presidente, entre diversos fatores, um investimento ainda maior no setor, além de uma redução nos gastos públicos. "Ninguém discute os aspectos positivos apresentados pelo comando anterior, mas a expectativa que temos a partir de agora, com a continuidade do governo, é que a presidente cumpra com os compromissos apresentados durante sua campanha e lembre-se da força que o varejo nacional representa para a economia, sendo fundamental a realização de investimentos para que não haja parada no crescimento", destaca o presidente da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), Nabil Sahyoun.

A redução de impostos também é outro tema citado pelo executivo e que deve receber atenção especial por parte de Dilma Rousseff. "Temos atualmente cerca de 725 centros de compras em todo o Brasil, e até o fim deste ano chegaremos a aproximadamente 750 empreendimentos, que representam uma força efetiva na geração de empregos. E para aquecer ainda mais este mercado, a diminuição dos encargos será salutar para que mais pessoas possam ser empregadas na indústria e varejo de shoppings", comenta Sahyoun.

Vale lembrar que, segundo pesquisa divulgada pela Alshop no início do segundo semestre deste ano, no quesito geração de empregos, foram criados 18,1 mil novos postos de trabalho, considerando-se apenas as lojas abertas neste período, totalizando aproximadamente 961 mil funcionários nos estabelecimentos de shoppings, um crescimento de 1,92% ante dezembro de 2009. Já em relação à quantidade de colaboradores atuando nos empreendimentos, houve uma ampliação de 1.050 funcionários, produzindo 73.050 colaboradores, 1,46% a mais do que o último mês do ano anterior.

O presidente da Alshop cita ainda outros dois ítens importantes para o desenvolvimento do varejo, e que têm sido lembrados com frequência nas discussões empresariais: a reforma política e trabalhista. "Além deles, o déficit apresentado hoje pela Previdência deve ser olhado com mais atenção, para que possam ser encontradas alternativas que solucionem este gargalo existente", aponta o executivo da Associação.

"Com o apoio popular existente hoje, o governo Dilma terá condições de realizar, já em seu primeiro ano, as modificações necessárias para um Brasil mais próspero e com um varejo ainda mais atuante, incrementando a economia e gerando trabalho à todos", finaliza.
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?