terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Varejo brasileiro cresce 10,3% em 2010

Em dezembro, o crescimento foi de 2,9% na comparação com novembro

O varejo brasileiro cresceu 10,3% em 2010, em relação ao ano anterior, informou nesta terça-feira a Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito. Em dezembro, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o crescimento foi de 2,9% na comparação com novembro, já descontadas as influências sazonais.

O setor de material de construção teve a maior expansão no ano passado, de 17% em relação a 2009. Em seguida aparece o ramo de móveis, eletroeletrônicos e informática, com expansão de 14,9% no mesmo período. O segmento de veículos, motos e peças apresentou alta de 10,9%. Entre os segmentos avaliados, houve retração de 0,4% em combustíveis e lubrificantes.

Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, os principais motivos para o crescimento do varejo em 2010 foram a oferta de crédito em condições favoráveis, o elevado grau de confiança dos consumidores e o bom momento vivido pelo mercado de trabalho. Para 2011, os economistas da instituição esperam um crescimento positivo da atividade do comércio, mas em taxas mais moderadas.

Segundo a Serasa Experian, as medidas de aperto no crédito baixadas pelo Banco Central (BC) no início de dezembro, os prognósticos de aumentos nas taxas de juros e as promessas do novo governo de uma política fiscal mais austera em 2011 levarão a um avanço menos acelerado do consumo.

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio leva em conta as consultas mensais realizadas pelos estabelecimentos comerciais à base de dados da Serasa Experian. A amostra é composta por cerca de 6 mil empresas comerciais de todo o País.

Fonte: Agencia Estado
Post Anterior
Próximo Post

0 comentários:


Não deixe de participar!
Qual sua opinião sobre o conteúdo acima?