sexta-feira, 2 de março de 2012

The Carlyle Group anuncia aquisição de 85% da Ri Happy

Investimento impulsionará a expansão da rede, que tem 114 lojas em 18 estados

The Carlyle Group, gestor global de investimentos alternativos, anunciou a compra de 85% de participação na Ri Happy Brinquedos, a maior rede varejista do segmento no Brasil, com 114 lojas em 18 estados e cerca de 2,3 mil funcionários. Os termos do acordo não foram revelados.

“Estamos satisfeitos em formar essa parceria com os fundadores da Ri Happy, Ricardo Sayon e Roberto Saba, e acreditamos que isso gerará resultados positivos para a empresa. Esse é um segmento com potencial significativo de crescimento no Brasil. Nos próximos três anos, pretendemos investir R$ 200 milhões na Ri Happy”, disse Juan Carlos Felix, Managing Director do Carlyle no Brasil. “Nosso investimento na Ri Happy demonstra o comprometimento do Carlyle com o Brasil, expandindo nossa atuação no país”, completou Felix.

A Ri Happy foi fundada em 1988 por Sayon. Saba se juntou ao negócio pouco depois e juntos construíram a maior rede de brinquedos do país por meio de parcerias com os principais fabricantes nacionais e internacionais, oferta de variedade de produtos, foco na qualidade de atendimento aos clientes e preços atrativos.

“Esse é um passo importante para a empresa. Começamos com passos pequenos, atingimos um grande tamanho e agora precisamos de um parceiro que continue nosso crescimento. Com o apoio do Carlyle, esperamos um novo salto nas vendas, na qualidade do atendimento aos clientes, na melhoria do relacionamento com nossos parceiros, como fornecedores, franqueados e shopping centers e com nossos funcionários”, afirmou Sayon.

Ricardo Sayon será membro do Conselho de Administração da empresa, junto com os executivos seniores do Carlyle. Héctor Núñez, que comandou o Walmart no Brasil entre 2006 e 2010, será o CEO da Ri Happy.

“Estou entusiasmado com este projeto. Usaremos o histórico de conquistas da Ri Happy como um pilar para levar a empresa a um patamar ainda mais elevado de participação de mercado e de satisfação do cliente, oferecendo um atendimento de vendas único ao cliente”, disse Núñez.

Os recursos necessários para a transação virão do Carlyle South America Buyout Partners, fundo local de US$ 1 bilhão gerido pela equipe do Carlyle em São Paulo.

No Brasil, o Carlyle controla também a CVC, operadora de turismo, a Qualicorp, corretora e administradora de planos de saúde, e a Scalina, fabricante e varejista de moda íntima. A rede Ri Happy solidifica o comprometimento do The Carlyle Group com o Brasil e expande sua atuação no território nacional.

Sobre a Ri Happy

A Ri Happy foi fundada em 1988 na cidade de São Paulo pelo pediatra Ricardo Sayon e sua esposa. Cerca de um ano depois, Roberto Saba se juntou ao negócio. Para assegurar o crescimento do negócio, Sayon decidiu se dedicar completamente à Ri Happy e, junto com Saba, implementou uma cultura na rede de provedores de serviços e não simplesmente de vendedores de brinquedos. Isso incluiu treinamento do time de vendas sobre os hábitos e necessidades das crianças. Também implementaram uma comunicação direta com a criança. A Ri Happy tem 114 lojas em 18 estados.

Sobre o Carlyle Group

The Carlyle Group é um gestor global de fundos alternativos, com US$ 147 bilhões de ativos sob administração em 89 fundos ativos e 49 fundos de fundos, posição em 31 de dezembro de 2011. O Carlyle investe em quatro segmentos - private equity corporativo, ativos imobiliários, estratégias globais de mercado e soluções de fundos de fundos - na África, Ásia, Austrália, Europa, Oriente Médio, América do Norte e América do Sul. O Carlyle desenvolveu expertise em vários setores, incluindo aeroespacial, defesa e serviços governamentais, consumo e varejo, energia, serviços financeiros, saúde, indústria, tecnologia, telecomunicações e mídia e transportes. The Carlyle Group emprega mais de 1.200 pessoas em 33 escritórios ao redor do mundo.

Post Anterior
Próximo Post