Especialistas dão dicas importantes para integração do varejo online e offline em evento promovido pela brMalls e Endeavor

Nem tudo no e-commerce ou apenas na loja física. Essa é a visão de especialistas convidados pela brMalls e Endeavor para a terceira mentoria coletiva do brMalls Partners. Mariano Gomide, co-CEO da VTEX, e Flávio Dias, sócio da 500 Startups, contaram o que é preciso para o varejista implantar a integração do varejo online e offline, indo muito além da conexão a marketplaces, por exemplo. Para eles, é fundamental buscar um time qualificado, conhecer bem o cliente para oferecer a melhor experiência e aproveitar os superapps como parte da estratégia digital, contando com uma logística eficiente. O encontro faz parte da série de mentorias coletivas do único programa de empreendedorismo dedicado exclusivamente ao varejo brasileiro.

A pandemia acelerou o processo de digitalização do comércio, que registrou um crescimento de 47% no primeiro semestre no ambiente eletrônico, o maior em 20 anos, segundo relatório elaborado pela Ebit Nielsen. Por outro lado, o atual cenário lançou um alerta para o segmento aumentando o grau de risco para negócios que não se adaptarem a essa nova realidade que tem consolidado a experiência logística “last mile” – com o produto saindo do estoque das lojas que atuam como centro de distribuição – a exemplo dos modelos de entrega como o pick-up in store ou ship from store. “Aposto demais nessa tendência e será uma vantagem competitiva para quem souber fazer isso. É natural que essa convergência dos canais seja um diferencial e daqui a pouco não vamos falar só de loja física, só de e-ecommerce. Vamos falar de alguém que quer comprar um produto ou serviço e quer ser atendido na hora e no canal que quiser. Quem prover isso estará na frente.” – afirma Flavio Dias.

Os aplicativos de entrega e marketplaces têm se proliferado no varejo brasileiro e são importantes aliados para os empreendedores que buscam ganhos de escala e conhecimento operacional. Segundo o executivo, os apps devem ser vistos como complemento à estratégia de canais e de aquisição de clientes da empresa. “Não pode ser a única estratégia e se você for completamente dependente disso, está fadado ao fracasso ou a ter um negócio com uma margem muito pequena, ficando insustentável”, avalia.

Uma das empresas participantes da terceira edição do brMalls Partners, a La Fruteria tem aproveitado o potencial da venda online para manter suas conexões com clientes no período da pandemia. Criada há cinco anos e com três operações na cidade do Rio, a butique de frutas registrou, em julho, um crescimento de 200% nas entregas em comparação ao mesmo período em 2019. “Conseguimos melhorar o nosso mix e até aumentar o nosso faturamento com as vendas pelo Whatsapp”, conta a sócia Thamyris Scarpinelli, que está debruçada na criação de uma nova plataforma de venda online da marca. Com previsão de lançamento em outubro, a expectativa é de gerar um aumento de 15% nas vendas com o canal, segundo a empresária.

Mudanças pragmáticas são necessárias para destravar a digitalização do varejo e também passam pela relação com o time que vão da capacitação a remuneração. Mariano Gomide defende a urgência de contar com pessoas qualificadas no digital para a manter o negócio competitivo. “Precisamos olhar para a nossa diretoria e saber quem veio do mundo digital. Se não tem, tem que fazer ter [executivo com expertise digital]. É o caminho para fazer essa empresa se sustentar”, diz. O executivo acredita que a omnicanalidade fica refém da política de comissionamento para equipe de vendas no offline e também defende adoção de salários fixos “para ter ele [o vendedor] como um agente de atendimento ao cliente, você vai fazer com que ele faça outras coisas como picking, packing, contato com clientes, resolver problemas de retorno que, hoje, você não consegue”, avalia.

Além do objetivo de ajudar as empresas a se desenvolverem de forma sustentável, a edição do brMalls Partners desse ano também tem buscado compartilhar o conteúdo das mentorias coletivas com todo o ecossistema do varejo, uma forma de levar as soluções e insights trocados nos bate-papos para empreendedores de todo o país que contam com dores de negócio semelhantes nesse momento desafiador.

Na edição passada, por exemplo, as empresas participantes registraram um crescimento médio de mais de 70% em faturamento, entre 2018 e 2019. Foram mais de 100 horas de troca de experiências com mais de 40 mentores e 25 executivos da brMalls.

Confira as 15 marcas selecionadas para a 3ª edição do brMalls Partners:

Closet BoBags (RJ); Criamigos (SP); Graviola (RJ); Hachimitsu (PR); INBOx (SP); La Fruteria (RJ); La Guapa (SP); Make a Cake (RJ); Nanica Brasil (SP); Noma Sushi (SC); Oral Unic (SC); Patties (SP); Pró-Corpo (SP); Troisgros (RJ); Wondersize (SP)