segunda-feira, 25 de julho de 2016

Que tipo de cliente mais te dá trabalho?

Tarcísio é um vendedor de roupas.

Ele vende terno e gravata.

Trabalha atrás do balcão há mais de 50 anos. Quando entrei na loja, fiquei admirado com a simpatia e a dedicação daquele senhor.

Quando perguntei pra ele que tipo de cliente mais te dá trabalho, a resposta dele foi mais ou menos assim:

 -Tem clientes que entram aqui na loja e falam que querem uma camisa, daí, mostro diversas camisas. De repente, ele diz que não quer camisa, prefere olhar um colete, após mostrar alguns coletes ele se mostra ainda mais indeciso e pede para ver blusas de manga comprida, mostro as blusas e após ver várias peças ele comenta que voltará em um outro momento e sai sem comprar nada. Este cliente dá trabalho, mas é um trabalho bom. Sabe por que? Porque um dia ele volta e compra uma das peças que eu mostrei. E se ele não voltar, pode ser que comente com alguém que eu o atendi bem. Vender é isso. Ajudar as pessoas a tomarem decisões. E mesmo que elas não tomem a decisão de comprar, é nosso papel ajuda-las a tomar a decisão de que podem confiar na gente.

 Eu conheci o Senhor Tarcísio na cidade de Caçador em Santa Catarina. Quero voltar lá mais vezes.


Produção: Leandro Branquinho Palestrante - Especialista em vendas http://leandrobranquinho.com.br

domingo, 24 de julho de 2016

#showdeloja: Reebok, em Montevidéu

Olá amigos do varejo!

Enquanto curto um pequeno período de descanso aqui no Uruguai, aproveito para postar para vocês algumas fotos sobre o varejo daqui.

Essa é uma loja da Reebok, já no conceito novo da marca, que em breve desembarca no Brasil.


Um grande abraço e boas vendas

Caio Camargo
Editor
Falando de Varejo

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Drogaria Venancio se prepara para a Olimpíada

A Drogaria Venancio, rede de farmácias carioca que completa 37 anos em setembro, lança, no dia 25 de julho, campanha que remete aos Jogos Olímpicos. Criada pela agência Wide Comunicação Expandida a partir do conceito “Nosso Esporte é Cuidar de Você”, ela se inspira em esportes e atividades físicas ligadas à qualidade de vida e ao cotidiano do Rio, e conta com peças para jornal, revista, PDV, rádio, encarte e mídias online.

A grande novidade para essa campanha é que todas as peças serão bilíngues. Pensando no turista estrangeiro que visitará o Brasil para a Rio 2016, todo o material terá textos em português e inglês. As diversas peças têm como plano de fundo os diferentes calçadões em pedra portuguesa da cidade. Além dos mundialmente famosos, como o de Copacabana, alguns desenhos menos óbvios também estão presentes nas imagens, como o da calçada da Cinelândia.

Os pontos de venda da Venancio também terão serviços especiais voltados para os turistas. A maioria das lojas vai contar com atendimento bilíngue. Funcionários identificados com um botton “Can I help you?” foram treinados para auxiliar os visitantes de outros países.

Em cinco lojas da rede, localizadas nas áreas de maior circulação do público dos jogos, como Zona Sul e Barra da Tijuca, serão instaladas estações olímpicas voltadas exclusivamente para os estrangeiros. Nessas ilhas, que terão textos em inglês, vão estar os produtos mais procurados pelos “gringos”, como repelente, protetor solar, preservativos e Havaianas.

A campanha também envolve mudanças nos uniformes dos funcionários de todas as lojas, que serão trocados durante o período da Rio 2016. Camisas exclusivas, personalizadas com o tema, serão usadas por todos os funcionários, exceto dermoconsultoras e farmacêuticos, que usarão botton temático. Ações como oficina de amarração de cangas e distribuições de brindes também estão previstas para todo período dos jogos.

A Venancio também criou brindes exclusivos com o tema, em parceria com as marcas OFF!, Amopé, Durex, Centrum, Avene e Darrow. Com promoções de vendas, a rede vai distribuir brindes com estampas exclusivas com o tema das Olimpíadas. Canga, sacochila e squeeze dobrável poderão ser levadas para casa mediante compra de valor mínimo de produtos das marcas participante.

Você já sonhou em ser vendedor?

por Fabiane Simões Alexandre*


A venda está em tudo, todo mundo faz de alguma maneira, todo dia todos lidam com venda, mas será que alguém sonha em ser vendedor? Você sabe que pode ser bem feliz sendo vendedor?

Não é comum ouvir um parente ou alguém dizer a seguinte frase: “Quando meu filho(a) crescer, quero que ele(a) seja um vendedor”. Claro que isso não é comum, tem mais coisa do que a gente pode imaginar. E como diz o ditado popular, “de médico, louco e vendedor, todo mundo tem um pouco”. De alguma maneira então você tem um pouco a ver. E se não tem, pode pelo menos saber mais sobre.

Segundo o autor Marcos Cobra, as vendas começaram com a serpente em sua estratégia de vender a maçã para Adão e Eva, e eles compraram, comeram e se deliciaram. O resto é história.

Estava lá, desde o princípio, e continua hoje firme e forte. Formalmente, surgiu com os caixeiros-viajantes, profissionais que viajavam vendendo e trocando produtos. Trata-se o vendedor de uma das mais antigas do mundo, uma das áreas profissionais que mais se desenvolveu e se adapta todo dia à realidade do mundo contemporâneo como pode verificar na evolução dessa profissão.

Tem até seu dia especial no calendário, a data de 1º de outubro é o dia do vendedor, um profissional indispensável para que os produtos e serviços de toda espécie cheguem aos clientes e ainda ajuda as empresas a crescerem e se desenvolverem e ficarem cada vez melhores.

Você já pensou no papel que o vendedor representa na sociedade, ele é exatamente o elo entre a empresa e o cliente. Na maioria dos casos, ele representa a própria empresa. É ele que traz as soluções que os clientes necessitam e esperam, e até surpreendem e ainda mais encantam os clientes. Esse é profissional que às vezes nem se pensa no seu enorme e significativo valor.

Hoje o vendedor é conhecido como consultor de vendas, um especialista, um elo entre a empresa que trabalha e o cliente. Trata-se de um verdadeiro especialista que tem valor. Quando empresa e cliente passam a valorizar o profissional descobre nele um real parceiro comercial, percebendo sua importância neste segmento econômico, dando-lhe suporte profissional e humano, e se torna a maior beneficiada desta parceria, pois o vendedor deve ser alguém muito informado sobre as tendências e exigências do mercado.

Dados de mercado mostram que a profissão de vendedor tem boas perspectivas nos próximos anos, deve aumentar pois existe uma grande necessidade de vendedores em muitas empresas. O lado humano do processo de vendas está sendo muito valorizado. O trabalho do vendedor está sendo modificado. Hoje o vendedor é mais orientado ao cliente e possui como objetivo construir e manter um bom relacionamento em vez de ser um simples tirador de pedidos. Existe atualmente o foco de reter e trabalhar com clientes atuais, aliando a isso a tarefa de procurar novos clientes.

Sem falar na tecnologia, que está mexendo com tudo, e não seria diferente nas vendas. As tecnologias estão mudando a natureza e conceito do trabalho e do vendedor, através das redes sociais, internet, facebook, apoio de call centers, vendas online, e-commerce, smartphones, tablets, e ainda a nova chegada próxima dos wearebles (usáveis), tecnologia usável, em roupas, relógios, pulseiras, óculos. Vai ser outra revolução, tecnologia mais fácil e mais próxima.

Hoje é diferente, o mercado exige o "profissional de alta performance". O desenvolvimento pessoal e profissional, bem como, a constante habilidade do vendedor de se motivar, informar e reciclar. Vendas é uma especialidade que exige grande capacidade de negociação, visão estratégica, paciência e persistência, simpatia, ser um bom ouvinte, ambição, formação e "AMOR" pelo trabalho.

Se você nunca sonhou em ser vendedor, passe a pensar. Na maioria dos casos, ela é tão especial que não se faz, ela surge, acontece, e á a maior aventura do mundo, ser feliz fazendo os outros felizes.

Se você deseja ser um vendedor, deseja ter sucesso, deseja ser feliz. E isso é possível, o mercado está cheio de casos de pessoas que se realizaram e se realizam no que fazem, em vender e fazer os outros felizes.

Trata-se de uma profissão, de uma carreira e que seja para o sucesso. O seu sucesso será também o sucesso dos outros.

E o sonho? O que é sonhar?

Pense nisso. Repense. Pense melhor. Seja vendedor. Seja feliz fazendo os outros felizes.

Para pensar, e nunca esquecer: “A diferença entre uma pessoa bem-sucedida e as outras não é a falta de força ou de conhecimento, mas sim a falta de vontade” (Vince Lombardi).

E, “Você não fecha uma venda, você abre as portas de um relacionamento para construir um negócio duradouro e de sucesso” (Patricia Fripp).

(*) Fabiane Simões Alexandre é Diretora da Ideare Consultoria & Treinamento. Palestrante nas áreas comportamental, vendas e Liderança e Instrutora e Consultora credenciada do SEBRAE/RN

Moda dos bichinhos motorizados invade o Shopping Tijuca

A criançada pode acompanhar os pais nas compras enquanto se diverte


Quem frequenta o Shopping Tijuca, agora, está se deparando com alguns pitorescos animaizinhos, peludinhos e fofinhos no piso L0, ao lado da escada rolante. O Shopping Tijuca se rendeu aos encantos dessa fofura e trouxe a novidade para pertinho dos tijucanos. Eles são motorizados e as crianças podem andar à vontade pelo shopping, inclusive acompanhar os pais nas compras enquanto se divertem.

Os bichinhos acoplam até duas pessoas, no caso de crianças de até quatro anos, que precisam estar acompanhadas na direção. O passeio que dura cerca de oito minutos, custa R$ 18; e no caso de dois bichinhos saírem combinados, cada um sai a R$ 15.

Os pequenos aniversariantes também podem aproveitar e comemorar o dia no shopping com os amiguinhos. Durante todo o mês, o aniversariante que levar dois amiguinhos, ganhará um passeio. Além de dirigir, o espaço ainda aloca um cantinho onde as crianças podem se vestir com acessórios, como chapéus, plumas e paetês e tirar muitas fotos divertidas.

Serviço
Bichinhos Motorizados – Shopping Tijuca
Local: Piso L0 – Shopping Tijuca – Av. Maracanã, 987 – Tijuca.
Horário: segunda a domingo, 10h às 22h, sábados e domingos, de 13h às 21h.

Vem aí o ENACAB! Não perca!


Olá amigos!

Vem aí o ENACAB, o Encontro Nacional de Agentes da Cadeia do Abastecimento, promovido pela ABAD! Imperdível!




Serviço
Evento: ENACAB
Data: De 08 a10 de Agosto de 2016
Local: São Paulo Expo
Mais informações: www.enacab.com.br

11ª Eletrolar Show movimenta R$1,5 bi em negócios

Feira recebeu visitantes que conheceram, antecipadamente, mais de 10 mil produtos que estarão nas vitrines do varejo nos próximos meses

Os fabricantes e varejistas de todas as regiões do Brasil e também de países da América Latina se reuniram entre os dias 18 e 21 de julho na Eletrolar Show, maior feira da América Latina de eletroeletrônicos e bens duráveis. Com visitantes que representam mais de 26 mil pontos de venda em todo o Brasil, o evento, que está em sua 11ª edição, foi um sucesso, tanto pela organização como pelos expositores, que anteciparam as atrações que estarão nas vitrines de lojas físicas e online nos próximos meses.


Com foco em negócios, durante quatro dias a indústria e o varejo de todos os portes tiveram a oportunidade de selar novas parcerias, fortalecer as já existentes, abrir novos canais de venda, diversificar o portfólio e fechar pedidos. O montante entre os negócios fechados na feira e os que serão concretizados após seu encerramento atinge R$ 1,5 bilhão.

Este ano, no total, a Eletrolar Show contou com a participação de 800 compradores de grandes redes que não têm sede em São Paulo e 200 de países da América Latina: da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Peru e Venezuela. Segundo Carlos Clur, presidente do Grupo Eletrolar, organizador da feira, a visitação qualificada viabiliza bons negócios. “Aumentamos o investimento para gerar mais negócios à indústria e ao varejo. Em 2015, trouxemos 600 compradores de redes que não estão em São Paulo, este ano foram 800, ou seja, 33% a mais. No caso dos compradores da América Latina, dobramos o número. De 100, passamos para 200.” O evento recebeu 26 mil visitantes.

“A feira é um imenso showroom de marcas e possibilita aos compradores a experimentação total do produto. Estamos muito contentes com o sucesso e a evolução da feira e com a recepção dos clientes. Alcançamos nossos objetivos e superamos nossas expectativas”, ressalta Clur.

Depoimentos de expositores da 11ª. Edição da Eletrolar Show:

Samsung
“A Samsung tem o compromisso de oferecer ao consumidor os melhores produtos e soluções em eletrodomésticos. Queremos levar praticidade no uso e criar funções que facilitem a vida dos usuários, propiciando a melhor experiência da categoria” - Adelson Coelho, Diretor Sênior da divisão de Digital Appliance da Samsung Brasil

Mueller
“A feira está superando todas as minhas expectativas que não eram animadoras até o início da feira. O fluxo segue normalmente, mesmo no momento de crise.” - Márcio Gonçalves, Gerente de Lavadoras da Mueller

Hamilton Beach
“Estamos no terceiro ano de Eletrolar Show e também de Brasil, com a experiência de conquistar importantes contatos e clientes. O objetivo nesse ano é sofisticar a marca na América Latina.” - Ana Moraes, Gerente de Marketing

Nanofixit
“Superamos todas as nossas metas no segundo dia de feira. Nosso produto teve destaque, principalmente, porque a Eletrolar Show é a maior feira do segmento e traz otimismo nesse momento.” - Rafael Camargo, Diretor de Marketing

DL
“Com a feira, os nossos lançamentos ficam bem posicionados e a expectativa de gerar bons negócios se concretizou mais uma vez. O fluxo de visitantes está acima da média e isso faz a marca ganhar espaço em meio à crise.” - Francisco Hagmeyer, Diretor da DL

Serviço:
Eletrolar Show 2016 - “11ª Feira de Negócios para a Indústria e o Varejo de Eletrodomésticos, Eletroeletrônicos, Celulares e TI”
Data: 18 a 21 de julho de 2016, das 13h às 21h
Local: Transamerica Expo Center
Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387
Realização: Grupo Eletrolar
www.eletrolarshow.com.br

Zendesk aplica a eficiência do machine learning em nova ferramenta de atendimento

Ao utilizar a Automatic Answers, as empresas passam a oferecer rápidas soluções com respostas precisas aos seus clientes

A Zendesk Inc., companhia que aproxima empresas e clientes por meio de uma plataforma de atendimento omnichannel na nuvem, anuncia a ferramenta Automatic Answers, desenvolvida com tecnologia machine learning, que permite que os clientes resolvam suas questões mais rápido e que as empresas tenham equipes de suporte mais eficientes. A Zendesk é uma das primeiras plataformas de atendimento ao cliente a implementar inteligência artificial na auto resposta nativa a tickets com base em artigos relevantes, ajudando a resolver as dúvidas dos consumidores antes mesmo que os tickets cheguem aos agentes.

Adrian McDermott
“A Zendesk continua inovando suas capacidades de machine learning para ajudar as empresas a construir relacionamento com os seus clientes sem grandes esforços”, afirma Adrian McDermott, VP sênior de desenvolvimento de produto da Zendesk. “As habilidades preditivas desta nova ferramenta fornecem os recursos que os clientes precisam para resolver qualquer questão rapidamente, e fazem com que as empresas consigam liberar o tempo dos agentes para que foquem em solicitações que requerem o toque humano”.

O Automatic Answers possibilita que empresas que possuem visão de futuro ajudem seus agentes de atendimento a serem mais efetivos, dedicando mais tempo às solicitações críticas e que demandam maior esforço. Antes da nova ferramenta da Zendesk, eles respondiam e solucionavam manualmente tickets simples e repetitivos. Agora, graças ao machine learning, a ferramenta analisa as ações dos clientes e agentes ao longo do tempo, aprendendo quais conteúdos resolvem tickets associados a tópicos e palavras-chave específicas. Se houver indicação de que a dúvida foi solucionada com sucesso, o ticket é finalizado. Caso o ticket não tenha sido resolvido, direciona-se o consumidor a um agente, prosseguindo com o fluxo tradicional do atendimento ao cliente.

Disponibilidade – A Automatic Answers está disponível apenas para clientes Zendesk neste primeiro momento. Os interessados em testar a ferramenta devem acessar: www.zendesk.com/automatic.

Sobre a Zendesk – www.zendesk.com.br

A Zendesk desenvolve software para aprimorar o relacionamento com os clientes. Ela ajuda as organizações a aumentarem o engajamento com os consumidores e a entendê-los melhor. Mais de 75 mil clientes em 150 países utilizam os produtos da Zendesk. Sediada em San Francisco (EUA), possui escritórios nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América do Sul.

Lar Center oferece programação para pets e famílias


O Shopping Lar Center encerra a programação de férias de julho com o ‘Pet Weekend’, neste fim de semana. A ação, que é voltada para a família e os animais de estimação, oferece atividades para todas as idades. A iniciativa faz parte do ‘SP Weekend’, primeiro evento focado em férias do empreendimento.

No sábado (23/7), das 10h às 17h, o centro de compras promove, em parceria com a Instituição Luisa Mell, a feira de adoção* de cães e gatos e a venda de brownies da Ong Nossos Peludos, o recurso será destinado às ações da entidade para animais abandonados. O evento acontece do lado externo da Portaria B do shopping, próximo à entrada da loja Yamamura.

Já no domingo (24), das 14h às 20h, o público pode conferir as exposições de diversos modelos de casinhas para os animais como, sustentáveis e sofisticados, além de quadros de pets. Para completar, o Lar Center traz ainda o Estúdio de Selfie-Pet para os frequentadores tirarem fotos profissionais com seus bichos de estimação e levar a recordação para casa sem nenhum custo.

Serviço:

Pet Weekend (SP Weekend)
Data: 23 e 24 de julho
Entrada: Gratuita.
Faixa etária: Livre
Local: Portaria B (lado externo do shopping), próximo a entrada da loja Yamamura – Avenida Otto Baumgart, 500 – Tel.: 2224-5959
23/07 - Sábado: Feira de adoção de cães e gatos, e venda de brownie pela Ong Nossos Peludos – Das 10h às 17h. *Para proceder com a adoção o cliente terá que ter idade superior a 21 anos, apresentar um comprovante de residência e passar pela entrevista feita pelo Instituto Luisa Mell, que checará, no momento, se o interessado (a) está apto a adotar o animal.
24/07 - Domingo: Exposição de casinhas para animais e quadros de pets, além do estúdio de Selfie-Pet e venda de brownie da Ong Nossos Puludos – das 14h às 20h.

Sobre o Lar Center

Inaugurado em 1987, o Lar Center reúne diversos produtos para quem procura desde materiais básicos para construção até as mais sofisticadas linhas de mobiliário, acabamento, iluminação e decoração desenvolvidos por designers de diferentes partes do mundo. Em um espaço de 45 mil m², o empreendimento possui 120 lojas que conta com um mix atual que proporciona todos os elementos necessários para a correta seleção de produtos e a perfeita composição de ambientes. Além das lojas especializadas, o shopping conta com restaurantes, cafés, uma megaloja de artigos esportivos e três salas de cinema Cinemark, sendo que duas prime e uma com tecnologia XD.

Dia dos Pais: Consumidor deve gastar até R$ 100 com presente

Inflação deixa belo-horizontinos mais atentos ao preço dos produtos. Para evitar dívidas, compras serão pagas à vista


Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), com 237 consumidores, no período de 23 de junho a 6 de julho, apontou que a maioria deles (56,7%) deve desembolsar até R$ 100 com o presente do Dia dos Pais. O presidente da CDL/BH, Bruno Falci, explica que por causa do cenário de instabilidade econômica, boa parte das pessoas está em busca de presentes com um menor valor agregado. “A inflação alta está pressionando a renda das famílias, mas dificilmente o consumidor deixará de presentear”, disse.

Outros pontos da pesquisa:
  • Roupas lideram a intenção de compra de 38,0% dos consumidores
  • Em seguida estão: acessórios (carteira, cinto, meia, gravata), calçados, material esportivo, perfumes/hidratantes, ferramentas, livros, relógio, bebida, smartphone e itens de informática
  • Para evitar dívidas, a maioria dos consumidores (76,7%) pretende pagar suas compras a vista
  • As lojas de rua devem ser procuradas por 51,9% dos consumidores
  • A maioria dos entrevistados não vai comemorar a data com jantares, almoço, viagem, etc. Mas que optar por comemorar terá um gasto médio de R$ 97,66
  • Dos consumidores que presentearam no ano passado, 69,3% afirmaram que o valor do presente deste ano será menor
  • 47,6% fazem pesquisa de preço antes de finalizar a compra
  • O preço é o item que mais atrai os consumidores às lojas, segundo 26,4% dos consumidores

Happy Code lança modelos inovadores de franquias e prevê vender mais 30 unidades até o final de 2016

Formatos são acessíveis e vão desde franquias individuais a modelos mais completos, mantendo a mesma base metodológica mas com adaptações que oferecem novas possibilidades para diferentes realidades socioeconômicas

Na contramão da atual situação econômica – com aumento do desemprego e da inflação – alguns setores conseguem se destacar e crescer apesar da instabilidade. A educação é um destes perfis em ascensão, principalmente, com franquias que apostam na inovação. Caso da Happy Code, escola de programação e robótica para crianças de 5 a 17 anos, que anuncia seus novos modelos de negócio: Standard, Compact e Single, formatos inovadores e democráticos que atendem desde o grande investidor, até o investidor individual, que busca recolocação no mercado.


Líder e pioneira no ensino de programação e robótica para crianças em fase escolar , a Happy Code, comemora um ano desde a abertura de sua primeira unidade e para expandir Brasil afora desenvolveu formatos de franquias mais acessíveis mantendo a mesma base e conceito de alta performance tecnológica. Ao todo, são três modelos disponíveis para os franqueados, que vão desde a franquia individual (single) - na qual o franqueado atua como professor, aplicando o conteúdo de programação dentro de estabelecimentos educacionais em parceria com escolas tradicionais, até a franquia padrão (standard) – que envolve a abertura de unidades de ensino em áreas de alto potencial de consumo e projetos de arquitetura e decoração alinhados aos conceitos da marca. “A ideia é conseguir expandir os horizontes, queremos atingir o grande investidor, mas, também aquele técnico experiente que perdeu o posto de trabalho e está em busca de uma recolocação no mercado, mas, sem capital para investir”, comenta Rodrigo Santos, fundador da Happy Code.

Entre as unidades já inauguradas estão: Campinas (SP), Valinhos (SP), Alphaville - Barueri (SP), Perdizes – São Paulo (SP), Sorocaba (SP), Piracicaba (SP), Americana (SP) e Jundiaí (SP) todas no modelo Standard, primeira linha da franquia. Dentro deste mesmo formato já estão em fase de implementação: Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Indaiatuba (SP), Botafogo - Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santana – São Paulo (SP) e Tatuapé – São Paulo (SP). Um total de 15 unidades em apenas um ano de operação, que se somarão, com a implementação dos novos negócios, a mais 30 unidades projetadas para venda neste segundo semestre de 2016.

Conheça os modelos de franquia da Happy Code:


  • Standard, modelo completo destinado a capitais e cidades de regiões metropolitanas de alto poder aquisitivo.
  • Compact, modelo reduzido, com menor custo de ativação e operação para cidades do interior e litoral com mais de 150 mil habitantes.
  • Single, modelo individual, destinado aos franqueados que possuem conhecimento técnico e desejam atuar como professores, oferecendo os cursos da Happy Code dentro dos estabelecimentos de escolas parceiras. Esse modelo foi desenvolvido para cidades do interior com até 150 mil habitantes e não há a necessidade de abertura de unidade física.

Sobre a Happy Code:

Projetada para ser uma escola de vanguarda, empreendedora e global, a Happy Code busca ser reconhecida pela ampliação do acesso ao ensino de programação de computadores e robótica para crianças e adolescentes, com idades entre 5 e 17 anos, de toda a América Latina, formando, desta maneira, cidadãos competentes e comprometidos com o desenvolvimento da ciência, tecnologia e da inovação, contribuindo, assim, para a melhoria da vida em sociedade.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Vendas dos supermercados retraem 2,15% em 2016

APAS acredita em melhora nas vendas nos próximos meses

O faturamento real dos supermercados no Estado de São Paulo (deflacionado pelo IPS/FIPE) no conceito de mesmas lojas – que considera as lojas em operação no tempo mínimo de 12 meses – registrou queda de 2,15%, de janeiro a maio de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. Em maio houve queda de 5,14% nas vendas em relação ao mesmo mês de 2015, e em comparação com abril de 2016 houve retração de 1,58%.

Já no conceito de todas as lojas – que considera todas as lojas criadas no período pesquisado – houve queda de 2,47%, de janeiro a maio de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. Em maio houve queda de 4,91% em relação ao mesmo mês de 2015, e retração de 1,74% em relação a abril.

Conforme explicou o gerente de Economia e Pesquisa da APAS, Rodrigo Mariano, o cenário econômico continua a impactar negativamente as vendas do setor supermercadista ao longo de 2016. “A junção de desemprego elevado, queda na renda e inflação ainda são entraves para o desempenho do consumo das famílias”, disse. Ele ressaltou ainda que o ritmo das vendas apresenta tendência de estabilidade das quedas, o que pode contribuir para uma desaceleração menor ao longo dos próximos meses.
Mariano, da Apas: Expectativa de melhora nos próximos meses
Já o faturamento real dos supermercados no Estado de São Paulo (deflacionado pelo IPCA/IBGE) no acumulado de 2016 em relação ao mesmo período de 2015 apontou ligeira alta de 0,63% no conceito de mesmas lojas. Em maio houve queda de 1,59% em relação ao mesmo mês de 2015 e queda de 1,56% em relação a abril.

No conceito de todas lojas registrou alta de 0,31% de janeiro a maio em relação ao mesmo período de 2015. Em maio houve queda de 1,35% em relação ao mesmo mês de 2015 e retração de 1,72% em relação a abril.

O faturamento nominal dos supermercados no Estado de São Paulo no acumulado de janeiro a maio de 2016, em relação a 2015, teve alta de 10,49% no conceito de mesmas lojas. Em maio a alta foi de 7,58% em relação ao mesmo mês de 2015 e houve ligeira queda de 0,80% em relação a abril. No conceito de todas lojas houve alta de 10,14% de janeiro a maio em relação a 2015. Em maio a alta foi de 7,85% em relação ao mesmo mês de 2015 e houve queda de 0,96% em relação a abril.

O economista comentou que, diante deste quadro de baixo consumo e consequente queda nas vendas, as empresas têm buscado alternativas para enfrentar o momento como, por exemplo, promoções, “Este cenário prejudica a margem do setor, que é inferior a outras atividades econômicas. A junção de redução de vendas com alta dos custos por conta, principalmente, de preços administrados, força o setor a intensificar ações para que a margem não seja afetada de maneira expressiva, contribuindo assim, para a estabilidade do negócio”, explica.

Expectativas

A expectativa para este segundo semestre de 2016 é de um desempenho melhor que 2015, mesmo diante de um cenário econômico instável para o Brasil, segundo Mariano. “A inflação tende a permanecer em alta ao longo do ano, mesmo apresentando redução em relação a 2015, já que não deve atingir novamente os dois dígitos. O emprego e a renda serão pontos de preocupação, já que são variáveis que impactam diretamente no setor supermercadista”, finaliza.

Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.328 associados, que somam mais de 2.830 lojas.

Perfetto lança sorvete de iogurte grego com frutas amarelas

O novo Variatta Double Iogurte Grego chega ao mercado em pote de 1 litro, com qualidade premium e textura inigualável

Dona das combinações mais intensas do segmento de gelados, a Sorvetes Perfetto continua inovando. Após o sucesso de seu sorvete de iogurte com frutas vermelhas, a empresa apresenta uma nova versão de tirar o fôlego: a mesma delícia à base de iogurte grego, agora com calda de frutas amarelas.

Além de ser incrivelmente leve, o Variatta Double Iogurte Grego Frutas Amarelas ainda se destaca pela alta cremosidade e chega ao consumidor com todos os benefícios do iogurte, que corresponde a 40% de sua composição.

Já a sua calda é resultado de uma deliciosa combinação das polpas de pêssego e abacaxi, com suco de laranja e manga, que se misturam ao produto criando uma união perfeita de textura, aromas e sabor.

E tudo isso está disponível em pote de 1 litro, ideal para ser apreciado a dois ou na companhia de quantas pessoas quiser dividir.

A linha Variatta Double, composta por sorvetes em embalagem de 1 litro, ainda conta com os sabores Iogurte Grego Frutas Vermelhas, Bolo de Cenoura com Brigadeiro, Leite Trufado e Morango. Conheça todos em www.perfetto.com.br.

Preço médio sugerido: R$ 10,90.

Sobre a PERFETTO ALIMENTOS S.A.: Conhecida pelo nome fantasia de SORVETES PERFETTO, a empresa atua fortemente no segmento de gelados comestíveis há quase 20 anos. Fundada na cidade de Patrocínio Paulista, nordeste do estado de São Paulo, a PERFETTO conta com capacidade de produção de 100 mil litros de sorvete por dia, além de avançados sistemas de controle de qualidade e logística. A marca já está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal.

www.facebook.com/sorvetesperfetto

Downtown Sunset convida para o melhor da música brasileira

Com entrada franca, evento promete aquecer as noites do inverno carioca


No mês de julho, a Praça Central do Downtown vai receber mais uma edição do Downtown Sunset, evento que reunirá grandes nomes da música brasileira, em apresentações gratuitas, sempre a partir das 19h. No próximo sábado, dia 23, o Tremendão Erasmo Carlos sobe ao palco com seus grandes sucessos, desde a Jovem Guarda. Há mais de 50 anos, Erasmo embala gerações com canções que tornaram-se clássicos da música popular brasileira e alcançou o posto de Gigante Gentil da música brasileira – título reafirmado com o Grammy Latino 2014 de Melhor Álbum de Rock por Gigante Gentil e com sua escolha como Homem do Ano na Música da Revista GQ. Seu mais recente trabalho é o álbum “Meus Lados B”.

Já Evandro Mesquita e sua Blitz se apresentam no dia 30, última noite do evento, e mata as saudades do bom pop rock brasileiro dos anos 80. A banda vai agitar com os hits ‘Weekend’, ‘A dois passos do paraíso’, ‘Sonífera ilha’, ‘Perdidos na selva’ e ‘Você não soube me amar’.

SERVIÇO:

Downtown Sunset
Avenida das Américas, 500 – Praça Central
Dias 23 e 30 de julho, às 19h
Programação
Dia 23/07: Erasmo Carlos
Dia 30/07: Blitz
Entrada Franca
www.downtown.com.br

A banalização da palavra Gourmet

Podcast produzido por Leandro Branquinho - Palestrante de Vendas

Pipoca gourgmet, churros gorumet, cachorro quente gourmet, até pastel gourmet... Parece que cada vez mais, existem novas forma de gourmetização. Algumas coisas realmente fazem a diferença para quem gosta de culinária ou para quem quer apenas experimentar novos sabores. Mas a verdade é que modificar hábitos alimentares não é algo muito fácil. Provavelmente você já percebeu que as paletas mexicanas (que não tem nada de gourmet) já não são tão populares como eram há alguns meses.
Mas tem gente exagerando ao utilizar o termo gourmet após algum tipo de comida.
Se vai entregar uma experiência gourmet, faça algo que realmente seja diferente, não pelos ingredientes mas também pela experiência do consumidor.
Mas existe um risco na gourmetização generalizada. A expressão pode ser utilizada em produtos com ingredientes e preço premium. Mas como tem tanta gente falando que tudo é gourmet, rapidamente a expressão será banalizada como a expressão “promoção”
Em uma rápida passeada pelo comércio de rua, você encontra lojas com cartazes que dizem que a loja está em promoção. Você entra na loja e não tem promoção nenhuma. Ou seja, a palavra “promoção” em um cartaz na frente de uma loja, já quase não faz mais efeito. Daqui a pouco o que não mais fará efeito será a palavra gourmet

Áudio originalmente veiculado no dia 20-07-16 nas seguintes emissoras:
-Rádio Educativa – Três Corações – MG
-ACETC – Portal da Associação Comercial e Empresarial Três Corações - MG
-ACAITP - Portal da Associação Comercial de Três Pontas - MG
-Rádio Cidade – Campos Gerais – MG
-Rádio 98 FM – Ribas do Rio Pardo – MS
-Rádio 95 FM – Currais Novos - RN
-Rádio 730 - Momento Sindilojas - Goiás – GO
-Boletim do Vendedor –Armenius
-Falando de Varejo
http://radiovendas.com.br
http://leandrobranquinho.com.br

d
f

Sindilojas Porto Alegre lança nova marca do Café com Lojistas

Tradicional evento realizado mensalmente pelo Sindicato revitaliza seu logotipo e apresenta uma nova identidade visual


O Sindilojas Porto Alegre lança neste mês a nova identidade visual do Café com Lojistas. A marca do evento, realizado desde 2012 pelo Sindicato, foi revitalizada e apresentada, pela primeira vez, na edição especial que ocorreu durante a Febravar 2016.

O novo logotipo nasce da junção dos pontos essenciais do Café com Lojistas, ambos convivendo de forma equilibrada: um bate papo relevante, na forma de um balão de conversa, e um ambiente descontraído, representado pela xícara de café. A criação conta com formas geométricas simples e o visual "flat" característico tornam a marca moderna e de fácil compreensão.

Sobre o Sindilojas Porto Alegre

Fundado em 1937, o Sindilojas Porto Alegre é o representante legal dos comerciantes de Porto Alegre e Alvorada e reúne aproximadamente 18 mil estabelecimentos nas duas cidades. Além de atuar na representação e defesa da categoria, desenvolve ações que promovem o fortalecimento das empresas. O Sindicato realiza pesquisas no setor, qualificação profissional e oferece uma série de serviços voltados aos lojistas.

Brasil se destaca no mercado mundial de joias

Estima-se que as vendas anuais do setor chegarão a US$ 250 bilhões/ano até 2020

O segmento de joias, semijoias e bijuterias ganha espaço no cenário mundial a cada ano. Foram US$ 148 bilhões em vendas em 2014, que revelam um setor cada vez mais aquecido. A expectativa é que haja um crescimento de até 6% nos próximos anos. Estima-se que as vendas anuais do setor chegarão a US$250 bilhões/ano até 2020, segundo relatório da McKinsey Global Institute.

O mercado de semijoias se mostra confiante na expansão da produção, são cerca de três mil empresas do segmento em atividade no país, que faturam aproximadamente R$ 600 milhões.

Sabrina Nunes, da Francisca Jóias
“Nossa meta é crescer 10% ao mês, já estamos no segundo ano consecutivo ultrapassando essa meta. O sucesso da Francisca Joias está relacionado ao atendimento personalizado, mandamos o produto em uma caixa da loja com fragrância exclusiva e um bilhete carinhoso”, afirma a CEO da Francisca Joias, maior e-commerce de semijoias do País, Sabrina Nunes.

Grande parte do sucesso do setor no Brasil é dada devido à criatividade de designers e fabricantes na mistura de materiais diversos. “Além das peças exclusivas e o design único, o e-commerce possui um ótimo relacionamento com suas clientes, criando uma ótima experiência de compra”, destaca Nunes.

A demanda dos consumidores por novas matérias-primas também tem aumentado, e peças feitas em titânio, paládio e aço inox estão entre as mais requisitas. Já do total de exportações dos produtos folheados brasileiros, 70% são para países importantes no cenário mundial de joias, como Estados Unidos, Alemanha e Canadá.

Sobre a Francisca Joias Contemporâneas

A Francisca Joias é o maior e-commerce de semijoias do Brasil, com cerca de 3 mil peças à venda. A empresa nasceu do desafio de levar produtos de qualidade com preço acessível e serviços diferenciados para mulheres que buscam uma loja virtual diferenciada desde produtos até atendimento. A marca inovadora que comercializa acessórios online é especializada em brincos, anéis, pulseiras e colares, com design arrojado. A marca segue as principais tendências da moda. O objetivo da marca é encantar e deixar as mulheres não só mais bonitas, mas acima de tudo felizes!

Trend Me: Uma Olhada no Futuro do Varejo

Em sua primeira edição, um evento irá apresentar o futuro do varejo baseado em estudo.


Se você soubesse como seria o amanhã, o que faria de diferente de hoje? Prever o futuro é impossível, mas especialistas de varejo se reuniram para fazer uma análise técnica de tendências num evento que apresentará cenários de negócios entre 2017 e 2020. Prever e entender o futuro do varejo e do consumo é o objetivo deste evento que acontecerá no final de setembro e começo de outubro em três cidades brasileiras: Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. O nome do evento, TrendMe, já representa a proposta de analisar as tendências para os participantes numa compactação das palavras em inglês Trend (tendência) e Me (eu). “Recebemos tanta informação no dia a dia, vamos a tantos eventos, acompanhamos muitas novidades, ouvimos opiniões divergentes, que a percepção dos especialistas nos dizendo quais são as verdadeiras tendências de uma só vez e de forma resumida, nos ajudaria muito. Por isso criamos o TrendMe” conta Sérgio Barbi, Diretor Executivo da empresa de consultoria Dexi Marketing, organizadora do evento.

O conteúdo do evento foi construído ao redor de um estudo realizado pela Dexi Marketing, no Brasil e no exterior, entre janeiro de 2015 e junho de 2016. O evento apresenta 15 tendências que irão alterar a forma como os negócios são feitos, a mudança é o foco do evento. “Nosso objetivo era identificar as principais tendências do varejo e comportamento de compra do consumidor. Foram 18 meses de trabalho e o estudo nos deu uma visão muito ampla e bem completa das tendências do varejo de moda, alimentação, tecnologia, saúde, experiência e diversos outros assuntos”, complementa Sérgio Barbi. A análise do estudo, opiniões e as apresentações caberão a especialistas conhecidos do setor como Alejandro Padron (IBM), Ana Nubié (Moma), Caio Camargo (Falando de Varejo), Ricardo Guinâncio (O Negócio do Varejo) entre outros, inclusive executivos da Dexi que construíram o estudo.

O evento é direcionado para varejistas, franquias e a indústria de bens de consumo. As turmas são pequenas, entre 40 e 80 pessoas cada.

  • 27.09.16 Curitiba PR - Hotel Bourbon, Rua Cândido Lopes 102 no Centro
  • 29.09.16 São Paulo SP - Bourbon Convention Ibirapuera, Av. Ibirapuera 2927 em Moema
  • 05.10.16 Rio de Janeiro RJ - Hotel Golden Tulip Regente, Av. Atlântica 3716 em Copacabana

Informações detalhadas sobre o evento, conteúdo, palestrantes e inscrições online estão disponíveis no website do evento: www.trendme.com.br.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Vendas para o Dia dos Pais devem ficar abaixo do registrado no ano passado

Expectativa da ACIC é de um movimento 2,11% menor do que no mesmo período do ano passado


As vendas para o Dia dos Pais no comércio varejista de Campinas devem sofrer uma queda de 2,11% em comparação com o mesmo período do ano passado, Segundo estimativas do Departamento de Economia da ACIC.

O faturamento em vendas deve ser de R$ 125,2 milhões na data, ante R$ 127,9 milhões no mesmo período de 2015.

O volume de contratações também deve ser menor, totalizando 4,91% a menos de contratos em relação ao mesmo período do ano passado.

Na Região Metropolitana de Campinas os índices seguem negativos, com queda de 2,37% no faturamento.

O valor médio dos presentes nesse ano será igual ao do ano passado e ficará em R$ 105,00. Os presentes mais procurados serão nos setores de vestuário, calçados, gravatas e camisas, seguido por eletroeletrônicos, celulares, barbeadores e notebooks. Por último, perfumaria, produtos de toucador e relógios.

Terceira idade é alternativa para segmentação no varejo

O envelhecimento da população e o perfil de consumo desta faixa etária podem estimular novos empreendedores. Confira as dicas do Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae


O aumento da expectativa de vida do brasileiro - que em 2014 era de 75,2 anos - fará com que, em pouco mais de três décadas, uma a cada três pessoas no país estará na terceira idade (acima de 65 anos). Este cenário vai exigir de alguns segmentos - como o varejo - atenção especial para entender (e atender) as necessidades de um consumidor cada vez mais exigente e com bom poder de compra. O Relatório do Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae, "Mercado varejista para a terceira idade", apresenta dicas e cases de sucesso de micro e pequenas empresas que hoje são referência na oferta de produtos e serviços a estes consumidores.

De acordo com o estudo global “A Melhor Idade”, desenvolvido pela empresa de pesquisa Nielsen, as principais preocupações da terceira idade no Brasil estão ligadas à saúde física (57%) e mental (51%), bem como a uma velhice ativa e sociável (37%). Quase metade dos entrevistados (45%) revelam que sentem dificuldades para encontrar produtos adequados às suas necessidades, e essa dificuldade é mais sentida pelos idosos na faixa de 70 a 75 anos.

Entre as necessidades e principais buscas dos idosos no mercado estão:


  • Atenção personalizada: os idosos formam um público com necessidade de atenção um pouco maior em relação aos adultos em geral, pois, em uma loja, por exemplo, terão mais dificuldade de alcançar algum produto que esteja em balcão muito alto ou empilhado, e uma ajuda de um atendente será essencial para o cliente realizar sua decisão de compra.
  • Qualidade e fidelização de marca: a terceira idade representa pessoas que já não buscam poupanças e investimentos de médio e longo prazo, e valorizam o consumo e a qualidade de vida. Além disso, não querem pesquisar e mudar os hábitos de consumo regularmente - o que procuram são marcas para se tornar fiéis na compra
  • Valorização da comodidade: estabelecimentos próximos a residência, que realizam entregas e disponibilizam representantes para apresentar seus produtos em casa são diferenciais valorizados pelos idosos, que estão dispostos a pagar mais por serviços que promovam sua comodidade.


Um exemplo de empresa que é referência no atendimento à terceira idade é a Mais 60, localizada em Belo Horizonte (MG). Com um investimento de aproximadamente R$ 150 mil, as enfermeiras Ana Mello e Mariana Mello abriram em 2014 a loja especializada em produtos para a saúde e o conforto do idoso, oferecendo itens para adaptação da casa e produtos cosméticos de beleza. Com um ano e meio de funcionamento, a loja já crescia 30%, com tíquete médio de R$ 300 por compra. Para complementar as vendas, as empresárias abriram uma loja virtual, e planejam oferecer cuidadores em domicílio, além de uma grife de roupas para seu público.

Para os empreendedores do varejo que se interessaram em se especializar no atendimento à terceira idade, o SIS/Sebrae recomenda as seguintes ações:


  • Conheça o conteúdo exclusivo online Como montar uma empresa de prestação de serviços para idosos, que abordando pontos importantes como mercado, localização e investimento.
  • Dentro do seu negócio, observe quais produtos podem ser oferecidos a esse público. Adapte propaganda, embalagem e detalhes do produto para a venda. A empresa pode focar nesse perfil ou obter uma estratégia de diversificação, com produtos para diversos consumidores diferentes
  • Conheça seu público, e defina qual faixa etária da terceira idade a empresa deseja focar. Isso porque há diferença entre pessoas de 60 a 65 anos, e de 80 a 85. Procure diferenciar seu produto com base nisso.
  • Bom atendimento para esse mercado é primordial. Treine sua equipe e procure manter as pessoas motivadas para atender bem seus clientes.

Habib's realiza oficina de culinária para crianças em restaurantes da Grande São Paulo

As oficinas ‘Minichefe’ acontecem no sábado, dia 30/07, às 15h, nas unidades Itaquaquecetuba I, Cotia, Itapevi, Guarapiranga, Yervant, Anchieta e Grajaú

No finalzinho das férias, o Habib’s mantém o alto astral da garotada com uma deliciosa receita de diversão. No sábado, dia 30 de julho, às 15 horas, a Rede reservou um momento especial, em sete de suas unidades, instaladas na Grande São Paulo, para ensinar aos pequenos alguns truques de seu cardápio. As oficinas de culinária Minichefe do Habib’s acontecem nos restaurantes de Itaququecetuba I, Cotia, Itapevi, Guarapiranga, Yervant, Anchieta e Grajaú.

São 30 vagas por curso e, para colocar a mão na massa, é preciso ter entre 7 e 13 anos e se inscrever com antecedência. Durante as oficinas, os chefes de cozinha e seus auxiliares vão ensinar alguns dos segredos do Gênio. No curso, a garotada poderá preparar e degustar a grande estrela da Rede: a Bib’sfiha.

As aulas são realizadas no salão de festa de cada restaurante. As crianças manuseiam e recheiam as massas e aprendem importantes lições de higiene e limpeza das mãos para o contato com os alimentos. Na sequencia, seguem até a cozinha para um tour e, também, para acompanhar a finalização das Bib’sfihas, com o chefe colocando cada produto produzido no forno.

A atração leva cerca de 1 hora. As inscrições podem ser feitas, pessoalmente, nas unidades onde acontecem as oficinas.

Minichefe Habib’s
Data – sábado, 30/07
Horário – 15 horas
Locais:
Itaquaquecetuba I – Estrada de Santa Isabel, 3055 – Jardim Nova Itaqua – Itaquaquecetuba – SP
Cotia – Estrada Velha da Estação, 40 – Jardim Dinorah – Cotia – SP
Itapevi – Avenida Rubens Caramez, 653 – Jardim Jurema – Itapevi – SP
Guarapiranga – Avenida Atlântica, 3345 – Interlagos – São Paulo – SP
Yervant – Avenida Yervant Kissajikian, 1969 – Americanópolis – São Paulo – SP
Anchieta – Avenida Padre Anchieta, 21 – Jordanópolis – São Bernardo do Campo - SP
Grajaú – Avenida Belmira Marim, 111 – Parque Brasil – São Paulo – SP

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Hoooray! 5 milhões de visitantes! Obrigado!



Olá amigos do varejo!
No mês que completamos 8 anos de Falando de Varejo, o site atinge a marca de 5 milhões de visitantes!
Isso mesmo! 5.000.000 de visitantes!!!!

Muito obrigado!


Caio Camargo
Editor
Falando de Varejo

Shopping Spazio Ouro Verde abre oportunidade para lojista testar negócio

"Prove sua loja” oferece novas oportunidades de investimento a valores reduzidos


O Shopping Spazio Ouro Verde acaba de lançar o projeto “Prove sua loja” com o objetivo de incentivar pequenos e médios lojistas que desejam atuar em shopping center e àqueles que almejam expandir negócios na região do Ouro Verde. A nova proposta oferece a oportunidade de investir em uma loja no centro de compras com contratos e valores baixos de investimento.

Com fluxo mensal acima de 120 mil pessoas e público das classes B e C, o único shopping da região do Ouro Verde traz para Campinas um projeto inédito com contratos que permitem o “test-driver” da loja em um intervalo de 20 a 30 dias.

A lojista e estreante do projeto, Renata Reis, comenta os benefícios desta nova proposta e destaca as expectativas de vendas para os 20 dias acordados. “O projeto é muito interessante, pois através dele podemos identificar a viabilidade do negócio, além é claro, da experiência e desafios de superar as expectativas em tão pouco tempo.”, destaca Reis.

O Superintendente do Shopping Spazio Ouro Verde, Giancarlo Johann, enfatiza a chance do empresário em testar e experimentar um novo negócio em um shopping center com um investimento inferior aos contratos tradicionais. “Optamos por apresentar ao mercado uma nova oportunidade de negócio de modo que o comerciante possa degustar do ponto comercial, personalizar a loja conforme a identidade visual e posteriormente firmar novos contratos.”, afirma Johann.

NorteShopping recebe Playground da Peppa Pig

A mais nova atração está pronta para o lançamento no dia 18 de julho e vai trazer aventura e diversão para todas as famílias


Os fãs da porquinha mais popular do mundo podem se surpreender a partir do dia 18 de julho, quando o NorteShopping recebe o Playground da Peppa Pig. O evento tem o objetivo de ser uma experiência divertida e única para as famílias aproveitarem com seus filhos. O Playground da Peppa Pig estará em cartaz até o dia 21 de agosto, durante o horário de funcionamento do shopping.

Localizado na praça de eventos, no primeiro piso, o espaço tem 177m2 de área, com decoração e tema desenhados para estimular a coordenação motora e interação com objetos e outras crianças. No espaço, as crianças podem tirar muitas fotos e aproveitar o cenário com características do desenho animado premiado.

Os pequeninos podem se divertir na Casa da Peppa, no balanço do Lago dos Patos, na poça de lama do Trampolim e no escorregador da Casa da Árvore, gratuitamente. O simulador do Barco do Vovô Pig também faz parte da brincadeira e custa R$10. Nele, durante aproximadamente cinco minutos, a garotada é surpreendida com chuva, vento e movimentos do barco.

Encontro com a porquinha mais querida do universo infantil

No NorteShopping as crianças também ficarão encantadas para conhecer a personagem oficial de Peppa Pig, e seu irmão, George Pig, e poderão aproveitar a oportunidade do encontro para tirar uma foto. Os personagens estarão disponíveis entre os dias 20 e 25 de julho, em uma loja no primeiro piso do empreendimento, localizada em frente à Ri Happy. Na quarta (20), quinta (21) e segunda (25) o horário será das 17h às 20h; e sexta (22), sábado (23) e domingo (24), das 14h às 20h, com intervalos a cada 30 minutos em todos os dias de encontro.

Parceria entre BRMALLS e Peppa Pig

A BRMALLS, a maior empresa de shoppings no país e administradora do NorteShopping, assinou uma parceria de licenciamento da personagem Peppa Pig nos shoppings brasileiros no início de 2015. São dois formatos de projeto, inspirados na série do desenho animado, que viajam para vários shoppings no país, afirmando o compromisso da empresa em se tornar a melhor opção de entretenimento na indústria dos shoppings centers do Brasil.

Serviço
Playground da Peppa Pig no NorteShopping
De 18 de julho a 21 de agosto
Durante horário de funcionamento do shopping
O evento tem uma parte paga e demais gratuitas
Valor do ticket para a área paga: R$ 10,00 (durante aproximadamente cinco minutos)
Faixa etária: de 0 a 12 anos de idade
O NorteShopping está localizado na Av. Dom Hélder Câmara, 5474 – Cachambi. Outras informações pelo telefone (21) 3315-4300 ou na fan pagewww.facebook.com/norteshoppingrj

Pet&Play reúne complexo de atividades para cães no Shopping ABC

Prainha com banho, Sala e Piscina de bolinhas, Pula Pula, Agility, Foto Cão Fantasia, Espaço Festa e Feira de Adoção estão entre as atrações


Entre 21 de julho e 14 de agosto, os “cãovisitantes” do Shopping ABC terão uma atração inédita na região do ABC e cuidadosamente projetada para eles, na qual os “donos de estimação” é que são os convidados: a Pet&Play. Localizado no estacionamento G2 do empreendimento, em um espaço de cerca de 500m², o evento de acesso gratuito apresenta várias atividades exclusivamente caninas.

Uma área de brincadeiras formada por quatro atrações divertidas pode ser visitada por 35 pets ao mesmo tempo por cerca de 20 minutos, pelo valor de R$25, sendo que os donos têm entrada gratuita e presença obrigatória. A primeira atração é a Sala de Bolinhas, na qual cerca de 30 bolinhas caem de um compartimento para que os cães possam brincar. Em seguida, há uma Piscina de Bolinhas para cães de pequeno e grande porte. Já no Pula Pula, é a vez do pet se divertir sozinho com muita adrenalina, e se precisar de ajuda, os profissionais estarão por perto. Para os mais aventureiros, o Agility é o espaço ideal, pois conta com vários elementos recreativos como escorregadores, obstáculos em formato de rodas, gangorra, slalom e túnel.

Se o cãozinho não quiser participar do circuito, os donos podem levá-los para vivenciar momentos de celebridade. Na Foto Cão Fantasia, que será realizada pela fotógrafa especializada em cliques caninos, Ana Paula Amaral, os pets posam com acessórios com seus amigões humanos para uma foto que será impressa na hora e custa R$20. A profissional estará presente no evento de quinta a sexta, das 14h às 22h e sábado e domingo das 12h às 20h. Para os donos que quiserem comemorar o aniversário do amigão em grande estilo, o Espaço Festa estará pronto para mostrar o que há de mais novo na área, e ainda, ter um Meet&Greet com os pets celebridades.

Os cães também podem se divertir por 25 minutos na Prainha com Banho, uma área de 25m² com areia e uma piscina de 4 mil litros de água, com boias disponíveis para os pets menores. Depois da farra, os pets seguem para a operação banho a partir de R$45 (para cachorros de pequeno porte). A atração suporta cinco participantes ao mesmo tempo.

Todas as atrações serão monitoradas por adestradores e cinotécnicos da Brazilian Canine, que também farão uma apresentação de comandos básicos na Pet&Play aos sábados e domingos, às 15h.

Já a Padaria Pet, famosa por suas comidinhas diferenciadas e saudáveis, também estará no evento Pet&Play com petiscos gourmet próprios para bichinhos de estimação, como sorvetes, tiras de carne, bolos e brigadeiros. Haverá ainda uma loja que oferecerá produtos diferenciados e personalizados, como roupinhas e coleiras para presentear o amigão.

A Pet&Play contará com espaço para obras voltadas à arte pet e terá peças da Pet Art Gallery, da Pet Art Crew, com artistas reconhecidos como Fábio Polesi, e ainda o público pode conferir live paintings aos sábados no evento.

Para fechar a atração, não poderia faltar a Feira de Adoção que contará com apoio da ONG Clube dos Vira-Latas. O espaço pretende receber mais de 80 cães por semana e o atendimento para triagem e cadastro de adoção será feito no próprio local pela ONG responsável. Todos os pets saem castrados, vacinados e vermifugados. Parte da bilheteria da Pet&Play será revertida para a ONG Patas Therapeutas.

Além disso, o Shopping ABC é pet-friendly e a entrada dos pets é permitida na sua área interna, incluindo locais como a varanda do Bar do Alemão e nas mesas do comodato do Café do Loft, Café do Ponto, Kopenhagen, Casa Bauducco, Starbucks, Rossini, Gelateria Parmalat, Canela Café, Cristallo, Vida Doce e Temakaria.

Serviço:

Pet&Play – ABC
Data: 21/07 a 14/08.
Local: Estacionamento G2
Horário: quinta, sexta e sábado, das 12h às 22h/ domingo das 12h às 20h
www.peteplay.com.br

Shopping ABC
Endereço: Av. Pereira Barreto, 42 – Santo André.
Telefone: 3437-7222
www.shoppingabc.com.br

Varejo: Marca americana de calçados abre loja para os jogos no Rio

Skechers, marca americana líder em calçados, inaugura uma pop-up store no Rio de Janeiro para atender brasileiros e estrangeiros que estiverem no Brasil para os jogos olímpicos.


A SKECHERS do Brasil Calçados anuncia a abertura de sua décima terceira loja exclusiva no Brasil, uma pop-up store no Via Parque Shopping, Barra da Tijuca, local que irá concentrar boa parte da população que vai para os jogos olímpicos em agosto, que ficará aberta até setembro desse ano.

A Skechers é considerada uma das líderes no segmento de calçados no mercado mundial, tendo ganhado vários prêmios de design, inovação e tecnologias em seus tênis esportivos e de performance para corrida. Atualmente é líder em calçados infantis e segunda maior marca de calçados nos EUA. Seu crescimento no mercado global é de cerca de 30% ao ano, porcentagem que se repete no Brasil.

Completando seu 24º ano de existência, a marca americana vem experimentando um crescimento rápido no Brasil e no mundo, com mais de 1000 lojas exclusivas, entre sistemas de licenciadas, franquiadas e próprias. “A Skechers traz linhas que agradam a todos - crianças, jovens, adultos e atletas, com tênis de corrida com materiais e tecnologias inovadoras”, afirma Camila Villas, retail manager no Brasil. “Acreditamos que o planejamento e o diferencial tecnológico dos nossos tênis são os fatores que impulsionam o crescimento da marca no Brasil e no mundo, tendo ultrapassado grandes marcas consolidadas e atingindo a segunda posição no market share no mercado americano esse ano”, diz Andrew Schmitt, country manager da Skechers Brasil. “A abertura dessa loja temporária no Rio, em momento em que o mundo olha para o país, consolida ainda mais a Skechers como uma marca esportiva e preocupada em desenvolver produtos de qualidade e tecnologia”.

A Skechers possui ainda lojas em Barueri, Brasília, Campinas, Cuiabá, Fortaleza, Manaus, Natal, Recife, Ribeirão Preto.

Serviços:
Local: Via Parque Shopping
Av: Ayrton Senna, 3000 – Barra da Tijuca - CEP: 22775-005
Localização do quiosque: 2º andar (em frente ao Itaú)

Sobre a SKECHERS

A SKECHERS, com sede em Manhattan Beach, Califórnia, projeta, desenvolve e comercializa uma gama diversificada de calçados de lifestyle masculinos, femininos e infantis, bem como tênis de performance para homens e mulheres. Os calçados da SKECHERS estão disponíveis no Brasil e em mais de 140 países e territórios pelo globo via lojas de departamento e lojas especializadas, mais de 1000 lojas SKECHERS e no e-commerce. Para mais informações visite o site www.skechers.com.br e siga-os no Facebook (facebook.com/SKECHERS), no Twitter (@skechersbrasil) e no Instagram (@skechersbrasil).

Shopping Light abre o Rooftop para eventos e festas

Shopping tombado pelo patrimônio histórico, localizado no centro de São Paulo, estará aberto para festas e eventos, com área útil de 2.458m², com instalações preservadas da década de 20.


A partir deste mês São Paulo terá mais um espaço para festas e eventos. O Shopping Light - edifício no centro de São Paulo, tombado pelo patrimônio histórico -, abre o rooftop para locação como mais uma opção de lazer, arte e cultura na cidade. Com vista privilegiada para o marco zero da capital paulista, como Vale do Anhangabaú, Theatro Municipal e Viaduto do Chá, o rooftop possui 2.458m² de área útil.

Para esta novidade, o empreendimento restaurou o local e investiu na adequação do espaço. “Nossa maior preocupação é a conservação de nossa fachada e todas as dependências tombadas pelo patrimônio histórico. Os convidados que visitarem o espaço terão o privilégio de conhecer instalações preservadas da década de 20. Um exemplo é o piso em taco que foi completamente recuperado e que nos conecta diretamente com o passado. Queremos que o espaço seja mais um ponto turístico na cidade”, conta Edelcio Cazelato, superintendente do Shopping Light.

A nova área de eventos contribui para reacender a vida noturna do centro. “Queremos enaltecer o centro, como já fizemos com a iluminação de nosso empreendimento que foi pensada para trazer mais beleza e luz para a localidade. A partir das 18h, o Light ganha uma iluminação de cores variadas, diariamente”, completa Robson Soares, Gerente de Operações do empreendimento.

A previsão é que ocorram 25 eventos até o final deste ano. O Shopping Light fica na Rua Coronel Xavier de Toledo, 23 – centro – São Paulo. Mais informações www.shoppinglight.com.br

Sobre o Shopping Light

O Shopping Light está localizado no antigo prédio da Light, tombado pelo Patrimônio Histórico. O edifício foi inaugurado em 1929 e, hoje, é o maior centro de compras do coração de São Paulo. O Shopping Light possui um atraente mix de lojas, com marcas renomadas, como Nike Factory, Lacoste Outlet e Lojas Renner. Além disso, há uma completa praça de alimentação com diversas opções de fast-food e restaurantes, além de 250 vagas de estacionamento, próximo ao Metrô Anhangabaú e Terminal Bandeira, com total conforto para compras e lazer. O endereço do empreendimento é Rua Coronel Xavier de Toledo, 23 – centro – SP/SP.

Apenas três em cada dez brasileiros são consumidores conscientes, mostra SPC Brasil

Indicador abrange práticas financeiras, ambientais e sociais. Em meio à crise econômica, consumidor contem despesas e evita compras não planejadas

Com o objetivo de acompanhar as mudanças nos hábitos de compra e outras ações cotidianas e também compreender se os brasileiros caminham em direção ao consumo sustentável, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), calcularam pelo segundo ano consecutivo o Indicador de Consumo Consciente (ICC), que atingiu 72,7%, permanecendo estável em relação a 2015, quando estava em 69,3%. O ICC pode variar de 0% a 100%: quanto maior o índice, maior é o nível de consumo consciente. Em uma escala de 1 a 10, os entrevistados dão nota média de 8,9 para a importância do tema consumo consciente, mas apenas três em cada dez brasileiros (32,0%) podem ser considerados consumidores conscientes de fato – um aumento de 10,2 pontos percentuais em relação a 2015, quando esse percentual era de 21,8%.

Apesar de ter apresentado melhora, o aumento do indicador foi discreto em relação a 2015. “O consumidor brasileiro ainda possui desempenho abaixo do que é considerado ideal, representando um consumidor em transição. Assim como em 2015, os entrevistados associam mais frequentemente o consumo consciente com atitudes relacionadas apenas a aspectos financeiros, ficando em um segundo plano as esferas ambientais e sociais”, explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. O principal benefício percebido pelos entrevistados continua a ser o de economizar e fazer o dinheiro render mais (37,1%), prevalecendo a dimensão financeira do consumo consciente.


O estudo do SPC Brasil segmentou os consumidores em três categorias, de acordo com a intensidade da prática dos comportamentos considerados adequados: ‘consumidores conscientes’ – que apresentam frequência de atitudes corretas acima de 80% - ‘consumidores em transição’, cuja frequência varia entre 60% e 80% de atitudes adequadas e ‘consumidores nada ou pouco conscientes’, quando a incidência de comportamentos apropriados não atinge 60%.

Para elaborar o indicador, foi realizada uma pesquisa com uma série de perguntas para investigar os hábitos, atitudes e comportamentos que fazem parte da rotina dos brasileiros. Estas questões permearam as três dimensões que compõem o conceito de consumo consciente, e todas elas obtiveram resultados abaixo do desempenho ideal de 80%: práticas ambientais (72,5%), práticas financeiras (73,8%) e práticas sociais (70,6%). Apesar de apresentarem pequenos aumentos quando comparados a 2015, apenas a diferença percentual no subindicador relacionado às finanças é estatisticamente superior.



Antes de fazer novas compras, 90% avaliam o impacto no orçamento

O subindicador de Práticas Financeiras foi o único a apresentar um crescimento significativo, de 5,8 pontos percentuais em relação a 2015, ficando em 73,8% em 2016 ante 68,0% no ano passado. Este crescimento está possivelmente associado não a uma maior consciência dos consumidores, mas a restrições financeiras e receio do futuro, gerados pela crise econômica que o país atravessa.

“À primeira vista, este poderia ser um sinal de que o brasileiro está caminhando em direção a hábitos de consumo mais racionais, mas não se pode deixar de relacionar esses dados ao contexto econômico recessivo atual do país. O crescimento dos níveis de desemprego, inflação alta e as incertezas em relação ao futuro do país fazem com que o consumidor adote uma postura mais precavida em relação a suas finanças”, afirma Kawauti. Para a economista, por um lado o consumidor age com maior cautela nas compras e toma mais atitudes para economizar, no sentido de fazer seu orçamento render mais; por outro, ele parece mais pressionado a resistir às compras sem planejamento, pois entende que esse comportamento se torna ainda mais arriscado em tempos de crise.

O subindicador de práticas financeiras observa a habilidade do entrevistado para lidar com os apelos do consumismo e a capacidade de gerenciar as próprias finanças sem fazer dívidas ou comprometer o orçamento. Entre as 18 atitudes investigadas, 11 apresentaram crescimento significativo em 2016, quando comparado ao ano passado, sendo as mais praticadas a avaliação do impacto de compras no orçamento antes de realizá-las (90,2%), não ter vontade de fazer compras por ver os amigos com coisas novas que estão na moda (87,7%), sempre pesquisar preços (86,9%), priorizar a qualidade dos produtos e não as marcas (86,6%) e preferir consertar um produto que ainda pode ser utilizado a comprar um novo (86,0%, 80,9% em 2015).

Frear o impulso de realizar compras desnecessárias também tem sido um hábito comum do consumidor brasileiro: 82,9% garantem que geralmente quando sentem vontade de comprar um produto perguntam a si mesmos se realmente precisam e, caso contrário, preferem não comprar (contra 75,3% em 2015).

As atividades menos praticadas pelos entrevistados são: alugar ou pegar emprestado produtos que usa com pouca frequência em vez de comprar um novo (43,2%) e não arrepender de compras desnecessárias feitas (21,4%).

Prática ambiental mais adotada é doar produtos ao invés de jogar fora

O subindicador de práticas ambientais, relacionadas às preocupações e cuidados com o meio ambiente e consumo de água e luz, tem como objetivo investigar a disposição do consumidor para minimizar o impacto de suas ações e agir de modo a não causar danos ao meio ambiente, utilizando de forma racional os recursos que tem a seu dispor. Em 2016, o subindicador atingiu 72,5%, sem alteração estatística em relação a 2015 (71,7%).

Entre as atitudes mais praticadas estão a de doar ou trocar produtos que não precisa mais antes de jogar fora (87,1%), não usar carro para ir a qualquer lugar (76,3%) e evitar imprimir papeis para evitar gastos e cuidar do meio ambiente (75,6%). A preferência pelo álcool em detrimento da gasolina, além de ser a prática menos frequente, foi a única a apresentar queda significativa – de 41,4% em 2015 para 32,6% em 2016.

Em relação às práticas que abordam o uso da água, a maioria apresentou crescimento significativo na variação anual, sendo as mais adotadas fechar a torneira enquanto escova os dentes (94,3%, contra 90,4% em 2015), ensaboar a louça com a torneira da pia fechada (89,1%, ante 79,1%), controlar o valor mensal da conta visando economizar (88,4%, ante 81,2%). Por outro lado, algumas práticas ainda encontram resistência, como ligar a máquina de lavar com a capacidade máxima (42,8%), fechar a torneira do chuveiro enquanto se ensaboa durante o banho (61,5%) e não lavar o carro com mangueira ou em lava a jatos (67,2%).

Já as práticas adequadas em relação ao uso de energia elétrica, as mais adotadas são apagar as luzes de ambientes não utilizados (96,2%), controlar o valor da conta mensalmente para economizar (crescimento de 5,5% em 2016 chegando ao patamar de 89,2%) e ter a maioria das lâmpadas na residência fluorescentes (87,9%). Já a menos adotada é tirar da tomada os eletrônicos que não estão sendo utilizados (54,9%).

Apenas 47% recusam a compra de produtos falsificados

O subindicador de práticas de engajamento social analisa a disposição do consumidor para pensar coletivamente, medindo as consequências de suas ações na sociedade, bem como a capacidade para incentivar os outros a também consumir de maneira responsável. Em 2016, o subindicador foi calculado em 70,6%, também sem alteração estatística em relação a 2015 (68,1%).

As práticas sociais mais adotadas são: incentivar as pessoas da casa a economizarem água e luz (90,9%), preferir passar o tempo livre com família e amigos a fazer compras (85,9%) e apoiar o controle da propaganda (77,4%). Já as práticas menos adotadas são relacionadas à compra de produtos falsificados: 47,3% afirmam que não compram esses itens mesmo se o preço for muito atrativo, enquanto 59,3% não o fazem porque não querem financiar o crime organizado.

Apenas dois dos nove comportamentos testados na pesquisa tiveram aumento significativo em 2016 em relação a 2015. São eles o incentivo às pessoas da casa a pechincharem nas compras (de 67,8% para 76,5%) e a reutilização de peças de roupas antigas (de 52,6% para 59,9%).

Esquecimento e falta de tempo são principais barreiras

Para os entrevistados pelo SPC Brasil e pela CNDL, o principal motivador para o consumo consciente de água e luz é o não desperdício (35,5%), porém o esquecimento (31,5%) e a falta de tempo (29,8%) são as principais barreiras encontradas pelos consumidores.

De acordo com o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, apesar dos consumidores reconhecerem a importância do consumo consciente e responsável, a grande maioria não vê as práticas sustentáveis como prioridade em seu dia a dia. “Ainda predomina a percepção de que os aspectos financeiros são mais importantes, ficando em segundo plano as implicações ambientais e sociais. É preciso que mais pessoas passem a enxergar o consumo de maneira mais ampla”, analisa Vignoli. “Ser um consumidor consciente é entender que pagar por um produto ou serviço é apenas uma parte da relação de consumo, e que esta ação sempre produz efeitos sociais e ambientais”.

Considerando os tipos de consumidores conscientes, em transição ou nada ou pouco conscientes, percebe-se que não há diferenças entre os grupos com relação ao sexo ou classe social. No entanto, percebe-se que os consumidores conscientes são relativamente mais jovens, com uma média de 38 anos, enquanto a média de idade dos nada ou pouco conscientes é de 45 anos.

Metodologia

O Indicador de Consumo Consciente (ICC) tem como objetivo medir os conhecimentos e níveis de práticas de consumo consciente pelo brasileiro em três esferas: financeira, ambiental e social. Para isso, foram entrevistados 600 consumidores nas 26 capitais mais Distrito Federal com idade igual ou superior a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais. A margem de erro é de no máximo 4,00 pp com margem de confiança de 95%.

Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

O estado deveria regular promoções de vendas?

Promoções para novos clientes devem ser estendidas para clientes antigos. Esta lei foi aprovada no ano passado no Estado de São Paulo. Chega a ser algo absurdo. O Estado ter que intervir porque empresas, principalmente do ramo de telefonia, faziam de tudo para conquistar novos clientes e abandonavam os clientes já conquistados. O motivo disto acontecer é que a maioria dos vendedores destas empresas são premiados apenas para conseguir novos clientes. Ou seja, não se preocupam com a manutenção, com a fidelização. Você sabia que custa muito mais caro, conquistar novos clientes do que manter os clientes atuais? Pois é. Se as empresas cuidassem mais dos clientes que tem, este tipo de lei não seria necessário. É importante sim buscar novos clientes. Mas não se esqueça de cuidar dos clientes atuais. O pós-venda bem feito é o que vai garantir que o seu cliente seja fiel Áudio originalmente veiculado no dia 23-06-16 nas seguintes emissoras: -Rádio Educativa – Três Corações – MG -ACETC – Portal da Associação Comercial e Empresarial Três Corações - MG -ACAITP - Portal da Associação Comercial de Três Pontas - MG -Rádio Cidade – Campos Gerais – MG -Rádio 98 FM – Ribas do Rio Pardo – MS -Rádio 95 FM – Currais Novos - RN -Rádio 730 - Momento Sindilojas - Goiás – GO -Boletim do Vendedor –Armenius -Falando de Varejo http://radiovendas.com.br http://leandrobranquinho.com.br

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Farmarcas chega à loja 500 com projeto ambicioso

A administradora de redes de drogarias Farmarcas atinge, no próximo dia 29 de julho, a expressiva marca de 500 lojas em todo Brasil, com a inauguração de uma nova unidade na cidade de Lages, em Santa Catarina. Esse número se torna ainda mais expressivo, levando em conta que a empresa só está há quatro anos no mercado.

Contudo, mais do que comemorar o número atingido, a atenção agora de sua diretoria é com projeções para o futuro, estabelecendo a meta de atingir 1.000 lojas até o final de 2018.

“Para atingir nossos objetivos, estamos valorizando cada vez mais os proprietários das farmácias que já são associadas às nossas redes. Acreditamos no potencial de empreendedorismo de nossos parceiros e muitos deles estão abrindo novas unidades devido aos ótimos resultados obtidos pelas que já possuem”, conta o diretor geral da Farmarcas, Paulo Roberto Costa.

Costa, da Farmarcas: Projeto de 1000 lojas até 2018
Para se ter ideia, a rede tinha, em junho de 2015, 361 lojas, no decorrer do ano, foram abertas cerca de 139, totalizando, em julho de 2016, 500 lojas. Um crescimento de mais de 38%.

Loja 500 é grande exemplo

A loja que marcará essa conquista representa bem esse arrojado projeto de valorização dos parceiros. A associada da drogaria Ultra Popular, Bruna Zanette Dutra, já possui outras duas unidades da rede em Santa Catarina, nas cidades de São Joaquim e Balneário Camboriú, e tem um planejamento para ampliar esse número para 30 unidades em três anos.

Ela conta que a elaboração de um projeto como esse só se tornou possível graças a toda a estrutura profissional disponibilizada pela Farmarcas, que responde pela gestão da rede Ultra Popular. “Já em nossa primeira farmácia observamos um tratamento diferenciado, podendo destacar sólidas ferramentas de gestão e marketing e políticas claras, com possibilidade de ser um destaque diante do restante do mercado. Não adianta apenas um negócio vender muito, ele precisa ser lucrativo e foi isso que observamos”, acrescenta Bruna.

Foco na gestão

Outro dado impressionante obtido pela Farmarcas é em relação ao faturamento que foi superior a 500 milhões em 2015. Segundo o diretor operacional da Farmarcas, Ângelo Vieira, esse resultado é fruto de um trabalho complexo que é realizado nas empresas que se associam à rede.

“O crescimento do número de farmácias está ligado principalmente ao foco em gestão que oferecemos. Também proporcionamos planejamento da marca, condições comerciais diferenciadas, suporte estratégico e analítico e uma equipe de marketing que desenvolve materiais publicitários para que a loja tenha excelente desempenho na gestão, dentre outros mecanismos que o associado necessite”.

Contudo, um dos grandes diferenciais oferecidos é a possibilidade de praticar preços muito competitivos no mercado. O público que procura as farmácias da Farmarcas quer produtos com custos acessíveis, com qualidade no atendimento e variedade alta de produtos e medicamentos.

“Por meio desse modelo de negócios, unificamos os associados em torno de um forte sentimento de unidade corporativa, ao mesmo tempo em que recuperamos a satisfação e a motivação, criando um espírito de pertencer a um grupo, de fato, vencedor. Isso os motivou a cumprirem e seguirem nossas orientações”, finaliza o Paulo Costa.

Sobre a Farmarcas

A Farmarcas é uma associação criada para administrar agrupamentos farmacêuticos e redes associativistas, tendo como foco a capacitação dos empresários e a excelência na gestão das lojas. Atualmente, fazem parte da empresa as redes Drogarias Ultra Popular, Farmácia Super Popular, Farma100, Entrefarma, Drogarias Maxi Popular, Farmácias BigFort, AC Farma e Megapharma
Na Farmarcas, uma equipe de especialistas dispõe de ferramentas gerenciais exclusivas, desenvolvidas e testadas pela Febrafar (federação que reúne mais de nove mil farmácias independentes em todo o Brasil), e todos possuem o compromisso de orientar, apoiar e servir os associados para que atuem com alta eficiência operacional e se tornem cada vez mais competitivos e prósperos. A equipe trabalha para fazer com que a empresa seja reconhecida como a melhor e mais eficiente na gestão de agrupamentos de farmácias do Brasil.

ABF Franchising Expo mantém tradição de premiar destaques da sustentabilidade e do design

As redes Ambev, 5àsec, Outer.Shoes, Mordidela, Bibi, Óticas Carol, Grupo Astral, am/pm e Jet Oil sagraram-se vencedoras em diferentes prêmios e categorias

A 25ª ABF Franchising Expo, principal feira de franquias nacional, realizada no mês de junho em São Paulo, foi palco de importantes premiações do setor. A novidade este ano foi a entrega pela primeira vez na feira do Prêmio ABF Destaque Franchising Sustentabilidade, cuja primeira versão foi criada em 2005 como promoção do tema e reconhecimento às empresas nele atuantes . Os tradicionais Prêmios ABF Estande Sustentável e ABF RDI Design de Estande também foram entregues durante o evento. Confira os ganhadores de cada uma das premiações.

Prêmio ABF Estande Sustentável

As marcas expositoras Ambev, 5àsec, Outer. Shoes e Mordidela foram as que mais se destacaram por adotarem ações de sustentabilidade durante a 25ª ABF Franchising Expo, sagrando-se vencedoras do 6º Prêmio ABF Estande Sustentável. As redes e as montadoras de seus estandes foram premiadas, respectivamente, nas categorias Mega, Grande, Pequeno e Montagem Básica.

As vencedoras adotaram as boas práticas socioambientais em seus espaços, como redução do consumo de água, energia elétrica e do desperdício de alimentos, reciclabilidade do estande e controle da emissão de gases causadores do efeito estufa. Engajar os fornecedores nas ações de sustentabilidade está entre os principais objetivos da premiação.

Prêmio ABF Destaque Franchising


Novidade lançada pela Associação em 2016, a ABF Franchising Week, que envolveu a feira e mais seis importantes eventos do setor, foi palco da entrega do Prêmio ABF Destaque Franchising Sustentabilidade. Os cases da Bibi Franchising – “Calçado brasileiro não tóxico”, e Óticas Carol – “Pequenos Olhares”, na categoria Sênior, e do Grupo Astral – “AEDESTRÓI” e CEBRAC – EcoCEBRAC, na categoria Máster, foram os premiados.

“Estamos avançando no sentido de tornar o franchising um setor de referência na valorização das práticas sustentáveis e comprovamos, por meio de pesquisas da ABF e pelo acompanhamento do mercado, que as empresas franqueadoras estão investindo em sustentabilidade de forma estratégica”, avaliou Claudio Tieghi, diretor de inteligência de mercado e sustentabilidade da ABF.

A honraria integra o Selo de Excelência em Franchising (SEF) 2016. Nesta edição, concorreram 22 projetos inscritos por 20 redes associadas. A apuração das empresas ganhadoras seguiu o regulamento do SEF, considerando o desempenho da franqueadora nos indicadores: Desempenho Operacional, de Relacionamento, Econômico e Desempenho Global. Essas notas junto à avaliação dos cases é que resultam na premiação Destaque Sustentabilidade. Excepcionalmente neste ano, foram premiados dois projetos de marcas das categorias Sênior e Master. Os cases inscritos na categoria Pleno não atingiram a nota mínima.

Prêmio ABF RDI Design de Estande

A inédita estatueta de Inovação marcou o Prêmio ABF RDI Design de Estande deste ano, que ficou com a marca Outer. Shoes, também contemplada na categoria Pequeno Porte. As ganhadoras na categoria Médio Porte foram as redes am/pm e Jet Oil (Ipiranga), e a Ambev na categoria Grande Porte.

O prêmio é um reconhecimento dos organizadores da feira às redes que se destacam na exposição por utilizarem o design como instrumento de valorização estratégica de suas marcas, por meio da criação de espaços diferenciados. Todas as marcas expositoras concorrem automaticamente à premiação. Um comitê julgador formado por designers do Retaiel Design Institute (RDI) e especialistas da ABF avaliam critérios como originalidade, layout, aplicação de tecnologia, materiais e acabamento, além de comunicação visual, visual merchandising e mobiliário.

Sobre a ABF Franchising Expo

Realizada pela Associação Brasileira de Franchising e organizada pela Informa Exhibitions, a ABF Franchising Expo reunirá, em sua 25ª edição, expositores dos mais diversos segmentos, tais como: alimentação, cosméticos, ensino profissionalizante e idiomas, prestação de serviços, vestuário, decoração, esportes e lazer, acessórios pessoais e calçados, dentre outros. A exposição ocupará os Pavilhões Azul e Branco do Expo Center Norte, na capital paulista. Com o objetivo de facilitar a busca e seleção mais adequada de pontos comerciais pelos investidores, a Feira conta com empresas administradoras de shoppings centers e fornecedores das redes de franquias entre seus expositores. Além da exposição das marcas, a Feira proporciona aos interessados em ingressar no universo das franquias a participação no curso gratuito “Etapas Essenciais para Escolher uma Franquia”, que visa orientar o investidor para a melhor tomada de decisão. Neste ano, pela primeira vez, paralelo a feira, ocorre também a Franchising Week, um conjunto de seminários e palestras que proporcionará uma verdadeira imersão no que há de mais atual e inovador no mercado de franchising. Mais informações no site: www.abfexpo.com.br.

Sobre a ABF

A ABF – Associação Brasileira de Franchising é uma entidade sem fins lucrativos, criada há 29 anos para divulgar, defender e promover o desenvolvimento sustentável, técnico e institucional do modelo de negócio denominado como Franchising/Franquia. Sendo assim, a instituição reúne todas as partes envolvidas na franquia - franqueadores, franqueados, consultores e prestadores de serviços – para garantir e disseminar as melhores práticas da indústria do franchising no Brasil.
Entre as funções desempenhadas pela entidade estão orientar o investidor como pesquisar corretamente uma franquia, indicar leituras especializadas e fornecer dados sobre as empresas franqueadoras no Brasil e no exterior. Para as empresas interessadas em expandir seus negócios por meio do sistema de franquia, a ABF indica quais ações são necessárias para formatar o negócio, assim como relaciona profissionais de consultoria em Franchising para auxiliarem o processo.
Mais informações: www.abf.com.br e www.portaldofranchising.com.br