sábado, 28 de abril de 2018

Fórum Regional do Varejo reúne 2,1 mil pessoas

Grandes nomes compartilharam ideias e experiências sobre o que há de mais novo setor; evento evoluiu e ganhou novo posicionamento para 2019

A sexta edição do Fórum Regional do Varejo (FRV), um dos principais eventos de varejo do país, reuniu ontem, 26, importantes nomes do varejo brasileiro em palestras e painéis que discutiram as principais tendências do varejo mundial adaptadas à realidade brasileira. Realizado pela Associação Comercial de Campinas, Câmara de Dirigentes Lojistas de Campinas (CDL) e o Parque D. Pedro Shopping, o FRV recebeu mais de 2,1 mil pessoas no Expo D. Pedro, 31% a mais do que na edição anterior.

Na programação do evento foram apresentados conteúdos exclusivos por convidados que participaram do maior evento internacional de varejo, o NRF Retail’s Big Show, que acontece anualmente, em Nova York.


O presidente da ACIC, Guilherme Campos Júnior, enfatizou o valor do evento para Campinas e região “Nosso foco foi a relação entre as pessoas, como as equipes devem estar preparadas para atender o novo consumidor, cada vez mais exigente. O mundo que está vindo é desafiador ", comenta.

A vice-presidente da Associação Comercial de Campinas e presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campinas, Adriana Flosi, enfatizou que o objetivo do evento foi alcançado. “Nossa proposta era trazer o máximo possível de pessoas para disseminar conhecimento. Dessa forma, o varejo pode superar os desafios de seguir atrativo para consumidores cada vez mais digitais e atraídos por novas experiências. Essa é nossa missão”, disse.

Segundo o gerente-executivo da Associação Comercial de Campinas, Leandro Diniz, um dos objetivos do Fórum foi destacar o impacto do fator humano nas estratégias de varejo. “Falamos sobre pessoas. Temos hoje consumidores mais exigentes, desejosos de boas experiências nas relações de consumo, seja no ambiente físico ou digital. Por outro lado, temos também os colaboradores que contribuem de maneira mais estratégica para que uma operação de varejo tenha sucesso ou não”, comentou Diniz.

Retail Conference

Essa foi a última edição do Fórum Regional do Varejo. A partir de 2019, o evento assume um novo posicionamento e passa a se chamar Retail Conference. Segundo Diniz, a mudança da marca, ocorreu devido a abrangência do evento. “Percebemos que a qualidade do evento e a curadoria fizeram com que ao longo dessas edições muitos varejistas de outras cidades e estados procurassem no Fórum Regional do Varejo informações estratégicas para melhorarem os seus negócios. Entendemos essa capacidade de apoiar mais varejistas, por isso evoluímos para o Retail Conference”, completou.

Painéis

Com o tema “Um Olhar Estratégico Para o Fator Humano no Varejo” o 6º FRV contou com 4 painéis: Políticas Públicas para o Varejo, Tendências para o Varejo, Fator Humano | Perspectiva Consumidor e Fator Humano | Perspectiva Colaborador, além de palestras especiais.

Na palestra de abertura, o presidente do conselho de administração da Raia Drogasil Antonio Carlos Pipponzi, destacou a importância do bom relacionamento com o cliente para que a venda ocorra. “Você tem que cuidar dos seus clientes, o processo de venda é uma consequência”.

Políticas Públicas para o Varejo

Mediado pelo jornalista da Band Campinas, Rodrigo Salomon, o painel Políticas Públicas para o Varejo foi composto por Guilherme Campos, presidente da ACIC; Adriana Flosi, vice-presidente; Alencar Burti, presidente da Facesp; André Von Zuben, Secretário de Desenvolvimento Econômico do Município de Campinas; e Eduardo Tosta, Coordenador de comércios e serviços da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Eles discutiram de que forma todas as instâncias de poder e seus agentes públicos podem contribuir para a evolução do varejo e do empreendedorismo.

Entre os temas debatidos estiveram a recente vitória da Facesp no estado de São Paulo onde a Assembleia Legislativa aprovou a Lei do AR, além de uma demanda atual do setor econômico no Congresso Nacional, o Cadastro Positivo. Ambos os temas melhoram a relação dos consumidores com o mercado. “Valorizar o consumidor é fundamental para o desenvolvimento do país”, disse Alencar Burti.

Tendências para o varejo

Para abrir o painel Tendências para o Varejo, Maurício Morgado, Professor e Coordenador do GVcev (Centro de Excelência em Varejo - FGV), elencou os principais insights que ele conferiu na NRF Retail’s Big Show, como a importância da tecnologia, para auxiliar e resolver problemas do consumidor. Citou, ainda, o exemplo dos assistentes virtuais cada vez mais presentes em lojas do varejo e o duelo de grandes players que estão apostando em soluções para o varejo.

Outras tendências percebidas pelo professor na NRF é a personalização do produto para o cliente, que pode acontecer tanto no ambiente online, como na loja e a possibilidade de criar experiências de experimentação para o cliente no ambiente físico.

Em seguida, Morgado participou de um painel com a vice-presidente da ACIC, Adriana Flosi; Edson Jr., sales manager da GOOGLE para pequenas e médias empresas; Felipe Dellacqua, Sócio-Diretor da VTEX; Eduardo Flório, gerente de contas da Grendene; e Caio Camargo, sócio-diretor da GS&Up. Eles destacaram ferramentas que apoiam as pequenas e médias empresas.

Fator Humano | Perspectiva Consumidor

O painel seguinte foi mediado pelo gerente executivo da ACIC, Leandro Diniz, que conduziu o debate com Sérgio Perrella, vice-presidente de licenciamento e varejo da NBA; Michelly Campos, gerente de produtos e plataformas da ShopFácil; Fábio Roth, CEO - 5àSec; e Illan Israel, head de Inovação do GPA.

O executivo da ACIC salientou a relevância da geração conhecida como os millennials. “Até 2020 os millennials vão representar mais da metade da força de trabalho global, consequentemente, representarão boa parte do consumo o varejo. É uma geração que fica muito conectada e o varejo deve estar atento a essa geração que busca por experiências físicas e online”.

Em 2017, os marketplaces movimentaram R$ 73,4 bilhões no Brasil, o que representou 20% do faturamento do e-commerce. O tema foi o destaque do debate que apresentou orientações sobre como os varejistas que ainda não utilizam a internet podem iniciar a jornada de vendas pela rede.

Fator Humano | Perspectiva Colaborador

O CEO Unità Faculdade, Marcelo Veras, apresentou o painel Fator Humano | Perspectiva Colaborador que contou com a participação de Marisa Fernandes, diretora de RH do DIAGroup; Charles Schweitzer. head de inovação da Leroy Merlin; Tatiana Tafuri, diretora de pessoas da Bloomin’ Brands; e Fernando Massi, da Orthodontic.

Os palestrantes debateram estratégias e técnicas comportamentais para engajar os colaboradores, garantindo um bom atendimento e a satisfação do cliente e consequente, o aumento das vendas.

O encerramento do evento ficou por conta de Mário Spaniol, fundador e presidente da marca de calçados femininos Carmen Steffens que revelou como tem trabalhado fortemente para transformar a marca brasileira numa grife desejada globalmente.

American Prime Steakhouse faz promoção de costelinha

Clássica receita de ribs integra o cardápio do restaurante do Golden Square Shopping

Conhecido pelos cortes diferenciados e carnes nobres, o American Prime Steakhouse do Golden Square Shopping oferece uma experiência única com um cardápio variado e com receitas com sabor acentuado. Para oferecer ainda mais opções para os clientes do centro de compras, o American Prime lançou a promoção da Baby Back Ribs por R$ 49,90.


O clássico ribs é temperado e grelhado no exclusivo estilo American Prime. A costelinha tem aproximadamente 850 gramas antes do processo de cocção e serve bem duas pessoas. O prato é servido acompanhado de 1 pão da casa, 1 salada Caesar e 1 acompanhamento de livre escolha, como arroz branco ou com brócolis, baked potato, batata frita, country fries, feijão com bacon bits, loaded baked potato e mashed potato. Opções não faltam para todos os gostos. A sugestão da casa é harmonizar a carne com os vinhos Carmenere.

O American Prime fica no Piso L1 do Golden Square Shopping e funciona das 12 às 22 horas, de domingo a quinta-feira, e das 12 às 01h30, sexta, sábado feriados. O Golden fica na Avenida Kennedy, 700, São Bernardo do Campo, São Paulo.

Sobre o Golden Square Shopping

Localizado em São Bernardo do Campo, o shopping está em uma região estratégica, de fácil acesso à rodovia Anchieta, 30 minutos da capital paulista e a uma hora do litoral sul. Muito mais do que um centro de compras completo, o Golden Square Shopping possui um mix de lojas diversificado, que contempla todos os gostos e estilos e oferece opções de lazer e entretenimento.

Em seus 31.000m² de ABL (Área Bruta Locável), o centro de compras administrado pela Ancar Ivanhoe, uma das cinco maiores empreendedoras de shopping do país, conta com o serviço Pet Friendly, onde é permitida a entrada de animais e com 200 lojas com as melhores marcas do varejo nacional e internacional, restaurantes, eventos e a primeira unidade da Fórmula Academia do ABC.

Sobre a Ancar Ivanhoe

Pioneira no setor de shopping centers, a Ancar Ivanhoe é uma das líderes do mercado, com mais de 40 anos de atuação. Sua história teve início na década de 70, quando ingressou na indústria como uma das responsáveis pelo desenvolvimento do segundo shopping construído no Brasil: o Conjunto Nacional Brasília. Em 2006, associou-se à canadense Ivanhoe Cambridge, líder global de serviços imobiliários, e continuou sua trajetória em constante expansão. Após 10 anos dessa parceria de sucesso, a Ancar Ivanhoe tornou-se uma das cinco maiores empreendedoras e administradoras de shopping center do Brasil, presente nas cinco regiões do país, com 23 empreendimentos em seu portfólio, entre shoppings em operação e em desenvolvimento. Para mais informações, acesse www.ancarivanhoe.com.br .

Shoppings da BRMALLS funcionam em horários especiais no feriado de 1º de Maio


Os shoppings administrados pela BRMALLS no Rio de Janeiro funcionarão em horários diferenciados devido ao feriado do Dia do Trabalho, nesta terça. As lojas do Ilha Plaza e Plaza Shopping Niterói funcionarão das 15h às 21h. Já as lojas do NorteShopping, Recreio Shopping e Shopping Tijuca, das 13h às 21h. As áreas de lazer e restaurantes possuem seus horários de funcionamento alterados de acordo com cada estabelecimento. Os cinemas estarão disponíveis de acordo com as suas programações.

Abaixo os horários em detalhes:

Ilha Plaza
Lojas e quiosques: das 15h às 21h
Alimentação: das 12h às 22h

NorteShopping
Lojas e quiosques: das 13h às 21h
Alimentação: das 12h às 21h
Pátio: das 12h às 24h

Plaza Shopping Niterói
Lojas e quiosques: das 15h às 21h
Alimentação: das 12h às 22h

Recreio Shopping
Lojas e quiosques: das 13h às 21h
Alimentação: das 12h às 22h

Pão de Açúcar: das 7h às 22h
Drogaria: das 7h às 22h

Shopping Tijuca
Lojas e quiosques: das 13h às 21h
Alimentação: das 12h às 22h

Serviço:

O Ilha Plaza fica na Av. Maestro Paulo e Silva, 400, Ilha do Governador. Outras informações pelo telefone 2468-8100 ou no site www.facebook.com/ilhaplazashopping;

O NorteShopping se localiza na Av. Dom Hélder Câmara, 5474 – Cachambi. Outras informações pelo telefone 3315-4300 ou no www.facebook.com/norteshoppingrj;

O Plaza Shopping Niterói fica na Rua XV de Novembro, 8 – Niterói. Outras informações pelo telefone 2621-9400 ou www.facebook.com/PlazaShoppingNiteroi;

O Recreio Shopping fica na Av. das Américas, 19.019 – Recreio dos Bandeirantes. Informações adicionais pelo telefone 3906-3246 ou no site www.facebook.com/RecreioShopping;

O Shopping Tijuca fica na Av. Maracanã, 987, Tijuca. Outras informações nos telefones 3094-6605, 3094-6606 ou www.facebook.com/shoppingtijuca;

Shopping Palladium deve ter alta de 12% nas vendas de Dia das Mães

Bom desempenho de Páscoa indica disposição de consumidor para gastos em datas comemorativas

Na contagem regressiva para início da campanha do Dia das Mães, o Shopping Palladium Curitiba se prepara para uma das mais importantes datas do ano na expectativa de atingir a marca de 12 % de crescimento na comparação com o mesmo período de 2017.


O otimismo da meta é resultado direto do desempenho das vendas de Páscoa, considerado o primeiro teste do comércio no ano, e indicativo do comportamento dos clientes para a data seguinte em homenagem às mães. Na Páscoa, o Palladium recebeu mais de 500 mil clientes, aumento de 6% no fluxo em relação ao ano passado, e teve alta de 8% nas vendas.

“Ficamos acima dos índices médios de crescimento do comércio que foi de mais ou menos 5%. O sucesso da Páscoa animou os lojistas e para a campanha de mães seremos ainda mais estratégicos” afirma Maria Aparecida Oliveira, gerente de marketing do Palladium.

Sondagem realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), e divulgada nesta quarta-feira (25), indica que o tíquete médio para presentes de Dia das Mães, em Curitiba, deve ser de R$103,85 valor 2,5% superior ao ano passado. Entre os presentes preferidos estão roupas, bolsas ou calçados, 38% do universo pesquisado, seguido de perfumes e cosméticos, com 13,5% das intenções de compra.

O amplo mix de lojas faz do Palladium Curitiba um dos locais mais procurados pelos curitibanos para compras. “Temos mais de 350 lojas e cerca de 80 quiosques com produtos de muita qualidade e preços para todos os bolsos. Quem vai ao Palladium sempre encontra o que precisa” comenta a gerente de marketing Maria Aparecida Oliveira.

Entre os dias 03 e 12 de maio, período em que se concentram as compras de Dia das Mães, o Shopping Palladium espera receber 700 mil pessoas.

sexta-feira, 27 de abril de 2018

APAS Show 2018: game mostra importância da tecnologia para execuções perfeitas no ponto de venda

Ação do Agile Promoter na maior feira supermercadista do mundo apresenta o PDV Scoring, funcionalidade que analisa dados com base em preço, presença, share e ponto extra.

Para mostrar a importância de criar estratégias para alcançar execuções perfeitas no ponto de venda, o software para gestão de trade marketing Agile Promoter preparou um jogo para os participantes da feira supermercadista APAS Show 2018. Inspirado no Genius, o game faz com que cada jogador tenha que decorar uma série de dados relacionados à execução — por exemplo, validade vencida, preço divergente, ação do concorrente e ruptura. Quem alcançar a maior pontuação ganhará um passaporte completo para o AEx 2018, maior experiência em trade marketing da América Latina, que ocorre no mês de setembro em Florianópolis (SC).


O jogo, disponibilizado no estande da empresa, terá como objetivo mostrar a dificuldade de decorar todas essas informações, comuns na rotina de grande parte dos promotores de venda. Como uma solução para isso, o Agile apresenta a funcionalidade PDV Scoring, uma nova forma de mensurar a importância de cada ponto de venda a partir de quatro pilares: identificar se o preço praticado está dentro do esperado, analisar a existência do item em determinado ponto de venda, verificar as ações promocionais e validar a participação na gôndola.

“Quando se trabalha com um grande volume de dados, a tecnologia sempre pode ser uma aliada para facilitar processos, verificar o que está dando certo ou não, e mostrar em quais pontos são necessárias ações para alcançar melhores resultados. Foi pensando nisso que decidimos desenvolver o PDV Scoring no Agile Promoter, para pontuar a execução no ponto de venda de forma intuitiva e acelerar a tomada de decisões para alavancar as vendas no varejo”, explica Pedro Galoppini, CPO do Agile Promoter.

A APAS Show é reconhecida desde dezembro do ano passado como a maior feira e congresso supermercadista do mundo. Para esta 34ª edição, o tema é “Nós Amamos Supermercado”, enaltecendo principalmente o sentimento de que é necessário considerar as relações entre todos os elos da cadeia, que começa nos produtores, passa pela indústria, distribuidores, supermercados, até finalmente chegar ao cliente. As inscrições para o evento estão disponíveis no site http://www.apasshow.com.br/inscricoes/.

Serviço

O que: APAS Show 2018;
Quando: 7 a 10 de maio;
Onde: Expo Center Norte (Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme, São Paulo/SP);
Inscrições: http://www.apasshow.com.br/inscricoes.

Sobre a Involves

Fundada em 2009 em Florianópolis (SC), a Involves é responsável pelo desenvolvimento do Agile Promoter, plataforma de gestão de trade marketing e monitoramento de equipes de campo em tempo real. A solução, utilizada em mais de 17 países além do Brasil, oferece controle e análise do ponto de venda a indústrias, distribuidores do varejo e agências, mantendo na carteira de clientes grandes nomes como L’Oréal, Motorola, Nestlé, 3 Corações, Danone e Samsung. Com sede na capital catarinense e filial em São Paulo (SP), a empresa conta com mais de 140 colaboradores e aplica políticas inovadoras em gestão de pessoas, ocupando lugares de destaque no ranking GPTW de 2016 e 2017. Referência em trade marketing no Brasil, a Involves promove iniciativas constantes para promover conhecimento no setor, como o portal de conteúdo Clube do Trade e o evento anual Agile Experience (AEx).

GS&Malls debate o uso das tecnologias em Shopping Centers

Participam dos encontros lideranças do setor, que tem a oportunidade de trocar conhecimentos e discutir a importância das novidades tecnológicas para o desempenho dos malls no país.


A GS&MALLS, empresa que faz parte do Grupo GS&Gouvêa de Souza, está realizando as primeiras edições de 2018 do Mall Talks®, que são encontros de profissionais unidos em torno do interesse pela indústria de shopping centers e pela paixão por expandir conhecimento.

Nos encontros, Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da GS&MALLS, coordena o debate sobre tecnologia aplicada ao universo dos shoppings, mostrando como ela evoluiu rapidamente e chegou ao estágio em que sua utilização é não só viável, mas determinante para o desempenho dos shopping centers. “A tecnologia sempre esteve no radar dos shoppings, só que agora ela começa a entrar de fato na agenda do dia deles. Chegou o momento”, ressaltou.

Para abordar o assunto ‘Tecnologia em Shopping Centers: o antes, o agora e o depois’, foram destacados cinco tópicos:

Omnichannel – Hoje, algumas empresas, como a CCP, já estão com projetos de Marketplace e outras mais estão preparando testes do conceito. Além disso, há o click and colect, que algumas lojas já estão fazendo e que vai impor para os shoppings um desafio de repensar as relações contratual e comercial entre eles e as lojas. Por outro lado, esta modalidade em que as compras são feitas online, mas o cliente retira em um ponto físico, também traz oportunidades. Ela não está descartada do universo dos shoppings.

Tecnologia como instrumento de conversão – Os dados de uma pesquisa feita pela Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers) demonstram que só 37% das pessoas vão para os shoppings para fazer compras. Entre essas pessoas, a taxa de conversão é boa. Por outro lado, das que não vão para comprar, apenas 9% acabam comprando, o que é muito pouco. As tecnologias entram aí, para estimular compras não planejadas. Exemplos disso são os mobile vouchers, da startup Ouvi e a Black Friday no Shopping Eldorado, na qual a GS&XTremeVR implantou um sistema, no qual, com a ajuda do smartphone e da tecnologia de Realidade Aumentada, os clientes puderam caçar e capturar grandes descontos em locais espalhados pelo shopping. “O superintendente do Eldorado estava aqui no Mall Talks e contou que os resultados foram muito positivos. Estamos vendo a tecnologia aumentar a conversão,” falou Marinho.

CRM Big Data – “Apesar de não ser um assunto novo, ele está entrando agora com muita força nos planos de negócio do varejo. Mas não tão fortemente ainda nos shopping centers, como deveria”, disse. Algumas iniciativas têm sido feitas no setor, com pontos que podem oferecer mais informação sobre o consumidor do shopping, aumentando a precisão das ações de marketing. Tecnologias de reconhecimento facial e uso do wifi para obter informações dos clientes são bons exemplos disso.
Media – Novas telas e novas tecnologias de comunicação em tempo real estão ajudando os shoppings a se posicionar melhor junto ao mercado anunciante, oferecendo seus espaços como locais propícios para as marcas anunciarem seus produtos e serviços. Marinho falou do exemplo do Shopping Mogi, em Mogi das Cruzes. “Ele tem totens espalhados, que já estão totalmente ocupados, quase não têm mais espaço para anunciar. Boa parte disso acontece porque os próprios lojistas do shopping estão usando esta ferramenta para aumentar a conversão dos frequentadores”. Essas telas permitem que a quantidade de anunciantes aumente bastante, porque painéis fixos ou impressos tem espaço limitado. Num painel eletrônico com alta definição é possível aumentar a quantidade e a qualidade das mensagens.

Experiência do consumidor – Os shoppings usam as tecnologias para aumentar e aprimorar a experiência do consumidor. A Multiplan é um exemplo. “Eles utilizaram a tecnologia da GS&XTremeVR para criar um parque de Realidade Virtual. O Lemonade no Shopping Cidade São Paulo, também utiliza Realidade Aumentada”, disse. Com essas tecnologias é possível criar um museu fantástico virtual, sem necessidade de montá-lo de verdade. Assim, ele pode ser levado para vários shoppings de várias redes, sem desmontar. “Elas proporcionam ganho em custos porque fica muito mais barato, e em escala, já que pode ser disseminada para vários locais, sendo ainda uma experiência imersiva”, concluiu Marinho.

O encontro gera algumas reflexões muito importantes. “Os shoppings precisam entender onde querem se posicionar, se querem ser os pioneiros nesses investimentos, o que traz custos mais altos; ou se querem ser o segundo, ou seja, aquele que vai observar o pioneiro e ver o que deu ou não certo para poder reproduzir essas experiências; ou se quer ser o terceiro, que espera o primeiro inovar, o segundo copiar e utiliza a tecnologia depois que ela ganha escala e vai usá-la de forma mais acessível”, concluiu.

Outro ponto é a necessidade de alinhamento da tecnologia com a estratégia, para não se correr o risco de adota-la por vaidade ou por querer ter um posicionamento mais arrojado. Não se pode investir em tecnologia para depois ver para que ela serve. Marinho brincou: “Não dá para o rabo balançar o cachorro, é o cachorro que precisa balançar o rabo.”

Também não se pode dar murro em ponta de faca. “Não dá para forçar ações inovadoras com novas tecnologias se a cultura da empresa não é favorável a isso. Você vai ficar sozinho nessa e corre o risco de ver o investimento ser desperdiçado”, alertou o especialista.

Nas edições do Rio e de São Paulo, participaram representantes de importantes grupos brasileiros. Na reunião, todos os participantes discutiram sobre as tecnologias que já são realidade, as que devem fazer parte do plano de implantação de curto prazo e aquelas que devem chegar aos shoppings em um futuro próximo.

“O Mall Talks não é uma apresentação de mão única, é uma troca. Jogamos o tema para que as pessoas possam trocar entre elas, para que cada empresa diga como está nesse estágio. Todos saem enriquecidos com as experiências das empresas que participam”, disse Marinho.

Alessandra Tiraboschi, Gerente Regional de Marketing da Aliansce Shopping Centers concordou: “O Mall Talks nos possibilita um momento precioso para troca de experiências e discussão de temas fundamentais para o nosso negócio em um momento de muitas mudanças e grandes desafios”.
Rhuan Destro, Gerente de Marketing do Shopping D acredita que a experiência funciona como um benchmark do setor. “O compartilhamento de experiências trazido pelo Mall Talks é de grande valor para os que têm a oportunidade de estar presente. Funciona muito como um benchmark positivo e balizamento junto aos principais atuantes do nosso segmento. Podemos sempre acompanhar o que está acontecendo tanto em nível nacional quanto internacional e muitas vezes conseguimos sair com alguma boa ideia para ser aplicada em nossos shopping centers!”, disse.

O próximo encontro acontecerá em Florianópolis, no dia 27 de abril.

Sobre a GS&MALLS – Soluções & Resultados para Centros Comerciais
Empresa do Grupo GS&Gouvêa de Souza orientada para a inovação e produção de soluções capazes de incrementar resultados para a indústria de Shopping Centers. Atua com shoppings e centros comerciais.

Sobre a GS&XtremeVR

É a empresa de tecnologia do Grupo GS&Gouvêa de Souza. Especializada em tecnologias de Realidade Virtual e Realidade Aumentada. Nasceu da união da DigitalKey, produtora especializada em computação gráfica, realidade virtual e tecnologias interativas de Márcio Ritzmann e Sylia Schiavo, com Add_Connections de Ricardo Ramos, que atua unindo pessoas com ideias semelhantes ou complementares para formar negócios, e o Grupo GS&.

Sobre a Ouvi

A Ouvi é uma startup norueguesa-brasileira, fundada em 2004, que oferece ao mercado soluções de mobile tracking de campanhas e ações de marketing, possibilitando que as marcas analisem a eficiência dos canais de distribuição e seu retorno de investimento, por meio de mecanismos como vouchers digitais e ações por SMS.
Mais informações: www.ouvi.com.br

Sobre o Grupo GS& Gouvêa de Souza

Desde 1989, o Grupo GS& Gouvêa de Souza contribui para a expansão e transformação do mercado de varejo brasileiro com uma plataforma estratégica de unidades de negócios, produtos e serviços nas áreas de Consultoria, Inteligência de Mercado, Shopping Center, Franchising, Retail Real Estate, Varejo Digital & Omnichannel, Marketing Digital, Food Service, Eventos & Conteúdo, Treinamento & Desenvolvimento, Clube de Compras Corporativo e Viagens & Experiências. Saiba mais: http://www.grupogouveadesouza.com.br/

Empresas que compõem o Grupo GS& Gouvêa de Souza: GS&BGH, GS&Consult, GS&Digital, GS&Friedman, GS&Inteligência, GS&Malls, GS&MD – Eventos & Conteúdo, GS&UP, GS&XtremeVR, Bittencourt, Club Loja, Facemedia, Omnistory, Primetour, Primetravel, Zoly.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

"Inteligência de mercado" é o novo título de livro de Luiz Goes da Lytics

Tomar uma decisão nos dias de hoje é algo crescentemente complexo e obriga a empresa a empunhar um arsenal de informações disponíveis. Ter informação apenas não basta. É preciso que esta seja suficientemente abrangente, atualizada, disponível, organizada e aplicável e para tanto é necessário que sejam criados os processos que irão consolidá-la desta forma dentro da empresa.

Essa é a proposta de Luiz Goes em seu primeiro livro publicado pelo Grupo Editorial Letramento. Este livro pretende apoiar a suas tomadas de decisão, bem como ajudá-lo a definir não se, mas sim como a Inteligência de Mercado vai atuar dentro das organizações já a partir de amanhã. Especialista em Inteligência de Mercado, Luiz Goes é sócio fundador da Lytics – Gestão da Informação. Atuou em diversas empresas de pesquisa de mercado, foi sócio sênior e diretor da área de Inteligência de Mercado da GS&MD Gouvêa de Souza por 14 anos, responsável pela realização de pesquisas e estudos de mercado para a empresa e para seus clientes.

Profundo conhecedor das estruturas de consumo, varejo e distribuição, Luiz Goes esteve à frente de centenas de projetos nacionais e internacionais de consultoria em Inteligência de Mercado e participou de diversos eventos nacionais e internacionais sobre o tema.

Inteligência de Mercado é um livro denso em conteúdo, mas com uma narrativa didática e completa, para que o leitor possa absorver ao máximo as informações e aplica-las em todas as áreas da empresa.

O livro está disponível para compra no site da editora em www.editoraletramento.com.br.


Loja Conceito do Varejo – Como será a loja do futuro?

O projeto de criação de uma loja modelo, intitulado “Loja do Futuro”, terá mais uma edição na FBV, Feira Brasileira do Varejo, que acontecerá de 28 a 30 de maio, em Porto Alegre.


Com o objetivo de mostrar como será a loja física integrada aos canais digitais, o projeto chamado Trend Store (Loja Conceito) se reinventa a cada ano e traz muitas novidades com iniciativas que respeitam o tripé:


  • Integrar conceito físico e digital;
  • Escolher iniciativas que promovam: aumento de venda, melhora na taxa de conversão e diminuição dos custos operacionais e, por consequência, proporcionem melhores resultados;
  • Estar disponível no mercado para implantação.


Algumas soluções que estarão na edição de 2018:

Reconhecimento Facial

São muitas as oportunidades para aplicar o reconhecimento facial no varejo. Desde demandas envolvendo segurança no pagamento, avaliação da satisfação do consumidor até a possibilidade de identificação do perfil, que permite apurar conversões de forma segmentada por sexo e faixa etária.

Também é possível avaliar a jornada de compra do consumidor e suas percepções com relação às ofertas, atendimento e produtos, na loja como um todo ou em áreas específicas.

A partir da apuração destes dados é possível planejar de maneira mais assertiva as ofertas, reorganizar mix de produtos, comunicação visual da loja, entre outras ações no ponto de venda, para trazer melhores resultados e desempenho.

Realidade Aumentada

O uso da RA (Realidade Aumentada) permite que os consumidores vivenciem um processo de escolha e compra de produtos muito mais interessante e divertido, tanto em casa quanto no ambiente da loja.

Saber como um produto vai ficar na sua casa antes de comprar se tornou muito mais fácil com a RA. A solução auxilia o consumidor no processo de decisão de compra e até o arquiteto na definição do local onde o mobiliário será colocado e no desenho do ambiente.

Inteligência Artificial

Integrada a outras soluções, são infindáveis as possibilidades geradas com uso da IA (Inteligência Artificial). Desde a indústria no monitoramento da manutenção de máquinas, até o varejo no reabastecimento de lojas e prateleiras.

Na perspectiva do consumidor, a solução poderá fazer sugestões de produtos considerando características como a cor do cabelo, idade, sexo e até a roupa que o consumidor esta vestindo.

Do ponto de vista do gestor de loja, permite que sejam avaliadas informações sobre estoque e provisões de demanda, tornando possível uma tomada de decisão mais assertiva de compras e evitando a falta de produtos.

Em maio, na Trend Store, mostraremos mais experiências e soluções. Espero vocês lá!

Artigo por Rose Martins, da Grupo GS&Digital

Inteligência Artificial: O futuro chegou ao presente. E agora?

Falecido em 14 de março de 2018, Stephen William Hawking, ou Stephen Hawking, como é conhecido, disse que "todos os aspectos das nossas vidas serão transformados, e isso pode ser o maior evento na história da nossa civilização". Nessa frase, o físico se referia à Inteligência Artificial (IA) e o impacto que ela pode ter em nosso cotidiano.

Mesmo sem ser novo – o termo já existe há décadas –, esse tipo de tecnologia está em constante evolução, tornando-se cada vez mais concreta e dando opções de aplicações nas mais diferentes áreas de negócio. Hoje vivemos a 4ª grande Revolução Tecnológica, que engloba todos os conceitos de IA, Big Data, Analytics e diversas outras inovações.



Conforme levantamento realizado pela Statista, que reúne estatísticas de diversos setores, a Inteligência Artificial movimenta, nos dias de hoje, US$ 2,4 bi. Para 2025, a expectativa é que esse valor supere os US$ 60 bi, tornando-se um dos principais setores no que tange as tecnologias disruptivas.

Historicamente empresas encontram diversas barreiras para a realização de tarefas que deveriam ser simples. Em datas de pico, como o Natal, as lojas online precisam aumentar o seu efetivo em call center para atender a demanda. Esse investimento poderia ser melhor aproveitado em algum setor que de fato ajudasse a companhia a elevar o número de conversões. Atualmente isso já é possível. Com a IA as corporações estão encontrando alternativas e alcançando benefícios como a redução de custo operacional, a melhoria na eficiência e a automatização de processos, dentre outros.

Esse tipo de solução já está tão presente na rotina da população, que as pessoas já não percebem mais a tecnologia, mas sim os seus benefícios. Ao realizar uma pesquisa em um buscador, caso o usuário escreva alguma palavra errada, o próprio site questiona se a busca não era diferente, e isso é algo simples que ocorre com cada vez mais frequência. Para os mais leigos, o assunto pode passar batido, mas os mais antenados percebem a evolução: as máquinas estão aprendendo.

E não é só isso. Pesquisas utilizando a voz são possíveis e você não precisa soar robótico, mesmo falando de maneira informal você será entendido e terá seus resultados. Rostos são reconhecidos em fotos nas redes sociais de forma automática. Tudo isso é Inteligência Artificial. Num primeiro momento podemos nos assustar, mas as experiências tendem a ser cada vez mais humanizadas e únicas.

Quanto a essa tendência costumamos falar que no futuro as pessoas não precisarão mais aguardar horas no telefone para adquirir ou cancelar um serviço, que os smartphones estarão cada vez mais próximos, como verdadeiros amigos, e que diversas atividades poderão ser realizadas de maneira autônoma, mas isso é mesmo uma tendência? A grande verdade é que tudo isso já acontece.

Já falava William Ford Gibson, escritor américo-canadense de ficção especulativa, "Como eu tenho dito muitas vezes, o futuro já chegou. Só não está uniformemente distribuído". O próximo passo, portanto, é tornarmos essas tecnologias cada vez mais palpáveis e acessíveis, garantindo a sua distribuição e assegurando que o futuro estará cada vez mais no presente.

Artigo escrito por Oliver Sanchez, Country Manager da Aivo, empresa atuante no desenvolvimento de softwares com Inteligência Artificial para o atendimento ao cliente aivo@nbpress.com

Pesquisa da APAS aponta aumento do otimismo do setor supermercadista com o futuro

Confiança no crescimento das vendas nos supermercados também demonstrou alta e subiu entre os empresários

A Pesquisa de Confiança dos Supermercados do estado de São Paulo (PCS/APAS) aponta em março o valor de 36% dos empresários do setor com otimismo geral (ambiente econômico atual e futuro) com aumento de cerca de 4,5 p.p. em relação fevereiro enquanto o pessimismo e neutralidade caíram cerca de 2 p.p. cada.


Fonte: APAS

Outro indicador que também demostrou crescimento frente o PCS de fevereiro foi o otimismo futuro geral, que subiu de 41% para 47%. Ainda falando de futuro, a expetativa com as vendas nos supermercados também deu um salto significativo, passou de 44% para 57%.

“Este aumento do otimismo do setor supermercadista com o presente, mas, principalmente com o futuro está relacionado com números positivos das vendas no primeiro bimestre que deixaram esperançosos os empresários”, explicou o economista da APAS, Thiago Berka.

Outro ponto muito importante nas expectativas futuras é em relação aos empregos. As demissões no setor são naturais em janeiro e fevereiro e a partir de março iniciam as contratações, portanto, o fator emprego do supermercado saltou de 11% para 43%. “Isso que demonstra que o setor deve iniciar um movimento de novas vagas formais a partir de agora”, avaliou Berka.

O momento político atual teve impacto direto na confiança do setor. Nos fatores de percepção atual dos governos federais e estaduais, o otimismo com a atual situação está em 14% e 29%, respectivamente, enquanto o otimismo futuro é de 21% e 36%, respectivamente. “O compasso de espera com as eleições é a tônica da baixa percepção de melhoria do quadro do estado brasileiro”, finalizou o economista da APAS.

Fonte: Apas
NOTA METODOLÓGICA

A Pesquisa de Confiança dos Supermercados do estado de São Paulo (PCS/APAS) é apurada mensalmente pela Associação Paulista de Supermercados (APAS) desde junho de 2011. Os dados são coletados juntos aos empresários supermercadistas, representando, 85% do faturamento do setor supermercadista do estado de São Paulo, portanto, a amostra é representativa do comportamento do setor no estado de São Paulo. A pesquisa tem como objetivo identificar o nível de confiança dos supermercados com relação ao cenário macroeconômico considerando a percepção atual e a expectativa futura. Desta maneira, os dados são segmentados entre o Resultado Geral, Percepção Atual e Expectativa Futura. As análises dos resultados auxiliam os empresários do setor na tomada de decisão com relação ao reabastecimento, investimentos, compras, estoque. E de maneira geral auxilia o mercado na análise de tendências, plano de negócios, potencialidades, inserção no mercado.

Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.445 associados, que somam mais de 3.256 lojas.

MOB promoveu evento com a presença especial da delegação de Mônaco

Marca uniu convidados para homenagear Mônaco, país que foi inspiração para criação de sua coleção de Inverno 18

A MOB promoveu na última quinta-feira (19), um evento intimista em sua loja da Alameda Arapanés, em Moema, em homenagem à Mônaco, principado que inspirou a coleção MOB MÔNACO - atual coleção de inverno da marca. Os convidados tiveram a chance de conhecer mais sobre a história e novidades do local que é referência de glamour e riqueza europeia. Mas engana-se quem pensa que hoje o Principado vive de sua história e é justamente a modernidade de Mônaco que será o tema principal do coquetel.

 Julie Manasson, do Incentive Concep; Marcelo Dib, sócio da MOB; Marion Fernandez, do Le Meridien Beach Plaza
“Nós exploramos esse novo momento de Mônaco priorizando quatro vertentes: a sustentabilidade, wellness, golf e gastronomia. O objetivo do evento é aproximar nossas clientes com o universo do destino que nós nos apaixonamos e desenvolvemos uma coleção incrível”, afirma Pamela Mariano, diretora de branding da MOB.

O evento contou com a presença especial da delegação de Mônaco, incluindo as diretoras de relações públicas e turismo, Laurence Aquilina e Corinne Kiabski, os diretores dos hotéis mais importantes do Principado (Metropole Monte Carlo, Le Meridién Beach Plaza e Monte-Carlo SBM), além das responsáveis pelo turismo de Mônaco no Brasil, Gisele Abrahão, Cleo Audi e Roxane Vergught.

Cadastro Nacional de Produtos promove a transformação digital da cadeia de abastecimento

Comunicação entre parceiros comerciais é baseada em padrão global é fundamental para o sucesso das transações e da logística

Associação Brasileira de Automação-GS1 apresenta Cadastro Nacional de Produtos na 38ª Convenção Anual do Canal Indireto - ABAD 2018

A era digital estimula toda a cadeia de abastecimento a voltar suas atenções à transformação digital pela qual passam os processos de automação. Durante a 38ª Convenção Anual do Canal Indireto - ABAD 2018, a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil mostra o quanto é importante a qualidade da informação para se evitar perdas e possibilitar aumento da produtividade. A entidade apresenta no evento o Cadastro Nacional de Produtos (CNP), uma plataforma para gerenciamento de informações que proporciona boa visibilidade às empresas que buscam transparência e segurança aos processos.


O CNP proporciona à indústria um cadastro das informações técnicas de seus produtos para transações comerciais e logísticas como, por exemplo, descrição de item, marca, imagem do produto, peso e volume. Esse método confere um padrão único para os dados, o que evita a formação de cadastros múltiplos, sem padronização, que provocam ineficiências de processo e duplicidade de informações, entre outras inconsistências.

Além de garantir agilidade e economia de ponta a ponta, sistemas que trafegam informações precisas garantem também a segurança para o consumidor final. O CNP pode ser usado por pequenas, médias e grandes empresas de qualquer segmento. “Pelo fato de ter a informação cadastrada em um único sistema disponibilizado pela GS1 Brasil, a indústria pode assegurar dados uniformes a todo o mercado, sem correr o risco de ter o cadastro administrado por terceiros, já que é ela mesma que identifica e coloca informações sobre o seu produto”, explica João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

A falta de uma linguagem padronizada pode gerar falhas tanto de fornecimento quanto de recebimento. Um cadastro único significa redução de custos, de tempo e, ainda, a melhora no relacionamento entre varejo, fornecedor e distribuidor, de maneira que os parceiros de negócios se concentrem na estratégia de vendas. “Com significativa participação na economia e nas oportunidades de trabalho, o setor de distribuição atacadista reflete o empenho em se adaptar a novas realidades e impulsionar a retomada do ritmo de negócios no país. Portanto, a GS1 Brasil tem como meta contribuir com essa vertical da economia para que os sistemas proporcionem mais produtividade, redução de custos e satisfação do seu público-alvo”, afirma Oliveira.

Para toda a cadeia de abastecimento, o CNP é uma ferramenta eficiente para aprimorar a gestão e alimentar o cadastro interno com as informações dos itens já inseridos pela indústria. O consumidor, por sua vez, é beneficiado com informação correta daquilo que está adquirindo. Hoje, no sistema, é possível obter as seguintes características detalhadas inseridas pelos fabricantes como a descrição específica de um item, a marca, país de origem, NCM, CEST entre outros.

Todos os envolvidos nas transações comerciais acessam esse banco de dados único e integram as informações ao seu sistema de automação.

Com o CNP é possível:


  • Em um único ambiente cadastrar as informações técnicas dos produtos para transações comerciais e logísticas, tais como descrição do item, marca, imagem do produto, peso etc.;
  • Controle da utilização de prefixos GS1 utilizados (GTIN e GLN);
  • Acessar as informações de qualquer computador e a qualquer momento, permitindo o uso por diversas pessoas da mesma empresa;
  • Segurança e backup dos dados;
  • Geração de etiquetas com códigos de barras nos padrões EAN-13 e ITF-14;
  • Facilidade para cadastrar: é possível transferir listas já existentes com informações de produtos produzidos em ferramentas próprias da empresa, evitando-se o retrabalho;
  • Emissão de relatórios gerenciais
Mais informações: https://www.youtube.com/watch?v=tEzfaVzpLc0

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados. Mais informações em www.gs1br.org.br

Partage assume Shopping Pátio Marabá

Empresa passa a administrar shoppings de outros grupos empresariais

A Partage Shopping, proprietária e administradora de sete empreendimentos em operação nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste do Brasil, anuncia a entrada em um novo nicho de mercado, o das administradoras de shoppings de outros grupos empresariais. A empresa está assumindo a gestão do Shopping Pátio Marabá, localizado no Pará. “Temos uma grande sinergia com a cidade de Marabá por conta da nossa atuação no Partage Shopping Parauapebas, também localizado no Pará. Aceitamos o convite para administrarmos este empreendimento por conta do potencial econômico da região e a partir da avaliação de fatores como localização, mix de lojas e tamanho. Nosso objetivo é elaborar um diagnóstico preciso para formularmos um plano de ação que será apresentado aos empreendedores e transformar o centro de compras e lazer em um excelente campo de investimento na região Norte”, destaca Ricardo Baptista, diretor-presidente do Grupo Partage.


A administradora atuará no planejamento, gestão, marketing, operacionalização e comercialização do Shopping Pátio Marabá. O empreendimento pertence à Parkway, empresa formada pelos Grupos Dan Hebert e Leolar, e foi inaugurado em 2012. Atualmente, possui mais de 39 mil m² de ABL, 160 lojas e atende uma população superior a 270 mil habitantes. Marabá é a maior e mais importante cidade do Polo Carajás, área em grande desenvolvimento no sul/sudeste do Estado do Pará. Cortada pela BR-230 a 'Transamazônica', Marabá é o portão de entrada rodoviária da capital do Estado e representa hoje uma das maiores oportunidades de investimento em todo o país. “Sempre procuramos atuar em parceria com os responsáveis pelo shopping, construindo um bom relacionamento. A região é muito rica, promissora, cresce a cada ano e os consumidores têm sido bastante receptivos”, explica Julio Macedo, diretor de Gestão e Marketing da Partage Shopping.

Depois de passar por diversos ciclos econômicos, como o do caucho, borracha e castanha, Marabá vive hoje o auge do minério e, mais do que isso, a tão esperada verticalização da produção mineral. O município de Marabá é destaque na pecuária, com um dos maiores rebanhos e a melhor genética do país, mas é o minério que implanta um marco na história da cidade, graças à transformação em produtos acabados, que tem gerado milhares de oportunidades de emprego e renda à população.

Rede Drogal lança e-commerce e passa atender todo o Brasil

Desafio é a palavra que define todas as estratégias de crescimento da Rede Drogal. E de olho no avanço cada vez maior do mercado farmacêutico digital, o novo investimento é a plataforma virtual que acaba de ser lançada com o objetivo de atender clientes de todo o Brasil, mantendo a mesma atenção e segurança das 140 filiais físicas do Estado de São Paulo.

A plataforma e-commerce é interativa, com produtos de todas as linhas comercializadas pela Rede Drogal, para os públicos infantil, adolescente e adulto. É possível encontrar descontos e navegar pelos menus para escolher a marca preferida, comparar preços e, ainda, conferir as dicas de saúde para melhorar a qualidade de vida.


Desenvolvida em parceria com a empresa Convertize, especializada em sites responsivos como o e-commerce, a loja virtual possui mais de 12 mil itens de marcas renomadas e preços diferenciados. Internautas encontram produtos para os cuidados diários: medicamentos, produtos de higiene, beleza, infantil, dermocosméticos e suplementos. A grande novidade são os ortopédicos, incluindo tornozeleiras, imobilizadores, bolsas térmicas entre outros.

O cliente também pode escolher a forma de entrega dos produtos. Na hora de finalizar a compra encontra duas opções: retirada gratuita na filial de preferência ou recebimento pelos Correios.

Sempre comprometida com o cliente, a Rede Drogal disponibiliza no site a possibilidade de acompanhar a compra. Para isso, basta fazer o login, clicar em Meus Pedidos e ver a localização. “Entendemos a importância deste serviço para tranquilizar nossos clientes”, explica Marcelo Cançado, diretor administrativo da Rede Drogal.

“Com a comodidade de compra em qualquer lugar do Brasil, facilidade de pagamento usando o cartão de crédito, inclusive com parcelamento, facilitamos a vida dos nossos clientes, que já solicitavam uma loja online, e expandimos o atendimento. Temos certeza que este serviço aumentará ainda mais a fidelidade com a marca Drogal”, reforça o diretor administrativo.

Além de tornar a marca Drogal conhecida em todo o país, uma realidade no interior do estado de São Paulo, o e-commerce segue a tendência de modernidade da empresa fundada em agosto de 1935 no centro de Piracicaba. Desde a inauguração da Farmácia do Povo, a primeira da rede, a tecnologia norteia as expansões.

Investimentos em tecnologia interligam todas as filiais ao Centro de Processamento de Dados da rede, possibilitando, assim, maior agilidade, rotatividade e segurança na reposição de estoques, bem como exatidão nas análises de resultados. “Mantemos o mesmo padrão na loja virtual para oferecer uma experiência única aos clientes”, garante Cançado.

Os clientes ainda podem acessar os menus Serviços e Novidades onde são divulgados os eventos e os programas Momento Saúde e o Drogal Mais. O primeiro é voltado para auxiliar no tratamento da diabetes, hipertensão, colesterol, controle de peso e tabagismo; o segundo possui promoções, benefícios, vantagens e descontos especiais em cada compra.

LISTA CHÁ DE BEBÊ

É cada vez mais comum fazer uma lista para o Chá de Bebê. São tantos produtos lindos e cheios de ternura que a Rede Drogal criou um espaço exclusivo na plataforma virtual para facilitar aos papais, mamães, familiares e convidados.

Além das melhores marcas e preços acessíveis, este momento tão especial também pode ser compartilhado nas redes sociais. Outra facilidade: os presentes são entregues no endereço indicado, permitindo que a chegada do bebê seja tranquila e sem preocupações. O cadastro é gratuito e rápido.

Varejo físico e eletrônico aliam a tecnologia ao atendimento para garantir experiências memoráveis aos consumidores

Especialistas falam de ferramentas que são tendências na melhoria da jornada dos consumidores

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) prevê alta de 15% em 2018, em relação ao ano anterior, no setor do varejo eletrônico. A estimativa é que se fature R$ 68,8 bilhões. Mas não é só o mundo virtual que vem progredindo. O varejo físico tem desenvolvido meios para se aproximar cada vez mais do digital, seja na identificação dos clientes ou nas soluções de analytics. As tecnologias despontam favorecendo as relações e ajudando a levantar dados para decisões comerciais mais acertadas.


No fim, quem ganha com essa aproximação do on e do off é o consumidor. Hoje, ele pode comprar em uma loja física e receber em casa, ou comprar no virtual e retirar no estabelecimento. Eventualmente ainda consegue obter descontos extras nestas transações.

Opções de compra e entrega

Com diversas opções de entrega, inclusive a de receber flores e demais artigos em até 3 horas, a Giuliana Flores oferece também a possibilidade de adquirir seus produtos direto de quiosques e lojas físicas. "Percebemos a necessidade dos consumidores de múltiplas opções. Por isso, dispomos de tantos pontos de contato. Dentre eles, suporte on-line via chat e redes sociais, SAC, central de atendimento telefônico, e-mail, lojas físicas e quiosques em shoppings. Assim, garantimos uma boa experiência para os consumidores em todos os canais em que atuamos e a garantia de obter sua encomenda no menor tempo possível", comenta Clovis Souza, fundador da Giuliana Flores, maior floricultura on-line do Brasil.

Proximidade virtual

Apesar da popularização dos chatbots, o seu uso não é recomendado para todos os segmentos. "Aqui, no O Amor é Simples, não é um robô que responde as mensagens de maneira automática. Como nosso business é muito segmentado, estamos sempre atentos aos feedbacks e necessidades das clientes para com o máximo de eficiência. Além disso, estamos testando uma inovação: lives exclusivas com noivas e suas madrinhas para escolherem o vestido e tirarem todas as dúvidas. Assim, reduzimos a distância criada naturalmente por sermos um ecommerce e reforçamos nosso compromisso em ter um atendimento próximo e pessoal, inovando no fazer negócio online", afirma Natália Pegoraro, sócia-fundadora d'O Amor é Simples, e-commerce de vestidos de noiva que tem como objetivo revolucionar a indústria de casamentos do Brasil.

A tecnologia é aliada

A Piticas, rede de franquias de camisetas de ícones da cultura pop, investe em soluções digitais para melhorar o atendimento físico. "Estamos implantando um novo sistema de atendimento da marca Piticas, onde conseguiremos integrar melhor os contatos que chegam via telefone, redes sociais, e-mail, etc. Além disso, monitoramos de perto nossas redes a fim de entendermos as necessidades, anseios e desejos do consumidor moderno. Nas lojas, investimos em treinamentos semanais para as equipes de vendas, fazendo com que o time esteja sempre atualizado com as mais modernas técnicas de abordagem e comunicação", comenta Felipe Rossetti, sócio fundador da empresa.

Engaje seu consumidor

O consumidor 3.0 não busca mais apenas um produto ou serviço, mas sim empresas que atendam suas demandas sociais. "Atuamos em um modelo que promove o engajamento do público. Para isso, estamos sempre alerta aos feedbacks e em atendermos suas demandas", comenta Miguel Moreira, gerente da marca Galinha Pintadinha. "Como o nosso público é composto por crianças, damos muito valor às parcerias que fechamos. Para licenciar alguma empresa, primeiro verificamos sobre o seu modelo de atuação e se todos os certificados necessários estão em dia, com o intuito de garantir a satisfação dos pais", finaliza.

Awin lança modelo de pagamento por influência, inédito no Brasil

Estimativa da rede de afiliação é de aumentar em 30% a variedade de afiliados remunerados em cada compra

O mercado nacional de marketing de afiliação sempre funcionou remunerando o primeiro e o último clique. Mas isso está com dias contados: a rede de afiliação Awin acaba de lançar o Awin Pay Per influence, modelo de pagamento por influência que mensura a porcentagem exata de remuneração que cada afiliado deve receber. O serviço já existe no Reino Unido e é inédito no mercado brasileiro. Com o programa, a estimativa da empresa é de aumentar em 30% a variedade de afiliados remunerados em cada compra já nos próximos meses.


Para Rodrigo Genoveze, Country Manager da Awin no Brasil, o principal intuito da novidade é fazer com que afiliados que agregam valor tenham uma remuneração mais justa. "Sabemos que existem afiliados com grande influência no funil de vendas mas que não são remunerados no modelo tradicional de CPA [custo por aquisição], que considera apenas o último clique. O sistema do pagamento por influência possibilita que o anunciante tenha acesso a informações detalhadas sobre o perfil dos usuários e a influência de cada afiliado, propiciando uma remuneração adicional", explica.

O produto é importante para evitar que um publisher subscreva o outro e para remunerar de acordo com a importância que cada setor exerce para aquele anunciante. O segmento de moda, por exemplo, está mais ligado a uma decisão de compra rápida. Então o primeiro clique, que cria o laço inicial de engajamento, é o mais importante. Já na venda de produtos da linha branca, o último clique é o que define a conversão. Cada anunciante poderá decidir o que é mais valioso para ele, de acordo com o tipo de usuário e o tempo de decisão de compra. A partir dessa escolha, cria-se uma regra e o sistema automatiza o CPA em função dela, possibilitando também um ganho de escala.

Awin

A Awin é uma rede global de afiliados que dá o novo nome para a junção das empresas Affiliate Window e zanox. Com 15 escritórios no mundo todo, 900 funcionários, 100.000 afiliados contribuintes e 6.000 anunciantes, a Awin conecta consumidores com marcas em mais de 180 países ao redor do mundo. Operando nas verticais de varejo, telecomunicações, viagens e finanças, a Awin gerou €6,2 bilhões em receita para seus anunciantes e €377 milhões para os seus afiliados no último ano.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Programa Mercado & Consumo destaca o segmento de marcas próprias

O setor ainda tem muito o que crescer no Brasil e traz vantagens para consumidores e varejistas

Itens como açúcar, arroz, papel higiênico e produtos de limpeza de marcas próprias de redes de supermercado não são novidade. No entanto, este mercado ainda tem muito a crescer no Brasil, que ainda é o menor do setor no continente sul-americano. Este segmento, que movimentou cerca de 5 bilhões de reais em 2017 e ainda tem grande potencial de crescimento é o tema do Programa Mercado & Consumo desta semana, que vai ao na quarta-feira, 0h15, e sábado, às 8h30 da manhã.


Você vai poder conferir as vantagens das marcas próprias para o consumidor e também para o varejista, que ganha margem de negociação com a indústria.

O programa traz um bate-papo com Neide Montesano, Presidente da ABMAPRO, a Associação Brasileira De Marcas Próprias, que vai trazer um pouco do que a associação está fazendo para fomentar o setor, além de Wilhelm Kauth, responsável pelas marcas exclusivas do Grupo Pão de Açúcar.

Esta edição destaca também a rede varejista americana Target, focada em vender produtos a preços baixos. A companhia tem unidades espalhadas em todo o território dos Estados Unidos e passa por um processo de transformação, em que as lojas estão ganhando um visual diferenciado.

Não perca!

PROGRAME-SE!

Fique por dentro das notícias mais impactantes para o mercado de varejo, consumo, franquias, shopping center e food service, no Brasil e no Mundo, com análise aprofundada dos maiores especialistas do setor, além de tendências e insights das lojas mais inovadoras e entrevistas exclusivas com grandes empresários brasileiros.

Quando: na madrugada de quarta para quinta-feira, às 0h15, com reprise aos sábados, às 8h30 da manhã.

Onde: na Record News – SP, RJ 42,1, BH 27, DF 46,1, SC 06,1, 19 SKY, 78 NET, 55 e 86 VIVO, 14 CLARO

6º Fórum Regional do Varejo ocorre dia 26 de abril, em Campinas

Tema do evento é: “Um Olhar Estratégico Para o Fator Humano no Varejo” e irá reunir mais de 2 mil participantes

A 6º edição do Fórum Regional do Varejo, principal evento varejista do Interior de São Paulo, terá como tema “Um Olhar Para o Fator Humano no Centro da Estratégia do Varejo”. Realizado pela Associação Comercial de Campinas, Câmara de Dirigentes Lojistas Campinas e Parque D. Pedro Shopping, o fórum ocorrerá no dia 26 de abril, das 8h às 18h, no Expo D. Pedro. São esperadas mais de 2 mil pessoas, 25% a mais do que na edição de 2017. Os interessados podem se inscrever pelo site: www.forumregionaldovarejo.com, pelo e-mail: atendimento@acicampinas.com.br ou pelo telefone 19. 2104.9200.






O FRV atrai empreendedores e gestores para discutir as principais tendências do varejo mundial adaptadas a realidade brasileira. Traz ainda conteúdos exclusivos apresentados por convidados que participaram do maior evento internacional de varejo, o NRF Retail’s Big Show, que acontece anualmente, em Nova York.

Dividido em quatro painéis: Políticas Públicas para o Varejo, Tendências para o Varejo, com as maiores novidades estratégicas do varejo global; Fator Humano | Perspectiva Consumidor, com nomes que são referência no setor para compartilhar suas estratégias sobre como lidar com clientes cada vez mais exigentes e imprevisíveis e Fator Humano | Perspectiva Colaborador, uma discussão sobre os desafios de preparar colaboradores frente às inovações tecnológicas e as constantes mudanças que impactam o universo varejista.

Entre os 20 palestrantes e participantes de painéis, destacam-se o presidente do conselho de administração da Raia Drogasil Antonio Carlos Pipponzi, que fará a abertura do evento, Illan Israel, responsável pelas iniciativas e estratégias de inovação do maior grupo varejista do país, o GPA, e Sérgio Perrella, Vice-Presidente de Licenciamentos e Varejo da NBA para a América Latina, responsável pela incursão da renomada marca da liga de basquete americana no varejo brasileiro. Já o encerramento ficará por conta de Mário Spaniol, fundador e presidente da marca de calçados femininos Carmen Steffens. O time de palestrantes ainda conta com outros grandes líderes do varejo nacional, com a presença de empresas como Mercado Livre, Leroy Merlin e Google, por exemplo.

Segundo o gerente-executivo da Associação Comercial de Campinas, Leandro Diniz, um dos objetivos do Fórum é destacar o impacto do fator humano nas estratégias de varejo. “Vamos falar sobre pessoas. Temos hoje consumidores mais exigentes, desejosos de boas experiências nas relações de consumo, seja no ambiente físico ou digital. Por outro lado, temos também os colaboradores que contribuem de maneira mais estratégica para que uma operação de varejo tenha sucesso ou não”, comenta Diniz. Ele acrescenta que o evento abordará ainda a tecnologia e a experiência que conecta as duas pontas, os consumidores e os colaboradores.

Tradição

“O FRV já se consolidou em todo o estado por apresentar as tendências que vão de fato influenciar o futuro dos negócios. Por meio desse evento, a ACIC cumpre a missão de disseminar conhecimento e fundamentos para o desenvolvimento da economia”, explica a vice-presidente da Associação Comercial de Campinas Adriana Flosi.

Ao longo de 5 edições, já passaram pelo FRV nomes como Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza; Sônia Hess, responsável por tornar a Dudalina uma marca reconhecida internacionalmente; Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo; Ricardo Bomeny, CEO da BFFC; e Mário Gazin, fundador do grupo Gazin.

Serviço:

6º Fórum Regional do Varejo
Tema: Um Olhar Estratégico Para o Fator Humano no Varejo
Data: 26 de abril de 2018
Horário: Das 08h às 18h
Local: Expo D. Pedro - Parque D. Pedro Shopping (Avenida Guilherme Campos, 500), Campinas, SP
Inscrições: forumregionaldovarejo.com
E-mail: atendimento@acicampinas.com.br
Telefone: 19.2104.9200

Multicoisas apresenta sugestões de presentes para o Dia das Mães

O Dia das Mães está chegando e nem sempre é fácil encontrar o presente certo para elas. A Multicoisas, maior rede de lojas dedicada a soluções para o dia a dia, sugere alguns itens que prometem agradar as mamães de todo Brasil.

Para começar o dia bem, que tal um cafezinho? A Cafeteira Single Cadence, que acompanha duas xícaras de porcelana, é bem fácil de usar e prepara o café em minutos, proporcionando rapidez e agilidade. E para manter o café e as bebidas aquecidas, na Multicoisas é possível encontrar o Aquecedor de Xícaras em USB, da Prana. Basta conectar o aquecedor, feito em silicone, ao computador, bateria ou plugue do carro que a mágica acontece: bebidas e alimentos líquidos aquecidos por mais tempo. Já o Copo Térmico em Inox “Minha Super Mãe Coruja”, da Unik, deixa as bebidas, tanto quente quanto geladas, na temperatura ideal e permite que as mamães possam levar para qualquer lugar: trabalho, casa, consultórios, shopping, etc.




Ainda pensando em proporcionar praticidade e bem-estar para as mães, a Multicoisas indica o Organizador de Bolsas, da Ordene. Fabricado em tecido, ele possui diversos compartimentos para guardar tudo o que as mães precisam, além de poder ser retirado de uma bolsa e colocado em outra. E, no final do dia, depois de uma rotina cheia de tarefas, a Multicoisas sugere o Massageador Orbit, da Relaxmedi, que possui motor elétrico de alta rotação, proporcionando o alívio de estresse e dores, relaxamento e até tonificação muscular. O seu formato anatômico é ideal para automassagem e vai fazer com que as mamães se sintam melhor.

Sobre a Multicoisas

A Multicoisas é uma rede de franquias com 206 lojas distribuídas pelo território nacional reconhecida por oferecer, de forma criativa, soluções para o dia a dia das pessoas, a empresa possui uma surpreendente variedade de artigos. Em seu mix, composto por mais de 3.500 itens, estão disponíveis desde acessórios hidráulicos e elétricos, utilidades para o lar, ferramentas e organizadores até produtos eletrônicos e de informática. A marca fechou 2017 com um crescimento de 8% e pretende crescer 14%, em 2018. São mais de 7 milhões de clientes atendidos por ano.

Tintas MC cria seguro de vida para pintores

O Seguro de Vida Pintor faz parte das comemorações dos 54 anos da Rede Varejista

A Tintas MC, maior rede varejista de tintas do Brasil, a partir de uma iniciativa inédita e exclusiva, acaba de criar o Seguro de Vida Pintor, em parceria com a Corretora Loschiavo e Mapfre Seguros. Exclusivo para a categoria dos pintores, o produto possui cobertura nacional é e uma inovação no mercado, contemplando seguro de vida, proteção de acidentes pessoais e invalidez permanente por acidente.



Renato Sá, diretor de Estratégia e Marketing da Tintas MC e idealizador da novidade conta que "num país onde cresce o número de profissionais autônomos a cada ano, o mercado de seguros profissionais ainda é muito incipiente e o risco de acidentes sem cobertura também aumentou nos últimos anos. Esse Seguro foi pensado cuidadosamente para atender essa categoria que muitas vezes é totalmente desamparada. O Seguro de Vida Pintor é uma modalidade para o segmento profissional e, nesse caso, vai ajudar o profissional a se precaver contra o inesperado".

A iniciativa também conta com o apoio do MBPM – Movimento Brasil por um Pintor Melhor – lembra o diretor – "o seguro vai prevenir o inesperado. A maior valorização que uma empresa poderia fazer pelo pintor, é a valorização da própria vida dele, por isso tivemos o cuidado de criar um produto desenhado e moldado às necessidades deste profissional e ainda parceria com uma seguradora extremamente consolidada no mercado que é a Mafre Seguros. Além dos benefícios para o pintor segurado, o consumidor final, que geralmente é o contratante do pintor, se sentirá muito mais tranquilo em contratar um profissional segurado para executar os trabalhos em sua residência.

Um aspecto importante é a facilidade de contratação do Seguro de Vida Pintor, já que os profissionais podem contratar uma apólice por telefone ou por whatsapp e tem a orientação e apoio da Corretora Lochiavo . O seguro básico pode ser contratado por apenas R$ 135,96 e possui pagamento facilitado, podendo ser realizado por meio de boleto bancário em até 4 parcelas ou com cartão de débito, em até 12 vezes.

Para contratar o seguro, entre em contato pelos números (11) 94312-1412 ou (11) 2219-1412.

Um marco para a categoria dos Pintores

"Estamos expandindo nossa atuação e cuidado dos profissionais que são tão valiosos para gente. Nossa proposta é focar e compreender as necessidades. Estamos abrindo novas formas de atuação. Essa nova modalidade faz parte de nossa estratégia de viabilizar soluções e criar parceiros de negócios que atendam aos profissionais da área" – salienta Renato.

O diretor da Corretora Lochiavo Consultoria, Mário Loschiavo Filho, explica que o "produto vai ser o maior aliado para os profissionais da categoria e vai atender em todo Brasil. Estamos confiantes que essa iniciativa vai abrir novas atuações para os outros segmentos profissionais."

A Tintas MC e Grupo Aquarela, junto com Distribuidora Premium e Flok Tecido Adesivo, fazem parte do Grupo Aliar, que no ano passado faturou R$ 300 milhões, sendo que apenas a Tintas MC teve um faturamento de R$ 170 milhões – "A Tintas MC representa quase 60% do faturamento do Grupo Aliar no ano passado", revela Renato.

A empresa, que na década de 60 foi pioneira no mercado varejista de tintas, planeja se tornar uma marca nacional até o fim do ano, já prevendo um crescimento superior a 12,5% para 2018. Atualmente, com o foco no mercado de tintas imobiliárias, industriais e repintura automotiva, comercializam as principais marcas do mercado brasileiro, como Suvinil, Coral, Sherwin Williams, Renner, Tigre, Norton, entre outras.

Sobre a empresa

A Tintas MC é a maior rede varejista de tintas do Brasil. A organização possui foco no mercado de tintas imobiliárias, industriais, repintura automotiva e acessórios. Atua com as principais marcas do mercado como Suvinil, Coral, Sherwin Williams, Tigre, Norton, Exin, Akzo Nobel, PPG, entre outras. São mais de 80 lojas próprias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, levando cores e atendimento de qualidade para todos os seus clientes.

Grand Plaza Shopping promove 4ª edição do Plaza Blog Meeting

No dia 24/04, público poderá acompanhar dicas e opiniões de importantes influenciadores do universo fashion durante encontro exclusivo de blogueiras

Para expandir sua atmosfera fashionista, o Grand Plaza Shopping promove no próximo dia 24 o 4º Plaza Blog Meeting. O evento vai reunir influenciadoras digitais e do universo da moda para discutir as próximas tendências do outono-inverno. A programação inclui dicas de looks e personalização de peças para tornar a escolha do figurino ainda mais prática e assertiva em qualquer ocasião. Gratuito, o encontro será a partir das 16 horas na Praça de Eventos, próxima da loja Riachuelo.


Único na região, a atração foi criada pelo Grand Plaza Shopping com objetivo de estreitar ainda mais o relacionamento com os clientes, além de propiciar novos negócios e compartilhamento de experiências entre os participantes, blogueiras e fashionistas, que se reúnem a cada edição do evento.

Neste ano, a atração contará com diversas palestras sobre assuntos que estão em pauta, como produção de moda, inclusão, moda Plus Size e dicas de fotos para as redes sociais. As influenciadoras convidadas são Alessandra Linder, Tayle Andrade, Beatrice Stoppa, Michelle Simões e o blogueiro Coloral. Em seus perfis, todos abordam temas sobre moda e empoderamento. O evento terá cobertura simultânea nas redes sociais do shopping.

O Grand PlazaShopping está localizado na Avenida Industrial, 600. Bairro Jardim, Santo André, SP. Mais informações pelo telefone 11-4437-5000 ou nos canais digitais:

www.grandplazashopping.com.br
www.facebook.com/GrandPlazaShop
www.twitter.com/GrandPlazaShop
www.instagram.com/grandplazashopping
www.plazablog.com.br

Prévia do maior evento de trade marketing da América Latina chega ao Nordeste pela primeira vez

Promovido pela Involves, AEx Pocket Fortaleza terá palestras com Renato Barroso, da Solar Coca-Cola, e Rubens Sant’Anna, da ESPM.

Pela primeira vez, o AEx Pocket — versão itinerante do Agile Experience — estará na região Nordeste, com estreia em Fortaleza (CE). O evento ocorre no dia 26 de abril, na Faculdade CDL, e traz nomes como Renato Barroso, da Solar Coca-Cola; Ana Carolina Franceschi Simões, do Connect Shopper; e Rubens Sant’Anna, professor da ESPM e uma das principais referências da área no Brasil.


As palestras abordam temas sobre equilíbrio entre competitividade e rentabilidade, planograma estratégico e cultura para o trade marketing. Após as apresentações, haverá também um painel que discutirá como gerar resultados no canal indireto. O evento é uma iniciativa da Involves, empresa catarinense desenvolvedora do software para gestão de trade marketing Agile Promoter, e neste ano ainda irá passar por Belo Horizonte (MG) e terá sua primeira edição internacional, na Bolívia.

As edições do AEx Pocket são uma prévia do Agile Experience (AEx 2018), maior experiência em trade marketing da América Latina, que chega à quarta edição e pretende reunir 1,2 mil pessoas entre os dias 19 e 20 de setembro, em Florianópolis/SC. No ano passado, o evento contou com 900 participantes, 80% a mais do que na edição anterior.

“Estamos muito felizes em levar esta imersão em trade marketing pela primeira vez ao Nordeste, com nomes tão importantes do setor. A educação do mercado representa um pilar estratégico para a Involves — além de organizarmos os eventos para disseminar e consolidar informações do segmento, temos o portal Clube do Trade que traz conteúdos em formato de textos, podcasts e vídeos”, diz Guilherme Coan, CSO & COO internacional da Involves.

Serviço

O que: AEx Pocket Fortaleza;
Quando: quinta-feira, 26 de abril, das 17h às 22h;
Onde: Faculdade CDL (Rua Vinte e Cinco de Março, 882, Centro — Fortaleza/CE)
Inscrições: https://www.sympla.com.br/aex-pocket-fortaleza__268237

Sobre a Involves

Fundada em 2009 em Florianópolis (SC), a Involves é responsável pelo desenvolvimento do Agile Promoter, plataforma de gestão de trade marketing e monitoramento de equipes de campo em tempo real. A solução, utilizada em mais de 17 países além do Brasil, oferece controle e análise do ponto de venda a indústrias, distribuidores do varejo e agências, mantendo na carteira de clientes grandes nomes como L’Oréal, Motorola, Nestlé, 3 Corações, Danone e Samsung. Com sede na capital catarinense e filial em São Paulo (SP), a empresa conta com mais de 140 colaboradores e aplica políticas inovadoras em gestão de pessoas, ocupando lugares de destaque no ranking GPTW de 2016 e 2017. Referência em trade marketing no Brasil, a Involves promove iniciativas constantes para promover conhecimento no setor, como o portal de conteúdo Clube do Trade e o evento anual Agile Experience (AEx).

domingo, 22 de abril de 2018

Shopping Pátio Higienópolis lança sua promoção de Dia das Mães

Cliente que gastar R$ 600 ganhará presente exclusivo da marca L'Occitane en Provence

O Pátio Higienópolis preparou uma promoção especial e inédita para comemorar o Dia das Mães. Entre 26 de abril e 13 de maio, os clientes que fizerem compras no valor mínimo de R$600,00 serão presenteados com um Sabonete Líquido Flor de Cerejeira 250ml da L’Occitane en Provence, marca de cosméticos francesa. A linha Flor de Cerejeira, ideal para qualquer tipo de pele, celebra a beleza poética da flor de cerejeira e suas flores delicadas e femininas nos primeiros dias da primavera.



“O Dia das Mães é uma data muito especial para nós. A promoção deste ano é uma continuidade à dedicação do Pátio Higienópolis em proporcionar experiências únicas e presentear seus clientes com itens exclusivos”, conta Alexandre Biancamano, diretor de marketing da Iguatemi Empresa de Shopping Centers, da qual o Pátio Higienópolis faz parte.

Para participar, basta apresentar o cupom/nota fiscal de compra no Posto de Troca da promoção – localizado no piso Pacaembu. O limite diário é de três itens por CPF, durante todo o período da promoção ou disponibilidade do estoque (12.950 unidades).

Mais informações no site www.patiohigienopolis.com.br. A loja L’Occitane en Provence está localizada no piso Pacaembu, próximo ao Vão Central.

Sobre o Pátio Higienópolis - Construído em outubro de 1999, o Pátio Higienópolis é um dos principais shoppings da cidade de São Paulo. Ao longo dos anos, o empreendimento impulsionou o desenvolvimento do seu entorno e se tornou uma extensão da casa dos moradores da região. Com mais de 300 lojas, seu projeto arquitetônico segue um estilo moderno que convive em harmonia com o clássico e oferece um espaço único com as melhores marcas nacionais e internacionais de moda, diversas opções de gastronomia e serviços. Além disso, proporciona atividades de lazer, entretenimento e cultura para toda a família. O shopping está localizado na Avenida Higienópolis, 618, com entradas alternativas pela Rua. Dr. Veiga Filho 133 e R. Dr. Albuquerque Lins. Para mais informações, acesse www.patiohigienopolis.com.br

Elo7 completa uma década com 90 mil lojistas e crescimento histórico de 80% ao ano

Plataforma de produtos criativos e autorais reúne hoje 4,5 milhões de produtos espalhados por 3.8 mil cidades em todo o Brasil

Criado em 2008 como uma solução para unir compradores de produtos autorais e microempreendedores de todo o Brasil, o Elo7 chega aos 10 anos de vida consolidado como a maior plataforma da América Latina de produtos criativos e autorais. Com 90 mil vendedores ativos em mais de 3.8 mil cidades do país, a empresa acaba de divulgar o balanço da sua primeira década, e os números demonstram a expansão da plataforma: desde sua fundação, o Elo7 apresentou um crescimento histórico de 80% ao ano, sendo que apenas em 2017 o volume em vendas foi 100 vezes maior do que no primeiro ano de operação.


"Desde o princípio, o Elo7 teve como objetivo unir vendedores e compradores de todo o Brasil, para que ambos se encontrassem de forma online independentemente das fronteiras geográficas. Essa sempre foi a demanda mais intensa dos lojistas: conseguir chegar aos compradores de diferentes estados e cidades do país. Em 2008, a internet ainda não era utilizada com tanta força para fomentar o empreendedorismo, e quando lançamos a plataforma, conseguimos vencer essa limitação e ajudar o empreendedor brasileiro a expor seu trabalho sem barreiras", explica o CEO do Elo7, Carlos Curioni.

A evolução da plataforma também manteve um ritmo acelerado em outras vertentes. Desde a criação da empresa, o Elo7 apresenta um crescimento de 45% ao ano em número de lojistas, 50% ao ano em volume de produtos cadastrados e 66% ao ano em quantidade de consumidores. "Hoje, somamos 4,5 milhões de produtos oferecidos pela plataforma, sendo que em 2008 esse número era de 75 mil produtos. Essa expansão reflete todo o investimento feito na plataforma como um todo, no intuito de evoluir a base de vendedores e compradores, além de oferecer um site otimizado e adaptado às necessidades dos dois públicos", diz Curioni.

Ao longo do período foram implementadas diversas mudanças e adaptações na plataforma para melhorar a experiência no site para vendedores e compradores. Uma delas foi a criação do Talk7, plataforma de comunicação online para gerenciamento mobile das lojas no Elo7. "A tecnologia agora permite que transações de produtos personalizados sejam feitas de forma natural, como uma conversa, e com todas as etapas transacionais integradas em um único chat. Essa tecnologia aumentou muito a qualidade do atendimento de nossos vendedores, algo vital para o sucesso nas vendas. Tanto que desde o lançamento do Talk7, mais de são 40 mil vendedores que usam o aplicativo todos os meses para otimizar o gerenciamento da própria loja", conta o CEO.

A próxima década

Com os primeiros 10 anos de vida finalizados, o que esperar para o próximo período? Para Curioni, a próxima década deve reservar uma evolução ainda maior em novas tecnologias, principalmente voltadas para inteligência artificial, e que serão utilizadas para melhorar ainda mais a experiência de compra e venda pelo Elo7, além de trazer gradativamente compradores e vendedores de produtos criativos e autorais para o mundo online.

"Transformar a vida de milhares de vendedores para que eles possam viver do seu talento e espírito empreendedor, tendo o Elo7 como seu parceiro de negócio é nosso grande sonho para os próximos anos. Além disso, do lado dos compradores, queremos participar de forma marcante nos milhões de momentos únicos na vida dessas pessoas. Desde o nascimento do marketplace, foram mais de 30 milhões de produtos fora de série vendidos e que fizeram casamentos, nascimentos, aniversários, casas novas e inúmeros outros momentos serem ainda mais especiais", finaliza Curioni.

Para mais informações sobre o Elo7, acesse: http://www.elo7.com.br/

Sobre o Elo7

Fundado em 2008, o Elo7 é um marketplace de produtos criativos e autorais. Atualmente, o site possui 90 mil vendedores ativos em 3.8 mil cidades de todo o Brasil, além de 175 milhões de pageviews, 23 milhões de visitas ao mês e 4,5 milhões de produtos anunciados. Em 2014, a empresa recebeu seu terceiro aporte no valor de US$ 11 milhões dos atuais investidores Insight Partners, AccelPartners e a brasileira Monashees Capital.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Sindilojas Jovem promove ação para incentivar o empreendedorismo

O Sindilojas Jovem está abrindo uma oportunidade para que empresários do comércio possam participar como novos membros. Criado em 2004 e uma referência de liderança do Sindilojas Caxias, o coletivo proporciona o intercâmbio de ideias inovadoras, fortalecendo o espírito empreendedor dos jovens do segmento.

O Sindilojas Jovem incentiva o espírito empreendedor dos jovens empresários do comércio da região. Para participar, é preciso ser proprietário de empresas associadas ou filho de sócios e estar na faixa etária dos 18 aos 35 anos.



A participação no Sindilojas Jovem proporciona estar presente em ações, participar de palestras e cursos na área do comércio e também possibilita a convivência com jovens empresários em momentos de troca de informações e experiências úteis para o dia a dia dos negócios. “Conhecer empresários que vivem a nossa realidade e enfrentam desafios semelhantes ao que nos deparamos em nossas empresas representa uma oportunidade interessante de crescimento. Para nós, a diversidade enriquece o debate e por isso queremos receber mais jovens em nosso grupo: para que juntos possamos crescer”, contextualiza o presidente do Sindilojas Jovem, Thiago Dal Pizzol.

Entre os benefícios da participação estão a possibilidade de conhecer pessoas de diferentes áreas e ampliar o networking, o desenvolvimento pessoal, por meio do aperfeiçoamento, de técnicas de relacionamento empresarial e de participação em eventos do setor. Ao participar, o jovem pode exercitar a liderança ao atuar no gerenciamento de projetos, prestação de contas e outras funções empresariais, bem como ter acesso ao conhecimento ao vivenciar aprendizados sobre áreas técnicas, tributaristas e rotinas padrões do comércio e também participar de feiras e congressos do setor, tendo acesso a informações de mercado.

Empresários de conceituadas marcas como Agrocaxias, Armazém das Fraldas, Artecasa, Baobá, Preçolândia, Brisa Calçados, Enxoval e Cia. Kids, Ferraro, Ilumo, Livraria Rossi, Renda Decorações, Samburá, Tonolli Camas e Vinatas Uniformes Escolares.

Serviço

Para participar, é preciso ser proprietário de empresas associadas ou filho de sócios e estar na faixa etária dos 18 aos 35 anos. As inscrições devem ser feitas pelo telefone (54)4009.5512 ou pelo e-mail rp@sindilojascaxias.com.br

Calçados Bibi capacita jovens para o mercado de trabalho com projeto Fábrica de Talentos

Em média, são 78 jovens entre 16 e 21 anos, estudantes de escolas públicas

Desde agosto de 2010, a Calçados Bibi realiza o projeto social Fábrica de Talentos que, em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), qualifica profissionalmente jovens com idade entre 16 a 21 anos. O programa é realizado nas fábricas da Bibi em Parobé (RS) e Cruz das Almas (BA) e já formou mais de 168 alunos. Anualmente, em média, 28 jovens no Sul e 50 na Bahia são capacitados para os desafios da vida, trazendo planejamento familiar e financeiro, uma visão de empresa, ética profissional, assim como o ofício de desenvolvimento e produção de calçados. Muitos desses novos talentos são recrutados e passam a integrar o time oficial da calçadista.


No próximo ano se iniciam novas turmas tanto no Rio Grande do Sul quanto na Bahia. Para ingressar no projeto, os candidatos são avaliados por meio de um trabalho realizado em grupo, com a elaboração de uma linha do tempo contando a história da sua própria vida e um teste escrito com questões pessoais. Para fazer parte desta iniciativa, os aprendizes devem estar estudando ou ter o Ensino Médio completo. Geralmente são 28 jovens aprovados no Sul e 50 na Bahia, com aulas ministradas para as duas turmas que se dividem nos períodos da manhã e da tarde. Além de a qualificação profissional ser totalmente gratuita, os jovens estudantes são integrados ao quadro de colaboradores logo no início, tem carteira assinada e recebem remuneração durante o período de aprendizado. O curso proporciona ainda uma verdadeira vivê ncia do dia a dia de uma indústria, já que tanto as aulas teóricas como as práticas ocorrem em um ambiente totalmente preparado dentro da fábrica da Bibi.

“Um dos objetivos da Fábrica de Talentos é capacitar jovens para o mercado de trabalho. Na Bibi podemos ensiná-los diferentes setores da linha de produção, como corte, costura e montagem do calçado. Até hoje já formamos 168 alunos. Posso garantir que profissionalizar esses adolescentes e prepará-los para o mercado de trabalho é uma forma de afirmar o nosso compromisso com a comunidade. Mais de 80% dos estudantes continuam trabalhando na Bibi mesmo depois da formatura. Isso é sinal que acreditamos no projeto e temos muito orgulho em coloca-lo em prática”, revela o presidente da Calçados Bibi, Marlin Kohlrausch.
Com duração de um ano e três meses, os participantes desenvolvem um Trabalho de Conclusão de Curso, ao final do programa, que consiste na criação de um calçado. Os produtos são apresentados a uma banca avaliadora que concede as notas a cada aluno e projeto. Finalizando esta etapa, a Bibi promove a formatura e entrega o certificado a todos. As próximas inscrições para a Fábrica de Talentos serão realizadas em de janeiro de 2019.

Sobre a Calçados Bibi
Fundada em 1949, a Calçados Bibi é referência no mercado de calçados infantis. Com fábricas em Parobé (RS) e em Cruz das Almas (BA), produz cerca de 2,6 milhões de pares ao ano. Presente em mais de 70 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 3.500 mil pontos de venda multimarcas, além do e-commerce e de uma rede de franquias com mais de 100 lojas. A marca de calçados infantis é pioneira e líder em desenvolver produtos a partir de pesquisas e estudos científicos. Conquistou reconhecimento do setor a partir do trabalho que desenvolve com os calçados fisiológicos e no emprego de tecnologia da palmilha Fisioflex Bibi – que proporciona a sensação de andar descalço no seu público-alvo: as crianças. A empresa é ainda a únicacalçadista certificada pelo Selo Ouro de Sustentabilidade, que atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa de Origem Sustentável: Ambiental, Econômico e Social.