sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Um Feliz 2012 a todos !

Um Feliz 2012 a todos !
Voltaremos em 09/01/2012


Ola a todos

2011 foi um excelente ano.

Entre altos e baixos, o varejo ainda continua como um grande motor da economia.
Esse ano o varejo deve fechar com o crescimento em torno de 8%. Um numero bom, embora menor do que no ano passado, principalmente por conta do desaquecimento da economia.

Para quem acompanha o blog, gostaria de agradecer a parceria com vocês. Hoje são mais de 7600 seguidores no Twitter, 4000 no Facebook, 3300 no LinkedIn e mais de 650.000 visitantes que já passaram pelo blog....a

À todos, muito obrigado.

Estou preparando grandes novidades para o próximo ano. Aguardem !


O blog entra em recesso hoje e volta às suas atividades no dia 09 de Janeiro.

Até lá, um grande abraço e boas vendas a todos !

Obs: E caprichem nos saldões ! Uma ótima oportunidade de grandes negócios após o Natal.


Atenciosamente,

Caio Camargo
FALANDO DE VAREJO
@falandodevarejo

Comércio sustentará economia brasileira em 2012, prevê CNDL

Comércio sustentará economia brasileira em 2012, prevê CNDL
A injeção de R$ 47 bilhões na economia oriundos do reajuste do salário mínimo e a crescente presença da Classe C no mercado de consumo deverão fazer do comércio o setor com melhor desempenho no Brasil em 2012. A análise é do presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), economista Roque Pellizzaro Junior, para quem a manutenção do nível de emprego no País será o maior desafio do próximo ano.

"Com o amadurecimento do nosso mercado, o varejo deverá sofrer mudanças em sua atividade para se adequar a esta nova fase. Com esta ótica, os varejistas já reestruturam seus planos de expansão dos pontos de venda, assim como o mix de seus produtos", avalia Pellizzaro. Segundo ele, esta tendência deverá se generalizar ao longo de 2012.

A participação da Classe C no mercado depende, no entanto, da manutenção do emprego. Considerado a coluna de sustentação da economia nacional por meio do consumo das famílias, o nível de emprego tem apresentado acomodação segundo os últimos números apresentados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o que deverá fazer deste indicador o principal foco de atenção do Governo para o próximo ano.

O presidente da CNDL acredita que o crescimento do PIB em 2012 não deverá ser superior a 3,5%. Os números dos dois últimos trimestres associados à instabilidade nos mercados internacionais e à tendência de acomodação do consumo interno justificam a análise do economista.

Poder de compra

Outros fatores importantes para o desempenho do comércio no próximo ano estão ligados à manutenção do poder de compra dos consumidores. A inadimplência, embora tenha crescido por dez meses consecutivos em 2011, como demonstraram os dados do SPC Brasil, deverá apresentar reversão de tendência nos primeiros meses do ano com a entrada de recursos do novo salário mínimo (14% superior) e acomodação da demanda da "nova classe C", acredita Pellizzaro.

Segundo o presidente da CNDL, a inflação, considerada um dos causadores da inadimplência e do alto endividamento que levaram a desaceleração nas vendas nos dois últimos meses de 2011, em especial no Natal, deverá ser menor em 2012 do que a registrada este ano. O índice de custo de vida, no entanto, deverá se manter acima do centro da meta do Governo, de 4,5%. "O Banco Central não poderá atuar com uma política de juros altos sob pena de paralisação econômica no Brasil", prevê o presidente da CNDL, referindo-se à taxa Selic, principal instrumento para conter os preços.

Pellizaro acredita que o Banco Central deve manter a trajetória de queda da taxa básica até que atinja juros reais (juros menos inflação) de 5% ao ano. A taxa básica de juros é hoje de 11 % ao ano e a última projeção do mercado para a inflação de 2011 é de 6,54%. "A preocupação com a inflação estará no centro das atenções do BC, mas a redução na atividade econômica também."


Fonte: DCI


Grupo Pão de Açúcar comemora sucesso dos projetos sociais em 2011

Em 2011, o Grupo Pão de Açúcar comemora o sucesso das campanhas solidárias que aconteceram nas lojas. No total, o Grupo, os colaboradores e os clientes doaram cerca 240 mil livros, 80 mil brinquedos e 400 mil peças de vestuário para instituições sem fins lucrativos, que além de estimular a ação voluntária, também trabalha dentro do conceito de reutilização. Além disso, as 330 lojas da rede se mobilizaram para ajudar as cidades serranas do Rio de Janeiro e de São Paulo atingidas pelas chuvas do começo do ano. A Campanha conseguiu reunir quase 2 mil toneladas de donativos para as vitimas que reuniam alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal.

Em outra vertente, o Programa de Música e Orquestra Instituto Grupo Pão de Açúcar que visa promover o desenvolvimento humano por meio do ensino de música já beneficiou mais de 11 mil jovens desde que foi fundado, em 1998 nas regiões de São Paulo, Brasília Rio de Janeiro e Fortaleza. Podem participar jovens entre 10 e 18 anos e os mais dedicados e talentosos são convidados a participar da orquestra até completar 21 anos de idade. O curso é de dois anos e os alunos socializam e aprendem música na teoria e na prática.

O NATA - Núcleo Avançado de Educação em Tecnologia de Alimentos e Gestão de Cooperativismo - criado em 2009, formou sua 1ª turma em dezembro de 2011 e hoje conta com 360 alunos. O objetivo deste projeto, é levar conhecimento e criar oportunidade profissional para jovens do ensino médio que associado a disciplinas técnicas do setor alimentício, formam profissionais aptos para entrada no mercado de trabalho em indústrias, cooperativas e no varejo, como técnicos em Panificação e Leite e Derivados.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Balanço de Natal nos shoppings do Rio de Janeiro

Balanço de Natal nos shoppings do Rio de Janeiro
Em 2011, os resultados do Natal foram positivos para o setor de shoppings centers. Na Baixada Fluminense, Shopping Grande Rio obteve aumento de 10% nas vendas e em 15% no fluxo de pessoas em relação ao Natal do ano passado. O número de cupons foi 25% maior em relação ao ano passado. O fluxo de veículos do Shopping Grande Rio no dia 23 foi o maior já registrado desde sua inauguração (há 16 anos) com 13.726 carros, 15 % maior que o mesmo dia em 2010.

Na Zona Oeste do Rio, o Bangu Shopping registrou aumento de 12% nas vendas e de 20% no fluxo de pessoas. Segundo o superintendente do shopping, Luis Antônio Marques, o aumento do tíquete médio foi de 6% em relação ao ano passado, o que corresponde hoje a R$878,54. Já no Bangu Shopping, o recorde desde a sua inauguração foi na troca de cupons da promoção de Natal que alcançou um resultado 12% maior em relação ao ano passado.

Já no Passeio Shopping, em Campo Grande, o Natal incrementou as vendas em 14% e o fluxo de pessoas em 10%. Segundo a gerente de marketing, Ana Lucia Lima, o aumento do tíquete médio ficou em 19,8% maior em relação ao ano passado.

No Santa Cruz Shopping, o aumento do fluxo de pessoas e de vendas foi de 20% no dia 24/12. De acordo com o coordenador de Marketing, Aldo Oliveira, o ticket médio teve um aumento de 40% referente ao ano anterior.

Na região metropolitana do Rio, o Boulevard São Gonçalo obteve, na última semana de Natal, um aumento de 20% no fluxo de pessoas e alta de 30% nas vendas em comparação com a semana de 11 a 17/12. De acordo com Roberta Veloso, gerente de Marketing, na última semana, a compra média por cliente cresceu 42% em relação à campanha do Dia dos Namorados, última promoção promovida pelo Boulevard São Gonçalo.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Microfranquias confirmam tendência e mantém ritmo de crescimento

Microfranquias confirmam tendência e mantém ritmo de crescimento
Segmento já representa quase 5% do faturamento do setor e expectativa é de crescer 15% em 2011

Com o bom momento da economia e do franchising brasileiro, o segmento de Microfranquias (composto por redes cujo investimento inicial é de até, no máximo, R$50 mil e faturamento médio mensal de R$30 mil) continua em alta no Brasil.

Atenta a essa tendência do franchising, a ABF criou recentemente um Comitê para discussão de assuntos que impactam esse setor, o desenvolvimento de novas oportunidades, além do levantamento e análise de informações do mesmo.

Segundo a ABF, existem hoje no Brasil 260 redes de Microfranquias, que correspondem a 14% do total de marcas de franquia do País, somando cerca de 12.000 unidades espalhadas pelo país (13,9% do total de unidades). O faturamento das microfranquias em 2010 foi da ordem de R$ 3,4 bilhões, o que significa uma participação de 4,6% do faturamento total do setor, que faturou R$75 bilhões no mesmo período. Em termos de geração de empregos indiretos, já representa 5% do total, totalizando mais de 36000 postos de trabalho.

Para Ricardo Camargo, diretor executivo da entidade, o segmento tem ganhado importância mediante o crescimento expressivo da classe C e da economia nacional aquecida. “Existem muitas possibilidades de crescimento no segmento de Microfranquias, já que muitas redes são recentes”, disse ele, que ressaltou também as oportunidades que virão junto com os grandes eventos que acontecerão no Brasil em 2014 e 2016.

Os dados levantados pela entidade apontam ainda que as áreas de atuação mais comuns nesse modelo são: Educação e Treinamento (25%), Beleza, Saúde e Produtos Naturais (16%), Negócios, Serviços e Conveniência (11%), Cosméticos e Perfumaria (9%), Alimentação e Serviços Automotivos (7%), Escolas de Idiomas (6%) e Limpeza e Conservação (5%).

Em participação por Estado, São Paulo é o que domina o número de marcas (54%), seguido pelo Paraná (11%), Minas Gerais e Rio de Janeiro (7%), Rio Grande do Sul (5%), SC (4%), Pernambuco (3%) e Ceará (2%). O restante do País fica com uma parcela menos representativa das redes (de 0,4% a 1%).

Para Artur Hipólito, presidente do Comitê de Microfranquias da ABF, a criação do grupo é essencial para o segmento. “As Microfranquias representam a inclusão social por meio do franchising. Com a criação do Comitê vamos ampliar as possibilidades de melhor organização, aproximando a sociedade e o governo das oportunidades de investimentos e criação de mais empregos formais”, afirmou.


Federação das CDLs registra aumento de 4,68% nas vendas de Natal em Santa Catarina

Federação das CDLs registra aumento de 4,68% nas vendas de Natal em Santa Catarina
Pequena queda no nível de emprego e inflação tiveram influência no resultado

O setor varejista de Santa Catarina obteve um aumento de 4,68% nas vendas deste Natal em relação ao mesmo período de 2010. O número baseia-se em levantamento realizado pela Federação das CDLs (FCDL SC) junto ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC SC) e às Câmaras de Dirigentes Lojistas nas transações por crediário. Com o resultado, a estimativa da entidade é fechar o ano com 5% de incremento ante o exercício anterior.

Apesar de um pouco aquém da expectativa dos lojistas catarinenses, que era de 6%, o desempenho de dezembro foi considerado positivo. Para Sergio Medeiros, presidente da FCDL SC, a pequena queda no nível de emprego e a inflação foram os fatores que empurraram o índice para baixo. “Podemos apontar, ainda, a crise econômica na Europa e nos Estados Unidos, que gera dúvidas no consumidor e o torna mais cauteloso na hora de fazer suas compras”, afirma.

O percentual verificado pela FCDL SC refletiu-se também em algumas das principais praças do estado, como Florianópolis e Blumenau, onde as CDLs locais registraram volumes similares de consultas. Chapecó e Criciúma ficaram acima da média, com respectivamente 6,34% e 6,2%. Joinville, por sua vez, apresentou redução de 9%, sendo acompanhada por Lages, com 5% a menos do que no ano passado.

Shopping Vila Olímpia estende promoção e clientes têm até o dia 31 de dezembro para concorrer 2 carros importados

Shopping Vila Olímpia estende promoção e clientes têm até o dia 31 de dezembro para concorrer 2 carros importados
Quem optou por fazer compras de Natal após a data tem até o fim deste mês para concorrer aos carros sorteados pelo shopping

O Shopping Vila Olímpia estendeu sua promoção de Natal 2011. Pensando nos consumidores que optaram em realizar as compras após a festa ou desejam aproveitar o período de trocas, o empreendimento manterá sua promoção de fim de ano até 31 de dezembro. A cada R$ 400 em compras, os clientes receberão um cupom para concorrer aos dois últimos veículos sorteados: um Mitsubishi Pajero Dakar e uma Land Rover Freelander. O sorteio dos carros acontecerá no dia 2 de janeiro, às 11 horas, no shopping. . A Promoção Natal do Shopping Vila Olímpia começou no dia 19 de novembro e já sorteou um Hyundai Veloster, uma BMW 320i, uma Mercedes C180 e um Volvo XC60. O regulamento completo da promoção e as lojas participantes estão no site do shopping.

Shopping Vila Olímpia
Endereço: Rua Olimpíadas, 360 – Vila Olímpia – São Paulo
Informações: 4003-4173 e http://www.scvilaolimpia.com.br/

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Lojas Colombo inicia "Saldão de Natal" nesta segunda-feira

Lojas Colombo inicia "Saldão de Natal" nesta segunda-feira
A Lojas Colombo inicia nesta segunda-feira (dia 26) um grande "Saldão de Natal" nas 331 filiais da rede instaladas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. A rede colocará à disposição dos clientes produtos de mostruário de todas as linhas com descontos de até 40%.

Vamos oferecer uma grande oportunidade para as pessoas que não conseguiram realizar as compras para o Natal ou que desejam ingressar em 2012 com novidades para o lar a preços bastante convidativos”, destaca Cesar Siqueira Anderson, diretor operacional de vendas.

Como resultado de uma ação exclusiva com a Sony, as maiores lojas de Porto Alegre, Grande Porto Alegre e do Litoral do Rio Grande do Sul vão ofertar vários modelos de televisores da marca com descontos que chegam a R$ 400,00. Nas demais filiais, a Colombo promoverá um ampla negociação de preços para televisores de várias marcas e modelos.

O "Saldão de Natal", que se estende até quarta-feira (dia 28), ou até durarem os estoques, inclui produtos de todas as linhas comercializadas pela Colombo, como móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, informática, áudio e vídeo, som, portáteis, entre outros itens.

Natal 2011: Só no dia 24 vendas cresceram 2,84%

Natal 2011: Só no dia 24 vendas cresceram 2,84%
As consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), um termômetro das vendas da capital mineira, cresceram 2,84% no dia 24 de dezembro na comparação com a mesma data do ano anterior. Para a economista da CDL/BH, Ana Paula Bastos, o aumento das vendas é resultado das compras de última hora e da melhora do cenário econômico.

Na comparação entre os dois últimos dias que antecederam o Natal com o mesmo período do ano anterior (23 e 24/12/11 comparado com 23 e 24/12/10) as vendas cresceram 1,24%. E na comparação com a sexta e sábado antes do Natal com o mesmo período de 2010 (23 e 24/12/11 comparado com 16 e 17/12/11) o crescimento foi de 3,15%

Pesquisa da entidade realizada com 400 consumidores no período de 07 a 25 de novembro nos principais centros comerciais da capital mineira apontou que 60,01% dos entrevistados só comprariam os presentes de Natal em dezembro. Apenas 4,76% dos consumidores afirmaram já terem comprado os presentes.

A expectativa da CDL/BH é um aumento de 3,5% a 5,0% nas vendas em dezembro comparado com o mesmo mês do ano anterior. “O Natal deve injetar na economia de Belo Horizonte R$ 2,72 bilhões”, diz a economista da CDL/BH.



Shopping Interlagos registra aumento de vendas de 17% no Natal

Shopping Interlagos registra aumento de vendas de 17% no Natal
O Shopping Interlagos, localizado na Zona Sul de São Paulo, registrou durante todo o período de Natal um grande fluxo de público e um aumento significativo das vendas. "O balanço mostra um aumento de vendas de 17% se comparado ao Natal de 2010, superando assim as nossas expectativas. O fluxo de público também foi 10% maior em comparação ao mesmo período do ano passado", ressalta Carla Bordon Gomes, superintendente do Shopping Interlagos.

Quanto aos produtos mais procurados os destaques foram para eletroeletrônicos, celulares, vestuário e acessórios, além de perfumaria e brinquedos. As compras, em sua maioria, foram realizadas com cartão de crédito. Houve também um aumento considerável de compras à vista no período por conta do recebimento do 13º salário

Praia de Belas recebe primeira operação da Kalunga no Estado

Praia de Belas recebe primeira operação da Kalunga no Estado
O Praia de Belas Shopping encerra o ano com a inauguração de mais uma operação de peso. A Kalunga, referência nacional na ramo de material escolar, informática e produtos de escritório, se juntou aos lojistas na sexta-feira (23) com a oferta diversificada de itens, do lápis e caderno até os mais sofisticados softwares. A operação do Praia de Belas é a primeira da Kalunga no Rio Grande do Sul.

A loja está localizada em ponto privilegiado do shopping, no 1º piso, Ala Sul, com acessos pela avenida Borges de Medeiros e pelo estacionamento do subsolo.

A Kalunga, que trabalha com eletrônicos de marcas consagradas, vai oferecer um amplo mix de produtos em um espaço com conceito padrão adotado pela empresa em sua expansão em shopping centers no Brasil.



Iguatemi Alphaville distribui ingressos para cinema

Iguatemi Alphaville distribui ingressos para cinema
No mês de janeiro o Shopping distribuirá vouchers que poderão ser trocados por ingressos do cinema


Para proporcionar as melhores férias de verão, inclusive durante a semana, o Iguatemi Alphaville preparou uma ação especial: até 31 de janeiro, os clientes que pagarem o estacionamento ou Valet nos caixas, receberão um voucher, que poderá ser trocado por 01 ingresso para o cinema, para qualquer sessão e dia da semana, exceto nas salas VIP, 3D e VIP 3D. A troca do voucher pelo ingresso deve ser feita no Concierge, localizado no Piso Rio Negro, mediante cadastro até dia 31/01/2012.

Como a maior operadora de cinema da América Latina a rede Cinépolis oferece uma nova experiência em atendimento, conforto e serviço. O complexo Cinépolis do Iguatemi Alphaville foi eleito recentemente, segundo edição especial da revista Época São Paulo, como o melhor cinema da cidade de São Paulo. A revista destacou as poltronas como as mais confortáveis, além da grande variedade de produtos na bomboniere e o cuidado com os detalhes nas salas do cinema.

Sobre o Shopping Iguatemi Alphaville – O Iguatemi Alphaville possui mais de 200 lojas distribuídas em quatro pisos, com as melhores marcas e um mix de moda diversificado. O empreendimento está situado em uma região privilegiada, na entrada principal de acesso aos bairros Alphaville e Tamboré, entre as alamedas Rio Negro e Xingu, próxima à rodovia Castelo Branco. Com nove restaurantes e as melhores redes de fast food, o projeto conta com skylight e jabuticabeira, além de áreas de seating e food garden, criadas pelo arquiteto Arthur Casas que oferecem conforto, requinte e aconchego. A rede Cinépolis traz nove exclusivas salas de cinema, sendo três salas Premium e três com tecnologia 3D. O shopping possui estacionamento com 1.700 vagas, ambulatório, fraldário, concierge, serviço de valet e foi concebido seguindo os critérios de sustentabilidade empresarial, que geram economia nos recursos e bem-estar aos visitantes.

http://www.iguatemialphaville.com.br

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Setor de franquias deve faturar R$ 86 bilhões esse ano e prevê crescimento de 15%, em 2012

Setor de franquias deve faturar R$ 86 bilhões esse ano e prevê crescimento de 15%, em 2012
Mesmo com a ameaça da crise mundial o sistema de franchising no Brasil continua em forte ritmo de crescimento. O setor deve fechar 2011 com um crescimento de 15% em relação ao ano passado. O faturamento deve atingir R$ 86 bilhões e fechar o ano com aumento de 10% no número de marcas e unidades.

Segundo informações da Associação Brasileira de Franchising (ABF), para o ano que vem, a associação estima que o setor cresça novamente 15%, com uma expansão de 8% no número de novas marcas e de 9 a 10% de crescimento no número de unidades.

Para Ricardo Bomeny, presidente da ABF, ainda que os números sejam positivos, o alto custo dos imóveis de forma geral e das locações em shopping centers, foram, no último semestre, os principais limitadores da expansão do setor.

O presidente aponta que as galerias comerciais e lojas de rua têm sido a saída para preencher esse gargalo. Atualmente, existem no País 1.855 marcas com 90 mil lojas franqueadas.

As microfranquias, redes de investimento de até R$50 mil, continuam sendo o grande coringa do setor. Segundo a ABF, hoje já existem 260 marcas em funcionamento, que correspondem a 14% do total de marcas de franquia do Brasil, somando cerca de 12.000 unidades espalhadas pelo país. “A previsão é de que esse segmento continue crescendo em torno de 20% em 2011 e 2012”, afirma Bomeny.

Apesar da crise nos EUA e Europa, a expansão internacional também volta a ser interessante com o novo quadro da alta do dólar e impostos para exportação. “Os mercados da América do Sul, Ásia e Oriente Médio estão bastante aquecidos e despontam como excelentes focos de internacionalização de franquias”, avalia o diretor executivo Ricardo Camargo.

Com tantas oportunidades de crescimento, a capacitação passa a ser tema prioritário na agenda da ABF. “Para 2012 o nosso foco total será em treinamento”, afirma Camargo. A novidade é que para 2012, a sede da entidade será ampliada e passará a contar com um andar exclusivo de 560 m² e 150 lugares para ampliar a oferta de cursos e eventos voltados para a profissionalização do setor.

Varejo aponta alta de 5,5% nas vendas de dezembro

Varejo aponta alta de 5,5% nas vendas de dezembro
Segundo o IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas), a expectativa é que as vendas de janeiro de 2012 cresçam 4,8%, e as de fevereiro, 4,2%

O IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas), pesquisa desenvolvida junto aos associados do IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo), aponta alta de 5,5% em dezembro de 2011 em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo com a desaceleração da atividade econômica, a expectativa é que o volume de vendas em janeiro aponte alta de 4,8% sobre o mesmo mês de 2011. Para fevereiro de 2012, o crescimento esperado é de 4,2% em comparação ao mesmo mês de 2011.

Ao contrário dos estudos anteriores e dos resultados da PMC (Pesquisa Mensal do Comércio), o segmento de bens não-duráveis projeta crescimento bem mais otimista em relação à verificação anterior, que chegou a apontar retração nas vendas. Historicamente, este segmento tem o maior peso nas medições do IBGE e contribui com cerca de 40% no índice da Pesquisa Mensal do Comércio. A expectativa é de crescimento de 4,2% em dezembro de 2011, 3% em janeiro e 1,8% em fevereiro de 2012.

O segmento de bens semiduráveis (vestuário, calçados, livrarias e artigos esportivos) também reverteu a perspectiva apontada na sondagem passada e sinaliza uma leve retomada, com previsão de vendas de 4% em dezembro, 4,2% em janeiro e 4,8% em fevereiro. Já o varejo de bens duráveis (móveis, eletrodomésticos, material de construção), que se destaca em todas as medições, as perspectivas permanecem mais positivas que os de não-duráveis e semiduráveis, com taxas de crescimento de 9,4% em dezembro, 9,1% em janeiro e 8,9% em fevereiro.





Como escolher um negócio rentável?

Como escolher um negócio rentável?
Hilco Appraisal Services ensina escolher negócio rentável

Toda análise de um novo investimento passa por critérios iniciais subjetivos que dizem respeito a personalidade do empreendedor. Diante de inúmeras oportunidades de investimentos no mercado, o velho sonho do plano “B” - depois de tantos anos trabalhando como empregado e acumulando reservas e experiências – pode tornar-se algo factível.

O entrave é que, uma simples analise precipitada, poderá colocar o investidor em sérios apuros. Para evitar esse deslize, a Hilco Appraisal Services, uma das maiores empresas de avaliação de ativos do mundo, preparou dicas práticas para ajudar na escolha de um negócio rentável.

Para Antônio Lopez, diretor da Hilco Appraisal, um primeiro passo será a identificação com o objeto do negócio: restaurante, loja de conveniência, perfumaria, chocolateria, café, moda infantil, lava rápido, posto de gasolina ou qualquer outra opções. Negócio novo? Negócio existente? Franquia? Segundo ele, a decisão será primeiramente emocional: o que eu gostaria de fazer?

Em seguida, emergem as questões práticas, ou seja, uma análise objetiva e aprofundada do retorno financeiro do negócio. Para auxiliar neste processo de planejamento e definição de onde investir e se investir, a empresa apresenta a seguir dez regras, ou dez perspectivas a serem consideradas:

1) Definição do ponto comercial

Visite o local em diferentes horários para saber qual é o horário de movimento comercial.

Verifique se há estacionamentos caso seu cliente vá ao seu estabelecimento de carro.

É importante identificar o perfil do comércio local para que não destoar do perfil de publico e comercio do local.

Alguns grandes centros no País acabam definindo um tipo de comércio num local especifico, por exemplo: rua das noivas; rua das lojas de madeiras; ruas das lojas de ferramentas e ferragens, bairro das roupas e acessórios, bairro das baladas, etc.... Por outro lado os shopping-centers resolvem estas questões mais simples por concentrar facilidades, e é claro cobram alto por isso, nos pontos e nos aluguéis.

No caso de franquias normalmente o ponto será definido pelo franqueador , por fazer parte do planejamento estratégico de expansão da marca.

2) Instalações

O investimento em instalações do tipo frigoríficos, vitrines, cozinhas, provadores, etc, é muito particular ao negócio que irá montar. As franquias já dispõe de projetos prontos.

Caso você compre um negócio já em funcionamento parte deste investimento já foi realizado e ai é só fazer os ajustes ao perfil que quer dar, ou sua “cara” ao negócio.

Novamente importante não destoar das características socioculturais de consumo da região. Não vale ter, por exemplo, um restaurante decorado para atender a clientela de alto poder aquisitivo num bairro com características de consumo popular, seu restaurante ficará ”as moscas”.

3) Edificações

Locais já adequados ao seu negócio já são um bom começo pois irão exigir pouco investimento em reformas. Lembrando que muitas vezes o investimento em adaptações será perdido caso você tenha que vender o negócio. E entregar o imóvel ao proprietário.

4) Receitas passadas

Aqui entramos nas questões financeiras e mais práticas do negócio. Peça ajuda a um profissional nos itens que se seguem. Mas o atual proprietário deverá informar qual foi a receita, por exemplo, dos últimos 5 anos do negócio.

Interessante falar de 5 anos pois tivemos uma crise, a marolinha de fim de 2008 e 2009, no País.

Algo comum, é acompanhar o movimento pessoalmente do negócio que se pretende comprar por um período para que você possa não somente aprender qual é a dinâmica do negocio mas também verificar se tem o movimento financeiro (entradas e saídas de caixa) informado no momento da primeira conversa sobre o negócio. É natural o vendedor “inflar” as perspectivas de receita. .

5) Margens de lucro

No caso das franquias elas já tem números típicos de margens de lucro, o importante é ter em mente que nada garante estas margens.

A grande maioria (mais de 60%) dos negócios fracassam por má gestão de custos e margens de lucro.

Um negócio que esteja a venda deverá demonstrar claramente quais as margens de lucratividade, basicamente: Faturamento Total – Custos (fixos e variáveis) – impostos.

6) Projeções de receita

Projeções futuras de receita, aqui também interessante contar 5 anos de projeções. Seja uma pequena indústria, comércio, restaurante, deverá projetar.

Caso você esteja pensando em abrir seu próprio negócio em quanto tempo ele irá se pagar (break-even) ou pagar as próprias contas. Importante em quanto tempo seu investimento inicial irá retornar com juros como se estivesse aplicado (pay-back).

7) Custo fixo

São todas as despesas que não dependem diretamente do movimento do negócio.

Por exemplo aluguel, salários, coleta de lixo, condomínio e luz.

Em shopping-centers e franquias há o fundo de propaganda, apesar de ter uma parte do seu valor atrelado ao faturamento, mas há um valor (fee) fixo e independente das receitas do negócio.

8) Custo variável

São aqueles custos relacionados ao movimento do seu negócio ou despesas ligadas ao processo produtivo, por exemplo: No caso de shopping há uma parte do aluguel ligado ao faturamento. Temos ainda insumos, serviços terceirizados, etc..

9) Estoques

O estoque é um ativo. É um componente que deverá ser adicionado ao valor do negócio.

No caso de restaurante, supermercados e etc ficar de olho na validade dos produtos.

Também em indústrias de alimentos é um aspecto relevante, como estão acondicionados estes estoques.

A franquia tem aspectos particulares pois impõem suas próprias condições de estoque (tipo e volume). Existe um manual do franqueado onde todas as regras para definir a operação são colocadas e relacionam obrigações de ambas as partes.

10) Dívidas

Toda divida independente da data de vencimento deverá ser descontada no fechamento do negócio. Dica: não esqueça das dívidas que vençam dentro de prazos maiores, exigir um desconto para pagá-las no ato ao credor.

Passivos trabalhistas e tributários devem ter ser valor de liquidação estimados para comporem o acerto do negócio. Lembre-se conte sempre com o auxilio de um advogado e ou contador para auxiliar na legislação e cálculos

Lopez explica que com a análise acima ficará mais fácil optar por uma ou alternativa de investimento. “Quanto mais e melhor assessorado o investidor, com profissionais experientes e competentes na área de avaliação, maior será a chance de sucesso e longevidade”, finaliza.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

"Ovolverine": Hortifruti encerra a campanha Liga da Saúde 2011

A Hortifruti coloca no ar essa semana mais um personagem da Liga da Saúde. Criada pela MP Publicidade, a campanha vai colocar o Ovolverine em outdoors, bancas, metrô, displays de monitor das lojas, folhetos e takeone. Desde junho a campanha “Liga da Saúde” vem convocando super-heróis para lutar contra os problemas de saúde com uma boa alimentação. Entre os personagens que já passaram pela liga estão Mulher Marervilha, Thormate, Pimentão América, Laranja Verde, Super Inhame e He-Manga, que tem a força e várias vitaminas.

 
Ao longo de mais de 20 anos, a Hortifruti vem realizando um trabalho de comunicação criativo e lúdico que cativou os corações de cariocas e capixabas, e recebeu muitos prêmios. Além do jeito diferenciado de atender e alegria da marca, a Hortifruti traçou um caminho criativo que com muito bom humor está registrado na lembrança de muita gente. As campanhas sempre deram destaque às frutas, verduras e legumes para comunicar os benefícios à saúde dos produtos comercializados pela rede como verdadeiras estrelas. Primeiro, os produtos ganharam voz, depois viraram celebridades nas capas da Revista Cascas, estrelaram grandes filmes em Hollywood e ditaram o ritmo de uma vida saudável. Na Liga da Saúde, as frutas, os legumes e as verduras ganharam superpoderes. "O humor e a alegria são o conceito básico para a criação das campanhas. É uma forma lúdica de informar e e ducar os clientes sobre a importância da alimentação para uma vida saudável”, explica Fábio Hertel, diretor de Comunicação da Hortifruti.

Todos os personagens da Liga da Saúde podem ser vistos no site da Hortifruti http://www.hortifruti.com.br/  

Lojistas encontram dificuldades para contratar profissionais qualificados

Lojistas encontram dificuldades para contratar profissionais qualificados
Varejo gaúcho tem vagas de empregos abertas, mas não contrata pela falta de qualidade dos candidatos e resistência a extensa carga horária das ofertas

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados apontam a geração de 25 mil novos empregos formais em Porto Alegre e de aproximadamente 118 mil no Rio Grande do Sul, no período de janeiro a outubro deste ano. Mesmo com o índice positivo, o comércio sente dificuldade em preencher as novas vagas geradas pelo consumo acentuado do final de ano.

O presidente da Federação de Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS), Vitor Augusto Koch, considera que o problema é consequência da falta de qualificação profissional dos candidatos. O Programa QComércio, criado pela entidade para incentivar e certificar a qualidade do varejo gaúcho, busca conscientizar sobre essa necessidade.

- Sabemos e tratamos da situação. Muitas vezes pela necessidade e urgência, não se exige uma preparação antecipada do profissional. O empregador precisa estar atento e sensibilizado para qualificar as pessoas para então contratá-las. Entidades em todo o Rio Grande do Sul devem disponibilizar cursos para facilitar o alcance deste objetivo - alerta o presidente.

Outra intenção da FCDL-RS, por meio do QComércio, é buscar a maior atratividade pelas ofertas de emprego do comércio, através da remuneração monetária condizente com a carga horária extensa que o varejo existe. A necessidade de trabalhar nos fins de semana, por exemplo, é um fator que causa resistência em aceitar a oportunidade de emprego.

- O varejo trabalha aos sábados em praticamente todos os municípios do Estado, sendo que em diversas cidades gaúchas também as lojas abrem aos domingos. Temos que incentivar para que o funcionário que trabalha no final de semana tenha um ganho maior para que consiga atingir a referencia que estabelece na sua vida - resume Koch.

A necessidade de absorção de novos profissionais no mercado de trabalho é ainda mais urgente com a proximidade das festas de natal e ano novo. Além disso, o período de férias motiva a locomoção massiva de pessoas até o litoral, o que faz com que os lojistas da região contratem em índices elevados.


Nota do Caio:
Eis um problema que está sendo encontrado não somente no Sul, mas em praticamente todo o país, em todos os mercados e em todos os níveis....um problema que está afetando seriamente o crescimento do varejo...


Cartão-presente C&A garante opções personalizadas para o final de ano

Disponível em lojas de todo o Brasil e na internet, produto tem diferentes modelos, valores e formato, como o cartão corporativo e mesada

A C&A oferece uma ótima alternativa para presentear com praticidade nesse final de ano. O cartão-presente é uma forma personalizada de agradar diferentes pessoas e pode ser adquirido diretamente em qualquer loja C&A ou por meio do site (http://www.cartaopresentecea.com.br/) com conforto e segurança.

(Clique para ampliar)
O valor creditado no cartão é trocado por produtos de qualquer loja C&A no Brasil, incluindo peças de vestuário, calçados e acessórios, além de itens eletro-eletrônicos, como celulares, máquinas fotográficas e aparelhos MP3. Nas lojas, o cartão-presente é creditado diretamente no caixa, após definido o valor – de R$ 10,00 a R$ 500,00.

O produto está disponível em cinco estampas, para agradar pessoas de diferentes perfis. Para os adolescentes, há a opção do cartão-mesada, que é pré-pago, vem em versão masculina ou feminina e pode ser recarregado mensalmente com o valor estipulado pelo cliente.

Já para os brindes corporativos de final de ano, a C&A criou o cartão-presente exclusivo para empresas que pode ser personalizado com a marca da companhia, que define o valor a ser creditado nos cartões. A pessoa presenteada tem a opção de escolher qualquer produto nas lojas C&A de todo o Brasil.

Além deste período de festas, o cartão presente C&A é uma ótima alternativa para presentear em qualquer época do ano e pode ser utilizado em várias compras dentro do prazo de 12 meses.

 

PC com banda larga pré-paga chega ao varejo brasileiro

PC com banda larga pré-paga chega ao varejo brasileiro
Parceria entre TIM, Magazine Luiza e Intel traz para o mercado banda larga pré-paga para PCs. Meta é acelerar a penetração de internet de alta velocidade nos lares Brasileiros

Uma parceria entre a TIM, o Magazine Luiza e a Intel trouxe para o varejo uma oferta inédita no Brasil: banda larga pré-paga – sem comprometimento mensal e por valor acessível – para acesso à internet em computadores equipados com processador Intel. O conjunto traz diversas vantagens ao consumidor que está adquirindo seu primeiro computador e precisa controlar os gastos com conexão à rede. O objetivo é incentivar a massificação da navegação na internet em lares das classes C e D.

O Magazine Luiza disponibiliza a partir deste final de semana, em suas lojas das regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e Sorocaba e também pelo site www.magazineluiza.com.br, ofertas de computadores de mesa e notebooks com modem de conexão 3G pré-paga da TIM. Especialmente para essa parceria, a operadora disponibilizou uma oferta que segue os moldes do sucesso Infinity Web para navegação no celular: o cliente paga apenas R$ 1,99 por dia para acesso ilimitado à internet. A cobrança só é feita no dia em que o cliente usar. Os preços do conjunto, já com o modem 3G incluído, variam de R$ 899,00 a R$ 1.190,00.

“A internet é essencial à vida e cidadania no século 21. Com a queda nos custos, computadores já são acessíveis à maioria da população brasileira, mas ainda é necessário universalizar o acesso a internet”, disse Fernando Martins, presidente da Intel Brasil. “O modelo da internet pré-paga tem sido muito bem sucedido em outros países como uma forma de levar a banda larga à população de uma forma economicamente sustentável. A inovação deste lançamento está não apenas no modelo de negócio, mas também na simplicidade da ativação – o consumidor sairá da loja com seu computador conectado na internet”, afirma Martins.

“O Magazine Luiza está comprometido com a expansão do acesso dos brasileiros à tecnologia da informação. Integrar este projeto estratégico também faz parte da visão de inovação do Magazine Luiza, que cada vez mais influencia positivamente a vida do consumidor”, comenta Fabrício Garcia, diretor comercial do grupo varejista. “Hoje, uma casa desconectada da rede é um lar com menos acesso a conteúdos de educação, notícias e informações em geral. Esperamos que essa oferta seja uma alternativa interessante de inclusão digital”, afirma Garcia.

A iniciativa foi bem recebida em Brasília, onde o Ministério das Comunicações estuda novas formas de incentivar a banda larga. “O Ministério tem estimulado o setor a apresentar propostas criativas de serviços. Essa iniciativa em particular é muito bem recebida por nós”, disse Maximiliano Martinhão, Secretário de Telecomunicações, do Ministério das Comunicações. “Do lado do governo, estamos estudando formas para acelerar a adoção de pacotes de dados pré-pagos. Não afastamos a possibilidade de reduzir ou isentar tributos federais para estimular essas iniciativas, com foco na oferta de banda larga às classes C, D e E”.

Países como Indonésia, Índia, Tailândia e Turquia apostaram em um modelo de banda larga pré-paga com excelentes resultados, não somente no aumento da penetração de internet, mas também na lucratividade das operadoras. Na Índia, onde o modelo foi adotado, as teles que aderiram à banda larga pré-paga registraram um aumento de 30% na receita. Experiências em outros países trouxeram resultados parecidos.

O conjunto também traz conteúdo e facilidades para quem está adquirindo seu primeiro computador, com aplicativos e recursos para multiplicar a utilidade do computador dentro do lar. Os computadores já virão conectados à loja de aplicativos da Intel, a Intel® AppUp™, de onde podem realizar download de programas gratuitos. O conjunto também vem com um DVD repleto de conteúdos educativos, como um curso de inglês gratuito do British Council, o Intel Pc Basics (um passo-a-passo que ensina a utilizar todos os principais recursos do Windows, como conceitos básicos de internet, Office, Word, Excel e Power Point) e o Easy Steps, que traz tutoriais simples para auxiliar o usuário a realizar tarefas como criar listas de contato, orçamentos, cartões de visita ou ainda como fazer download pela internet, entre outras, de forma bastante amigável; e a tecnologia de ensino e aprendizagem Skoool™, que traz uma biblioteca digital internacional de aulas interativas, simuladores e atividades educacionais multimídia sobre matemática, ciências, biologia, química e física para cada fase de ensino.

“Conectividade, facilidade e acesso a ferramentas de informação, educação e entretenimento são os itens indispensáveis para quem está adquirindo seu primeiro computador. Este consumidor tem muito claro o quanto ele tem condições de investir, tanto na aquisição do equipamento quanto no orçamento mensal,” concluiu Martins, da Intel. “A solução é reduzir o custo total de propriedade, ao mesmo tempo em que ampliamos a capacidade do consumidor de controlar seus gastos. Acreditamos que esta oferta poderá ajudar a ampliar a penetração de banda larga no país e trazer benefícios tanto para o mercado quanto para o consumidor.”


Max Sushi: franqueado e promissor

A rede de culinária japonesa Max Sushi, que registrou um crescimento de 400% em seu faturamento nos últimos anos, prepara-se para abrir seu programa de franquias. Fundada em Goiânia, em novembro de 2007, a rede possui atualmente filiais em Anápolis, Caldas Novas, Belo Horizonte, Brasília e Santos, além de outras duas lojas na capital de Goiás. A estimativa da rede é chegar em breve no interior paulista e outras grandes capitais.

De acordo com o fundador do Max Sushi, Thiago Lima, a empresa aposta no fast food com garantia de rapidez, versatilidade, variedade, qualidade e, principalmente, escolha, uma vez que é o próprio cliente quem monta seu prato. Atualmente, a rede atende cerca de 40 mil clientes por mês, sendo que algumas de suas unidades localizadas em shoppings centers apresentam os melhores resultados (faturamento por metro quadrado) das praças de alimentação desses centros de compras.

Em seu programa de franquia, a rede garante suporte à negociação com o shopping e no projeto da loja, além de apoio jurídico e de marketing, consultoria de campo com visitas periódicas, treinamentos e suporte de RH para contratações iniciais.

Sobre Max Sushi

Fundado em Goiânia em novembro de 2007, o Max Sushi é uma rede de culinária típica japonesa que atua como um fast food, garantindo rapidez, versatilidade, variedade, qualidade ,e principalmente, escolha, uma vez que é o próprio cliente quem monta seu prato. Em pouco mais de três anos, a rede Max Sushi conta com filiais em Anápolis, Caldas Novas, Belo Horizonte, Brasília e Santos, além de outras duas lojas na capital goiana, nas quais obtém os melhores resultados nos shoppings em que está inserida.




Gigante da Colina chega ao Shopping Grande Rio

A loja oficial do Vasco da Gama, Gigante da Colina, abriu este mês sua nova unidade, no Shopping Grande Rio. De acordo com a proprietária Tânia Camilo, o shopping foi escolhido devido ao grande número de vascaínos que residem na Baixada Fluminense. O investimento foi de cerca de R$250 mil. A marca, que abriu sua primeira loja em 2011, prevê a abertura de cerca de 100 lojas até 2016. Atualmente, a Gigante da Colina conta com dez unidades.

A lista de produtos é enorme: vai desde pranchas de surf a kits para bebês. Segundo a proprietária, o intuito da loja é fortalecer a marca do Vasco. “Vendemos a paixão vascaína”, completa. Além de toda a variedade de produtos disponíveis, a loja de 60m² oferecerá a opção da customização de camisas, com nome e número, de acordo com o estilo de cada cliente.

Com a abertura da nova loja, serão abertas oito vagas, quatro para vendedores, duas para caixa, uma para estoquista e uma para gerente de vendas. Os interessados podem deixar o currículo na própria loja (Shopping Grande Rio: Rodovia Presidente Dutra, 4.200, loja 147 – São João de Meriti).




segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Mercado peruano é alvo setor de franquias

Mercado peruano é alvo setor de franquias
Visita técnica realizada pela ABF revelou que há muito espaço para as marcas brasileiras na região

Para encerrar a primeira etapa do projeto de exportação de franquias 2011/2012, a ABF e a Apex-Brasil, promoveram uma missão empresarial ao Peru, com o objetivo de levantar informações acerca do mercado peruano e promover uma aproximação com potenciais investidores daquele país. Só este ano, o convênio levou empresas e empresários brasileiros para mais cinco países: Panamá, Portugal, China, Colômbia e Filipinas.

Empresas como Casa do Construtor, Caverna do Dino, Emagrecentro, Rabusch, Trópico e Hering e 5àSec participaram da missão junto com a ABF. Esta é a segunda missão comercial que a entidade promove ao país (a primeira ocorreu em 2007) e para o gerente de relacionamento da ABF, Rogério Feijó, neste período o Peru vem atravessando um forte crescimento econômico, com inflação baixa e controlada, estabilidade política e econômica e taxas de crescimento superiores às do Brasil (O PIB peruano cresceu 8,8% em 2010). “O que se vê, principalmente em Lima, é uma transformação urbana bastante positiva, com muitos empreendimentos imobiliários e obras de infra-estrutura, sobretudo viária”, observou.

Segundo Feijó, o Peru é, segundo o índice “Doing Business”, o 2º país mais atrativo para investimentos internacionais na América Latina. O governo peruano oferece benefícios para empresas estrangeiras que investem no país, o que interessa muito para as franquias.

A ABF contou com importante apoio da Embaixada do Brasil em Lima e de entidades peruanas. Além de reuniões e visitas a operações locais, a programação contou com um seminário seguido por rodadas de negócios, realizado nas dependências da Embaixada, com a presença de empresários peruanos, representantes de entidades locais e imprensa, onde o diretor executivo da ABF, Ricardo Camargo, apresentou o desempenho do franchising brasileiro. A agenda incluiu ainda reuniões na Câmara de Comércio de Lima, na Agência de Promoção de Investimento do Peru – ProInversión, na Associação de Centros Comerciais do Peru (ACCEP) e com empresários do setor de shopping center.

Oportunidades na região

Segundo a ABF, o Peru já possui sete operações de franquias brasileiras: Casa Cor, Lilica Ripilica, Localiza, Totvs, Via Uno, Showcolate e Zebra Zero. Atualmente há 170 conceitos de franquia em operação no país, sendo 70% de origem estrangeira, sobretudo marcas americanas. “Isso sinaliza uma oportunidade para a entrada de conceitos brasileiros, principalmente das áreas de educação, serviços, acessórios pessoais, calçados e vestuário, beleza e saúde”, concluiu Ricardo Camargo.

Cerca de 65% das lojas virtuais entregam dentro do prazo, aponta estudo do E-Commerce Brasil

Cerca de 65% das lojas virtuais entregam dentro do prazo, aponta estudo do E-Commerce Brasil
Pesquisa foi realizada com mil varejistas virtuais. O prazo de entrega mais usual é de três dias úteis


O Natal é a época mais esperada para todo o varejista, e no comércio eletrônico não é diferente. Segundo dados da e-Bit, o e-commerce brasileiro deve movimentar R$ 2,6 bilhões no período. No entanto, a alta movimentação traz à tona um velho fantasma do setor no país: a logística.

Criado com o objetivo de fomentar e buscar a excelência no comércio eletrônico, o Projeto E-Commerce Brasil, oferecido pelo iMasters, Abril e Google, realizou uma pesquisa com cerca de mil varejistas virtuais, que apontaram se o prazo de entrega prometido ao usuário foi cumprido ou não.

E, de acordo com o levantamento, das lojas virtuais que oferecem os prazos mais longos, como até 30 dias úteis, apenas 10% cumpriram o prazo em aproximadamente 70% das encomendas. Já os e-commerces que contam com prazos mais curtos, de até cinco dias úteis, o índice de entrega pontual sobe para 50%. O prazo de entrega mais usual encontrado no comércio eletrônico brasileiro é de 3 dias úteis, e 65% das lojas entregam os produtos dentro do prazo.

Para complementar o estudo, números levantados juntamente com o portal Reclame Aqui, registraram mais de 610 mil reclamações no e-commerce até o início de dezembro. Em 2010 esse número não superava as 160 mil reclamações. No entanto, no ano passado, as queixas por atraso na entrega eram de 68%, contra 62% em 2010.

Para Tiago Baeta, idealizador do Projeto E-Commerce Brasil e diretor do portal iMasters, é preciso haver um melhor planejamento por parte dos lojistas virtuais. “Primeiro, temos que ver que a logística é um problema crônico no país. E, visto isso, as lojas virtuais precisam planejar com antecedência, elas conseguem promover uma entrega mais rápida. O sistema de BackOffice é fundamental para se manter organizado nas datas sazonais”, afirma.

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas: Grupo iMasters, Mercado Livre, BuscaPé, Google, Grupo Abril, Grupo DGB, Accurate, iPagare, ClearSale, Completa Logística, Compra3, Dinamize, Dotstore, Internet Innovation, KPL Soluções, Locaweb, MoIP, Megalos Ideas, PagSeguro, Site Blindado, VIRID e WB4B/C’ Negócios Online.

Varejo: Entre a tática e a estratégia

Olá a todos.

Certa vez durante uma conversa com um gestor de uma grande rede de varejo, este me questionou sobre a diferença entre alguns gerentes de suas lojas. Dizia que era possível separar todos seus gerentes em dois grandes grupos, táticos e estratégicos.

O assunto de certa forma me fez pensar que essa não é uma qualidade apenas ligada à profissionais, mas que pode ser analisada levando em consideração o varejo por si só como protagonista, considerando essa análise para uma análise mais adequada de seu posicionamento junto ao ser mercado.

Quando dizemos que um profissional age de maneira mais tática, nesse significado, indica que este está mais atento às questões do dia-a-dia, buscando resolvê-las à medida que essas vêm acontecendo, processualmente, buscando através de uma constância de boas resoluções, um bom resultado final. Podemos dizer que a grande maioria dos varejistas (a grande massa do varejo), age dessa forma, principalmente se contarmos os varejistas que estão iniciando seu negócio, pequenos empresários e empreendedores.

De outra forma, podemos dizer que profissionais que agem de maneira mais estratégica, por vezes, estão pouco focados nas questões do dia, as quais acredita que podem ser facilmente delegadas, buscando observar, através de uma visão mais macro de sua operação, não somente oportunidades, mas também perceber e compreender problemas e deficiências com alguma antecedência. Comparando com os varejistas, podemos entender estes como alguns varejistas de grande porte, ou até mesmo as franquias, que de alguma maneira, buscam o resultado diário, mas têm sua energia focada à uma visão mais global e analítica sobre toda a operação, uma visão mais estratégica.

Mesmo no caso de profissionais, particularmente não acredito que entre esses dois aspectos haja um correto e um errado. Se falamos de profissionais, é até interessante uma empresa possuir profissionais com atitudes ou até mesmo obrigações complementares como essas.

No caso do varejo, acredito que ter um bom nível tático garante o sucesso do negócio, garante o pão do dia, entretanto, ter uma visão estratégica adequada permite com que se construa uma marca sólida e eficiente naquilo que se propõe.

Um grande abraço e boas vendas

Caio Camargo
@falandodevarejo
http://www.falandodevarejo.com/

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Griletto cresce 40% em número de lojas em 2011

Griletto cresce 40% em número de lojas em 2011
A expectativa é que sejam abertas mais 120 lojas até 2015


O Griletto, rede de franquias especializada em grelhados e parmegianas e uma das que mais cresce no país, superou as expectativas e vai terminar o ano com crescimento de 30% em faturamento.

“Estamos satisfeitos com os resultados deste ano e continuamos trabalhando para crescer e expandir para as principais praças de alimentação de todo o país”, afirma Ricardo José, sócio-fundador do Griletto.

Dando sequência a seu programa de expansão no País, até o primeiro semestre de 2012, o Griletto pretende inaugurar mais 20 unidades. No total, hoje são mais de 90 lojas nos principais shoppings do interior paulista além da capital, Grande São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Bahia e Piauí. Isso significa um crescimento de 40% comparado com o ano anterior.

Servindo comida saudável, saborosa e de qualidade, com preços extremamente acessíveis, o Griletto comercializa mais de 4,5 milhões de pratos por ano.

Em novembro a rede incrementou o cardápio com oito novas opções de pratos. São eles: Polpetinni, Risoto de Queijo, Risoto de Funghi, Risoto de Bacon, Prato Express com Almôndegas, Lasanha aos Quatro Queijos, Talharine com Almôndegas ao Sugo e Fraldinha. O preço dos novos pratos varia entre R$9,90 e R$15,90. Agora são mais de 60 opções de pratos principais, além de acompanhamentos, bebidas e sobremesas.

Segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising, o segmento de franquias que obteve o maior rendimento, com 39% de aumento, foi o de alimentação.


NetQuest: Consumidores gastarão mais no Natal deste ano

NetQuest: Consumidores gastarão mais no Natal deste ano
Roupas, brinquedos, calçados, perfumes e livros devem ser os campeões de vendas no Natal de 2011

Roupas, brinquedos, calçados, perfumes e livros deverão ser os produtos campeões de vendas no Natal deste ano. Pelo menos é o que aponta um recente levantamento da Enfoque Pesquisa, especializada em decifrar os desejos de consumidores e tendências de consumo, e pela NetQuest, empresa dedicada a desvendar a opinião de consumidores em toda América Latina.

A vestimenta é o presente que está no topo da lista das intenções de compra, com 79% do total. Os brinquedos são os segundos da lista, com 58%, seguidos pelos calçados, com 51%; perfumes, com 47%; e pelos livros, com 43%. Os 300 homens e mulheres de 21 a 60 anos de todo o Brasil que responderam via Internet o levantamento puderam escolher mais de um artigo durante a pesquisa.

“O valor mínimo que mais da metade dos entrevistados – 53% – planeja gastar é de R$ 300, mas o tíquete médio fica na casa dos R$ 500, o que mostra que esse Natal será dos presentes mais caros”, afirma a presidente da Enfoque, Zilda Knoploch.

Para o Bruno Paro, diretor geral da NetQuest, o modelo de pesquisa utilizado é importante porque mostra o alcance das pesquisas realizadas via web. “Embora a Internet não seja representativa da população brasileira, com um bom desenho de cotas e a correta segmentação da base, os painéis online já são a principal ferramenta de campo no mundo”, comenta.

Consumidores gastarão mais no Natal deste ano

Os consumidores brasileiros vão gastar mais no Natal deste ano do que em 2010. É o que aponta um levantamento que acaba de ser divulgado pela Enfoque Pesquisa, especializada em decifrar os desejos de consumidores e tendências de consumo, e pela NetQuest, empresa dedicada a desvendar a opinião de consumidores em toda América Latina.

O estudo, realizado via Web com 300 homens e mulheres de 21 a 60 anos de todo o Brasil, apontou que cerca de 40% das pessoas pretendem gastar um valor mais alto do que no ano passado, enquanto 55% esperam gastar um montante parecido com o de 2010. “O valor mínimo que 53% planeja gastar é de R$ 300, mas o tíquete médio fica na casa dos R$ 500, o que mostra que esse Natal será dos presentes mais caros”, afirma a presidente da Enfoque, Zilda Knoploch.

Para o Bruno Paro, diretor geral da NetQuest, o modelo de pesquisa utilizado é importante porque mostra o alcance das pesquisas realizadas via web. “Embora a Internet não seja representativa da população brasileira, com um bom desenho de cotas e a correta segmentação da base, os painéis online já são a principal ferramenta de campo no mundo”, comenta.

A pesquisa revelou, também, que as pessoas com mais idade – de 51 a 60 anos –, são as que esperam gastar mais: 48% desse grupo devem desembolsar de R$ 501 a R$ 3 mil em presentes.

Maioria das pessoas planeja gastar, no mínimo, R$ 300 com as compras de Natal

Qual o valor mínimo que você pretende gastar com presentes de Natal? para 53% dos entrevistados pela Enfoque Pesquisa, especializada em decifrar os desejos de consumidores e tendências de consumo, e pela NetQuest, empresa dedicada a desvendar a opinião de consumidores em toda América Latina, no mês de setembro, é R$ 300.

O levantamento, realizado com 300 homens e mulheres de todo o Brasil via Internet, aponta que o tíquete médio das compras será em torno de R$ 500. “Se levarmos em conta que apenas 8% dos consumidores entrevistados afirmaram que pretendem gastar menos de R$ 100, os consumidores podem começar a comemorar, pois esse Natal tende a ser dos presentes mais caros”, afirma a presidente da Enfoque, Zilda Knoploch.

Para o Bruno Paro, diretor geral da NetQuest, o modelo de pesquisa utilizado é importante porque mostra o alcance das pesquisas realizadas via web. “Embora a Internet não seja representativa da população brasileira, com um bom desenho de cotas e a correta segmentação da base, os painéis online já são a principal ferramenta de campo no mundo”, comenta.

A pesquisa revelou, também, que as pessoas com mais idade – de 51 a 60 anos –, são as que esperam gastar mais: 48% desse grupo devem comprar um presente de R$ 501 a R$ 3 mil.

64% dos brasileiros usarão o 13° salário para compras de Natal

No Natal deste ano, 64% das pessoas pretendem utilizar o 13° salário para compras natalinas. Isso é o que aponta a pesquisa da Enfoque Pesquisa, especializada em decifrar os desejos de consumidores e tendências de consumo, e pela NetQuest, empresa dedicada a desvendar a opinião de consumidores em toda América Latina.

Segundo o levantamento, também foi constatado que 75% dos consumidores pretendem investir mais nas compras deste ano do que no ano passado o que, de acordo com a presidente da Enfoque, Zilda Knoploch, anima os lojistas. “O valor mínimo que 53% planeja gastar é de R$ 300, mas o tíquete médio fica na casa dos R$ 500, o que mostra que esse Natal será dos presentes mais caros”, afirma a presidente da Enfoque, Zilda Knoploch.

Para o Bruno Paro, diretor geral da NetQuest, o modelo de pesquisa utilizado é importante porque mostra o alcance das pesquisas realizadas via web. “Embora a Internet não seja representativa da população brasileira, com um bom desenho de cotas e a correta segmentação da base, os painéis online já são a principal ferramenta de campo no mundo”, comenta.


Giuliana Flores almeja crescer 15% neste Natal

Loja Virtual de flores cria a categoria “Amigo Secreto” com produtos separados por faixa de preço para facilitar a escolha de presentes
Com o objetivo de movimentar o e-commerce nacional com a proximidade do Natal, a Giuliana Flores, líder em vendas de flores pela internet, aposta em uma série de ações especiais para levar um Natal repleto de novidades para os e-consumidores.


Além de campanhas do Google e promoções na Fan Page da loja no Facebook, a Giuliana Flores lançou uma categorização para otimizar a escolha de presentes no final do ano, na qual as sugestões estarão separadas por categorias como família, decoração e amigo secreto. Para auxiliar ainda mais, os presentes estarão separados por faixa de preço, tornando mais simples a escolha para o amigo secreto.

Todas as marcas já encontradas no site estarão disponíveis para presentes de Natal, como Amor aos Pedaços, Ofner, Havanna, Kopenhagen, Lindt, Chandon, Salton, entre outras.

A Giuliana Flores espera crescer 15% em relação ao Natal passado, por conta da categorização. “Estamos aqui para facilitar a escolha dos presentes do final de ano do e-consumidor. Com a categorização, o cliente vai direto ao ponto, escolhendo exatamente o que pode gastar, evitando assim desistir da compra por não encontrar aquilo que quer e está disposto a pagar”, afirma Juliano Souza, gerente de marketing da Giuliana Flores.





Hortifruti lança promoção "Natal Premiado"


A tradicional roleta da sorte volta a premiar os clientes da Hortifruti nesse Natal. De 12 a 22 de dezembro, quem estiver no caixa sorteado quando o "jingle" da promoção soar será convidado a girar a roleta da promoção “Natal Premiado Hortifruti” para descobrir o percentual de desconto que terá nas compras que acabou de fazer. Nesse momento, a sorte estará lançada. Os descontos são variados e o cliente pode ganhar até o valor total da compra grátis. Serão diversos sorteios ao longo do dia nas 24 lojas da Hortifruti.


Natal 2011: Troca de mercadorias

Natal 2011: Troca de mercadorias
Troca de mercadorias sem defeito não é obrigatória, salvo se o lojista afixar informativo na peça ou no estabelecimento
A troca de produtos sem defeito não é obrigatória. Portanto, a lei só obriga aos lojistas a realizarem trocas de produtos defeituosos, ou seja, o lojista não tem obrigatoriedade de trocar mercadorias em virtude de arrependimento do consumidor quanto à cor, tamanho ou modelo. Segundo a gerente jurídica da CDL/BH, Patrícia Loyola, a troca, neste caso, é uma liberalidade do lojista. “Na maioria das vezes, a troca é aconselhada por uma questão de fidelização e cortesia para o cliente”, explicou. “O momento de troca pode significar também novas vendas”, acrescentou.

Entretanto, se houver qualquer defeito no produto ou falha na informação prestada no momento da compra, a solução do problema é obrigatória. Quando a troca exigida pelo consumidor for motivada pelo defeito do produto, o lojista tem um prazo máximo de 30 dias para saná-lo. Segundo o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor, se o prazo não for cumprido, o consumidor poderá escolher, alternativamente: a substituição do produto por outro da mesma espécie, a restituição da quantia paga, monetariamente atualizada, ou, o abatimento proporcional do preço. “Caso o lojista afixe em seu estabelecimento um cartaz informando um prazo determinado para a troca da mercadoria, ou informá-lo na etiqueta do produto, a troca deverá ser efetuada, em obediência ao estipulado pelo lojista e informado ao consumidor”, explica a gerente jurídica da CDL/BH.



Patroni Pizza inaugura mais de 13 lojas nos últimos três meses

Patroni Pizza inaugura mais de 13 lojas nos últimos três meses
São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará e Pernambuco são alguns dos estados que receberão novas unidades franqueadas

 
A Patroni Pizza, considerada a maior rede de pizzarias do Brasil e Bicampeã do Prêmio Melhor Franquia de Alimentação do Brasil - PEGN 2010 e 2011, fecha o ano de 2011, com a inauguração de mais 13 lojas, entre os meses de setembro e início de janeiro de 2012, localizadas nas cidades de Chapecó (SC), Praia Grande (SP), São Paulo (SP), São Caetano do Sul (SP), Natal (RN), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Campinas (SP), Santos (SP), Hortolândia (SP), Caraguatatuba (SP), Barueri (SP) e Caruaru (PE). As inaugurações fazem parte da estratégia de expansão da rede de franquias, que pretende chegar a 150 novas lojas (entre abertas e a inaugurar) até o fim de 2011.

 
As novas unidades da Patroni Pizza trazem aos consumidores a possibilidade de saborear as pizzas saborosas e crocantes, com toque artesanal e refeições executivas, com excelente custo-benefício, além de estar em um agradável espaço de alimentação. “Estes novos pontos de venda Patroni Pizza possuem um enorme potencial de consumo e a abertura dessas novas lojas só vem a confirmar nosso crescimento de mercado. Para os franqueados, oferecemos rápido retorno do investimento e rentabilidade garantida”, afirma Rubens Augusto Junior, presidente da Patroni Pizza.

 
O cardápio da Patroni Pizza inclui mais de 30 sabores de pizza, carro-chefe da operação, todas assadas no forno a lenha, além de massas, carnes, risotos e saladas, petiscos e chope, unindo a agilidade exigida em uma praça de alimentação com qualidade e toque artesanal. Para as crianças, o sucesso fica por conta das pizzas em formato de tartaruga e as opções de pratos KIDS do cardápio.

 
Além disso, os consumidores poderão degustar no novo cardápio, a linha “Don Patroni”, composta por Lasanha Dona Bonanza, com creme à base de Catupiry e carne moída; e a Pizza Don Patroni, combinação dos ingredientes de maior preferência nacional como mussarela, calabresa, molho de tomate salpicado, parmesão e manjericão. O menu traz ainda novidades como: Pizza Di Nápoles, inspirada em receita autentica napolitana que está sendo objeto de certificação pela “Associazone Verace Pizza Napoletana”, da Itália, Strogonoff de Camarão, Filé de Pescada, Contra Filé Bovino, Filé ao Catupiry, Penne importado da Itália e as Super Fritas (com cobertura de parmesão e bacon).

 
Novas Lojas Patroni Pizza

 
Setembro
Shopping Pátio Chapecó - Av. Fernando Machado-D, 4.000 – Líder - Chapecó – SC
Litoral Plaza - Av. Ayrton Senna da Silva, 1.511 - Praia Grande – SP
Raposo Shopping - Rod. Raposo Tavares, Km 14,5 - São Paulo – SP

 
Outubro
ParkShopping São Caetano - Alameda Terracota nº 545 - Espaço Cerâmica - São Caetano do Sul – SP
Natal Shopping - Av. Senador Salgado Filho, 2234 - Candelária - Natal/RN
Estação Goiânia - Avenida Goiás Norte, Centro - Goiânia – Goiás

 
Novembro
Shopping Campo Grande - Av. Afonso Pena, 4909 - Campo Grande – MS
Campinas Shopping – Trevo Rod. Anhanguera x Rod. Santos Dumont – Campinas – SP
Shopping Praia Mar - R. Alexandre Martins, 80 - Aparecida - Santos – SP
Hortolandia Shopping - Rua José Camilo de Camargo, 05 - Centro - Hortolândia-SP

 
Dezembro
Caruaru Shopping - Av. Adjar da Silva Casé, 800 - Caruaru – PE
Serra Mar Parque Shopping - Avenida José Herculano, 1086, Jardim Britânia, Caraguatatuba – SP
Parque Shopping Barueri - Rua General de Divisão Pedro R. da Silva, 400 - Nova Aldeinha – Barueri – SP

 

 

Embalagens especiais para o Natal atraem os consumidores e aumentam as vendas

Embalagens especiais para o Natal atraem os consumidores e aumentam as vendas
Grife francesa L’Occitane aposta nas embalagens como ferramenta de divulgação da marca e estímulo ao consumo no final do ano

Com o objetivo de atrair ainda mais atenção para a campanha de final de ano e alavancar as vendas, a L’Occitane, empresa especializada em perfumes e linhas de cosméticos para cuidados faciais, corporais e bem-estar, investiu na produção de novas embalagens de Natal para seus produtos.

Desenvolvido na França, país onde a grife foi originada, o layout das novas embalagens foi idealizado e padronizado para distribuição em mais de 85 países onde a grife esta presente. O design e visual das embalagens são reconhecidos mundialmente, acompanhando a qualidade dos produtos, além de manter a identificação dos consumidores com a marca.

Para Marialice Rocha, gerente de comunicação da L’Occitane, a embalagem reflete como é importante a apresentação dos produtos ao consumidor e, portanto, deve ser considerada uma importante ferramenta de divulgação da empresa nas lojas e demais pontos de venda.

“A embalagem para nós é um dos pontos fortes e, por isso, sempre damos a ela uma atenção especial. Percebemos que nossos clientes esperam que a experiência de compra, seja finalizada em uma embalagem bonita, de qualidade e que, no caso de quando alguém é presenteado, seja possível identificar imediatamente que se trata de um presente L’Occitane.”, afirma a gerente.

No Brasil, a produção da nova linha é realizada exclusivamente pela Antilhas, empresa reconhecida no mercado pelo pioneirismo em levar inovações e soluções em embalagens para o setor varejista.

Alinhada ao conceito de qualidade da grife francesa, a Antilhas foi responsável por, durante a produção, manter esse padrão internacional e a sofisticação que diferencia a L’Occitane de outras marcas de cosméticos. As sacolas e envelopes já estão sendo comercializados em todas as lojas da L’Occitane pelo País.

O Melhor da Vida investe em ações de marketing digital e social para alavancar crescimento no Natal

O Melhor da Vida investe em ações de marketing digital e social para alavancar crescimento no Natal
Portal programou ações exclusivas para levar o que há de melhor em experiências a seus usuários
Para expandir ainda mais o conceito de presentear com experiências nesse Natal, o portal O Melhor da Vida, pioneiro no conceito de presentes experiência no Brasil, preparou ações diferenciadas para a data.

Para isso, investe em ações e promoções exclusivas nas redes sociais, que podem ser conferidas a partir do twitter e da Fan Page da marca: http://twitter.com/#!/melhordavida  e http://pt-br.facebook.com/omelhordavidapage .

Além disso, o Melhor da Vida conta com banners promocionais no portal UOL e reestilização do site para receber a época mais esperada pelo comércio eletrônico durante todo o ano. O email marketing especial de Natal também será utilizado para reforçar as diversas opções de presentes experiência disponíveis, que vão desde um Day SPA até um voo de balão ou um passeio de Ferrari.

Segundo Jorge Nahas, CEO da O Melhor da Vida, fazer uso de todas as ferramentas online para chegar até o consumidor é uma importante estratégia para o final do ano. “Utilizaremos todas as plataformas para levar ao e-consumidor a importância de dar presentes que marcam a vida para sempre, ainda mais em uma data tão importante como o Natal”, afirma Nahas.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Vídeo: Campanha Petrobrás Investe em Você.

Olá a todos.

Compartilho com vocês alguns vídeos que fiz para a campanha dos @postospetrobras, intitulada Petrobrás Investe em Você, que pode ser conferida ao longo dos ultimos dois meses também através da hashtag #InvesteEmVc.

Fui convidado a participar como especialista do canal "empreendedor" da campanha.

Nos vídeos a seguir, respondo à três perguntas:


1.) Quero abrir um negócio. Onde conseguir informações para abrir minha empresa?






2.) Qual o prazo ideal para o retorno de um investimento?






3.) Abri um negócio há pouco tempo. Como avaliar se o serviço que estou prestando está tendo uma boa aceitação no mercado?






Espero que gostem, e mais do que isso, que seja útil à todos.

Gostaria de agradecer à Petrobrás pelo convite e à toda equipe da W3Haus (@w3haus) pelo excelente resultado do trabalho.



Um grande abraço e boas vendas


Caio Camargo
Falando de Varejo
@falandodevarejo

Ijuí: Ações revitalizam Espaço Comercial

Ijuí: Ações revitalizam Espaço Comercial
A rua 15 de Novembro em Ijuí, interior do RS, está respirando novos ares...os empresários estão sendo beneficiados com o projeto de Revitalização dos Espaços Comerciais Noroeste,o qual recebe o apoio do Sebrae RS e NA, e desde outubro de 2010 estão passando por um processo de capacitação, recebendo cursos, consultorias, palestras e participação em visitas técnicas a outros aglomerados comerciais para busca de experiência.

O grupo de empresários de Ijuí soube aproveitar o momento e a oportunidade de tornar o ambiente comercial mais atrativo e conseqüentemente atraindo um maior fluxo de pessoas, trazendo como resultado o aumento do faturamento.Para a organização do plano de trabalho foi formado as comissões de infra-estrutura, finanças e marketing e aproveitaram a cooperação do grupo para promover o espaço comercial.

Através de uma parceria com a Usina de Ideias, da Universidade Unijui, foi desenvolvido a identidade visual da rua e o plano de marketing, e a partir disso várias ações foram desencadeadas tais como: confecção de sacolas em conjunto, sendo que de um lado será a logomarca da rua e do outro a logo de todas as empresas que participam do projeto; o mapa do aglomerado comercial com a sinalização do local de cada empresa e legenda dos segmentos demonstrando a diversidade do mix que contempla o território e ainda os serviços que estão localizado no mesmo ambiente; colocação de placas de sinalização com a logo da rua e frases de divulgação da qualidade, diversidade, do passeio de compras e votos de bem vindos aos consumidores que visitarem o local serão instaladas sob as placas indicativas de rua. Serão 12 placas colocadas no ambiente, contemplando todas as esquinas do aglomerado.

Todas essas ações são patrocinadas pelos próprios empresários, que através da comissão de finanças gerenciam um caixa do grupo, com pagamento de uma mensalidade mensal, para que as ações de marketing e tematização nas datas comemorativas sejam possíveis de serem realizadas. Os empresários também confeccionaram camisetas padronizadas que serão usadas no mês de dezembro; adesivo de identificação da loja que pertence a rua 15.

Para o natal, as empresas buscaram alternativas para fazer a sua decoração, visto que a rua nunca tinha recebido iluminação, para isso foi definido como elemento comum a “estrela” e todas as lojas serão ambientadas com o mesmo símbolo, porém com liberdade de criação, e a colocação de um tapete vermelho no seu acesso. As empresas também compraram estrelas iluminadas e buscaram o apoio de poder público para a sua instalação.

As comissões fizeram contato com os responsáveis pelas entidades financeiras e cooperativas que estão localizadas no mesmo aglomerado comercial para a busca de parceria a fim de colocar árvores de natal decoradas com estrelas e com a identificação da logo do patrocinador e, claro, da rua 15, o resultado foi o apoio de 7 árvores que serão instaladas no ambiente tornando esse mais atrativo,sendo patrocinado pelo Sicredi, Itaú e Unimed.

Mas as ações não param por aí. As comissões realizaram várias reuniões com o poder público e já contam com o levantamento topográfico do ambiente,para o futuro projeto de revitalização que está previsto para 2012 e conquistaram também a troca de toda a iluminação da rua que será em Led. Para o próximo ano o grupo irá fazer o site da rua, sendo que o domínio já está registrado sob o endereço www.rua15.com, onde terá a divulgação de todos os segmentos do mix empresarial e link para as empresas que possuem o seu próprio site.

O lançamento de todas essas ações aconteceu no dia 07 de dezembro em um coquetel para imprensa, lideranças e empresários. O grupo de Ijuí, é formado por 47 empresas, e está sob a gestão da técnica Lisiani Uggeri Hampel, supervisionada pelos seus gerentes regional Claiton dos Santos e Estadual Rodrigo Farina de Mello.


Nota do Caio:
Vale o lema: A União faz a força.
Parabéns a todos os envolvidos. Belo projeto.

Fundadores da rede Spoleto promovem treinamento personalizado a empreendedores

Fundadores da rede Spoleto promovem treinamento personalizado a empreendedores
Apontada como um case de empreendedorismo brasileiro, a rede de culinária italiana Spoleto lança nacionalmente o concurso cultural ValorizAÇÃO – Uma pitada de experiência na sua empresa! A ação é voltada para empresários da área de alimentação que possuam um estabelecimento com no mínimo dois anos de operação. O vencedor ganhará um ano de “coaching” com os executivos e fundadores da marca, Mario Chady e Eduardo Ourivio.

Os empresários vão seguir o mesmo modelo adotado pelo Instituto Endeavor e, assim como aconteceu com eles, ajudar novos empreendedores na estruturação e expansão de um novo negócio. Na sede do Spoleto no Centro do Rio de Janeiro, ocorrerão reuniões trimestrais com “a dupla de sucesso”, que em 1999 lançou no mercado um modelo de negócio inovador e tornou-se líder no segmento de culinária rápida italiana do país.

- Acreditamos que as pessoas possam ter mais ou menos características empreendedoras, mas todas podem aprender e gostar. O que faz a diferença para ser um empreendedor bem-sucedido é a pessoa realmente fazer o que ama. Assim como fomos orientados e ajudados, queremos agora repassar esse conhecimento para empresários do futuro – declara Eduardo Ourivio.

O concurso cultural é válido até 20 de janeiro de 2012. Os interessados poderão se inscrever pela fan Page no Facebook on.fb.me/valorizACAO , localizada na rede social do Spoleto, onde devem preencher um cadastro. A escolha do vencedor se dará pela análise da resposta para a pergunta "Por que você enxerga, no seu negócio, um potencial de expansão/crescimento?".

Encerrado o prazo de inscrições, cinco potenciais ganhadores serão selecionados para enviar o plano de negócio à equipe do Spoleto. O ganhador final da ação será anunciado na página de Facebook no dia 30 de Janeiro de 2012.

Mr. Mix inaugura seis unidades no fim do ano

Mr. Mix inaugura seis unidades no fim do ano
Rede fecha o ano com faturamento de R$ 12 milhões

A Mr. Mix - maior rede especializada em milk shakes do Brasil, inaugura neste mês de dezembro seis unidades por todo o Brasil, chegando a 45 lojas em operação.

As novas unidades estarão em Aparecida de Goiânia (GO), Guarapari (ES), Poços de Caldas (MG), Lavras (MG), Pará de Minas (MG) e Santo André (SP).

A Mr. Mix chega ao final do ano com mais de 80 lojas. “Vamos fechar o ano com chave de ouro, nossa expansão não atingiu a meta esperada do ano, mas o resultado foi muito positivo”, comenta Clederson Cabral, sócio fundador da rede.

Segundo Cabral, os planos para 2012 também são audaciosos. “Nossa expectativa para 2012 é chegarmos a 100 lojas faturando e outras 60 em processo de implantação”, afirma o franqueador.

A rede planeja fechar 2011 com o faturamento de R$ 12 milhões, com a meta alcançada de expansão de lojas e em implantação.

A proposta da marca Mr. Mix é ser referência em produtos de qualidade, saudáveis e diferenciados, ofertados a preços acessíveis e aliados a um ambiente personalizado e divertido.

Serviço:

Mr. Mix em Aparecida de Goiânia (GO)
Av. Igualdade, Qd. 112 – Lt 17 – sala 02 - Térreo

Mr. Mix em Guarapari (ES)
Rua Joaquim da Silva Lima n° 274
Loja 01, Centro Guarapari / ES

Mr. Mix em Poços de Caldas (MG)
Rua Alagoas, 9 Centro, Poços de Caldas / MG

Mr. Mix em Lavras (MG)
Rua Doutor Francisco Sales, 19, Centro – Lavras/MG

Mr. Mix em Pará de Minas (MG)
Rua Benedito Valadares, 198, Centro - Pará de Minas / MG

Mr. Mix em Santo André (SP)
Rua Dona Elisa Fláquer, 224 - Centro - Santo André / SP

Sobre a Mr. Mix

Fundada em 2006, a Mr. Mix é a maior rede brasileira especializada em milk shakes operando por meio do sistema de franchising, possui lojas distribuídas entre os Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Ceará, Espírito Santo e Bahia. A rede conquistou pela primeira vez, o Selo de Excelência em Franchising 2011, reconhecimento máximo do segmento, pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Mais informações sobre a Mr Mix, acesse: www.mrmix.com.br
Twitter: @mrmixmilkshakes
Facebook: www.facebook.com/mrmixmilkshakes

Carioca Shopping e Caxias Shopping vão funcionar até meia-noite para que clientes tenham tempo de comprar os presentes de Natal.

Carioca Shopping e Caxias Shopping vão funcionar até meia-noite para que clientes tenham tempo de comprar os presentes de Natal.
Dezembro é o mês de ouro para os lojistas, com números acima da média do ano todo. Para os clientes, é tempo de uma verdadeira correria em uma maratona de compras. Para dar mais conforto aos clientes, os shoppings funcionarão em horário especial até o dia 24 de dezembro.

No Carioca Shopping, por exemplo, de 8 até 16 de dezembro os clientes terão das 10h às 23h para fazer as compras. Nos dias 17 e 18, o horário aumenta, com todas as lojas funcionando das 10h até meia-noite. E do dia 19 até o dia 23, a maratona vai de 9h até meia-noite. No dia 24 de dezembro, o Carioca Shopping funcionará das 9h às 18h para quem deixar para comprar os presentes na última hora. No dia 25 de dezembro a praça de alimentação funciona das 12h às 21h. Segundo Henrique Baez, Superintendente do Carioca Shopping, a expectativa é de que o Natal de 2011 gere um aumento de 26% nas vendas e de 12% no tráfego de clientes, em relação ao mesmo período do ano passado.

No Caxias Shopping, a maratona também já começou. De 9 até 15 de dezembro, o shopping funciona das 10h às 23h. De 16 a 23 de dezembro, a maratona vai das 10h à meia-noite. E no dia 24, o shopping funcionará das 9h às 18h. No dia 25 de dezembro a praça de alimentação funciona das 12h às 21h. Segundo Marcelo Arruda, Superintendente do Caxias Shopping, a expectativa é de que o Natal em 2010 registre um aumento 20% nas vendas e de 15% no tráfego de clientes em relação ao mesmo período do ano passado.


Nielsen: Brasileiros pretendem gastar mais neste fim de ano

Brasil se destaca na pesquisa da Nielsen que mede intenção de gastos de fim de ano em diversas regiões do mundo

Comparado com o ano passado, 21% dos brasileiros pretendem gastar mais neste fim de ano. Essa afirmativa faz parte da pesquisa “Holiday Shopping” realizada pela Nielsen (www.br.nielsen.com), líder global no fornecimento de informações e análises sobre o que o consumidor assiste e compra, que verificou a intenção de gastos para o fim de ano de diversos consumidores ao redor do mundo.


Clique para ampliar

Com esse índice, os brasileiros se posicionam entre os mais otimistas do mundo, ficando acima da média da América Latina, que chegou à marca de 15%. O Peru é o segundo país da região com maior intenção de aumento das compras, com 16%. Na contramão, os mexicanos são os mais pessimistas, pois 45% disseram que vão gastar menos que em 2010. Nos Estados Unidos somente 6% planejam aumentar os gastos no fim de ano. Já na Europa, com a forte crise econômica, a média não superou 5%.

Dentre os que pretendem gastar mais, além do Brasil, aparecem Indonésia, Vietnã e India, com índices de 24%, 23% e 21%, respectivamente.

Entretanto, o que se pretende comprar é uma surpresa. Foi-se o tempo que a alegria dos brasileiros estava dentro de casa. O ranking de prioridades apresenta viagens em 29% das citações, seguida da compra de roupas (26%), eletrônicos (25%) e livros (24%).
Clique para ampliar

De acordo com Mário Ruggiero, diretor comercial da Nielsen, com a desaceleração do crescimento dos bens de consumo de massa, como a cerveja e o refrigerante, e um investimento maior em entretenimento, como as viagens, o consumidor brasileiro busca ‘experiência’ e as viagens de férias são um dos indicadores dessa tendência. "A viagem é um símbolo de ascensão social. As pessoas hoje já têm a possibilidade de pensar o que era inimaginável até pouco tempo atrás, como viajar para o exterior. É um símbolo de migração para outros tipos de consumo", afirma o executivo.

Apenas o Chile também elegeu as férias como primeira opção. Mexicanos, argentinos, colombianos, venezuelanos e peruanos são unânimes na compra de roupas. Com exceção da Argentina e Venezuela, os eletrônicos também estão entre os três principais desejos de consumo dos latino-americanos neste fim de ano.

Em comparação com os países do BRIC, a Índia desponta com 21% da população que pretende gastar mais, mesmo índice que o Brasil. A China e a Rússia apresentam certa estabilidade com, respectivamente, 66% e 64% da população que disseram que vão gastar os mesmos valores que em 2010.


Gafes e erros no varejo

Olá a todos

O Blitz de hoje é bem bacana.
Para quem nos acompanha também em nossa página no Facebook (www.facebook.com/blogfalandodevarejo), montamos há algum tempo uma álbum somente para a publicação de erros chamado "Promoções Absurdas", onde são destacas pérolas encontradas no dia-a-dia dos pontos-de-venda espalhados Brasil afora.

As fotos abaixo foram toda enviadas pelo amigo José Roberto Resende (Twitter: @JRResende).

Quer participar? Envie suas fotos para o contato@falandodevarejo.com.br, com o título Promoçoes Absurdas. Sua foto pode ser publicada tanto em nossa página no Facebook, quanto aqui no blog. Participe.
Seguem as fotos enviadas:


Aula em casa?
 
Se a bEbida descrita fosse alcóolica, eu teria suspeitado de consumo....rs.
 
Pior do que errar uma vez.....

....é insistir no erro. "Herrar é umano".

MortaNdela até que é comum. Quero ver quem encontra queijo muçarela escrita corretamente (sim! mussarela está errado!)

pEneu

Tecnicamente falando, seria defeito de fabricação?


Um grande abraço e boas vendas

Caio Camargo
Falando de Varejo
@falandodevarejo